SUSPEITO DE ASSASSINAR GM NA BAHIA É PRESO.

Suspeito de matar guarda municipal é flagrado com drogas

Samuel Lima - A TARDE

Procurado pela polícia após ser apontado por testemunhas como autor de um assassinato cometido no último dia 20, Genilson Santos Anjos, 18 anos recém-completados (quatro dias antes do crime), acabou preso nesta sexta-feira, 27, por volta das 16h40, em flagrante por tráfico de drogas, no município de Simões Filho (Grande Salvador).

De acordo com o delegado Deraldo Damasceno, titular da 5ª CP (Delegacia de Periperi), os investigadores da unidade encontraram oito dolões (pequenos pacotes) de maconha e onze pedras de crack. Damasceno ainda confirmou que Genilson, conhecido como Maluquinho, figura como suspeito de participação no assassinato do guarda municipal Edcarlos dos Santos, cometido em 30 de outubro de 2008, em Vista Alegre, subúrbio ferroviário de Salvador.

“Ele é uma pessoa fria, calculista, um homicida desde que ainda era menor de idade”, assinalou o delegado. O mais recente homicídio atribuído a Genilson foi o que teve como vítima Joedson Dias Rodrigues, 17, conhecido como Bocão, no último dia 20, na Rua João Paulo II, também em Vista Alegre. Joedson foi morto a facadas e pedradas.

Vítor Veríssimo Santos Paim, 18, que o acompanhava, foi golpeado da mesma maneira, mas teria se fingido de morto e encontra-se internado até hoje no Hospital Geral do Estado, conforme o delegado Damasceno. Denunciados por testemunhas como envolvidos no delito, dois adolescentes, de 14 e 17 anos, foram apreendidos meia hora antes da prisão de Genilson.

“Encontramos os adolescentes primeiro, em Vista Alegre. Eles não só assumiram o crime, como também nos indicaram onde achar Maluquinho”, relatou Damasceno. Diante da equipe de reportagem, Genilson não quis falar sobre o homicídio. Porém, o adolescente mais velho admitiu envolvimento. “Maluquinho chamou nós dois para dar uns paus nos caras, não disse que era para matar. Chegamos lá e demos pedradas neles”, recordou. As vítimas foram deixadas em uma casa abandonada.

“Quando nossa equipe chegou ao local, encontramos Joedson com o rosto desfigurado, já morto, e Vítor agonizando. Depois que saímos de lá, recebi pelo menos dez telefonemas anônimos com denúncias de envolvimento dos três no crime, isso porque a comunidade tem medo de testemunhar”, narrou o delegado. O motivo do delito seria, como explicou Damasceno, uma disputa por pontos de tráfico de drogas. Genilson teria atraído as vítimas com a proposta de ceder um lote de drogas para revenda.

Fonte: A tarde on-line

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

DOIS MENORES SÃO APREENDIDOS PELA PM EM JARDIM DO SERIDÓ

JARDIM DO SERIDÓ Polícia encontra homem nu e morto dentro de quarto