São Paulo discute propostas para Conferência Nacional de Segurança Pública


São Paulo discute propostas para Conferência Nacional de Segurança Pública
30 de maio de 2009 • 17h52 • atualizado às 17h52


Serão realizados hoje( 30) e amanhã(31) os debates sobre as propostas que serão levadas pelos representantes da cidade de São Paulo para a 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (Conseg), de 27 a 30 de agosto, em Brasília.

Além das discussões, também serão eleitos os representantes paulistanos que participarão do evento nacional. São Paulo é um dos 126 municípios com direito a representantes com voz e voto na Conseg.

Segundo a coordenadora da Conseg, Regina Miki, a Conferência deverá estabelecer as diretrizes da Política Nacional de Segurança Pública. "As conferências estão previstas na Constituição como uma forma democrática de elaboração de políticas públicas", ressaltou.

Miki destacou o papel da guarda municipal no sistema de segurança pública. "Nos municípios, a guarda municipal é o trabalhador que representa a área da segurança", disse. As vagas da Conseg são distribuídas na proporcionalidade de 40% para representantes da sociedade civil, 30% para trabalhadores na segurança pública e 30% para o poder público.

Na etapa da cidade de São Paulo, será eleito um representante de cada uma das categorias. >De acordo com a coordenadora da Conseg, ainda não foi definida a periodicidade em que serão realizadas as conferências.

Agência Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

DOIS MENORES SÃO APREENDIDOS PELA PM EM JARDIM DO SERIDÓ

JARDIM DO SERIDÓ Polícia encontra homem nu e morto dentro de quarto