Guarda Municipal desaparece


Guarda Municipal desaparece

CLEBER LAZO

Está desaparecido desde as 6 horas de ontem, o guarda civil municipal Alexandre Mattos de Souza, 36 anos. Ele trabalhava há 15 anos na Prefeitura de Mogi das Cruzes e há três começou a prestar serviços na portaria do Parque Natural Municipal da Serra do Itapeti. Souza entrou no trabalho às 18 horas de quarta-feira, mas a falta dele foi sentida somente na rendição da manhã seguinte.

A viatura que chegou ao Parque encontrou a guarita revirada. Documentos e algumas roupas estavam espalhados. O rádio transmissor e o cartão do banco não foram encontrados. Segundo a Polícia, não há elementos para apontar com exatidão o que ocorreu. Hipóteses como sequestro, suicídio, homicídio, de que ele esteja perdido na mata e até na casa de um conhecido ou vagando pela Cidade não foram descartadas.

Não houve saque na conta bancária de Souza durante o período em que ele está desaparecido. O celular do guarda e uma televisão estavam dentro da guarita.

O último contato com o desaparecido foi feito por volta das 21h30, quando a esposa ligou para ele. O caseiro do sítio vizinho, Josenildo Tavares de Melo, contou que por volta das 20h30 viu a luz ligada e escutou o barulho da televisão. "Estava aparentemente tudo tranqüilo. Se um carro se aproximasse durante a madrugada, a cadela que fica no Parque iria latir e, ainda, escutaria o barulho do motor. Ambas as situações não ocorreram", garantiu Melo.

Na tarde de quarta-feira, horas antes de entrar no serviço, Souza teve uma pequena briga com a esposa. No entanto, ela contou à Polícia que a discussão foi insignificante e, quando o telefonou à noite, tudo já estava resolvido.

O Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar foi chamado para vistoriar a área do Parque. O local tem uma extensão de cerca 350 mil metros quadrados. Os trabalhos tiveram inicio às 15 horas de ontem e foram interrompidos no início da noite. As atividades de varredura do local serão retomadas hoje, ao amanhecer.

Equipes do Corpo de Bombeiros vistoriaram o lago localizado dentro do Parque, mas nenhum vestígio foi encontrado. Viaturas da Polícia Militar e da GCM patrulharam as imediações. O secretário municipal de Segurança Pública, Eli Nepomuceno, acompanhou as operações, assim como parentes da vítima. Segundo eles, esta é a primeira vez que o mogiano desaparece.

Histórico

Quando o veículo que levou a rendição de Souza chegou na portaria, por volta das 6 horas de ontem, encontrou o portão entreaberto e a cancela abaixada. A chave da porta da guarita estava na fechadura pelo lado de fora. A touca de lã usada pela vítima foi encontrada perto de uma trilha, localizada atrás da guarita, onde atua quatro guardas, em turnos de 12 horas.

"O Souza nunca havia feito isso", afirmou o secretário, primeiro a chegar ao local. Às 7 horas, 10 guardas civis começaram uma busca pela mata.

Assim que soube que o cartão de banco foi levado, o secretário orientou que a Polícia Militar solicitasse o bloqueio da conta e um extrato da movimentação financeira. O objetivo era verificar se houve saques durante o período do desaparecimento. "Foi constatado que às 15 horas de quarta realizaram um saque de R$ 300,00, mas a esposa disse que o dinheiro foi entregue à ela", contou Nepomuceno.

Às 11 horas, os Bombeiros chegaram. "Realizamos buscas pelas margens da lagoa e mesmo sem encontrar nenhum indício, procuramos no fundo do lago", disse o comandante do Corpo de Bombeiros de Mogi, tenente Wagner Ourives.

Três horas e meia depois da chegada dos Bombeiros, o delegado Benedito Henrique Righi Queiroz, do 3o Distrito Policial, apareceu.

A presença das equipes do COE aconteceu às 14h40. "Estudamos rapidamente o espaço do Parque, por meio de fotos áreas, mapas e informações da topografia (os documentos foram levados por técnicos da Secretaria do Verde e Meio Ambiente) e já começamos os trabalhos", afirmou o tenente do COE, Cristiano Sosa.

Três equipes foram formadas. Duas do Comando de Operações Especiais e uma dos Bombeiros, sendo que cada grupo contava com quatro homens. "No término das buscas, marcamos o código de localização por meio do GPS e, no dia seguinte, continuamos com os trabalhos a partir desta localização", explicou.

No final da tarde, as equipes informaram que nenhum vestígio recente foi encontrado. O COE percorreu um quilômetro e meio de trilhas e retomará as buscas hoje. "Percorremos 2% a 3% do Parque. Mas se ele estiver nas proximidades, o encontraremos, no máximo, até amanhã (hoje)", disse Sosa.

O Comando iniciará os serviços hoje com pelo menos três patrulhas e o Corpo de Bombeiros só retornará ao local se houver necessidade de apoio para o resgate. Na madrugada, uma equipe foi designada para ficar de plantão no Parque, a fim de receber qualquer informação ou pista sobre o paradeiro de Souza. (Colaborou Juliana Nakagawa)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE CRUZETA AVANÇA E SE DESTACA NO SERIDÓ .

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

DOIS MENORES SÃO APREENDIDOS PELA PM EM JARDIM DO SERIDÓ