Câmara emperra porte de arma da GCM de S.Bernardo


Câmara emperra porte de arma da GCM de S.Bernardo
Convênio de porte para guardas fora de serviço já foi feito em Santo André


A Prefeitura de São Bernardo afirma querer fechar convênio com a Polícia Federal para que o efetivo da Guarda Civil Municipal tenha porte de armas também quando está fora de serviço, a exemplo do que foi feito em Santo André.

No entanto, aguarda decisão da Câmara para poder fechar o acordo. De acordo com o comandante da GCM, Benedito Mariano, a documentação está pronta e a negociação com a Polícia Federal acontece desde maio deste ano, mas é preciso criar uma corregedoria independente na corporação para que o convênio possa ser celebrado.

A criação da estrutura é parte do projeto de criação de uma Secretaria de Segurança Urbana em São Bernardo, projeto que os vereadores estão segurando na Câmara Municipal com o argumento de que é ilegal. A próxima tentativa de votação para criar a Secretaria de Segurança Urbana em São Bernardo deverá ocorrer nesta quarta-feira.

“O projeto dá à Guarda atribuições de policiamento que são exclusivas da Polícia Militar”, argumenta o vereador Admir Ferro (PSDB). Em Santo André, o acordo foi fechado na semana passada, por meio da Secretaria de Segurança Urbana e Trânsito, criada pelo prefeito Aidan Ravin (PTB) neste ano.

Os guardas da cidade poderão tirar, por meio da prefeitura, porte de armas particular, ou seja, terão de comprar suas próprias armas. O convênio também prevê que os guardas possam levar a arma do serviço para casa, mas essa parte da parceria ainda não será implementada.

Fonte:Rede Bom dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

DOIS MENORES SÃO APREENDIDOS PELA PM EM JARDIM DO SERIDÓ

JARDIM DO SERIDÓ Polícia encontra homem nu e morto dentro de quarto