FESTA DA UVA 2010 Vandalismo na Serra Dos 88 bonecos colonos espalhados pelas ruas de Caxias do Sul, 42 foram alvo de depredações

FESTA DA UVA 2010
Vandalismo na Serra
Dos 88 bonecos colonos espalhados pelas ruas de Caxias do Sul, 42 foram alvo de depredações

Os bonecos criados para decorar as ruas de Caxias do Sul durante a Festa da Uva se tornaram mais um exemplo do vandalismo que assusta a cidade.

Desde que os bonecos colonos começaram a ser expostos na área central e em alguns bairros, quase metade foi danificada. Até ontem à tarde, 42 de um total de 88 peças tiveram partes arrancadas ou queimadas. Nas últimas semanas, a empresa que faz a manutenção dos enfeites retirou 27 inutilizados.

Os ataques se iniciaram alguns dias após as primeiras peças terem sido expostas. Os autores agem apenas por vandalismo, segundo o titular da Secretaria Municipal da Segurança Pública e Proteção Social, Roberto Louzada. Na noite da inauguração do Espaço Multicultural dos pavilhões, por exemplo, pessoas não identificadas depredaram 11 bonecos que enfeitavam a Rua Ludovico Cavinatto. Menos de uma semana depois, outra ação ocorreu na Praça Dante Alighieri. Dedos de três bonecos representando crianças tinham sido arrancados.

Na madrugada do dia 14, um rapaz foi flagrado pela Guarda Municipal arrastando um boneco também retirado da praça. Levado ao plantão da Polícia Civil, ele prestou depoimento e foi liberado. Quando não conseguem retirar pernas e braços, os vândalos levam os bigodes e dedos dos enfeites. Ou então queimam as peças, como ocorreu recentemente no bairro Centenário.

Na tarde de 17 de fevereiro, duas peças suspensas a uma altura de 3,5 metros no trevo de acesso à Fazenda Souza sumiram. Pedaços foram encontrados três dias depois no portão de uma casa em Ana Rech.

Ataques durante festas são feitos até por meninas

Um caso chamou a atenção dos organizadores de Festa da Uva. Na sexta-feira passada, uma jovem passou correndo pela praça e arrancou um braço de um boneco colono. A cena foi presenciada por trabalhadores que montavam um palco no local. Como não havia policiais ou guardas por perto, ela voltou e tentou retirar o outro braço. A menina fugiu quando percebeu a movimentação dos guardas da Praça.

– São situações como essa que nos deixam tristes. Qual a finalidade de destruir enfeites que trazem mais alegria? – desabafa a artesã responsável pelos bonecos, Ana Selma Chiaradia.

O vandalismo tem sido mais frequente nas proximidades dos Pavilhões da Festa da Uva, na Praça Dante Alighieri e ao longo da Avenida Júlio de Castilhos, no Centro.

Com tantos casos, a equipe coordenada por Ana Selma Chiaradia não consegue fazer a reposição em tempo hábil. Cada boneco novo leva um dia e meio para ficar pronto. Antes do início da festa, a Júlio era enfeitada por 25 peças. Hoje, são apenas 14.

adriano.duarte@pioneiro.com
ADRIANO DUARTE | Caxias do Sul
Os bonecos
- Os colonos que decoram a cidade são feitos de esponja moldadas sobre uma armação de metal. Cada boneco novo custa R$ 800
- Para a Festa da Uva deste ano, a organização reaproveitou os bonecos da festa anterior e os papais-noéis usados na decoração do último Natal
- Ao todo, foram confeccionados e reaproveitados 88 bonecos de colonos adultos e crianças
- Desde janeiro, a organização registrou danos em 42 bonecos
- Denúncias sobre depredação contra o patrimônio público podem ser feitas pelo telefone 153 (Disque-Vandalismo)

Fonte: Zero Hora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE CRUZETA AVANÇA E SE DESTACA NO SERIDÓ .

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

DOIS MENORES SÃO APREENDIDOS PELA PM EM JARDIM DO SERIDÓ