Guarda Municipal de Campo Largo-PR apresenta pistolas Taser




Guarda Municipal de Campo Largo apresenta pistolas Taser


Novos equipamentos são mais seguros para toda a população. Foto: Prefeitura Municipal de Campo Largo

Um suspeito age de forma agressiva e tenta investir contra autoridades policiais, após uma discussão em um ponto movimentado da cidade. O agente saca uma pequena pistola e dispara uma cápsula ligada a fios de metal. Ouve-se um breve estampido e instantaneamente o suspeito vai ao chão. Imóvel ele é facilmente imobilizado pelas autoridades. Com um detalhe: o suspeito não sofreu qualquer tipo de dor.

O exemplo acima, baseado em uma ocorrência policial de uma pacata cidade Norte Americana, descreve o poder do novo equipamento adquirido pela Guarda Municipal de Campo Largo, cidade da Região Metropolitana de Curitiba, com pouco mais de 100 mil habitantes. A partir deste mês, o contingente de 40 guardas campolarguenses passa a contar com esse moderno aparelho.

Inicialmente a secretaria de Segurança do Município disponibilizou seis pistolas Taser M-26. A arma, não letal, utiliza estímulos elétricos de 5 mil volts para imobilizar um suspeito, e pode ser disparada de duas maneiras: em contato direto com o corpo do indivíduo ou através do disparo de dardos, a uma velocidade média de 60 metros por segundo. Neste último caso cada cartucho pode atingir um alvo que esteja até 10 metros de distância.

As armas TASER são, sobretudo, equipamentos tecnologicamente sofisticados que minimizam a possibilidade de risco, ou seja, foram desenvolvidas no objetivo de fornecer ao agente uma eficaz opção intermediária no uso da força.

A Guarda Municipal de Campo Largo é a terceira corporação da Região Metropolitana de Curitiba a utilizar as Taser. Antes, somente as GM´s de São José dos Pinhais e Araucária possuíam este tipo de equipamento.

Para o secretário Municipal de Segurança Benedito Facini, as pistolas são opções bem menos agressiva e mais eficaz do que a tradicional tonfa, (também conhecida como cacetete), por exemplo. “Elas [as pistolas] não possibilitam danos à integridade física do oponente” – esclarece. Ele ainda destaca que os guardas passaram por rigoroso treinamento: “Cada um deles efetuou pelo menos 200 disparos com as pistolas. Eles sentiram os efeitos da arma, uma vez que sofreram disparos dela” – explica Facini. O Guarda Municipal Thiago exemplificou o que sentiu ao sofrer um disparo da Taser: “Foi como um beliscão. Eu simplesmente não sentia nada. Confesso que não senti nenhuma dor, mas também não consegui praticar nenhuma reação”.

Com mais este investimento especialistas garantem: a Guarda Municipal de Campo Largo é hoje uma das mais bem treinadas e equipadas de todo o sul do país.

No Brasil existem somente 8 mil armas como as recém adquiridas pela GM de Campo Largo. Em todo mundo são mais de 500 mil pistolas Taser.


Fonte:Agora Paraná

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

DOIS MENORES SÃO APREENDIDOS PELA PM EM JARDIM DO SERIDÓ

JARDIM DO SERIDÓ Polícia encontra homem nu e morto dentro de quarto