Subcomandante de Segurança da GMN concede entrevista a Intertv Cabugi



Subcomandante de Segurança da GMN concede entrevista a Intertv Cabugi
O subcomandante de Segurança da Guarda Municipal do Natal (GMN), Izaac José Duarte, concedeu entrevista ao vivo a Intertv Cabugi na tarde dessa terça-feira (25). O assunto debatido foi a segurança nos prontos-socorros da capital, que deveriam funcionar 24h e estão sendo fechado às 22h, devido os funcionários se sentirem inseguros para trabalhar após esse horário.

A repórter, Glácia Marilac, questionou sobre a segurança desses locais realizada pela Guarda Municipal, como também a situação difícil do efetivo de estar trabalhando sem portar armas de fogo. A jornalista ainda perguntou sobre o prazo para que a situação venha a ser sanada pela gestão municipal.

O Subcomandante, Izaac Duarte, pontuou a situação que passa a GMN, afirmando que após o Estatuto do Desarmamento as guardas municipais do país deveriam seguir um trâmite exigido pela Lei para terem o direito ao porte de arma institucional e particular. De acordo com o subcomandante, a GMN não cumpriu essa exigência em administrações passadas, tendo agora que se adequar para ter novamente o direito legal ao porte de arma.

“O exame psicológico se encontra em andamento, cerca de 200 guardas já foram avaliados. Estamos aguardando um parecer sobre o relatório da instrução entregue no Departamento de Polícia Federal para iniciarmos a também a última fase do processo, que é a capacitação prática e teórica de tiro”, informou.

Outro ponto levantado pelo subcomandante é referente à morosidade do procedimento que aguarda um posicionamento do Departamento de Polícia Federal do RN. “Desde o último dia 12 o comandante geral entregou aos delegados da PF o relatório. Esperamos a decisão da instituição”, comunicou.

O subcomandante informou ainda que o problema do fechamento das unidades de saúde não é por falta de guardas, já que os agentes de segurança estão cumprindo suas escalas nos postos assiduamente, sendo reposto os guardas que se retém de trabalhar desarmados. “O problema é que os funcionários só se sentem seguros se houver guardas armados nessas unidades”, assegurou.

O subcomandante agradeceu por fim a todos os agentes que se encontram cumprindo suas escalas com precisão e compromisso nas diversas unidades de atendimento espalhadas pela cidade. “Quero parabenizar a corporação pela compreensão e dedicação a instituição e a sociedade. Estamos trabalhando e o mais rápido possível estaremos capacitando às primeiras turmas”, finalizou.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE CRUZETA AVANÇA E SE DESTACA NO SERIDÓ .

ASSALTO AO SUPERMERCADO DE RENAN !

GUARDA MUNICIPAL TEM PODER DE POLICIA EM QUALQUER CIDADE !