GCM detem Adolescentes que se drogavam em escola municipal de Mauá



Adolescente se droga em escola municipal de Mauá

A mesma propriedade que recebe diariamente alunos de creche à 4ª série em Mauá esconde um quadro de degradação social. Na manhã de ontem, um adolescente de 17 anos foi flagrado pela Guarda Civil Municipal consumindo cocaína dentro da E.M. (Escola Municipal) Guimarães Rosa, no Jardim São Jorge de Guapituba.

O rapaz mora no local e é um dos três filhos da caseira do colégio. Na residência também foi encontrado um casal dormindo - um rapaz de 22 anos e uma adolescente de 14. Seis cápsulas de cocaína vazias estavam espalhadas pelo chão do quarto, assim como encartes de DVDs pornográficos.

Segundo a direção da escola, a família mora há mais de dez anos ali. A Secretaria de Educação já teria sido avisada da situação, mas até o momento não tomou providência.

As crianças da escola têm fácil acesso à casa localizada em um pátio nos fundos do terreno.

A ação dos guardas aconteceu por volta das 8h, depois de denúncia de uma funcionária da escola. Segundo um dos guardas que participaram da ocorrência, o filho da caseira foi encontrado na varanda da casa quando se preparava para cheirar cocaína.

Os três foram levados para o 2º Distrito Policial de Mauá, no bairro Parque das Américas. "O menor assumiu que é usuário e dono da droga encontrada (uma cápsula cheia de cocaína). Já o maior (de idade) e a menina disseram que eram namorados e só haviam dormido no local, com o consentimento da caseira", contou o delegado Walter Possari.

Como não foi caracterizado o tráfico de drogas e nem pedofilia (em relação ao casal) todos foram liberados. "Nós vamos investigar a partir de agora se está havendo a venda de entorpecentes nesse local", promete o delegado.

A Secretaria de Educação de Mauá foi procurada pela reportagem, mas não se manifestou até o fechamento desta edição.

VÍCIO - Enquanto a caseira da E.M. Guimarães Rosa acompanhou o filho à delegacia mas preferiu manter o silêncio, a mãe da garota de 14 anos encontrada dormindo com o namorado decidiu pedir ajuda mais uma vez.

A funcionária pública Aloisa Consolação Santos, 37, reconhece que a filha é viciada em drogas e muitas vezes desaparece para buscar entorpecentes. "Ela saiu de casa há dois anos para morar na rua. Não sei mais o que fazer com essa menina", desabafou.

A mãe diz que já procurou ajuda. "Apelei para o Fórum, Conselho Tutelar, conversei com o delegado. Ela fica indo de boca em boca (local de venda de drogas) atrás de cocaína", afirma Aloisa. Depois de sair da delegacia, a funcionária pública acompanhou a filha no Fórum, onde ela foi apresentada à Vara da Infância e da Juventude.

Fonte:Diário do grande ABC.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

DOIS MENORES SÃO APREENDIDOS PELA PM EM JARDIM DO SERIDÓ

*BASTO* É VITIMA DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO NA MADRUGADA DESTA QUINTA FEIRA EM JARDIM DO SERIDÓ.GUARDAS MUNICIPAIS O ENCONTRAM AGONIZANDO.POLICIA MILITAR AGE RAPIDO E CAPTURA O ACUSADO.