Guardas de Dourados pedem intervenção de André para tirar Zerlotti


Guardas pedem intervenção de André para tirar Zerlotti



A Guarda Municipal de Dourados decidiu pedir intervenção do Governador André Puccinelli para resolver o problema da troca de comando em Dourados. O grupo, formado por 150 oficiais não aceita que um policial militar ocupe o cargo de chefia. O objetivo é manter o comando próprio.

De acordo com o presidente da Associação dos GMs, Nivaldo Gamarra, eles aguardam a promessa do Governador André Puccinelli em revogar a cedência do major Tonny Audry Zerlotti, da Polícia Militar, para ocupar o comando da Guarda. O pedido de cedência foi feito pela prefeitura de Dourados e o major está nomeado desde a última quarta-feira.

De acordo com Gamarra, a prefeitura não atendeu o pedido do governador, que seria o de deixar o comandante da PM até o final do ao, retornando posteriormente o comando para a GM. "Esta era uma proposta que até poderia ser aceita pela categoria, porém o prefeito recusou de imediato, não dando nem chance para discutirmos o assunto", conta.

Segundo ele, a vinda do comandante-geral da PM, coronel Carlos Alberto Davi, foi de importante, mas lamenta o fato da prefeitura não ter aceito nenhuma proposta. " O prefeito Ari disse que se for revogada a cedência de Zerlotti ele colocará outro Policial Militar no lugar. Diante disso pedimos a revogação da cedência de Zerlotti e a não cedência de nenhum outro PM para ocupar o cargo", pede.

Gamarra disse que todos os trabalhos da Guarda estão sendo realizados normalmente até a resposta do governador. "O momento é de espera para que André cumpra o prometido", finalisa.


Fonte: Aquidauna news.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE CRUZETA AVANÇA E SE DESTACA NO SERIDÓ .

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

DOIS MENORES SÃO APREENDIDOS PELA PM EM JARDIM DO SERIDÓ