Líderes no Senado querem plebiscito sobre venda de armas de fogo no Brasil



Da Agência Brasil
Brasília – Os líderes partidários no Senado decidiram hoje (12) acelerar a tramitação de um projeto de decreto legislativo estabelecendo um plebiscito, no primeiro domingo (2) de outubro, sobre a continuidade da comercialização de armas de fogo no país. Após a reunião de líderes, o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), afirmou que a matéria tramitará em regime de urgência a partir de hoje, com a leitura do projeto.
De acordo com Sarney, no plebiscito, a intenção é fazer a seguinte pergunta: “o comércio de arma de fogo deve ser proibido no Brasil?”.
Ele explicou ainda que a decisão de realizar a consulta popular por plebiscito foi tomada com base numa análise legal. “O problema é que houve uma consulta popular [em 2005] por referendo que apoiou a comercialização de armas de fogo e essa decisão não poderia ser legalmente modificada por outro referendo, só um plebiscito para isso.”
Caso a população opte pela proibição das armas de fogo, o Congresso poderá fazer mudanças no Estatuto do Desarmamento.
Na reunião de líderes também foi acertada a apreciação de todas as matérias referentes a questões de saúde que tramitam na Casa. Com isso, José Sarney disse que tem início a implementação da “pauta temática” no Senado, ou seja, a decisão de se avaliar as matérias por temas específicos.
A discussão sobre uma nova consulta popular a respeito da venda de armas veio à tona depois da tragédia na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, no Rio de Janeiro, na semana passada, quando um atirador matou doze estudantes. As informações são da Agência Brasil.

Comentários

Anônimo disse…
A comoção causada pela morte das crianças é justa e compreensível, e a midia explora demais, o que gera , nesses hipócritas do congresso, estes rompantes de cidadania e altruismo,tudo falsidade de quem procura e destacar nos meios de comunicação.Se eles já tivessem votado as PECs, Projetos de Lei e outros da Segurança Pública,com relação a Policia Militar , Policia Civil ,Guardas Municipais e demais,essa tragédia poderia ter sido evitada.E o que falar do milhares que morrem todo ano em decorrência de um sistema de segurança pública falido???As crianças, cujas vidas foram ceifadas precocemente por um lunático,são uma gota no oceano de violência que teima em ser maquiado nesse país,pelos inescrupulosos que só veem seus próprios interesses.

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE CRUZETA AVANÇA E SE DESTACA NO SERIDÓ .

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

ASSALTO AO SUPERMERCADO DE RENAN !