Concursados da Guarda Civil de Mossoró -RN ,reclamam da morosidade para realização de curso de formação


Na manhã de ontem, 24, um grupo de aprovados no concurso para Guarda Civil Municipal esteve na redação do jornal O Mossoroense para denunciar a morosidade para a realização do curso de formação. A espera dos 100 selecionados dura desde o final do ano passado.
Um dos aprovados, Rivanildo Queiroz conta que na manhã de ontem o grupo foi à Secretaria de Defesa Social para cobrar do titular da pasta, Álber Nóbrega, uma resposta sobre a demora na realização da segunda etapa do certame e consequente adiamento da convocação dos candidatos. No entanto, não conseguiram falar com o secretário.
"O secretário de Defesa Social deu um 'chá de cadeira' grande na gente. A gente chegou às 9h lá na secretaria, esperou ele chegar. Depois que chegou, ele ainda falou com outra pessoa na nossa frente e quando pedimos para falar com ele, uma secretária voltou dizendo que não precisava falar, não, só mandou dizer que vai dar certo", disse o aprovado.
De acordo com o grupo, a administração municipal alegava depender de recursos federais para finalizar a seleção. E, embora garantido por convênio firmado entre a Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) e o Ministério da Justiça, o dinheiro ainda não tinha chegado até agosto.
Ocorre que, segundo o Portal de Transparência, a verba foi enviada ao poder público municipal no dia 20 de setembro e, mesmo tendo passado mais de um mês, os candidatos não obtiveram nenhuma resposta sobre a realização do curso.
"Antes, a desculpa deles era que não tinha data para sair a verba do Governo Federal, que é de R$ 395 mil. Agora, já saiu. A prova está lá no Portal da Transparência. A Secretaria de Administração já finalizou todos os processos, está com toda a documentação, tudo pronto, e até agora nada", diz Rivanildo Queiroz.
A revolta dos candidatos, soma-se o fato de que a Secretaria de Administração, responsável pela parte burocrática do concurso, realizou, em agosto, exames para a admissão e solicitou entrega de documentação, o que nutriu grande expectativa nos aprovados. Na esperança de serem convocados, muitos deixaram proposta de emprego de lado e agora estão desempregados.
Rivanildo Queiroz lembra que faz muito tempo que os aprovados vêm brigando para essa convocação. "Em julho, a gente foi à Câmara Municipal de Mossoró (CMM) para pressionar os vereadores e ver se isso saia. Na época, os vereadores se reuniram com a gente e assinaram um documento pedindo explicação à Prefeitura do porquê da demora para a convocação. Foi graças a essa pressão que conseguimos que a convocação saísse no Jornal Oficial do Município (JOM)", lembra.
Todavia, a esperança de assumir o cargo para o qual prestaram o concurso mais uma vez se transformou em algo incerto. "Quando houve a convocação para a realização de exames e entrega de documentação, isso nutriu na gente muita expectativa. A perspectiva era de que a convocação fosse imediata. Mas não foi. Agora, eles nem sequer dão prazos ou chamam a gente para conversar", finaliza o aprovado.
A equipe de reportagem do jornal O Mossoroense tentou entrar em contato com o secretário da Defesa Social, Álber Nóbrega, para saber um posicionamento sobre quando será feito a convocação para o curso de formação. Mas não obteve êxito nas tentativas. 
 
O Mossoroense
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

DOIS MENORES SÃO APREENDIDOS PELA PM EM JARDIM DO SERIDÓ

JARDIM DO SERIDÓ Polícia encontra homem nu e morto dentro de quarto