Guarda Civil Metropolitana de SP tem postos de arrecadação de armas


São 34 locais permanentes espalhados pela cidade.
Ato pela vida mobilizou mais de 170 pessoas na Zona Sul nesta quarta.

Do G1 SP
8 comentários
Um ato pela vida mobilizou 177 pessoas no Cemitério Parque dos Girassóis, em Parelheiros, na Zona Sul de São Paulo, nesta quarta-feira (2). O número representa as vidas poupadas na capital durante a Campanha do Desarmamento.
A Guarda Civil Metropolitana de São Paulo tem 34 postos de arrecadação permanente de armas. A lista pode ser consultada no site da Prefeitura.
Guardas-civis e o secretário municipal da Segurança Urbana colocaram flores no túmulo de Osvaldo de Morais Neto. O colega baleado pelas costas em 1989, durante o trabalho, foi o simbolo de um ato contra a violência. Dados mostram que 15 guardas-civis metropolitanos foram assassinados desde que a corporação foi criada, há 25 anos.
Em Parelheiros, o cemitério é considerado ao mesmo tempo um lugar de lamento, de reflexão e de saudade. Foi também o lugar escolhido pelo grupo para uma manifestação. Mais de 170 pessoas vestiram branco para pedir paz e lembrar da importância da Campanha do Desarmamento.
Ao menos 3.183 armas foram entregues à GCM de São Paulo de 2009 até agora. O Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) diz que a cada 18 armas recolhidas uma vida é poupada. O Ipea chegou a esse dado relacionando o resultado da campanha com a queda no número de homicídios.
“Arma é para matar, não para se defender”, diz Edsom Ortega, secretário municipal da Segurança Urbana.
Deitados no gramado, diante de lápides em branco, os guardas-civis escreveram a palavra que para eles é mais importante, e não só no Dia de Finados: "vida".


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE CRUZETA AVANÇA E SE DESTACA NO SERIDÓ .

ASSALTO AO SUPERMERCADO DE RENAN !

GUARDA MUNICIPAL TEM PODER DE POLICIA EM QUALQUER CIDADE !