GMN impede invasão a prédio da Prefeitura





Agentes femininas da GMN resistiram e impediram a invasão dos manifestantes até chegar reforço para a segurança.

O protesto dos estudantes contra o reajuste na passagem do transporte coletivo da capital se uniu ao Movimento dos Sem Terra (MST) e tentaram na manhã desta quinta-feira (23) invadir o prédio da Prefeitura do Natal. A ação foi contida pelos guardas municipais responsáveis pela segurança do local.

No primeiro momento, duas agentes femininas da Guarda Municipal do Natal (GMN) foram as responsáveis pela resistência e enfretamento com os manifestantes que tentavam força a entrada do prédio. Alguns dos integrantes do MST exibiam foices, buscando intimidar as guardas municipais Minora e Tásia, que se mantiveram firmes na missão de evitar a entrada de qualquer manifestante nas dependências da sede do poder Executivo Municipal.

Primeira viatura a chegar com guardas municipais da ROMU/GMN.
O pedido de reforço foi emitido via Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) e rapidamente viaturas da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e do Grupamento de Ação Ambiental (GAAM) da GMN foram deslocadas para a área. Os guardas municipais se posicionaram na entrada principal da Prefeitura isolando a entrada, de forma que nenhum manifestante conseguiu ter acesso ao ambiente interno da Prefeitura sem a devida autorização da Chefia de Gabinete.

Guardas municipais do GAAM e ROMU isolaram entrada da Prefeitura.

Outros agentes do serviço de inteligência da GMN foram infiltrados no meio do protesto, além de ser posicionado um guarda municipal em ponto estratégico para registrar qualquer excesso realizado pelos manifestantes durante o ato.

De acordo com o Subcomandante de Segurança da GMN que coordenou a ação, Carlos Cruz, na programação do percurso da marcha dos estudantes com o MST não constava a realização de nenhum ato na sede da Prefeitura do Natal. “Eles mudaram o trajeto e tentaram surpreender com uma invasão a prefeitura, porém a GMN exerceu seu papel com eficiência”, argumentou.

Manifestantes exibiam foices.
O comandante da GMN, João Gilderlan Alves de Sousa, parabenizou as agentes pela coragem no cumprimento de sua missão e informou que a instituição mais uma vez se mostrou capaz de atender de forma eficiente com suas atribuições legais. “Temos o respeito do cidadão porque procuramos agir na legalidade e quem age baseado na legalidade está agindo em favor da sociedade e do cidadão”, disse.

No final da manifestação uma comissão formada por representantes dos dois movimentos foi recebida pelo secretário Chefe do Gabinete Civil Municipal, Sávio Hackradt, que recebeu das mãos dos manifestantes uma pauta de reivindicações que será analisada e respondida na próxima quarta-feira (29), quando haverá nova reunião apresentando o que pode ou não ser realizado pela Prefeitura.


Texto: Assecom GMN.
Imagens: G1 e Márlio Forte.

Nenhum comentário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE CRUZETA AVANÇA E SE DESTACA NO SERIDÓ .

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

ASSALTO AO SUPERMERCADO DE RENAN !