Guarda Municipal de Piracicaba compra 20 armas de choque e estuda usa-las nos pronto socorros municipais.



Corporação vai ampliar arsenal de equipamentos não letais com R$ 62 mil.
Ideia é disponibilizar pistolas aos agentes que atuam em prédios públicos.

Do G1 Piracicaba e Região
Spark, dispositivo elétrico similar à pistola Taser, será apresentado (Foto: Cedida/Sesed/RN)Guarda de Piracicaba vai ampliar o arsenal de
armas não letais (Foto: Divulgação/Sesed/RN)
A Guarda Municipal (GM) de Piracicaba (SP) vai ampliar o seu arsenal de armas não letais e disponibilizar pistolas de choque elétrico aos agentes que atuam em prédios públicos que registram grande circulação de pessoas, a começar pelos prontos-socorros.
A corporação comprou 20 armas que disparam descargas elétricas e 100 cartuchos de lançamento de dardos energizados por R$ 62,7 mil. Os equipamentos devem ser entregues em dois meses, segundo o comandante da Guarda, o capitão Silas Romualdo.
A GM tem atualmente 11 pistolas de choque. Todas são usadas nas viaturas das equipes que fazem o patrulhamento nas ruas. "Quando as novas armas chegarem, vamos aumentar o número de carros guarnecidos e também começar a equipar os pontos fixos", disse o comandante.
A prioridade, de acordo com ele, são os prontos-socorros, mas também há a intenção de equipar os guardas municipais que atuam em terminais de ônibus com o equipamento, que emite ondas elétricas que paralisam o alvo sem causar danos à saúde.
Pacientes do pronto-socorro do Piracicamirim aguardam transferência para hospitais. (Foto: Fernanda Zanetti/G1)Guardas que ficam nos prontos-socorros devem
trabalhar com a arma (Foto: Fernanda Zanetti/G1)
"Se um paciente exaltado resolve atacar um médico, o guarda que cuida da segurança do pronto-socorro terá condições de imobilizá-lo com o armamento não letal sem gerar riscos às demais pessoas que estam no local", exemplificou Romualdo.
A Guarda Municipal de Piracicaba começou a utilizar pistolas de choque em julho de 2012 com a compra de 11 armas deste tipo, além de sprays de pimenta, por meio de verba repassada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).
A aquisição de agora será bancada pela Prefeitura. A compra, de acordo com extrato publicado no Diário Oficial do Município, não exigiu licitação porque apenas uma empresa nacional detém a tecnologia e fornece os armamentos no território brasileiro.
Os agentes da corporação que têm contato com as armas já passaram por treinamento, de acordo com o comandante. "Temos ainda alguns guardas que foram credenciados como instrutores para ensinar os demais", disse Romualdo em entrevista ao G1.
saiba mais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE CRUZETA AVANÇA E SE DESTACA NO SERIDÓ .

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

ASSALTO AO SUPERMERCADO DE RENAN !