FIM DA GREVE GM COTIA-SP


COTIA-SP.
                                  FIM DA GREVE
 GCM de Cotia aceita proposta de reajuste de 25% e põe fim à greve

Os guardas municipais conseguiram um aumento de 25% dentre outros pedidos que serão atendidos



Agentes da Guarda Civil Municipal de Cotia aceitaram a proposta do prefeito Carlão Camargo e colocaram fim à greve deflagrada na última terça-feira, 19. Os guardas conseguiram um aumento de 25% dentre outros pedidos que serão atendidos pela administração municipal.

A decisão pelo fim da greve foi tomada na tarde de segunda-feira, 25, depois de reunião com portas fechadas entre representantes da categoria e da Prefeitura. Com o resultado da negociação, o patrulhamento e ronda acontece normalmente no município.

Durante a greve, que durou 6 dias, a Associação dos Guardas Civis de Cotia havia orientado o efetivo a não sair às ruas e restringir os trabalhos à vigilância dos patrimônios públicos.

A lista de reivindicações incluía reajuste salarial de 100%, divididos em quatro anos, incorporando todas as gratificações pagas atualmente no mês de junho de 2013; agilidade na elaboração do novo plano de carreira da categoria; prazo até 30 de junho para o pagamento de todos os benefícios atrasados como licença prêmio, qüinqüênio, adicional de faculdade e sexta parte.

Da redação
(policia@webdiario.com.br)







   


GCM de Cotia aceita proposta de reajuste de 25% e põe fim à greve

Os guardas municipais conseguiram um aumento de 25% dentre outros pedidos que serão atendidos



Agentes da Guarda Civil Municipal de Cotia aceitaram a proposta do prefeito Carlão Camargo e colocaram fim à greve deflagrada na última terça-feira, 19. Os guardas conseguiram um aumento de 25% dentre outros pedidos que serão atendidos pela administração municipal.

A decisão pelo fim da greve foi tomada na tarde de segunda-feira, 25, depois de reunião com portas fechadas entre representantes da categoria e da Prefeitura. Com o resultado da negociação, o patrulhamento e ronda acontece normalmente no município.

Durante a greve, que durou 6 dias, a Associação dos Guardas Civis de Cotia havia orientado o efetivo a não sair às ruas e restringir os trabalhos à vigilância dos patrimônios públicos.

A lista de reivindicações incluía reajuste salarial de 100%, divididos em quatro anos, incorporando todas as gratificações pagas atualmente no mês de junho de 2013; agilidade na elaboração do novo plano de carreira da categoria; prazo até 30 de junho para o pagamento de todos os benefícios atrasados como licença prêmio, qüinqüênio, adicional de faculdade e sexta parte.

Da redação
(policia@webdiario.com.br)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GUARDA MUNICIPAL DE CRUZETA AVANÇA E SE DESTACA NO SERIDÓ .

GUARDA MUNICIPAL DE PARELHAS É APRESENTADA A POPULAÇÃO.GUARDA DE JARDIM DO SERIDÓ ESTEVE PRESTIGIANDO!

DOIS MENORES SÃO APREENDIDOS PELA PM EM JARDIM DO SERIDÓ