sábado, 29 de agosto de 2009

Polícia Municipal de Portugal.



Polícia Municipal
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Em Portugal, as Polícias Municipais são departamentos especiais das Câmaras Municipais encarregados da fiscalização do cumprimento dos regulamentos municipais e de outras normas legais de interesse local.

[editar] Missão

As Polícias Municipais têm como missão a fiscalização nas áreas de:

* Urbanismo e construção;
* Estabelecimentos de hotelaria;
* Comércio e abastecimentos;
* Mobiliário urbano, ocupação e publicidade nos espaços públicos;
* Saúde pública;
* Trânsito rodoviário e pedonal.

Além disso exercem as seguintes funções de protecção e segurança:

* Defesa da natureza e do ambiente;
* Policiamento de parques e jardins municipais;
* Segurança de instalações municipais;
* Despejo de instalações municipais ocupadas abusivamente;
* Diligências processuais.

As Polícias Municipais de Lisboa e Porto, além destas missões ainda desempenham as funções de segurança pública e de fiscalização da actividade de guarda-nocturno.


Existem dois tipos de Polícias Municipais em Portugal: as de Lisboa e Porto e as restantes. A diferença essencial está na sua constituição. As Polícias Municipais de Lisboa e do Porto são constituídas por agentes da Polícia de Segurança Pública destacados e colocados operacionalmente na dependência das respectivas Administrações Municipais, mas mantendo todos os seus poderes de agente de autoridade policial. As restantes Polícias Municipais são constituídas por funcionários municipais, com poderes de autoridade mais limitados.

Policiais querem polícia única e civil.


Policiais querem polícia única e civil
Pesquisa aponta que profissionais aprovam um novo modelo na segurança

Do jornal Zero Hora

Dois terços dos praças e oficiais das Polícias Militares do país defendem mudanças no modelo de polícia e mais da metade dos policiais civis e militares prega a unificação das corporações. Os dados fazem parte de uma pesquisa inédita realizada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e o Ministério da Justiça, sobre policiais, guardas municipais, bombeiros e agentes penitenciários do país.

Com 64.130 questionários respondidos, a pesquisa O Que Pensam os Profissionais de Segurança Pública, no Brasil, será divulgada hoje, em Brasília. As respostas ajudam a compreender e a interpretar a atuação das polícias no país.

Ao responderem a pergunta “Qual o modelo ideal de polícia?”, 35% defenderam a unificação das corporações, longe da disciplina e do rigor militar, e 15% manifestaram-se pela criação de uma única polícia militarizada. Mas a maioria (50%) defende uma nova e única polícia. Atuação condicionada a um determinado tipo de crime foi defendida por 12%.

Lula pede fim do “jogo de empurra” na questão da segurança pública
29/08/2009...00:00
Autoridades defendem revisão do conceito de segurança pública
Da Agência Brasil

Brasília – O secretário executivo do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci), Ronaldo Teixeira, defendeu hoje (28), a necessidade de ampliar o conceito de segurança para segurança política, econômica, jurídica e alimentar. “Tudo sempre associado à questão dos direitos humanos”, ressaltou durante o painel de contextualização da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (1ª Conseg), em Brasília.

“Há uma dicotomia histórica que tem de um lado corporações, principalmente de policiais, defendendo [que se resolva] o problema de segurança com mais ações repressivas e equipamentos e, de outro lado, o meio acadêmico e também policiais que defendem uma ação mais social visando a solucionar os problemas com emprego, educação e saúde”, disse Teixeira.

Segundo ele, o Pronasci busca superar essa dicotomia. “Nós queremos substituir o ‘ou’ dessa dicotomia pelo ‘e’. Isso nada mais é que estimular ações de segurança pública com caráter preventivo”, explicou.

“O jovem é a principal vítima e o principal vitimizador da violência. E as estatísticas mostram o quão alto são o índice de dele, após cumprir penas. Isso torna urgente reforma do sistema prisional, inserindo, nesse ambiente, salas de aula, anfiteatros e espaço para esporte e lazer”, argumentou o secretário. “Ainda que eles estejam sendo punidos, como devem ser, perante as nossas leis”, completou.

Para a ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire, “a questão da segurança pública ou da construção de uma sociedade mais solidária não é uma questão de polícia, mas de política, envolvendo saneamento básico, educação e políticas culturais”, disse a ministra, ao reproduzir parte de um dos diálogos colhidos para o estudo Mulheres: Diálogos sobre Segurança Pública.

O estudo ouviu 213 mulheres de diferentes ocupações, classes sociais, orientações sexuais e religiosas sobre o problema da violência, em sete cidades do país: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Belém e Canoas.


fonte: Blog do Delegado.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Câmara aprova Projeto de Lei sobre a Criação e as Diretrizes Gerais da Guarda Municipal de Jardim do Seridó-RN.


Á DIREITA OS 4 GMS QUE FIZERAM PARTE DA COMISSÃO E RESPONDERAM QUESTIONAMENTOS DOS EDIS LOCAIS.

Câmara aprova Projeto de Lei sobre a Criação e as Diretrizes Gerais da Guarda Municipal de Jardim do Seridó-RN.

Apesar de já a quase dois anos atuarem no município de Jardim do Seridó, sob tutela da Lei que criara o Cargo de Guarda Municipal , somente quarta-feira,26/08/2009,foi votada na câmara legislativa local a Lei que rege a criação como Corporação e as Diretrizes gerais da GMJS,foi regulamentados desde uniformes ,até uso de equipamentos não letais ,num ato de avanço muito grande, sendo a pioneira na região.Primeiramente ,antes da reunião dos vereadores os Guardas que formaram uma comissão foram submetidos a uma sabatina , onde responderam a uma serie de perguntas sobre o tema, tendo satisfeito aos edis.Segue abaixo duas matérias veiculadas na midia eletrónica local sobre o assunto:

Os vereadores de Jardim do Seridó aprovaram com emendas na 23ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal, realizada quarta-feira passada, o Projeto de Lei nº 013, de 05 de agosto de 2009, de autoria do Poder Executivo, que versa sobre a Criação e as Diretrizes Gerais dos Serviços da Guarda Municipal.

Com essa aprovação, fica definida uma política municipal de segurança aos munícipes, seguindo os preceitos atuais do Ministério da Justiça, Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP e da matriz Curricular para Formação das Guardas Municipais, tornando de Direito o que já existe de fato.

Antes de ir ao plenário da Casa, o projeto tramitou na Comissão de Constituição, Legislação, Justiça e Redação, que tem como relator o vereador José Dantas de Araújo (PP), no qual recebeu a aprovação dos demais edis.

“Considero que a segurança pública somada à cidadania e, quando trabalhadas em conjunto rendem uma eficaz parceria em favor da comunidade e que a devida regulamentação das Diretrizes Gerais dos Serviços da Guarda Municipal significará, sobretudo, o cumprimento a ditames constitucionais sobre a matéria, seguindo preceitos atuais regulamentados pelos órgãos afins”, disse o relator.

O Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade pelos sete vereadores presentes à reunião e seguiu para a Prefeitura Municipal para ser sancionado pelo Chefe do Executivo jardinense.

Fonte:http://www.camarajs.com.br



Guarda Municipal totalmente amparada pela lei municipal
Foi votado ontem, no plenário da Câmara Municipal, o projeto de Lei que dispõe sobre a Criação e a Estrutura da Guarda Municipal de Jardim do Seridó, aprovado por unanimidade de votos. Os Edis daquela Egrégia Casa Legislativa elogiaram bastante a iniciativa do Efetivo da Guarda Municipal que, preliminarmente se reuniram com todos os Vereadores para desfazerem qualquer dúvida a respeito do trabalho dos Agentes Municipais, suas condutas em trabalho e procedimentos.

A Guarda Municipal está agora amparada e respaltada por Lei própria, que regerá todos os aspectos do seu trabalho diuturno, o que só trará benefícios a população, visto que a atividade desses servidores é reforçar a Segurança Pública Municipal, através da Proteção dos bens, serviços e instalações municipais e consequentemente também daqueles que usufruem deste Patrimônio Público.

Parabéns a todos, administração Municipal e Câmara de Vereadores pela compreensão e pelo pioneirismo desta ação, já que está Segundo Sérgio Medeiros, Coordenador da Guarda Municipal de Jardim do Seridó, é a primeira Guarda Municipal regulamentada em toda Região Seridó.

Fonte:http://www.padrejocimar.com/

GUARDAS MUNICIPAIS DO NORDESTE.


GUARDA MUNICIPAL DE VALENÇA-BA

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Guarda Civil Metropolitana tem um dos piores salários do Brasil-GREVE GERAL ,APOIAMOS!


Guarda Civil Municipal tem um dos piores salários
Cruzeiro On Line


A Guarda Civil Metropolitana da capital paulista é a que paga o menor salário inicial aos guardas-civis em comparação com oito cidades vizinhas e Campinas O levantamento foi feito pela reportagem nas prefeituras. Ao ingressar na corporação, o guarda da capital recebe R$ 534,71 por mês, mais gratificação de R$ 320,82.

A baixa remuneração é o principal motivo da paralisação deflagrada pela categoria na terça-feira passada e que continuava até o início da noite desta quarta (26). Os guardas reivindicam o aumento da gratificação de 60% para 140%. Se a proposta fosse aceita, eles passariam a ganhar R$ 1.281,70. Ainda assim, teriam um dos piores salários entre os municípios consultados pela reportagem.

O prefeito Gilberto Kassab (DEM) considerou hoje a paralisação ilegítima. "Volto a fazer um apelo para que eles saiam da greve. Essa não é a forma adequada para fazer negociações." Kassab disse esperar que a Justiça declare a ilegalidade do movimento. Questionado se considera o salários justos, disse que "a Guarda vem sendo valorizada".

O SindiGuardas diz que 70% dos agentes aderiu à greve. Com apitos e faixas, cerca de 250 GCMs fizeram protesto em frente à Prefeitura. Eles prometem novo protesto a partir das 7 horas desta quinta-feira (27). A Secretaria Municipal de Segurança Urbana informou que remanejou guardas para reforçar áreas mais vulneráveis, como ronda escolar e fiscalização no centro.(AE)

Polícias trocam farpas antes de conferência em Brasília.



Polícias trocam farpas antes de conferência em Brasília

Documento com posições de ministério, que incluía 'não' à desmilitarização, vaza e causa mal-estar.

SÃO PAULO - Antes mesmo de qualquer palestra ou discussão da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (Conseg), iniciativa inédita que começa hoje em Brasília para tentar consolidar mudanças na política nacional para o setor, as maiores polêmicas já estão sendo debatidas nos bastidores - e com direito a troca de farpas entre os diversos setores envolvidos, numa prévia do que deve acontecer até domingo na Esplanada dos Ministérios. A primeira controvérsia veio na forma de um documento em PowerPoint que vazou nesta semana do Ministério da Justiça, escancarando de antemão em 18 páginas as propostas que seriam defendidas pelo governo federal.

O documento aponta que o MJ seria contra a desmilitarização, a municipalização ou a unificação das polícias, defenderia a vinculação de verba orçamentária para a segurança. Ele dizia que o ministério não apoiaria a inclusão da sociedade civil em conselhos de gestão de segurança, incentivaria o uso de armamento menos letal e vetaria a criação de um Ministério da Segurança Pública e a redução da maioridade penal.

Depois de um ano de debates e de 1.359 reuniões em 514 municípios, o vazamento pegou de surpresa boa parte dos gestores, agentes policiais, militantes de direitos humanos e pesquisadores que vão discutir os temas no Conseg - para alguns, como a Associação de Delegados de São Paulo, o documento foi um balde de água fria, já que, segundo eles, o MJ estava "forçando uma decisão que deveria ser democrática".
O lobby da Polícia Civil reagiu. O presidente da associação paulista, Sérgio Roque, pediu a ajuda do colega e secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Junior, para que uma comissão de delegados fosse recebida no ministério. O encontro ocorreu anteontem com o secretário executivo da pasta, Luiz Paulo Barreto. "Ele nos garantiu que o ministério não vai apoiar essas medidas", afirmou o delegado Roque.

O problema dessa pauta é que ela seria, segundo os policiais civis, feita sob encomenda para as Polícias Militares. O documento foi criado depois de uma reunião do secretário nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, Ricardo Balestreri, com diversos secretários estaduais de Segurança.

Ao Estado, a assessora especial do ministro da Justiça e coordenadora da 1º Conseg, Regina Mikki, explicou que o documento não é oficial e que as posições do MJ não devem influenciar os debates. "A reunião com os secretários e o documento em PowerPoint serviram para aprofundarmos as questões mais polêmicas da conferência e saber sobre os consensos e discordâncias das autoridades de segurança. Não era para ter vazado. A posição dos governos pode ser voto vencido, já que só representa 30% do Conseg. Ainda há a opinião da sociedade civil (40%) e dos trabalhadores (30%)."

Desde as conferências estaduais - que definiram as propostas para a 1ª Conseg -, o lobby conjunto da Polícia Civil e das Guardas Civis aprovou as propostas de municipalizar a polícia ostensiva e de unificação e desmilitarização. O lobby prepara caravanas para Brasília.

A ação surpreendeu as PMs, que defendiam que as polícias fizessem desde o patrulhamento das ruas até o registro e investigação de crimes - o chamado ciclo completo. "Somos favoráveis à unificação com o fim do inquérito", disse o ex-comandante da PM de São Paulo Carlos Alberto de Camargo.

REUNIÕES
Com 2,7 mil participantes esperados para o encontro, que vão a Brasília debater desde propostas genéricas como "promover a igualdade social" e "investir na educação" até ideias polêmicas, como desconstitucionalizar as polícias, extinguir a idade penal e controlar a imprensa, a reunião ainda é vista com ceticismo por participantes entrevistados. O receio é que haja conversas demais e poucos resultados efetivos.

Desde o começo do ano, foram colhidas em reuniões por todo o País exatas 364 propostas, que serão debatidas nos três dias para que na plenária sejam definidas as 40 diretrizes e os 10 princípios prioritários que devem orientar a Política Nacional de Segurança Pública. Já há consensos de proposições que poderão sair das reuniões do Conseg. Uma delas é a vinculação orçamentária: ONGs e sindicatos vão propor utilizar no mínimo 12% da receita estadual em ações e serviços de segurança pública e destinar 5% do orçamento municipal em segurança pública urbana. No documento vazado nesta semana, o MJ diz que "considera bom que a proposta neste sentido seja aprovada".

Outra ideia que deve ganhar força é a regulamentação das funções dos guardas-civis metropolitanos e o aumento da fiscalização em cima das empresas de segurança privada. As ideias polêmicas, como a desmilitarização das polícias, mesmo se forem aprovadas pela maioria no final da conferência, não serão implementadas nos Estados antes de novas discussões e apoio político nas Assembleias. "Continuaremos em busca de consenso", diz Mikki.

O governo assume que os debates mais acalorados ficarão a cargo do ciclo completo da polícia - pela proposta, em vez de as Polícias Civil e Militar dividirem o policiamento ostensivo e a investigação dos crimes, passariam apenas a seguir competências diferentes, segundo a gravidade dos tipos penais. O secretário Ricardo Balestreri defende que a PM deveria cuidar dos crimes patrimoniais e a Civil ficaria com os crimes contra a vida e o tráfico de drogas. Depois do vazamento do documento interno do MJ, no entanto, Balestreri foi cobrado pela sua posição no ministério - o que só vai esquentar os debates na 1ª Conseg.

Fonte:Estadão

Prefeitura de BH vai reforçar a Guarda Municipal



PBH vai reforçar a Guarda Municipal
Junia Oliveira - Estado de Minas


A segurança pública e patrimonial está na linha de frente do pacotão de medidas que será lançado hoje pela Prefeitura de Belo Horizonte. A educação e a saúde são algumas das áreas consideradas prioridades de 40 projetos sustentadores, concebidos ao longos dos primeiros oito meses de governo ou herdados da gestão passada. A execução do BH Metas e Resultados está programada para ser concluída em 2012, com um orçamento de quase R$ 8 bilhões. No total, 170 escolas municipais e centros de saúde serão equipados com câmeras de monitoramento, controladas pela Guarda Municipal.

Na terça-feira, o Blog do Benny anunciou que a Prefeitura de BH quer investir R$ 7,5 bi em obras nos próximos quatro anos. Dê sua opinião!

Aumento de trabalho significará também crescimento da corporação – uma das metas dos projetos sustentadores da administração de BH. Por isso, o efetivo previsto em lei da Guarda Municipal de Belo Horizonte já tem data para ficar completo: janeiro do ano que vem, quando ocorrerá concurso para o preenchimento de 600 novas vagas. Atualmente, 1.919 homens e mulheres são responsáveis pela segurança do patrimônio da capital e estão presentes em escolas, centros de saúde, praças e parques, entre outros lugares.

Na terça-feira, durante solenidade de aniversário de seis anos da Guarda Municipal, o prefeito Marcio Lacerda anunciou ainda que, gradativamente, haverá aumento salarial da corporação até a equiparação com os vencimentos da Polícia Militar.

De acordo com o secretário Municipal de Segurança Urbana e Patrimonial, coronel Genedempsey Bicalho, uma parte do efetivo será deslocada para atuar no trânsito, principalmente depois que for dado aos guardas o poder de multar, assim como ocorre com os agentes da BHTrans – o que pode ocorrer ainda este ano, informou o coronel. “Faltam alguns ajustes finos entre a Guarda e a BHTrans, como controle do talão e questões estatísticas, mas todo o trabalho foi feito de forma a atuar plenamente no trânsito”, disse.

“A Guarda não tem interesse em multar e trabalhará com base no que vai observar nas ruas. O ideal seria atuar na orientação, no controle do trânsito, sem precisar usar dessa ferramenta que, infelizmente, é a forma que temos de coibir abusos no trânsito”, completou.

O armamento, outra questão polêmica, também está sem definição. Foram comprados 300 revólveres, mas, até agora, apenas 30% dos guardas foram treinados para usá-los. A decisão depende de determinação do prefeito, que analisa a possibilidade do uso de instrumentos não letais antes das armas de fogo, que poderão repassadas à PM caso a prefeitura decida mantê-las estocadas. “A guarda é treinada para usar armas e uma parcela dela já foi submetida à avaliação psicológica. Mas continuamos esperando a decisão do prefeito”, concluiu Genedempsey Bicalho.

Guarda Municipal estoura megadesmanche em chácara.


Guarda Municipal estoura megadesmanche em chácara.

Um desmanche regional de carros roubados e furtados foi descoberto nesta terça-feira por patrulheiros da Gama (Guarda Municipal de Americana) em uma chácara na Estrada da Balsa, no limite de Americana com Limeira. No local, os guardas encontraram um Golf roubado em Campinas, um Palio e um Fiesta - parcialmente desmanchados (sem peças, acessórios e portas) -, pelo menos dez motores, câmbios e outras peças.

As primeiras informações conseguidas pelos guardas dão conta de que o desmanche pertencia a uma quadrilha que age em municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas). Quatro homens foram presos, três deles na chácara. A propriedade fica a cerca de cinco quilômetros do Centro de Americana, seguindo pela estrada com destino ao distrito de Tatu.

Fonte:O Liberal.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Guardas Municipais , conheçam a IPA!


O que é IPA?

A IPA - INTERNATIONAL POLICE ASSOCIATION (Associação Internacional de Polícia) é uma das mais interessantes e únicas organizações sociais do mundo. Esta organização fraternal é dedicada a "unir em serviço e amizade todos os membros, ativos ou aposentados, no trabalho de cumprimento da Lei ao redor do mundo". A IPA luta para elevar a imagem da Polícia em seus países membros, e para facilitar a cooperação internacional através de contatos amigáveis entre policiais de todos os continentes.

Seu quadro de membros excede a 310 mil em 59 países e continua aumentando. O ingresso é aberto a qualquer policial civil dedicado ao cumprimento da Lei, ativo ou aposentado, que preencha os requisitos exigidos pela Seção Nacional da IPA no Brasil. O acesso é oferecido sem considerações de hierarquia, raça, gênero, cor, religião ou opção política.

A IPA foi constituída originalmente pelo Sargento Arthur Troop, da New Scotland Yard, na Inglaterra em 1950. Começou com o sonho de um homem de ter todos os policiais reunidos por intermédio da amizade. Isto é demonstrado pelo lema da Associação "Servo per Amikeco", que, em idioma esperanto, significa "Servir pela Amizade".

A IPA cria uma oportunidade para intercâmbio e contatos em níveis local, regional e internacional. É uma grande organização para seus membros e suas famílias que desejem viajar para qualquer lugar do mundo.

Filiação

O ingresso na Associação é assegurado após a preparação e apresentação de uma proposta.

A IPA está aberta a Policiais Civis Estaduais ou Federais, Policiais Rodoviários Federais, Policiais Ferroviários Federais, Guardas Civis Municipais, Agentes Penitenciários, Servidores Públicos civis Federais, Estaduais ou Municipais que desempenham atividade de natureza policial, enquanto durar esta característica (em atividade ou aposentados).

A Seção Brasileira da IPA foi fundada na cidade de Santos - SP em abril de 1962, e reconhecida pelo Comitê Executivo Internacional em Genebra, em 16 de maio de 1962.

A IPA - Seção Brasil coordena e faz cumprir o Estatuto Internacional nas suas Seções Regionais nos Estados de: Região 1- São Paulo, Região 2-Rio de Janeiro , Região 3-Rio Grande do Sul ,Região 15-Minas Gerais , Região 27- Brasília - DF ,Região 26 em formação- Goiás , Região 22 em formação -Santa Catarina , Região 23 em formação -Paraná , Região 5 em formação-Bahia e Região 9 em formação-Rio Grande do Norte .

A Seção Nacional obedece a diretrizes estatutárias internacionais, que por sua vez as repassa e faz cumprir às Seções Regionais.

Na cidade de São Paulo, as Seções Nacional e Regional estão localizadas à Av. Cásper Líbero, 390 - 5º andar - conjunto 503 - Santa Efigênia - CEP: 01033-000 - central telefônica/fax: (11) 3313-5077.

As propostas de inscrição podem ser formuladas pessoalmente, via postal, ou pelo e-mail ipa.brasil@ipa-brasil.org.br.

☞ No link abaixo segue o modelo da ficha de inscrição:
• http://www.ipa-brasil.org.br/ipa-brasil/extra/20081210-proposta_de_filiacao_ipa.pdf

CONHEÇAM A INTERNACIONAL POLICE ASSOCIATION-IPA E OBSERVEM A ATENÇÃO DELA COM AS GUARDAS MUNICIPAIS,COM OS AGENTES PENITENCIÁRIOS E OUTROS AGENTES DE SEGURANÇA PÚBLICA.

Guardas Municipais do Nordeste.



Guarda Municipal de Natal-RN

Guardas municipais de SP entram em greve .


Guardas municipais de SP entram em greve e usam nariz de palhaço

SÃO PAULO - Os guardas civis metropolitanos da capital paulista estão em greve desde a meia-noite. Eles afirmam que mantêm apenas 30% do serviço, como manda a lei. São eles que vigiam o patrimônio público. Eles afirmam que mantêm apenas 30% do serviço, como manda a lei.

Os guardas querem reajuste salarial e melhores condições de trabalho. Na zona sul de São Paulo, o Largo 13 de Maio ficou sem o policiamento feito pela GCM. Cerca de 50 guardas municipais se reuniram em frente à inspetoria de Santo Amaro. Todos sem farda. As viaturas não saíram da garagem.

Vários guardas se reuniram diante da sede da Prefeitura, no centro. Nariz de palhaço e apitos foram usados para chamar a atenção. Rojões também foram usados. Eles ocuparam toda a calçada e bloquearam uma faixa do Viaduto do Chá.

- Há mais de dez anos estamos sem receber um reajuste. É inadmissível uma cidade como São Paulo pagar um salário de R$ 855 para um trabalhador - diz Carlos Augusto Silva, presidente do Sindicato dos Guardas Civis.

A greve foi decidida na semana passada. Os guardas civis metropolitanos pedem reposição das perdas salariais e aumento na gratificação paga à categoria. Querem ainda que o salário seja equiparado ao de outras carreiras de nível médio e também melhores condições de trabalho.

- Nós temos bases comunitárias aqui no centro, como na Rua 25 de Março, onde o pessoal se acomoda dentro de um contêiner - reclama Wesley Melo, secretário do Sindicato dos Guardas.

É trabalho da Guarda Civil Metropolitana vigiar prédios e monumentos públicos, a proteção ambiental, fazer a ronda escolar e fiscalizar o comércio ambulante.

- Temos um entendimento com a polícia militar, é uma greve ilegal, inoportuna e não é o fórum adequado para se discutir questões salariais - afirmou Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo.

As reivindicações são reposição de 17% de perdas salariais, aumento em 140% das gratificações e melhoria nas condições de trabalho, como limpeza de áreas públicas e fornecimento regular de uniformes.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Guardas participam de oficina de prevenção

Guardas participam de oficina de prevenção

Quarenta guardas municipais de Curitiba participm nesta semana de uma oficina sobre prevenção de acidentes com crianças. A oficina será de hoje até a quinta-feira, das 8 às 12 horas, no Centro de Capacitação da Secretaria Municipal de Educação (Rua Dr. Faivre, 398). As aulas serão conduzidas por Ingrid Stammer, coordenadora de projetos da ONG Criança Segura, uma organização não-governamental que promove a prevenção de acidentes com crianças e adolescentes até 14 anos. Segundo a ONG, os acidentes são a principal causa de morte de crianças de 1 a 14 anos no Brasil.
“Os guardas municipais que participarão desta oficina fazem parte do projeto Guarda Municipal Mirim. A proposta é transformá-los em multiplicadores para que levem conceitos de prevenção de acidentes para as crianças que participam do projeto”, diz Ariovaldo Alves Nery Junior, diretor de Promoção da Defesa Comunitária da Secretaria Municipal da Defesa Social.
“Estudos apontam que 90% dos acidentes com crianças poderiam ser evitados. Por isso, inúmeras medidas de prevenção devem ser adotadas e reforçadas, como a disseminação de informações sobre o tema, mudança de comportamento, políticas públicas que assegurem infraestrutura e ambientes seguros para o lazer, legislação e fiscalização adequada”, afirma Ingrid.
Um recente estudo da ONG Criança Segura constatou uma queda de 17% no número de mortes de crianças até 14 anos causadas por acidentes, de 2000 a 2007. A fonte das informações é o Ministério da Saúde. “Apesar disso, o desafio da prevenção dos acidentes com crianças permanece”, diz Ingrid. Os acidentes de trânsito, afogamentos, sufocações, queimaduras, quedas e intoxicações ocupam o primeiro lugar no ranking de mortes de crianças de 1 a 14 anos no Brasil.
A oficina acontecerá às vésperas do Dia da Prevenção de Acidentes com Crianças, dia 30 de agosto. Para celebrar a data, a ONG mobiliza parceiros em todo o País para aderir à campanha e reunir esforços em benefício da causa. “Estamos festejando a redução dos números. Mas, exatamente por saber que ainda precisamos avançar no campo da prevenção destes acidentes, é que vamos mobilizar o maior número possível de instituições nesta data. Quanto mais gente e organização engajada, maior será o alcance da ação”, afirma Alessandra Françoia, coordenadora nacional da ONG Criança Segura.
Qualquer instituição pode participar da campanha. As iniciativas ganharão destaque no site da ONG (www.criancasegura.org.br) e no Blog da organização, espaço criado para viabilizar a troca de informações e experiências entre as instituições.

sábado, 22 de agosto de 2009

Guardas Municipais de São José do Rio Pardo serão promovidos



Guardas Municipais serão promovidos


Vinte e dois guardas municipais serão promovidos pela Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito hoje, sábado, durante a cerimônia simbólica que lembrará o centenário da morte de Euclides da Cunha, a ser realizada a partir das 10h00 no Recanto Euclidiano.

De acordo com o secretário da pasta, José Fernando Folharini, “há quase oito anos não havia promoção na Guarda Municipal. De acordo com ele, “para ser promovido, conforme a hierarquia da GM, os guardas não podem ter sofrido nenhum tipo de penalidade durante os últimos dois anos no exercício da função”.

O estatuto da Guarda Municipal prevê quatro categorias aos guardas, sendo terceira classe, segunda classe, primeira classe e sub-inspetor. Nesta promoção, 18 guardas foram promovidos da terceira classe para a segunda; dois guardas foram promovidos da segunda para a primeira classe e dois guardas foram promovidos da primeira classe para sub-inspetor.

“As obrigações por classes são as mesmas, o que muda é somente o respeito hierárquico”, destacou Folharini.

Além da promoção, Folharini informou ainda que todas as fardas (camisas, calças, jaquetas de inverno, bonés, botinas) bem como os objetos de trabalho (algemas, cinturão, tonfas, fiel) foram totalmente substituídos pela Secretaria de Segurança e Trânsito. “Sempre tivemos a preocupação de proporcionar bons equipamentos e um fardamento adequado para a Guarda Municipal. Além disso, todos os guardas também estão passando por diversos treinamentos para melhor desempenhar suas funções junto à sociedade”, disse o prefeito João Luís Cunha.

Com relação aos treinamentos, que começaram na última semana de julho, Folharini disse que os guardas já participaram de várias palestras. “Os temas abordados nestas palestras são bem relevantes, como, por exemplo ‘Atuação da Polícia, feitura de Boletim de Ocorrência; ‘Procedimento Administrativo – Hierarquia no Funcionalismo Público; ‘Ordem Unida’, ‘Respeito ao Meio Ambiente’; ‘Continência e Respeitabilidade aos Sinais’”.

Na próxima semana, o tema será ‘Abuso de Autoridade’, ministrada pelo juiz de Direito Wladimir Massaro. “Também estão previstas palestras sobre primeiros socorros para este mês”, disse o secretário. Todas as palestras são realizadas no Tiro de Guerra.

Por fim, Folharini também destacou que as novas motos adquiridas pela Prefeitura para a Guarda Municipal já estão sendo utilizadas. “As duas motos estão auxiliando bastante, principalmente para a ronda, diurna e noturna, na cidade”, concluiu o secretário.

O telefone da Secretaria de Segurança e Trânsito para outras informações é o 3681 4777.

fonte: democrata on-line.

Prefeitura de Campinas (SP) abre 100 vagas para guarda municipal



Prefeitura de Campinas (SP) abre 100 vagas para guarda municipal

Cargo exige nível médio de escolaridade.
O salário é de R$ 1.855,65.

Do G1, em São Paulo

Prefeitura de Campinas (SP)
Inscrições
De 24 de agosto a 10 de setembro
Salário
R$ 1.855,65
Vagas
100
Taxa de inscrição
R$ 40
Prova
4 de outubro

A Prefeitura de Campinas (SP) abriu concurso público para 100 vagas de guarda municipal (80 para o sexo masculino e 20 para o sexo feminino). O salário é de R$ 1.855,65. O aprovado recebe ainda auxílio-refeição/alimentação no valor de R$ 428,80 ( veja aqui o edital ).



Confira lista de concursos e oportunidades

O candidato deve ter nível médio completo, carteira de habilitação no mínimo da categoria B, idade entre 18 e 30 anos na data de inscrição e estatura mínima de 1,65m para mulheres e 1,70m para homens.

As inscrições serão recebidas no período de 24 de agosto a 10 de setembro, exclusivamente pelo site www.caipimes.com.br.

A taxa de inscrição será de R$ 40,00. Pode pedir isenção da taxa o candidato que comprovar ter doado sangue em três ocasiões nos 18 meses antecedentes à data limite para inscrição no concurso, ou seja, entre março de 2008 e agosto de 2009.

Os candidatos inscritos passarão por prova objetiva, exame antropométrico, teste de aptidão física, avaliação psicológica, exame médico, pesquisa social e curso de formação da Academia da Guarda Municipal. A prova objetiva será aplicada no dia 4 de outubro.

Guardas municipais prendem suspeito de assaltar casa no Leme



Guardas municipais prendem suspeito de assaltar casa no Leme

Suspeito teria roubado dinheiro, cordão de ouro e relógios.
Pedestres chamaram atenção de guardas.
Guardas municipais prenderam nesta sexta-feira (21) um suspeito de assaltar uma residência no Leme, na Zona Sul do Rio.
Ele foi preso na Praça do Lido, em Copacabana, após os guardas serem alertados por pedestres que gritavam “pega ladrão”.
A vítima chegou logo em seguida e contou aos agentes que o suspeito invadiu sua casa e roubou dois relógios, um cordão de ouro e uma nota de dois mil pesos colombianos.
Os guardas refizeram o trajeto de Copacabana ao Leme com a vítima e encontraram dois relógios jogados no calçadão da Praia de Copacabana. Os pertences foram devolvidos ao dono da residência.
A assessoria da Guarda Municipal informou que o suspeito continua preso na 13ª DP (Ipanema), onde o caso foi registrado.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Guardas municipais ameaçam entrar em greve em São Paulo

Guardas municipais ameaçam entrar em greve em São Paulo

SÃO PAULO - Os guardas civis metropolitanos ameaçam entrar em greve por tempo indeterminado, a partir da zero hora da próxima terça-feira para pressionar a Prefeitura de São Paulo a abrir negociações referentes ao reajuste salarial na corporação. Eles pedem um aumento de 52,04% e melhores condições de trabalho. Com a paralisação, a promessa é de suspender o policiamento nas ruas, em praças e nos prédios públicos da administração.

Por conta dessas exigências, a mobilização já começou ontem, com a implantação da operação padrão. Dentro dessa estratégia, a guarda deixou de apreender mercadorias dos camelôs em todas as regiões da cidade, informou o presidente do sindicato da categoria (SindGuardas-SP), Carlos Augusto Souza Silva. Entre os pontos onde isso mais ocorreu, está a região da Rua 25 de Março, no Centro.

"É o pontapé inicial nesse movimento porque simplesmente fomos ignorados. Encaminhamos nossas reivindicações em março e não tivemos nenhuma resposta até agora", adiantou. Atualmente, a capital conta com cerca de 6.500 guardas civis. A Secretaria Municipal de Segurança Urbana não comentou o assunto ao ser procurada pelo DIÁRIO por três vezes, às 16h27, às 18h14 e 18h35.

As estratégias dessa mobilização foram decididas na assembleia realizada anteontem pelo sindicato dos trabalhadores. Silva explicou que a expectativa da entidade é atingir 4.550 guardas nessa greve. O número corresponde a 70% da corporação. "O restante ficará dentro das 42 unidades da corporação para manter a segurança nesses locais. Os demais devem cruzar os braços."

O sindicalista salientou ainda que a categoria exige um salário de, no mínimo, R$ 1.300. Isso representa um reajuste imediato de 52,04%. Hoje, um guarda-civil recebe inicialmente, segundo o sindicato, R$ 855, que inclui R$ 534 de salário-base e R$ 321 de gratificação, denominada Regime Especial de Trabalho Temporário.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

GCM -SP FAZ PROTESTO NA CAMÂRA LEGISLATIVA MUNICIPAL;E COM RAZÃO!



SÃO PAULO - Os vereadores aprovaram no início da noite desta quarta-feira um projeto que determina um novo teto salarial para o funcionalismo. Com 48 votos a favor e nenhum contrário, foi estabelecido um aumento de 78% no teto salarial do prefeito e dos secretários municipais, que passará de R$ 12.300 para R$ 22 mil. O reajuste, no entanto, não é automático. Quem vai definir quanto exatamente cada um vai ganhar é a mesa diretora da Câmara Municipal.

À tarde, mais de 100 guardas municipais fizeram uma manifestação em frente à Câmara Municipal por reajuste salarial e aprimoramento do plano de carreira para a categoria. Eles exigiram a aprovação de gratificação com valor próximo ou igual ao que é pago pela prefeitura à Polícia Militar. Segundo os manifestantes, que usaram nariz de palhaço dentro do plenário, se a prefeitura não tem dinheiro para valorizar a Guarda Civil também não deve gastar recursos com policiais que são pagos pelo governo do estado.

Outro assunto polêmico em discussão na Câmara nesta quarta-feira é a restrição aos fretados. Os vereadores devem votar ainda hoje o projeto substitutivo de regulamentação dessa modalidade de transporte. Está em pauta ainda a autorização para a situação de ônibus de turismo e também a exclusão da Avenida Faria Lima da zona de restrição.
FONTE:O globo on-line.

Guardas municipais prendem ladrão de celular no Centro do RIO.


Guardas municipais prendem ladrão de celular no Centro
Redação SRZD | Rio+ | 19/08/2009 19:27

impressão | Envie por e-mail | RSS

Dois guardas da 1ª Inspetoria da Guarda Municipal (Centro) prenderam, na tarde desta quarta-feira, Luis Alberto Ferreira Santos, acusado de furtar o celular de uma pedestre na Avenida Rio Branco, esquina com Rua da Assembléia, no Centro.

Os agentes patrulhavam a Rua Sete de Setembro quando viram um homem correndo pela Rio Branco. Houve perseguição. Várias pessoas que passavam pelo local tentaram linchar o infrator, e foram impedidos pelos guardas.

O caso foi registrado como furto na 1ªDP (Centro). Luis Alberto já tinha seis passagens pela polícia. O celular foi devolvido à vítima.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Juiz federal vai para delegacia por desacato a Policial e Guarda Municipal,além de agressão contra mulher .



Juiz federal vai para delegacia por desacato e agressão contra mulher

Caso ocorreu na manhã desta segunda-feira em praça no Centro de Belém.
Magistrado tem foro privilegiado e ainda não prestou depoimento.

Do G1, em São Paulo*

Um juiz federal do Pará foi parar na delegacia após agredir a mulher e desacatar um guarda municipal e um policial militar, por volta das 10h30 desta segunda-feira (17), na Praça Batista Campos, no Centro de Belém.



Segundo o delegado Marco Antonio Duarte, da Delegacia Seccional da Cremação, o magistrado foi indiciado por desacato contra um policial militar e contra um guarda municipal. Ele não chegou a prestar depoimento à polícia. "Ele preferiu se manter calado, se pronunciando apenas na Justiça."



A delegada Indira Gomes, diretora da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher, disse ao G1 que a mulher do magistrado registrou um Boletim de Ocorrência de ameaça, vias de fato e agressão física. "Ela nos relatou a agressão, sem lesão aparente, e ainda não prestou depoimento, pois precisou de atendimento médico e deve retornar outro dia para a oitiva."



Indira disse ainda que a vítima chegou a cair no chão da praça e recebeu ajuda das pessoas que passavam pelo local e de dois profissionais da área de segurança (guarda municipal e policial militar). "Ela ainda não disse que se pretende representar contra o marido, com quem parece viver há mais de 20 anos". A delegada afirmou que o juiz federal tem foro privilegiado e o caso não deve seguir na Justiça comum.



Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o guarda municipal e o policial militar tentaram separar o magistrado e a mulher, mas foram agredidos verbalmente. "Meu cliente foi fazer exame de corpo de delito e não pode falar neste momento", disse o advogado Luziel Cacheado, que representa o juiz federal.





* (Com informações da TV Liberal)



Leia mais notícias de Brasil

GM Barreiras-BA


18/08/2009 - Mais segurança para os estudantes das escolas municipais

Publicada em 18-08-09 às 10h35
Fonte Ascom/Barreiras | Fotos Ronaldo Carvalho


Para proporcionar maior segurança aos estudantes do município, a prefeitura implantou, através da Guarda Municipal, o Grupo Especial de Ronda Escolar (Gere), responsável pelo patrulhamento de todo o perímetro escolar. O objetivo do Gere é evitar que vândalos ou traficantes se aproveitem do horário de aula para abordar ou aliciar estudantes.

“A criação do Gere foi uma ideia abraçada pelo atual governo. Nós conversamos com os alunos, eles nos respeitam e o ambiente escolar fica mais seguro”, comenta o comandante da Guarda Municipal, Valdik Bonfim.

De segunda a sexta, nos três turnos do dia, a ronda é realizada por uma equipe que utiliza duas motos e um carro. “Aqui a indisciplina era muito grande, já tivemos caso de aluno armado na escola, membros de gangues esperavam os alunos na porta da escola para brigar. Agora, com a ronda estamos mais tranquilos porque a violência foi coibida”, relata a diretora do Centro Educacional Luiz Viana Filho, Mirtes Campos.

Operação da prefeitura recolhe população de rua em Copacabana

Operação da prefeitura recolhe população de rua em Copacabana

Os abordados foram encaminhados para abrigos do município.
Segundo denúncia anônima, menores usariam esmolas para comprar crack.

Do G1, no Rio, com informações do Bom Dia Rio

A prefeitura do Rio faz nesta terça-feira (18) uma operação para recolher moradores de rua em Copacabana, na Zona Sul.

Agentes da região administrativa com apoio da Secretaria de Assistência Social, da Polícia Militar e da Guarda Municipal deram início à operação no fim da madrugada.

Vários moradores de rua foram abordados e encaminhados para abrigos da prefeitura. Segundo denúncia anônima, alguns menores estariam pedindo esmolas para comprar crack.

A operação continua durante a manhã desta terça.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Guarda vai patrulhar São Francisco de bicicleta


Guarda vai patrulhar São Francisco de bicicleta

Modelo do que será o patrulhamento ciclístico da Guarda em São Francisco. Foto de Gustavo Stephan

O bairro de São Francisco acordará mais seguro quinta-feira. A partir deste dia, dez guardas municipais farão a ronda pelo bairro em bicicletas. O recém-criado grupamento ciclístico da corporação tem a bênção de comerciantes (que bancaram as magrelas e uniformes), moradores e da Polícia Militar.

O projeto não é pioneiro. Tem um antecessor, cujo destino não foi dos melhores. No fim de junho, a Secretaria municipal de Segurança pôs magrelas para patrulhar Icaraí. Duas semanas depois, no entanto, as bicicletas foram tiradas da rua. Motivo: os guardas não tinham uniforme adequado para lidar com o frio do inverno. A prefeitura espera que os agentes retomem os trabalhos no bairro no mês que vem, às vésperas da primavera.

Conheça mais sobre os dois grupamentos, de Icaraí e São Francisco, no GLOBO-Niterói deste domingo. Leia a matéria aqui (apenas para assinantes do Globo Digital).

A Guarda Municipal pode contribuir para o patrulhamento da cidade? Em que bairro ela é mais necessária?

Guarda Municipal terá arma não letal

Guarda Municipal terá arma não letal
Da Redação A Guarda Municipal (GM) de Santos passará a usar armas não letais. A informação foi dada pelo prefeito João Paulo Tavares Papa, ontem, durante solenidade de inauguração da nova sede dacorporação,naVilaNova. Segundo o prefeito, a adoção do item irá aprimorar a atuação do efetivo e possibilitar maior segurança à população e aos próprios guardas.

sábado, 15 de agosto de 2009

Bandido morre ao trocar tiros com GM de Itupeva




Bandido morre ao trocar tiros com GM de Itupeva

Luiz Carlos Izzo e Anderson (Breu)

Policiais Militares compareceram à residência do Guarda Municipal.Moradores da região central de Itupeva foram despertados na manhã desta sexta-feira com a sirene de viaturas da Polícia Militar e da Guarda Municipal. Eram 6h30, quando quatro marginais armados invadiram a casa de um guarda municipal de Itupeva, no jardim São José, com o intuito de praticar roubo.

A invasão foi percebida pelo GM que agiu de forma corajosa e profissional. Na troca de tiros, um dos bandidos, com idade aproximada de 20 anos, morreu no local.

O corpo do marginal morto estava praticamente coberto por tatuagens. Em um dos braços estava tatuada a frase: “Para todos aqueles que me desejam mal, carrego comigo o sorriso da morte”.

Nas costas, uma tatuagem de um palhaço, que na linguagem da malandragem identifica os assaltantes de bancos nos presídios.

Pânico e tensão no interior da residência

Durante a abordagem, o guarda municipal foi obrigado a entregar objetos de valor. Em momento de distração dos marginais, o GM conseguiu esconder na cintura uma pistola semi-automática, calibre .380, que estava guardada entre suas roupas. Neste momento ele foi obrigado a entrar no banheiro, onde seria trancado até que eletro-eletrônicos e outros pertences fossem levados, porém, em momento mais propício, o GM sacou a arma e desferiu um tiro no peito do marginal.

Ao ouvir os disparos, os outros três elementos correram em direção à garagem, onde alguns objetos já haviam sido carregados no veículo da vítima, um Volkswagen Gol.

De início eles pensaram que os tiros eram do comparsa, já que o objetivo era matar o guarda pelo fato de terem descoberto alguns fardamentos no interior do guarda-roupas.

Sabendo que os outros marginais também estavam armados, o GM agiu com cautela. Permaneceu no piso superior da residência, de onde passou a gritar para que os elementos ‘tentassem a sorte’ e subissem para enfrentá-lo. "Vem roubar a minha casa, vem! Seus vagabundos", dizia o destemido guarda municipal.

Assustados, os bandidos deixaram o comparsa para trás e fugiram em um carro de cor verde, tomando rumo ignorado. O assaltante morto ainda não foi identificado pela polícia. Ele foi conduzido ao Instituto Médico Legal de Jundiaí, onde seria submetido à necropsia e aguardaria o reconhecimento.

O comandante da Guarda Municipal de Itupeva, Antonio Bonequini, foi comunicado do fato e mobilizou todo seu efetivo de plantão para a ocorrência. O comando do 4º Pelotão de Polícia Militar determinou prioridade no atendimento ao assalto. O boletim de ocorrência foi registrado pelo dr. Rafael Casarin Penha, na delegacia de Polícia de Itupeva.





Polícia
Página anterior

14/08/2009 - 09h24m - Sexta-feira

Bandido morre ao trocar tiros com GM de Itupeva

Luiz Carlos Izzo e Anderson (Breu)

Policiais Militares compareceram à residência do Guarda Municipal.Moradores da região central de Itupeva foram despertados na manhã desta sexta-feira com a sirene de viaturas da Polícia Militar e da Guarda Municipal. Eram 6h30, quando quatro marginais armados invadiram a casa de um guarda municipal de Itupeva, no jardim São José, com o intuito de praticar roubo.

A invasão foi percebida pelo GM que agiu de forma corajosa e profissional. Na troca de tiros, um dos bandidos, com idade aproximada de 20 anos, morreu no local.

O corpo do marginal morto estava praticamente coberto por tatuagens. Em um dos braços estava tatuada a frase: “Para todos aqueles que me desejam mal, carrego comigo o sorriso da morte”.

Nas costas, uma tatuagem de um palhaço, que na linguagem da malandragem identifica os assaltantes de bancos nos presídios.

Pânico e tensão no interior da residência

Durante a abordagem, o guarda municipal foi obrigado a entregar objetos de valor. Em momento de distração dos marginais, o GM conseguiu esconder na cintura uma pistola semi-automática, calibre .380, que estava guardada entre suas roupas. Neste momento ele foi obrigado a entrar no banheiro, onde seria trancado até que eletro-eletrônicos e outros pertences fossem levados, porém, em momento mais propício, o GM sacou a arma e desferiu um tiro no peito do marginal.

Ao ouvir os disparos, os outros três elementos correram em direção à garagem, onde alguns objetos já haviam sido carregados no veículo da vítima, um Volkswagen Gol.

De início eles pensaram que os tiros eram do comparsa, já que o objetivo era matar o guarda pelo fato de terem descoberto alguns fardamentos no interior do guarda-roupas.

Sabendo que os outros marginais também estavam armados, o GM agiu com cautela. Permaneceu no piso superior da residência, de onde passou a gritar para que os elementos ‘tentassem a sorte’ e subissem para enfrentá-lo. "Vem roubar a minha casa, vem! Seus vagabundos", dizia o destemido guarda municipal.

Assustados, os bandidos deixaram o comparsa para trás e fugiram em um carro de cor verde, tomando rumo ignorado. O assaltante morto ainda não foi identificado pela polícia. Ele foi conduzido ao Instituto Médico Legal de Jundiaí, onde seria submetido à necropsia e aguardaria o reconhecimento.

O comandante da Guarda Municipal de Itupeva, Antonio Bonequini, foi comunicado do fato e mobilizou todo seu efetivo de plantão para a ocorrência. O comando do 4º Pelotão de Polícia Militar determinou prioridade no atendimento ao assalto. O boletim de ocorrência foi registrado pelo dr. Rafael Casarin Penha, na delegacia de Polícia de Itupeva.
RECONHECIDO

O marginal que invadiu a residência do GM de Itupeva, com o objetivo de roubá-la, foi reconhecido na manhã deste sábado.
Trata-se do desocupado Caio Pereira dos Santos, 19 anos, residente na rua Pistóia, Vila São Paulo, em Jundiaí.

Caio ainda chegou a ser socorrido, mas morreu quando dava entrada no Hospital Nossa Senhora Aparecida. Segundo seus familiares, ele saiu da Penitenciária de Hortolândia (região de Campinas), beneficiado pelo indulto do Dia dos Pais, e deveria ter retornado ao sistema na última segunda-feira. O delegado Rafael Casarin Penha esteve no local do roubo e acionou os peritos da Polícia Científica.

A autoridade policial determinou que o escrivão Igor procedesse à apreensão da arma do assaltante - um revólver calibre 38 -, observando que três projéteis estavam picotados. O corpo de Caio foi removido ao Instituto Médico Legal de Jundiaí e, depois de necropsiado, liberado para sepultamento.

Guarda municipal é morto em troca de tiros no bairro da Iputinga


Guarda municipal é morto em troca de tiros no bairro da Iputinga
Ele estava armado e reagiu quando foi abordado pelos assaltantes, que conseguiram fugir

Um guarda municipal de Camaragibe foi assassinado no início da noite desta sexta-feira (14), na esquina da Rua Ambrósio Machado, uma das ruas transversais da Avenida Caxangá, na Iputinga, Zona Oeste do Recife.

De acordo com informações da Polícia Militar, Valdomiro Francisco do Nascimento, 41 anos, estava no local esperando pela esposa e pela mãe, quando dois homens se aproximaram em uma bicicleta e tentaram assaltá-lo.

Apesar de estar à paisana, ele estava armado e reagiu ao assalto, disparando vários tiros contra os assaltantes. Testemunhas que não quiseram se identificar informaram que o guarda ainda chegou a atingir os dois, mas foi baleado com um tiro no tórax e morreu na hora.

Policiais da Força-tarefa da Secretaria de Defesa Social informaram que um dos suspeitos pelo crime foi baleado e levado ao Hospital Getúlio Vargas, no Recife. Ele está sob vigilância da polícia.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Guarda Municipal prende assaltante de banco em Florianópolis


Guarda Municipal prende assaltante de banco em Florianópolis
Homem rendeu caixa do Banco Sicredi usando chave de fenda

Elias Soares de Amorim, 42 anos, foi preso no início da tarde desta quinta-feira depois de assaltar o Banco Sicredi, na Praça XV de Novembro, no Centro de Florianópolis. O homem entrou no banco com uma chave de fenda e rendeu o caixa.

Ele fugiu levando R$ 3 mil, mas foi preso logo em seguida pela Guarda Municipal e levado para a 1ª DP. Segundo o inspetor Ricardo, da Guarda Municipal, depois do flagrante ele deve ser levado para o presídio.

O plano do assaltante seria fugir para Porto Alegre, já que estava com passagem comprada para a capital gaúcha.
DIÁRIO CATARINENSE

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Guarda Municipal comemora dez anos com destaque para o novo uniforme


Guarda Municipal comemora dez anos com destaque para o novo uniforme

A Guarda Municipal de Uberaba (GM) comemorou o nono ano de existência na tarde de ontem. As comemorações tiveram as presenças de autoridades, pelotão do Corpo de Bombeiros Militar, pelotão da Polícia Militar de Uberaba (PM) e a banda de música da PM. O destaque ficou para o fardamento camuflado da GM que será usado em futuras operações pela cidade.
Houve entregas de troféus aos parceiros da Guarda Municipal e 10 guardas foram homenageados como destaque pelos serviços prestados à população. As comemorações aconteceram no Centro Olímpico situado na Univerdecidade.

Diretor - De acordo com o diretor da GM Júlio César Aguiar, a atuação dos efetivos da GM abrange grande área na cidade, devido à ação estratégica e equipamentos de comunicação via rádio. "O número de ocorrências atendidas pela GM teve um grande crescimento devido à atuação de todos os GMs na instituição. A GM de Uberaba foi criada em 10 de agosto de 2000 pela Lei complementar nº 183, com fundamento no Artigo 144, inciso IV, parágrafo 8º, da Constituição Federal, e artigo 230, da Lei Orgânica do Município de Uberaba. Atualmente a GM possui um efetivo de 68 integrantes, sendo 19 mulheres, atuando no serviço de patrulhamento", recorda o diretor da GM, Júlio César.
Aguiar agradeceu a atual administração, que, segundo ele, tem dado grande apoio e incentivado o trabalho. "Agradecemos a população e a PM, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal, que têm participado de alguma forma para o bem da segurança pública, promovendo o bem", ressaltou.

Chefe - Segundo o chefe de policiamento da GM, Marco Túlio Gianvecchio, atualmente, a GM participa mais da vida da comunidade e já é uma referência na garantia dos serviços da prefeitura, atuando no patrulhamento escolar, rondas diárias na UBS em diversos pontos da cidade, entre outras operações. "Essa data é muito importante, pois tenho acompanhado o trabalho da GM e conheço a luta e presteza de cada guarda. A GM, na medida do possível, faz o que pode para a população. Esses novos fardamentos da guarda bandeira posteriormente serão utilizados na Ronda Municipal da cidade de Uberaba (Ramu) em algumas operações pela cidade", salienta Gianvecchio. (SN)

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Guarda Municipal de Paulínia participa de Congresso nacional de Guardas


Guarda Municipal de Paulínia participa de Congresso nacional de Guardas

A Guarda Municipal de Paulínia participou nos dias 05, 06 e 07 de agosto do 19º Congresso Nacional de Guardas Municipais, realizado na cidade de São Vicente, litoral sul de São Paulo.

O congresso foi promovido pelo Conselho Nacional de Guardas Municipais em parceria com a prefeitura de São Vicente e teve como um dos focos de discussão a ampliação da participação das Guardas Municipais no Programa de Segurança com cidadania (PRONASCI), aliada a qualificação das ações policiais de prevenção das prefeituras, seus órgãos de gestão e Guardas municipais.

Paralelo ao congresso também aconteceu a III FENASEM (Feira Nacional de segurança Municipal) e o VII Fórum Nacional de segurança Pública.

Também foi reeleita a mesa diretora do conselho nacional de guardas municipais para o biênio 2010/2011 e escolhida à cidade que sediara o congresso do ano de 2010, tendo sido eleita a cidade do Rio de janeiro.

Segundo o Comandante da GM de Paulínia, Aleksander Maviega, o XIX congresso de Guardas municipais foi muito importante pela troca de informações entre as GM´s do Brasil, e pelas palestras que trataram de assuntos de supra importância para as Guardas Municipais. “Tivemos a oportunidade de participar com 30 GM`s da nossa corporação para que os mesmo pudessem ter ciência da maneira que as Guardas municipais do Brasil estão se estruturando.

A Guarda Municipal de Paulínia sempre é lembrada como referencia pelas GM´s de outros municípios pela sua forma atuante de trabalho, e eventos dessa magnitude é importante para que essa experiência adquirida em quase 30 anos de existência, seja passada a guardas municipais de outros municípios.

Fonte: Guarda Municipal

domingo, 9 de agosto de 2009

Guarda Municipal monta esquema para eventos do final de semana


Guarda Municipal monta esquema para eventos do final de semana
Redação SRZD | Rio+ | 08/08/2009 15:17


A Guarda Municipal vai atuar, neste sábado e domingo, com 232 agentes de plantão. O efetivo vai atuar em esquemas de patrulhamento, ordenamento de trânsito, atendimento ao público e controle urbano em seis eventos pela cidade.

Na festa do Outeiro da Glória, os trabalhos começam às 18h no sábado e no domingo. Para o evento Arraiá do Rio, no Terreirão do Samba, a corporação destacou 27 agentes, sendo 10 deles exclusivamente para ordenar o trânsito.

Uma equipe de oito guardas foi destacada para atuar no evento em homenagem à Igreja Presbiteriana da Vila da Penha, que é neste sábado, a partir das 15h, no Olaria Atlético Clube. Às 18h o estádio João Havelange (Engenhão) recebe a partida entre Botafogo e Atlético Paranaense, pelo Campeonato Brasileiro. O efetivo de 51 guardas, sendo 15 de trânsito, estará no local.

A partir das 7h30 de domingo a Guarda vai atuar com quatro agentes (dois de trânsito) na Festa de São Roque, na Irmandade de São Roque (Rua Lopes Ferraz, 55), em São Cristóvão. Também no domingo o efetivo de 134 guardas será destacado para o Maracanã. O estádio recebe, às 16h, o jogo entre Flamengo e Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Dezessete homens vão atuar no trânsito. O patrulhamento começa às 12h30.

Homem tenta matar guarda-municipal .

Homem tenta matar guarda-municipal .


Fonte: Portal Amazônia com informações da TV Roraima

BOA VISTA - Paulo Roberto Araújo, 20, foi preso depois de tentar assassinar a ex-mulher e um guarda municipal, no bairro Caumé. O caso foi encaminhado ao 1° Distrito Policial, mas transferido para a delegacia da Mulher, por se tratar de crime envolvendo ex-companheiros.

Paiva de Araújo tentou matar a golpes de faca um guarda municipal. Ele foi atingido no peito, no rosto e nas costas. O servidor público esta no Hospital Geral, mas passa bem. A ex-mulher do acusado foi ferida na perna e quase perdeu a mão.

O agressor não esclareceu os fatos à imprensa, apenas disse aos agentes municipais os quais o prenderam que já havia um desentendimento entre ele e o guarda municipal. A vítima tem filhos com a ex-companheira de Paiva Araújo.

De acordo com os agentes municipais, Paiva Araújo já foi preso por roubo de bicicleta. (MM)

sábado, 8 de agosto de 2009

Averiguação de suspeito termina com suspeito baleado pela Guarda Municipal


Averiguação de suspeito termina com suspeito baleado pela Guarda Municipal


Na tarde de ontem, por volta das 12h00 , após denúncias de populares, o Grupo de Apoio Motorizado ( GAM ), ao averiguar pela Rua M-21 x Av. M-41 no Jardim Progresso, dois indivíduos que estava em atitudes suspeitas, os quais empurravam uma motocicleta Honda CG 150 Titan da cor azul. Após avistarem a presença da equipe de motos da GCM, os indivíduos abandonaram a motocicleta e fugiram a pé. Na fuga, os dois suspeitos atiraram em direção dos GCMs, que revidaram, sendo que o pedreiro Francisco Soares Neto, 24 nos, residente no bairro Jardim Ipanema, acabou atingido em uma de suas pernas. Ferido, o acusado foi detido logo em seguida. Com ele os GCMs apreenderam um revólver calibre 38, com numeração raspada, marca Taurus, capacidade 6 tiros, com uma munição deflagrada. O segundo indivíduo, de cabelo loiro, conseguiu fugir tomando rumo ignorado. O pedreiro foi socorrido junto ao Pronto Socorro do Cervezão, posteriormente encaminhado ao PSMI para exames de raio-x, para avaliar a extensão do ferimento. Depois de medicado, o acusado foi liberado e apresentado no Plantão Policial. Segundo apurou os GCMs, o individuo preso informou que já havia participado de um homicídio. A motocicleta Honda CG 150 Titan, cor azul, ano 2004, placa DNJ 3711 de Rio Claro, que estava em poder do suspeito, havia sido roubada no dia 14/07/09, em um escritório despachante. Devido às características dos indivíduos e da motocicleta, Francisco foi reconhecido por uma vítima de roubo ocorrido no início da semana, em um posto de combustíveis. Levado ao Plantão Permanente, o pedreiro foi autuado em flagrante por Resistência/Porte Ilegal de Arma. O acusado foi encaminhado à carceragem local. A proprietária da motocicleta compareceu no plantão e recebeu de volta sua moto.

Há nove anos foi criada a Guarda Municipal em Uberaba


Há nove anos foi criada a Guarda Municipal em Uberaba

A Guarda Municipal (GM) de Uberaba, que possui agentes designados a garantir a segurança pública, vai comemorar o nono ano de criação no dia 10 de agosto, próxima segunda-feira, no Centro Olímpico, a partir das 15h, na Univerdecidade.
A Guarda Municipal de Uberaba foi criada em 10 de agosto de 2000, pela Lei complementar nº 183, com fundamento no Artigo 144, inciso IV, parágrafo 8º, da Constituição Federal, e artigo 230, da Lei Orgânica do Município de Uberaba.
A corporação da GM possui as seguintes atribuições: segurança pública urbana, proteção e vigilância dos bens, serviços e instalações públicas, auxiliar e colaborar com a Polícia Militar, Civil e Federal, na preservação da ordem pública, assistência e socorro à população em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar e Defesa Civil. As atividades de bens e serviços se somam à proteção da vida e à segurança de funcionários e usuários dos próprios bens municipais, seu maior desiderato.
De acordo com o diretor da GM, Júlio César Aguiar, na cerimônia de comemoração haverá entrega de troféus para os parceiros da GM e entrega de certificados para os destaques GMs. "Serão homenageados dez GMs destaques, resultado dos serviços prestados à população. Atualmente, a GM possui um efetivo de 68 integrantes, sendo 19 mulheres, atuando no serviço de patrulhamento. Possuímos sistema de comunicação via rádio, além de equipamentos diários como algemas, tonfas e coletes", observa Júlio César.
Aguiar relata que a GM conta com uma frota de 14 motos, 11 viaturas e 1 van, divididas em Operacional, Trânsito, Policiamento Escolar e Patrulhamento. De acordo com o diretor da instituição, o número de ocorrências atendidas pela GM cresceu em torno de 35% de 2008 até o momento. "Esse crescimento é decorrente da atuação da guarda nos últimos anos. Se antes eles ficavam fixos cuidando dos prédios e equipamentos públicos, agora a ação é estratégica, mais ágil e móvel, o que expandiu sua área de abrangência", ressalta.

Patrulha do silêncio - O chefe de policiamento da GM, Marco Túlio Gianvecchio, conta que a GM também atua no patrulhamento escolar, rondas diárias nas UBSs em diversos pontos da cidade, fazendo com que o número de ocorrências atendidas saltasse significativamente. "Temos a Patrulha do Silêncio, em que nossos guardas municipais, nomeados agentes de controle ambiental por intermédio da Deliberação Normativa nº 03/2006 da Câmara Técnica de Política Ambiental em 14/12/2006 e Conselho Municipal de Meio Ambiente de Uberaba - MG (Comam), agem no intuito de coibir e punir pessoas que perturbam o sossego com equipamentos sonoros acima do permitido", salienta.
"Muita coisa mudou em nove anos de serviços prestados pela Guarda Municipal à população. Hoje, ela participa mais da vida da comunidade e já é uma referência na garantia dos serviços da prefeitura, integrando a Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Segurança Urbana. No evento, teremos a presença dos comandantes de outras instituições com os respectivos pelotões, como: Bombeiro, Polícia Militar e Tiro de Guerra", relata Gianvecchio.
O diretor da Guarda Municipal, Júlio César Aguiar, convida toda a população para essa comemoração repleta de atividades. (SN)

A Guarda Municipal (GM) de Uberaba, que possui agentes designados a garantir a segurança pública, vai comemorar o nono ano de criação no dia 10 de agosto, próxima segunda-feira, no Centro Olímpico, a partir das 15h, na Univerdecidade.
A Guarda Municipal de Uberaba foi criada em 10 de agosto de 2000, pela Lei complementar nº 183, com fundamento no Artigo 144, inciso IV, parágrafo 8º, da Constituição Federal, e artigo 230, da Lei Orgânica do Município de Uberaba.
A corporação da GM possui as seguintes atribuições: segurança pública urbana, proteção e vigilância dos bens, serviços e instalações públicas, auxiliar e colaborar com a Polícia Militar, Civil e Federal, na preservação da ordem pública, assistência e socorro à população em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar e Defesa Civil. As atividades de bens e serviços se somam à proteção da vida e à segurança de funcionários e usuários dos próprios bens municipais, seu maior desiderato.
De acordo com o diretor da GM, Júlio César Aguiar, na cerimônia de comemoração haverá entrega de troféus para os parceiros da GM e entrega de certificados para os destaques GMs. "Serão homenageados dez GMs destaques, resultado dos serviços prestados à população. Atualmente, a GM possui um efetivo de 68 integrantes, sendo 19 mulheres, atuando no serviço de patrulhamento. Possuímos sistema de comunicação via rádio, além de equipamentos diários como algemas, tonfas e coletes", observa Júlio César.
Aguiar relata que a GM conta com uma frota de 14 motos, 11 viaturas e 1 van, divididas em Operacional, Trânsito, Policiamento Escolar e Patrulhamento. De acordo com o diretor da instituição, o número de ocorrências atendidas pela GM cresceu em torno de 35% de 2008 até o momento. "Esse crescimento é decorrente da atuação da guarda nos últimos anos. Se antes eles ficavam fixos cuidando dos prédios e equipamentos públicos, agora a ação é estratégica, mais ágil e móvel, o que expandiu sua área de abrangência", ressalta.

Patrulha do silêncio - O chefe de policiamento da GM, Marco Túlio Gianvecchio, conta que a GM também atua no patrulhamento escolar, rondas diárias nas UBSs em diversos pontos da cidade, fazendo com que o número de ocorrências atendidas saltasse significativamente. "Temos a Patrulha do Silêncio, em que nossos guardas municipais, nomeados agentes de controle ambiental por intermédio da Deliberação Normativa nº 03/2006 da Câmara Técnica de Política Ambiental em 14/12/2006 e Conselho Municipal de Meio Ambiente de Uberaba - MG (Comam), agem no intuito de coibir e punir pessoas que perturbam o sossego com equipamentos sonoros acima do permitido", salienta.
"Muita coisa mudou em nove anos de serviços prestados pela Guarda Municipal à população. Hoje, ela participa mais da vida da comunidade e já é uma referência na garantia dos serviços da prefeitura, integrando a Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Segurança Urbana. No evento, teremos a presença dos comandantes de outras instituições com os respectivos pelotões, como: Bombeiro, Polícia Militar e Tiro de Guerra", relata Gianvecchio.
O diretor da Guarda Municipal, Júlio César Aguiar, convida toda a população para essa comemoração repleta de atividades. (SN)

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

guardas municipais entram em greve em Limeira


guardas municipais entram em greve em Limeira
07 de agosto de 2009 • atualizado às 13h51

A Guarda Municipal de Limeira entrou em greve às 7h desta sexta-feira
07 de agosto de 2009
Wagner Guidi/vc repórter


A Guarda Municipal de Limeira, cidade do interior de São Paulo, está em greve desde as 7h desta sexta-feira. A decisão foi tomada após a falta de acordo em uma reunião entre o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsel), o secretário da Administração, João Batista Bozzi, e uma comissão de dez policiais, ocorrida na tarde de quinta-feira.

Um grupo de guardas municipais está reunido em frente ao prédio da prefeitura desde o início da manhã. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, a Secretaria Municipal de Segurança Pública ainda não divulgou o número de funcionários que aderiram à paralisação.

Ainda segundo a prefeitura, os serviços básicos prestados pela Guarda não foram prejudicados, como o policiamento em espaços municipais.

A classe resolveu entrar em greve após ser comunicada, nesta segunda-feira, dia 3/8, sobre o fim do pagamento de horas extras. No entanto, depois da divulgação a prefeitura voltou atrás com a decisão. Essa situação gerou insegurança entre os policiais, que há mais de 20 anos trabalham com esse sistema. Geralmente eles cumprem 12 horas diárias, sendo que quatro delas vão além da carga horária regular.

Os profissionais reivindicam a revisão do piso salarial e pedem que o montante extra recebido seja incorporado ao salário base. Além disso, também solicitam a revisão da proposta do Estatuto da Guarda e Regimento Interno, entre outras exigências.

De acordo com o Sindsel, os guardas permaneceriam em frente à prefeitura até as 14h. Estava prevista para este horário uma assembleia onde seria decidido se a greve continuará ou não, e quais serão as próximas ações. "Se a paralisação for mantida, os guardas voltarão a ocupar o local às 9h deste sábado", afirma Eunice Lopes, presidente do Sindsel.

O internauta Wagner Guidi, de Limeira (SP), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.
vc repórter

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

falsa bomba é colocada em viatura da GCM de Osasco.




SÃO PAULO - Guardas municipais de Osasco, município da Grande São Paulo, foram surpreendidos por uma sacola deixada em cima do capô da viatura, que estava estacionada em frente a uma delegacia da cidade. Os guardas tinham ido até o local para registrar ocorrência de um acidente de trânsito, por volta de 23h30m, e acionaram o Gate, o esquadrão antibombas da polícia paulista, para explodir o artefato.

O guarda civil Joel Limoni diz que, antes de por a mão, verificou a sacola com uma lanterna e percebeu que o objeto dentro dela aparentava ser um explosivo.

O Gate explodiu o artefato, feito com canos de PVC e fios, mas informou que não havia vestígio de explosivos. Nele havia mensagem de uma facção criminosa.

- Era um simulacro, que foi feito por brincadeira, para atrair a atenção da PM - disse o tenente Daniel Brito, da PM

A policia civil vai investigar o caso. A polícia da capital paulista também vai participar da investigação do atentado a duas bases da PM na cidade de Barra Bonita, a 380 km de São Paulo, ocorrido na madrugada desta segunda-feira. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, os ataques aconteceram entre 2h e 2h30 e as bases foram destruídas.

Em uma das bases, que fica na Zona Norte da cidade, a explosão chegou a derrubar o teto do local e o imóvel terá de ser demolido. Na outra, instalada no Centro, portas e janelas, além de todo mobiliário, foram danificados. Como as unidades funcionam apenas durante o dia, não havia policiais no local e ninguém ficou ferido. Os autores do crime ainda não foram identificados. A polícia não descarta a participação de integrantes do crime organizado.
fonte: O globo

Guarda Civil Municipal de Embu ganha reforço


Guarda Civil Municipal de Embu ganha reforço


Novos agentes da Guarda Civil Municipal de Embu

Na manhã de segunda-feira, 3 de agosto, foi realizada a formatura da quarta turma da Guarda Civil Municipal de Embu. O evento, na Prefeitura de Osasco, contou com a presença do prefeito Chico Brito, do vice-prefeito Natinha, do comandante da GCM Dirceu Alves, do subcomandante Jairo dos Santos, do secretário de Governo Paulo Giannini, além dos 40 formandos e seus familiares. A cidade anfitriã acolheu durante três meses os novos integrantes da corporação de Embu, que passa a contar com um efetivo de 117 guardas, incluindo comandante, subcomandante e inspetores.

Considerada a mais violenta cidade paulista no ano de 2001, com cerca de 200 homicídios por mês, Embu conseguiu reverter este quadro reduzindo 75% deste índice. Chico Brito ressaltou que esse êxito só foi possível graças aos investimentos feitos em inclusão social, programa de geração de trabalho e renda, urbanização, construção de espaços de lazer entre outras ações. “Sou a favor da municipalização da segurança pública. Tem de dar poder de polícia para a guarda poder cumprir o seu papel” – disse o prefeito concordando com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 534, do deputado federal Arnaldo Faria de Sá, presente à solenidade. Ainda em seu pronunciamento, Brito agradeceu o prefeito Emídio de Souza pela hospitalidade. “A sua atitude de compartilhar recursos e tecnologia com as outras cidades é motivo de muito orgulho para nós” – ressaltou.

Os novos integrantes da GCM passaram por três meses de curso e treinamento, incluindo disciplinas nas áreas de Processo e Direito Penal, Pronto-socorrista, Legislação de Trânsito, Técnicas Policiais, Armamentos e Tiros, Ordem Unida, Defesa Pessoal, entre atribuições pertinentes à profissão. A nova equipe dará continuidade às atividades já desenvolvidas pela GCM com base filosofia de trabalho comunitário, como zelar pelo patrimônio do município, apoiar os projetos e os programas do governo.

Ao som da Banda da Guarda Civil Municipal de Santana de Parnaíba, cada cidade presenteou a GCM de Osasco como agradecimento pela hospitalidade. O comandante Dirceu Alves ofereceu o brasão da corporação feito em madeira pelo artista de Embu, Beto Bahia. O evento foi encerrado com o desfile das três corporações que se formaram: Embu, Embu-Guaçu e Piedade.

Daniela Karin

A Câmara Municipal de São Luís homenageou, nesta quarta-feira (05), a Guarda Municipal pelos seus 20 anos de fundação.




ereador Ivaldo Rodrigues (PDT) e teve como ponto alto a entrega de placas alusivas ao aniversário da corporação.

O vereador Astro de Ogum (PMN) fez a abertura da sessão solene e, em seguida, houve a apresentação da banda da corporação homenageada.

Depois de iniciada a sessão, integrantes da Guarda apresentaram um vídeo institucional, onde foram mostradas imagens dos guardas em suas atividades diárias dentro do complexo municipal de Segurança com Cidadania.

Representando o prefeito João Castelo, o secretário municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), Luiz Carlos Magalhães, agradeceu a homenagem à corporação e comparou a Guarda ao Exército, uma vez que “as instituições são construídas pelas pessoas que delas participam”, disse.

Em seu pronunciamento, o autor da homenagem, Ivaldo Rodrigues, destacou a importância da instituição, principalmente para a população de São Luís, e revelou que já está tramitando na casa um projeto de lei de sua autoria que institui o Dia da Guarda Municipal. O parlamentar também aproveitou para elogiar o prefeito João Castelo pela criação da Semusc.

“Durante esses 20 anos, a Guarda recebeu um comando sério e, diante disso, queria parabenizar todos os ex-comandantes aqui presentes e agradecer ao prefeito João Castelo pela iniciativa de instituir a Semusc, órgão que conta, atualmente, com 504 guardas, divididos em cinco agrupamentos”, disse o parlamentar.

Já o vereador Lourival Mendes (PT do B) também lembrou que, quando Castelo foi governador, ele já oferecia total apoio à Guarda Municipal e que, “por ironia do destino, hoje, como prefeito, do alto da sua sensibilidade e compromisso com o povo da cidade, transformou a Guarda em secretaria”, disse.

Por determinação do prefeito João Castelo, que selou uma parceria com os Correios, o corpo da Guarda Municipal preparou 21 cartelas contendo 12 selos comemorativos ao aniversário do grupo, que foram entregues aos vereadores da casa.

Entrega das placas - Como parte das comemorações, os vereadores fizeram a entrega das placas alusivas aos 20 anos da Guarda. Luiz Carlos Magalhães recebeu, das mãos do vereador Astro de Ogum, duas delas: uma pelo aniversário de fundação da corporação e outra pelos seus relevantes serviços prestados à frente da secretaria.

Ao todo, dez placas comemorativas foram entregues a coronéis, ex-coronéis e representantes.

No auditório da Câmara, a mesa foi composta pelos vereadores Ivaldo Rodrigues (PDT), José Joaquim (PSDB), Lourival Mendes (PT do B), Astro de Ogum (PMN), pelo secretário da Semusc, Luiz Carlos Magalhães, e pelo coronel Carlos Henrique Guedes. (Da Secom / Prefeitura de São Luís)

Guardas resgatam paulista que se afogava em Copacabana



Guardas resgatam paulista que se afogava em Copacabana

Guardas municipais salvaram no início da tarde desta quarta-feira (5) um jovem de São Paulo, de 19 anos, que estava se afogando na Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio.


Os agentes estavam na tenda operacional da Guarda Municipal quando perceberam que o jovem não estava conseguindo sair do lugar na água. Os guardas resolveram entrar no mar e resgatar a vítima.

O jovem recebeu os primeiros socorros na própria tenda da Guarda e foi liberado.

Prefeitura da Ilha criou Segurança Municipal



Prefeitura da Ilha criou Segurança Municipal
Publicado em 06/08/2009 por Julio Silva

Avalie a matéria!

Ilha Comprida – Com a filosofia de trabalho de aproximar seguranças municipais da comunidade e dos turistas com uma abordagem baseada no respeito e na parceria, a Prefeitura da Ilha Comprida criou, no começo do ano, o Corpo de Segurança Municipal. O diretor da Divisão Municipal de Segurança da Ilha, Oswaldo Moreira dos Santos, explicou que o serviço opera 24 horas ininterruptas, conta com 51 profissionais divididos entre ciclistas e rondantes.

seguranças municipais ilhaA segurança também conta com postos fixos em prédios públicos e escolas, dois veículos e uma moto. De acordo com a Divisão Municipal de Segurança, o Corpo de Segurança Municipal é o embrião para a futura criação da Guarda Municipal da Ilha Comprida. Atualmente, ela trabalha como apoio às Polícias Civil e Militar e tem a meta de contribuir com a segurança pública.

Amparada pelo artigo 144 da Constituição, a Guarda Municipal operará com viaturas, motocicletas e bicicletas, sempre em parceria com as Polícias Civil e Militar. O objetivo é alcançar, na Ilha, o policiamento comunitário que visa trabalhar mais próximo dos moradores e da realidade de cada balneário.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

GM-RIO detem assaltante em flagrante delito



A Guarda Municipal do Rio de Janeiro (Centro) informou nesta quarta-feira que um assaltante foi detido, em flagrante, acusado de roubar R$1.440,00 de um casal que acabara de sair de uma agência bancária, no Centro do Rio.

O casal sacou o dinheiro em um banco na Av. Presidente Vargas esquina com Rua Uruguaiana. Quando na saída do banco, Paulo César da Silva Lourenço colocou a mão no bolso da calça de Fábio, passando o dinheiro para um comparsa não identificado que conseguiu escapar.

Logo após ser assaltado, Fábio tentou imobilizar Paulo César. Os guardas do GTM que faziam supervisão na região presenciaram o tumulto. Chegando ao local da ocorrência, a equipe foi avisada pelo casal que o homem que eles tentavam segurar havia acabado de cometer um delito.

O caso foi registrado como furto na 1ª DP (Centro), onde policiais levantaram que Paulo César já tinha cinco passagens pela polícia (furto, roubo, tráfico de drogas, entre outros crimes) e, como foi detido em flagrante, permanecerá preso. Até o fechamento da ocorrência na DP, o comparsa de Paulo César que fugiu com o dinheiro das vítimas continuava foragido.

Fonte: Correio do Brasil on-line

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Guarda Municipal salva turistas de afogamento em Copacabana



Guarda Municipal salva turistas de afogamento em Copacabana
Redação SRZD | Rio+ | 04/08/2009 17:31



Dois turistas estrangeiros que se afogavam na Praia de Copacabana, na Zona Sul, foram salvos, na tarde desta terça-feira, por guardas municipais. A irlandesa Claire Malon, de 23 anos, e o inglês Daniel Kize, de 22, estavam na altura do hotel Copacabana Palace.

Os agentes faziam o patrulhamento da orla quando ouviram pessoas gritando por socorro. Não havia salva-vidas do Corpo de Bombeiros por perto no momento do acidente. Os turistas receberam os primeiros socorros no local e foram liberados.

Confusão entre Polícia Militar e Guarda Municipal termina na delegacia em Florianópolis




Confusão entre Polícia Militar e Guarda Municipal termina na delegacia em Florianópolis
Instituições apresentam versões diferentes sobre ação no bairro Monte Cristo

Uma confusão entre policiais militares (PMs) e guardas municipais terminou na 1ª Delegacia de Polícia de Florianópolis na madrugada desta terça-feira. O confronto começou depois que PMs teriam avistado guardas abordando pessoas no bairro Monte Cristo, na parte continental da cidade.

De acordo com a Guarda Municipal (GMF), os agentes da guarda estariam numa viatura, à procura de um homem, que teria sido visto saindo de uma creche da prefeitura.

Enquanto faziam buscas pelo suspeito, notaram que estavam sendo seguidos por um carro do Pelotão de Policiamento Tático (PPT) da Polícia Militar (PM).

Segundo Jean Viana, chefe de setor da GMF, os guardas foram abordados pelos policiais, que perguntaram sobre a ação deles no bairro.

— Eles perguntaram o que nós pensávamos que estávamos fazendo lá — ressalta Viana. Um dos guardas teria dito aos militares que, por se tratar de outra instituição, não deveriam dar satisfações sobre a atuação na comunidade.

O policial teria sido, ainda, orientado a comunicar o desentendimento a seus superiores.

Após a discussão, os guardas retomaram a ronda pelo bairro. Segundo eles, os policiais teriam continuado a perseguição à viatura. Eles se dirigiram à delegacia de polícia e registraram o boletim de ocorrência do caso.

Policiais e guardas envolvidos no caso prestaram depoimento e foram liberados.

Na versão da PM, os policiais do PPT que faziam rondas na região desconfiaram da ação dos guardas municipais na comunidade. Eles resolveram abordar os agentes para obter informações, que depois teriam sido repassadas ao oficial de serviço no plantão. Em seguida, teriam continuado as rondas de rotina.

Nota do Blog:Até quando essa luta de egos??Se os Guardas Municipais procuravam um meliante ,porquê a PM os seguia??Será que não deixaram de seguir bandidos de verdade nesse momento.São instituições cujo objetivo é um só, então é sem razão o conflito.A Policia Militar deixou de ,talvez evitar um crime ,para seguir Guardas Municipais numa Viatura totalmente caracterizada.Essa é de lascar , só no Brasil mesmo...

Guarda municipal salva casal de turistas de afogamento na Barra, Rio.

Thiago Lourenço, de 32 anos, é do Grupamento Especial de Trânsito e correu para o mar após ser abordado por um banhista sobre a situação....