terça-feira, 31 de março de 2009

GUARDA MUNICIPAL DE BRAGANÇA PAULISTA


Guarda municipal apreende mais de 1.500 DVDs e 800 CDs em Bragança
A primeira apreensão aconteceu no sábado (28), por volta das 1h30. Mesmo com o reforço das forças de segurança em frente ao Mercado Municipal comerciantes de produtos ilegais tentaram desafiar as leis e vender os produtos na região.

Guardas municipais apreenderam 640 DVDs aparentemente piratas, além de 40 DVDs em caixas, e conduziram o acusado ao Plantão Central, onde o caso teve registro.

Já no domingo (29), por volta das 10h00, guardas municipais apreenderam mais produtos ilegais na Avenida dos Imigrantes, na Feira da Amizade.
De acordo com o registrado foram apreendidos 800 CDs, além de 860 DVDs. As pessoas que estavam vendendo os produtos, abandonaram os mesmos assim que perceberam a presença das guardas municipais e fugiram.

segunda-feira, 30 de março de 2009

Guarda Civil de Humaitá -AM

Foi realizada no último sábado (28), a cerimônia comemorativa dos 18 anos da Guarda Civil Municipal de Humaitá (GCMH). A solenidade foi presidida pelo Sr Dedei Lobo (que por ser o prefeito municipal é o “comandante-em-chefe” da GCMH) e contou com as presenças do Dr. Renato Pereira Gonçalves, vice-prefeito, vereador Rademaker Chaves, presidente da câmara municipal, Francisco de Oliveira Pessoa, comandante da GCMH e demais convidados.

A solenidade foi iniciada com a leitura do histórico da GCMH onde, numa espécie de retrospectiva, foram ressaltados os fatos e datas marcantes ocorridas ao longo destes 18 anos de existência da Guarda. No dia 28 de março de 1989, a câmara municipal de Humaitá aprovou a lei que regulamentou a criação da Guarda. No dia 28 de janeiro de 1991 foi criada a então Guarda Municipal com 20 componentes admitidos via concurso. Em seguida, a Guarda foi sendo ampliada e reorganizada através de concursos públicos realizados nos anos de 1997, 2000 e 2003. Em 2007, a câmara municipal de Humaitá cria o estatuto próprio da Guarda Municipal e altera a sua denominação para Guarda Civil Municipal, com o objetivo de proteger além dos bens patrimoniais, a população de Humaitaense.

A cerimônia prosseguiu com o hasteamento da bandeira do Brasil e execução dos hinos nacional e municipal.

As autoridades se revezaram em pronunciamentos alusivos a tão significativa data. Todos eles destacaram a importância e a excelência dos serviços prestados pela Guarda no município. O prefeito Dedei Lobo foi o último a discursar e fez questão de ressaltar a sua preocupação com o funcionalismo. Segundo Dedei, a prioridade de seu governo é o pagamento do funcionalismo em dia. Ele aproveitou a oportunidade para fazer um pequeno balanço de seus quase 3 meses a frente da prefeitura. “Encontramos a prefeitura com 20 milhões em dívidas com o INSS e mesmo com tantas dificuldades já conseguimos cumprir algumas promessas de campanha” ressaltou o prefeito, se referindo ao pagamento do funcionalismo, o pré-requisito de possuir o cadastro no Conselho Regional de Medicina (CRM) para contratação de médicos pela prefeitura e os subsídios dados aos pescadores, no qual a prefeitura assume 50% da fatura de energia elétrica da Colônia dos Pescadores. Dedei declarou que abertas as negociações com o INSS, o município economizará recursos que poderão ser investidos em melhorias para todas as categorias dos servidores municipais.

As comemorações se encerraram com um almoço ao som da Banda Pau e Corda e com o sorteio de brindes para os Guardas.

Hoje a GCMH conta com um efetivo de 62 componentes, dentre os quais estão o vereador Manoel Domingos dos Santos Neves e o atual secretário de esportes do município, Sr Gelasio do espírito Santos Macedo.

domingo, 29 de março de 2009

GM de macapá -AP


Guarda Municipal de Macapá tem novo comandante

O prefeito de Macapá, Roberto Góes, deu posse na manhã desta sexta-feira (27) ao novo comandante da Guarda Municipal, o tenente-coronel da Polícia Militar, Ubiranildo Macedo, que substitui o inspetor Fernando Lourenço. A cerimônia aconteceu no salão de reuniões do Palácio Laurindo Banha e contou com a participação de guardas municipais que representam a categoria.

Ubiranildo da Silva Macedo é amapaense, tem 42 anos de idade, casado, acadêmico do curso de Direito da Faculdade de Macapá. É oficial da reserva do Exército Brasileiro e ingressou na Polícia Militar do Amapá em 1989, onde desempenhou diversas funções de relevância, à frente de pelotões, companhias e Batalhões. Em 2002, foi eleito deputado estadual pelo Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB) e atualmente ocupava o cargo de chefe do Gabinete Militar da Assembléia Legislativa do Estado.

A cerimônia de posse foi bastante concorrida e não foi registrado nenhum incidente por ocasião do evento, um dia depois dos guardas municipais terem ocupado a frente da Prefeitura de Macapá reivindicando vantagens nos vencimentos. O prefeito Roberto Góes ratificou a decisão de pagar todas as horas extras efetivamente executadas.

Segundo ele, será o novo comandante da corporação o responsável pelo levantamento das horas extras e adicionais noturnos que os trabalhadores da Guarda Municipal fizerem jus. “Sempre disse que gostaria de ter a nossa Guarda Municipal forte, motivada e bem equipada. É para isso que estamos realizando todos os estudos e em breve teremos novidades para esse importante setor da administração municipal”, disse o prefeito.

Em seu pronunciamento, o novo comandante da Guarda Municipal disse estar orgulhoso em ter o nome lembrado pelo prefeito, apesar das circunstâncias em que assume o cargo. “É mais uma missão em minha carreira que vou abraçar com a mesma dedicação e responsabilidade”, disse Macedo, que fez questão de cumprimentar um a um os guardas municipais presentes, acompanhado pelo prefeito Roberto.

Em seguida, o novo comandante da Guarda Municipal foi conhecer o quartel da corporação e ter o primeiro contato com a tropa. A vice-prefeita Helena Guerra foi quem o apresentou aos integrantes da Guarda, no bairro Santa Rita. “Foi uma transição tranqüila e tenho certeza que dias melhores ainda estão por vir para a nossa Guarda Municipal”, disse Helena Guerra.

Fonte:Corrêa Neto On-line.

sábado, 28 de março de 2009

SUSPEITO DE ASSASSINAR GM NA BAHIA É PRESO.

Suspeito de matar guarda municipal é flagrado com drogas

Samuel Lima - A TARDE

Procurado pela polícia após ser apontado por testemunhas como autor de um assassinato cometido no último dia 20, Genilson Santos Anjos, 18 anos recém-completados (quatro dias antes do crime), acabou preso nesta sexta-feira, 27, por volta das 16h40, em flagrante por tráfico de drogas, no município de Simões Filho (Grande Salvador).

De acordo com o delegado Deraldo Damasceno, titular da 5ª CP (Delegacia de Periperi), os investigadores da unidade encontraram oito dolões (pequenos pacotes) de maconha e onze pedras de crack. Damasceno ainda confirmou que Genilson, conhecido como Maluquinho, figura como suspeito de participação no assassinato do guarda municipal Edcarlos dos Santos, cometido em 30 de outubro de 2008, em Vista Alegre, subúrbio ferroviário de Salvador.

“Ele é uma pessoa fria, calculista, um homicida desde que ainda era menor de idade”, assinalou o delegado. O mais recente homicídio atribuído a Genilson foi o que teve como vítima Joedson Dias Rodrigues, 17, conhecido como Bocão, no último dia 20, na Rua João Paulo II, também em Vista Alegre. Joedson foi morto a facadas e pedradas.

Vítor Veríssimo Santos Paim, 18, que o acompanhava, foi golpeado da mesma maneira, mas teria se fingido de morto e encontra-se internado até hoje no Hospital Geral do Estado, conforme o delegado Damasceno. Denunciados por testemunhas como envolvidos no delito, dois adolescentes, de 14 e 17 anos, foram apreendidos meia hora antes da prisão de Genilson.

“Encontramos os adolescentes primeiro, em Vista Alegre. Eles não só assumiram o crime, como também nos indicaram onde achar Maluquinho”, relatou Damasceno. Diante da equipe de reportagem, Genilson não quis falar sobre o homicídio. Porém, o adolescente mais velho admitiu envolvimento. “Maluquinho chamou nós dois para dar uns paus nos caras, não disse que era para matar. Chegamos lá e demos pedradas neles”, recordou. As vítimas foram deixadas em uma casa abandonada.

“Quando nossa equipe chegou ao local, encontramos Joedson com o rosto desfigurado, já morto, e Vítor agonizando. Depois que saímos de lá, recebi pelo menos dez telefonemas anônimos com denúncias de envolvimento dos três no crime, isso porque a comunidade tem medo de testemunhar”, narrou o delegado. O motivo do delito seria, como explicou Damasceno, uma disputa por pontos de tráfico de drogas. Genilson teria atraído as vítimas com a proposta de ceder um lote de drogas para revenda.

Fonte: A tarde on-line

quinta-feira, 26 de março de 2009

GUARDA MUNICIPAL DE DOURADOS-MS

Guarda Municipal intensifica o combate à violência nas escolas

Com a finalidade de coibir à presença de pessoas estranhas a comunidade escolar e crimes como vandalismo, tráfico de drogas, brigas e ameaças a Guarda Municipal intensifica os trabalhos da Ronda Escolar. São seis equipes atuando exclusivamente nessa área e que fez no mês de fevereiro 640 rondas
e chegando ao mês de março com quase 800 rondas em toda rede de ensino de dourados.

Segundo o supervisor comandante da Guarda Divaldo Machado, somente no ultimo dia 24 essa equipe deteve quatro pessoas acusadas de ilícitos em região escolar. O primeiro fato ocorreu no bairro Santa Brígida, onde denúncias revelavam que alunos estariam depredando a escola e perturbando o andamento das aulas. A Guarda esteve no local, comprovou a denúncia e encaminhou os acusados ao 1º Distrito Policial.

Nessa ocorrência a Ronda Escolar constatou que os estudantes quebraram os baldes de lixo da sala e penduraram nos ventiladores, juntamente com as mochilas de outros alunos. Outro caso foi registrado em uma escola da área central da cidade. Dois adolescentes estavam perturbando estudantes e professores, prejudicando o andamento das aulas. Eles também foram encaminhados ao 1º Distrito Policial para as devidas providências.



Fonte: Assecom

quarta-feira, 25 de março de 2009

GUARDA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE TEM PORTE DE ARMA LIBERADO PELA POLICIA FEDERAL.



Segurança. Superintendente assinou permissão de porte para 350 agentes; processo deve terminar em três meses
Polícia Federal autoriza Guarda Municipal de BH a usar arma
Estudo define áreas onde segurança será armada; grupo vai receber treinamento
Flávia Martins y Miguel
A Polícia Federal autorizou a concessão do porte de armas à Guarda Municipal de Belo Horizonte, concluindo os termos finais do convênio com a Prefeitura de Belo Horizonte. O documento, de acordo com a assessoria do órgão, foi assinado pelo superintendente da PF em Minas Gerais. Marcos Salem e, agora, depende apenas da assinatura do prefeito Marcio Lacerda para a publicação no "Diário Oficial da União". Os passos seguintes serão a inclusão dos dados pessoais de cada servidor da corporação no Sistema Nacional de Armas (Sinarm) e o fornecimento do número de inscrição na carteira funcional dos guardas. Caso a prefeitura dê prosseguimento imediato aos trâmites burocráticos, as licenças podem sair em três meses. A prefeitura ainda não definiu a data da assinatura do convênio. Desde o ano passado, a tropa da capital já havia cumprido todas as exigências vigentes no Estatuto do Desarmamento.

No entanto, apenas cerca de 350 guardas estarão aptos a manusear os revólveres calibre 38, que já é este o número de equipamentos adquiridos pela prefeitura desde de 2006. A escolha dos locais que contarão com os agentes armados depende de um estudo sobre as necessidades de cada unidade pública. Hoje, depois de cinco anos da criação da guarda, escolas públicas, centros de saúde, praças e cemitérios são exemplos de patrimônios que contam com o reforço da segurança municipal, em virtude de roubos, furtos e vandalismo. Segundo o secretário municipal de Segurança Urbana e Patrimonial, Genedempsey Bicalho, o último item que para a distribuição das armas aos agentes era apenas a assinatura do convênio com a PF, que já está bastante encaminhado. Bicalho informou também que todos os guardas municipais irão passar por um treinamento de tiros quando tiverem adquirido o portes de armas.

"A guarda nasceu com o propósito de portar armamento. Ainda não tinha acontecido porque tem um processo rigoroso para que isso seja autorizado. São centenas de municípios que passam pelo mesmo processo. Temos um estudo permanente sobre a variação da segurança dos prédios públicos e vamos definir, posteriormente, que grupo irá fazer a segurança portando o armamento", contou o secretário. Entre as capitais do país que já contam com a guarda armada estão São Paulo, Vitória e Recife. Em Fortaleza, o uso do equipamento está sendo discutido. Entre as atribuições da tropa da capital estão a proteção de órgãos, entidades, serviços e o patrimônio da cidade, além da atuação na fiscalização, controle e orientação do trânsito e do tráfego e execução de atividades de prevenção e combate a incêndios nos próprios municípios.

Lei 10.826/03

Estatuto. Proíbe o porte de arma de fogo em todo o território nacional, entre algumas exceções estão as guardas municipais das capitais dos Estados e dos municípios com mais de 50 mil habitantes.

Números da guarda em BH

350 armas foram adquiridas pela Guarda Municipal em 2006

13.382 Total de projéteis comprados pela prefeitura em 2006

1.954 servidores municipais fazem parte da corporação municipal

R$900 mil Custo das armas e munições comprados pela prefeitura

Opinião dos belo-horizontinos

"Na minha opinião, a Guarda Municipal deve ser armada sim. Isso porque são pessoas consideradas autoridades e com capacitação. Por isso, é necessário o uso de armamentos. Hoje os marginais andam totalmente armados e a força da guarda deve ser maior."

Carlos Renato Dias Gerente do Centro de Saúde Barreiro

"Na verdade, não vejo muito a presença da Guarda Municipal aqui nas redondezas da praça, A Polícia Militar é mais presente. Mas eu concordo com o uso de armas, assim os bandidos se amedrontam mais. Impõe mais respeito e, assim, mais segurança para os moradores."

Israel Correia
Estudante, Morador da Avenida Olegário Maciel

FONTE: O tempo

terça-feira, 24 de março de 2009

GUARDA MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO-RS


Novo Hamburgo - A Guarda Municipal de Novo Hamburgo completa 17 anos de fundação hoje. Para comemorar a data, a Associação dos Guardas Municipais de Novo Hamburgo organizou uma programação especial, que teve início ontem, com a 3.ª Rústica da Guarda Municipal. Fundada em 1992, inicialmente para cuidar do patrimônio público da cidade, a guarda iniciou com um efetivo de 180 pessoas.

Conforme o diretor da Guarda Municipal, João Lacerda, passadas quase duas décadas, o número de guardas pouco aumentou – o efetivo hoje conta 194 componentes – mas o número de atribuições, porém, está cada vez maior. Segundo ele, que é agente desde que o primeiro concurso, hoje os funcionários municipais desempenham importante função não apenas na proteção do patrimônio, mas também nos cuidados com o trânsito e manutenção da segurança. "Com o novo código de trânsito, de 1997, passamos a cuidar do trânsito também e já podemos utilizar armamento. Os guardas têm exame psicotécnico e treinamento com a Brigada Militar para poder utilizar as armas", explica.

Desde que assumiu o cargo, no último dia 2 de janeiro, Lacerda tem feito algumas mudanças para melhorar ainda mais o serviço do grupo. Uma delas foi disponibilizar 26 guardas para cuidar entre 7 e 18 horas das escolas municipais. "Além disso, temos projetos como a Guarda Mirim e também visitamos escolas para dar palestras."

Foto: Rivelino Meireles/GES.

domingo, 22 de março de 2009

GM de Duque de Caxias



PRONASCI NA BAIXADA
Guarda Municipal de Caxias terá armas não-letais

O ministro da Justiça, Tarso Genro, anuncia, nas próximas horas, a assinatura do convênio de cooperação técnica com a Prefeitura de Duque de Caxias. Entre as medidas previstas, está a compra de armas não-letais para a Guarda Municipal, o treinamento dos agentes e a instalação de um centro de monitoramento com câmeras de vigilância, vista como prioritária pelo secretário municipal de Segurança, Zaqueu Teixeira.

Também será prevista a criação dos Territórios de Paz, áreas com esquema especial de segurança e maior oferecimento de serviços sociais como creches, escolas e postos de saúde. Este trabalho seguirá o modelo aplicado pela Secretaria de Segurança do Rio no Morro Santa Marta, em Botafogo.

Como parte do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), será implementado o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM). Formado por representes da GM, polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros, o grupo vai definir em conjunto o plano de atuação nas áreas mais violentas, como a Favela da Mangueirinha.

Fonte :Extra on-line.

GUARDA MUNICIPAL DE BELEM -PA REALIZA CONCURSO.


Concurso: Guarda Municipal de Belém ofertará vagas
Está prevista para o mês de abril a divulgação do edital para o concurso público para a Guarda Municipal de Belém (GMB). O decreto que autoriza a realização do certame foi assinado pelo prefeito de Belém no último dia 11. O concurso vai ofertar 428 vagas, sendo 376 para o masculino, 45 para o feminino e 7 para a banda de música.

Para a inspetora-chefe da GMB, Ellen Margareth, o novo quantitativo vai fazer a diferença no efetivo da corporação. “Esse número (de vagas) vai aliviar substancialmente a nossa demanda”. O processo está na fase de contratação da instituição de ensino que vai realizar o concurso até a sua homologação. Até dia 26 é o prazo para o recebimento das propostas para a licitação. A previsão é que as provas sejam realizadas 45 dias depois do lançamento do edital.

Com base na legislação da Guarda, o nível de escolaridade exi gida para participar deste concurso é o fundamental e não será exigido, desta vez, certificado de reservista de 1ª categoria (Forças Armadas), assim como não será estipulada idade máxima para os candidatos. A mínima, no entanto, é de 18 anos.

Os aprovados no concurso irão passar por um treinamento de 120 dias antes de serem incorporados à tropa e apresentados oficialmente à sociedade.

Atualmente a Guarda Municipal de Belém conta com um efetivo de 605 guardas concursados e 300 contratados, contratos estes que serão automaticamente extintos com a admissão dos aprovados neste concurso. Após 17 anos da criação da GMB, apenas 4 concursos foram realizados, sendo que o último aconteceu há 13 anos.

sexta-feira, 20 de março de 2009

Guarda Municipal de Belo Horizonte-MG

Criança nasce dentro de viatura da Guarda Municipal no bairro Jardim América
20/03/2009 07h27
KARINA ALVES

Uma criança nasceu dentro uma viatura da Guarda Municipal durante a madrugada desta sexta-feira, no bairro Jardim América, região Oeste de Belo Horizonte. Segundo informações do guarda Romério Alves, a viatura seguia pela avenida Barão Homem de Melo, quando um casal, sendo uma mulher de 32 anos e um rapaz de 21, abordaram o carro e pediram ajuda.

Segundo o guarda, o casal estava a um quarteirão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Oeste e disseram ter desistido de esperar atendimento, por causa da cemora. Os dois foram levados novamente para a UPA, mas a mulher entrou em trabalho de parto antes mesmo da viatura chegar na unidade.

A criança nasceu dentro do carro, com o auxílio de uma enfermeira da UPA, de acordo com o guarda. "Eles iam pegar um táxi para tentar atendimento em algum hospital, mas estavam sem dinheiro. O pai da criança ficou muito nervoso com a demora para ser atendido, chegou a quebrar uma porta de vidro", afirmou o guarda.

A criança teve os primeiros cuidados na UPA e foi encaminhada posteriormente para a maternidade Odete Valadares, onde passam bem. A guarda municipal não soube informar mais detalhes a respeito do casal.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde diz que "a paciente foi prontamente atendida quando chegou à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), na região Oeste da capital".

Ainda na manhã desta sexta-feira, o pai da criança foi preso por policiais militares do 5º Batalhão por ter quebrado o vidro da porta da UPA. Ele foi conduzido ao 18 Distrito Policial, onde a ocorrência foi registrada.

Matéria atualizada às 12h36
fonte:Portal o tempo.

quarta-feira, 18 de março de 2009

GUARDA MUNICIPAL DE SANTOS-SP


Rapaz de 22 anos é acusado de estuprar menina de 11 em Santos

SÃO PAULO - A Guarda Municipal conseguiu deter um jovem de 22 anos acusado de estuprar uma criança de 11 anos em Santos, no litoral paulista. Um outro suspeito de envolvimento no crime conseguiu escapar. O flagrante aconteceu na Avenida Presidente Wilson na madrugada desta quarta-feira. Os guardas foram acionados por agentes do sistema de monitoramento de câmeras da Prefeitura. Ao perceberem a aproximação da viatura, os suspeitos teriam começado a se vestir e um deles conseguiu escapar.

Após a abordagem, o rapaz teria dito que ele e a menina eram namorados. Porém, a criança disse que pedia dinheiro no semáforo quando os dois rapazes lhe pegaram pelo braço e a arrastaram até o local onde ela foi estuprada.

domingo, 15 de março de 2009

GMs do Rio de Janeiro prendem suspeito de roubarem Turistas estarngeiros em Copacabana.



Suspeito de roubar turistas dinamarqueses em Copacabana é preso

Preso se fingiria de deficiente físico para abordar vítimas.
Ele teria ainda oferecido R$ 300 e o material furtado para guardas.

Do G1, no Rio


Um homem suspeito de roubar um casal de turistas dinamarqueses na Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio, foi preso na tarde desta sexta-feira (13). Segundo a Guarda Municipal, por volta de 16h, R. P. M., de 33 anos, teria furtado uma máquina fotográfica, um relógio e R$ 32 dos turistas, de 72 e 67 anos.

Dois guardas municipais que estavam na orla viram a ação do suspeito, iniciaram uma perseguição e detiveram o suspeito. Os turistas foram encaminhados até a Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (Deat).

Segundo a Guarda Municipal, o preso se fingiria de deficiente físico para abordar as vítimas. Ele já tem cinco passagens pela polícia (quatro delas por furto e uma por porte ilegal de armas), e estava em liberdade condicional.

Ainda de acordo com a Guarda, no caminho para a delegacia, o suspeito teria oferecido R$ 300 e o material furtado para que os guardas o liberassem. Por isso, além de responder por furto, também será autuado por tentativa de suborno.

CASAS DE GMs DE RIO CLARO SÃO ALVO DE ATENTADOS Á BOMBA.


SÃO PAULO - Duas casas de guardas municipais da cidade de Rio Claro, a 174 km de São Paulo, foram alvos de atentado com bombas caseiras, na noite de sexta-feira. Em uma das casas, duas bombas explodiram. Na outra, uma bomba foi detonada e outra não chegou a explodir. Carros da Guarda Civil fizeram patrulhamento em toda a área, mas nenhum suspeito foi preso. O artefato que não detonou foi apreendido e será analisado pela Policia Técnica. Ninguém se feriu.

FONTE :PORTAL g1

sábado, 14 de março de 2009

PROGRAMA PRÓ-CIDADANIA DO CEARÁ INCENTIVA CRIAÇÃO DE GUARDAS MUNICIPAIS.


GUARDAS MUNICIPAIS (14/3/2009)
Governo financiará o contrato de GMs.
Para cada guarda contratado por uma Prefeitura o Governo financiará o pagamento de um outro

Foi lida ontem, no plenário da Assembléia Legislativa, projeto de Lei do Poder Executivo que implanta nos municípios cearenses, o Programa de Proteção à Cidadania (Pró-Cidadania). Serão beneficiadas as cidades com menos de 50 mil habitantes que não serão incluídas no Programa Ronda do Quarteirão. O projeto prevê a contratação de agentes de segurança pública através de convênio firmado entre Estado e as respectivas prefeituras.

Repressão

O Pró-Cidadania é uma guarda municipal formada por agentes da cidadania que serão responsáveis pela repressão aos crimes contra a ordem e patrimônio públicos, prevenção do uso de entorpecentes, além da fiscalização e regulamentação do trânsito.

De acordo com a mensagem, a instalação do Programa terá contra partida do Estado e das prefeituras, através de um convênio onde cada parte entrará com sua participação. Será de responsabilidade das prefeituras criar suas guardas municipais e contratar o pessoal através de processo público seletivo simplificado que será coordenado e acompanhado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social.

Ao Estado, através do convênio, cabe repassar recursos financeiros e equipamentos. Segundo o líder do Governo na Casa, deputado Nelson Martins (PT), o Estado será responsável por garantir viaturas, uniformes, curso de formação dos agentes, tendo ainda a responsabilidade de arcar com o pagamento da metade do número de agentes selecionados pelos municípios. Ou seja, “por cada agente pago pelo município, o Estado paga outro”, explicou o líder governista.

Habitantes

O projeto de lei ainda especifica o limite de agentes afirmando ser um agente de Cidadania para cada 500 habitantes. Nelson Martins acredita que o Pró-Cidadania atingirá cerca de 3,5 milhões de habitantes, compreendendo assim, a contratação de pelo menos sete mil agentes da cidadania. Esse número somado às contratações da Polícia Militar, o parlamentar acredita que o efetivo de policiais no Estado ficará em torno de 26 mil policiais.

O projeto arrancou congratulações da maioria dos parlamentares que parabenizaram o Estado por essa iniciativa. Como foi o caso do deputado de oposição Heitor Férrer (PDT), afirmando que o Governo deve empreender todos os esforços para combater a violência.

Para o deputado Fernando Hugo (PSDB), este é um projeto maior do que o Programa Ronda do Quarteirão, afirmando que o Pró-Cidadania foi uma idéia levantada pelo presidente da Assembléia, deputado Domingos Filho (PMDB), e que foi acatada pelo governador.

O deputado Tomás Figueiredo (PSDB) também parabenizou a iniciativa, afirmando que muito ainda tem que ser feito. O vice-líder do Governo, deputado Roberto Cláudio (PHS) defendeu, afirmando que o programa visa coibir os crimes em cidades com menos de 50 mil habitantes.

Fonte:Diário do Nordeste.

VEREADORA SUGERE A PREFEITA MICARLA A CONSTRUÇÃO DE UMA ACADEMIA DE FORMAÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL DE NATAL.







A vereadora oposicionista Sargento Regina (PDT) foi recebida pela prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV), para apresentar sugestões para projetos da prefeitura como a implantação da Secretaria Municipal de Defesa Social. Durante o encontro, na casa de Micarla, a prefeita convidou a vereadora para ingressar na base governista. Apesar do tratamento semelhante ao de uma aliada, Sargento Regina rechaçou a possibilidade de fazer parte da bancada da prefeita. ‘‘O convite foi feito por ela, já havia sido feito pelo vice-prefeito Paulinho Freire meses antes, mas os dois já entenderam que meu lugar é na oposição, ao lado do trabalhador’’, declarou a vereadora, ontem, ao ser questionada sobre a aproximação.

Segundo Regina, o encontro foi no final da semana passada e serviu para que ela apresentasse algumas sugestões e questionamentos à prefeita. ‘‘Nossa preocupação é de que como vai ficar a Secretaria de Trânsito e Transporte Urbanos (STTU) com a criação da Defesa Social, já que não é possível se ter duas secretarias que tratem de uma mesma questão. Outra dúvida é sobre como ficará a situação da Guarda Municipal e dos vigias. Também sugerimos à prefeita a criação de uma academia de formação para a guarda e os amarelinhos, que hoje não passam por nenhum tipo de formação’’, afirmou a vereadora.

Sargento Regina disse que Micarla se comprometeu a tentar viabilizar pelo menos duas de suas sugestões: a criação da Academia de Formação e de uma Secretaria Municipal da Mulher. A vereadora também comunicou à prefeita que vai realizar uma audiência pública nos próximos dias para aprofundar a discussão sobre o funcionamento da Secretaria de Defesa Social. ‘‘Estamos na oposição porque representamos uma proposta diferente da que foi eleita. Nosso papel é fazer essa oposição levando propostas, fiscalizando e cobrando. Quem dá o tom da oposição é o executivo’’, avisou.

Fonte:Diário de Natal

GUARDA MUNICIPAL DE BOTUCATU-SP





GCM convoca recrutas e lança novo brasão

A Guarda Civil Municipal está convocando 28 novos recrutas aprovados em concurso público para formarem o efetivo da corporação.

De acordo com o secretário de Segurança Adjair de Campos, a formação dos novos guardas será feita em Botucatu. Eles ficarão aquartelados, durante o treinamento, na Secretaria de Educação.

“O professor Minetto, Secretário de Educação, cedeu o espaço para montarmos o Centro de Formação de Guardas”, conta Campos.

A formação da primeira turma de GCMs de Botucatu aconteceu em Osasco, onde o secretário Adjair esteve em fevereiro, junto com o comandante da guarda Capitão Theodoro e o Inspetor Paulo, para obter informações técnicas para a montagem do centro de formação no município.

O curso de formação de guardas civis, que tem 600 horas/aula, é ministrado por empresas cadastradas na Secretaria Nacional de Segurança Pública [Senasp].

A GCM ganhou um novo brasão, com as cores oficiais do município e sem nenhum tipo de alusão à qualquer marca de governo.
[da assessoria]

13-03-2009

quarta-feira, 11 de março de 2009

GUARDA CIVIL METROPOLITANA DE SÃO PAULO



São Paulo

segurança
GCM vai ter mais 35 bases móveis
Publicado em 11/03/2009 - 0 comentários
Ferramentas: Enviar por e-mail Versão Original Imprimir Comentar



Oito guardas vão ficar de plantão nas unidades, que irão funcionar 24 horas

A Guarda Civil Metropolitana deve ganhar mais 35 bases comunitárias móveis. Os veículos vão ser espalhados pela cidade para aumentar a fiscalização do comércio ilegal pelas ruas, entre outras ações. Hoje, a guarda conta com três veículos do tipo.

Com a compra que deve ser feita pela prefeitura, a ideia é ter bases operando 24 horas por dia em regiões com maior incidência de irregularidades que devem ser fiscalizadas pelos guardas, segundo o Jornal da Tarde.

Embora não tenha sido divulgado o valor que será gasto na compra dos novos equipamentos de segurança, a prefeitura informou que serão usados recursos municipais e verbas repassadas pelo Ministério da Justiça.

Guarda municipal salva casal de turistas de afogamento na Barra, Rio.

Thiago Lourenço, de 32 anos, é do Grupamento Especial de Trânsito e correu para o mar após ser abordado por um banhista sobre a situação....