quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Réveillon no Rio terá 2 mil Guardas Municipais nas ruas


Réveillon no Rio terá 2 mil Guardas Municipais nas ruas

Por Redação, com Agência Rio de Notícias - do Rio de Janeiro

Dentro do esquema especial de segurança montado pela Prefeitura do Rio para o Réveillon 2010, a Guarda Municipal da cidade vai empregar, das 7h deste dia 31 às 20h do dia 1º, um total de 1.917 guardas, sendo 565 GMs no trânsito, que estarão distribuídos em nove pontos de festejos, com o apoio de 13 veículos e 19 motocicletas. Além disso, mais 920 guardas atuarão no patrulhamento rotineiro de toda a cidade.

Dos mais de 1.900 GMs empregados nos nove pontos oficiais de Réveillon, o maior efetivo estará em Copacabana, com 1.375 GMs (sendo 350 GMs de trânsito), realizando ações de ordenamento urbano, atendimento a turistas (com 16 guardas com noções e/ou domínio de idiomas) e patrulhamento em geral, utilizando também cães pastores da Guarda no entorno de quatro estações do Metrô. Os outros guardas estarão distribuídos nos seguintes locais: Barra da Tijuca (121 GMs, sendo 65 de trânsito), Parque do Flamengo (87 GMs, sendo 30 de trânsito ), Penha (64 GMs, sendo 20 de trânsito), Pedra de Guaratiba (54 GMs, sendo 15 de trânsito), Ilha do Governador (47 GMs, sendo 25 de trânsito), Sepetiba (55 GMs, sendo 20 de trânsito), Paquetá (23 GMs), Piscinão de Ramos (39 GMs, sendo 10 de trânsito) e no entorno da Lagoa Rodrigo de Freitas (52 GMs, sendo 30 de trânsito).

Como acontece há dez anos, guardas municipais do Grupamento de Apoio ao Turista (GAT) estarão em Copacabana orientando turistas nacionais e estrangeiros. Serão dezoito GMs, sendo 11 com domínio do inglês, três com noções de espanhol, um com noção de alemão e mais um guarda com domínio de libras. CÃES - Integram o efetivo de Copacabana 14 guardas com dez pastores alemães do Grupamento de Cães da Guarda que atuarão no entorno das estações Cardeal Arcoverde, Siqueira Campos, Cantagalo e General Osório (Ipanema).

Além dos guardas que estarão distribuídos nos nove locais de eventos por conta do Réveillon, outros 920 farão o patrulhamento de rotina de toda a cidade, com ações em praias, praças, parques, trânsito, aeroportos, rodoviária e outros pontos públicos.

O controle de toda a ação será feito do Comando Móvel da GM-Rio, que ficará em frente à Escola Municipal Cícero Penna, na esquina da Avenida Atlântica com Rua República do Peru. Equipada com rádio-comunicação, ar-condicionado, computador, TV e banheiro, a viatura foi especialmente projetada para grandes eventos.

Em caso de emergência, informações e auxílio em geral, a GM-Rio mantém o Disque-Ordem (153), que funciona 24 horas.

O comandante da GM-Rio, coronel Ricardo Pacheco, pede que a população se divirta com responsabilidade e lembra que as crianças levadas a pontos de grande concentração de pessoas devem ter identificação, para facilitar a localização dos pais e responsáveis.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Guarda Municipal de Atibaia prende indivíduo por porte ilegal de arma

Guarda Municipal prende indivíduo por porte ilegal de arma


Na tarde desta terça-feira, dia 29 de dezembro, por volta das 15h30, durante o patrulhamento na Avenida Carlos Alberto Carvalho Pinto, a viatura composta pelos Guardas Municipais Hadime, Janete e Rodrigues recebeu informações, via rádio, de que um homem acompanhado de uma menor estava armado nas imediações da Igreja Universal.
Com as características dos indivíduos, a guarnição abordou R. H. B., de 29 anos, e a menor B., de 17 anos. Durante a revista pessoal, foi encontrado em posse de R. um revólver calibre 22, municiado com seis cartuchos intactos. Diante das evidências, foi dada voz de prisão a R., que foi conduzido juntamente com a menor ao plantão policial.
Após ciência dos fatos, a autoridade policial, Dr. Hermes Jun Nakashima, ratificou a voz de prisão a R., sendo autuado em flagrante no artigo 14 (porte ilegal de arma de fogo) da Lei Federal 10.826/03 – Estatuto do Desarmamento, e encaminhado à Cadeia Pública, ficando à disposição da justiça. A menor B. foi entregue à sua mãe mediante termo de responsabilidade.

fonte :Atibaia News

domingo, 27 de dezembro de 2009

Guarda Municipal do RJ é campeão de kickboxing.




Guarda Municipal é campeão de kickboxing
Casca-Grossa

Dia desses o guarda municipal Antônio Carlos Dias saía da sua base, em Botafogo, quando viu um ladrão roubar uma bicicleta. Para detê-lo, bastou aplicar alguns golpes de... kickboxing. Aos 47 anos, A. Carlos, como é chamado na corporação, é o guarda mais premiado entre os 120 que competem em variados esportes. Aos 47 anos ele é campeão sul-americano de kickboxing e coleciona 22 títulos em 10 anos atuando como profissional.
— Quem olha, vê um coroa barrigudo e não dá nada por mim. Mas eu já venci vários garotos em competições e vários criminosos usando os meus conhecimentos na luta — brincou A. Carlos, que toda hora é parado por colegas de trabalho para saber dos últimos resultados no tatame.
Morador de Santíssimo, em Campo Grande, ele tem 14 anos de Guarda Municipal e hoje trabalha no Grupamento de Apoio ao Turista (GAT), fazendo rondas em pontos como o Corcovado e Copacabana. Sua rotina só é interrompida quando viaja para competir, com apoio — e liberação — da corporação. A última vez foi no começo do mês, quando venceu o Sul-Americano no Paraguai, levando o ouro na categoria Semi Contact, faixa preta, acima de 89kg.

sábado, 26 de dezembro de 2009

Guarda Municipal de Jardim do Seridó realiza ação junto as crianças no Natal!


Na tarde de 24/12/2009,a Guarda Municipal de Jardim do Seridó,em parceria com a Secretaria de Ação Social,de Saúde e Prefeitura Municipal realizou um ato especial em prol das crianças do município;distribuíram em 04 bairros da cidade,nas suas áreas de mais vulnerabilidade,cerca de 700 lancheiras com balas , doces e pipocas,somente para crianças.Pode parecer uma ideia simples e singela,mas que conta muito para quem na maioria das vezes nada ganha na data tão especial.Todos agradeceram muito aos Agentes que realizaram o trabalho,o que mostra que não se deve ficar atrelado somente ao trabalho de Segurança Pública,mas também tem que se analisar a questão de como vivem as populações nas áreas mais carentes da cidade, e principalmente ,tentar se aproximar cada vez mais delas,num trabalho de socialização daqueles que estão pouco visíveis na nossa sociedade.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Ladrão é preso ao assaltar turista


Ladrão é preso ao assaltar turista


RIO - Willian Lopes de Souza, de 21 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira depois de assaltar a turista naturalizada americana Renata Jou, de 38 anos. De acordo com a Guarda Municipal, Wiilian atacou a mulher no Aterro do Flamengo, na altura da Marina da Glória. A vítima gritou e chamou a atenção dos guardas que fazem o patrulhamento com carrinhos elétricos. Ao perceber a presença da Guarda Municipal, Willian jogou fora a bolsa que tinha arrancado da turista e correu. Na altura do Hotél Glória, os policiais alcançaram o assaltante. Na bolsa havia um ipod, uma câmera digital e dinheiro. Willian foi levado para a delegacia da Rua da Relação.

Guarda Civil Ambiental comemora bons resultados em São Bernardo




Guarda Civil Ambiental comemora bons resultados em São Bernardo


Da Redação

A Guarda Civil Ambiental de São Bernardo vem atuando ao longo de todo o ano para proteger as extensas áreas verdes do município, que tem 53,7% do seu território em área de proteção aos mananciais. Desde que foi inaugurada, em 27 de março, a nova unidade da corporação no Riacho Grande realizou 62 averiguações de crimes ambientais, 29 capturas e apreensões de animais silvestres, 11.860 rondas diversas, entre outras ações com um trabalho ostensivo e preventivo.
A Guarda Ambiental conta com efetivo de 28 guardas, atuando em conjunto com a Polícia Florestal da Polícia Militar e a Delegacia de Investigações sobre Infrações e Crimes contra o Meio Ambiente (Dicma), que colaboram para proteger as áreas de reserva de mananciais e de proteção ambiental, para evitar depredações, ocupações irregulares e proteger o patrimônio ambiental do município.
De acordo com a subinspetora da Guarda Ambiental, Rosângela Brito Correia, desde sua inauguração, a Guarda realizou 22 ocorrências de cortes de árvores em floresta de preservação permanente, 21 retiradas de terra em área de preservação, 18 construções em loteamentos irregulares, 27 despejos de entulho em local irregular, 12 atendimentos de auxílio público e socorro, sete ocorrências de queimada em vegetação, bosqueamento e desmatamento, queima de óleo diesel e de pneus, e ainda apoio a outros órgãos, além de 364 orientações ambientais e 11.860 rondas diversas.
Em novembro, oito guardas tiraram licença para pilotar barcos na Marinha Brasileira, e 30 participaram do curso de fiscais ambientais voluntários. No mês de dezembro, sete oficiais da Guarda Ambiental participaram do Curso Especial para Tripulação de Embarcações de Estado no Serviço Público. O curso aconteceu nas cidades de Santos e Guarujá e foi oferecido pela Marinha Brasileira e Corpo de Bombeiros. Além do manejo e uso das embarcações, os oficiais aprenderam noções de pronto socorro básico, salvatagem (uso dos equipamentos obrigatórios em embarcações, como extintores e colete salva-vidas) e até noções de sobrevivência em naufrágios.

fonte:Jornal ABC Reporter

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Guarda Municipal começa atuar no início do ano letivo em Cuiabá

Guarda Municipal começa atuar no início do ano letivo em Cuiabá
23/12/2009 - 09h18



O secretário Municipal de Esportes e Cidadania – Smec, Aurélio Augusto, informou que a Guarda Municipal entrará em atividade em Cuiabá no início do próximo ano, quando começar o ano letivo municipal. Augusto revelou que o processo licitatório das motocicletas destinadas aos guardas será realizado hoje (23-12), e que considera esta uma das últimas ações da secretaria para que os guardas municipais comecem a desempenhar o seu trabalho.

Inicialmente foram contratados 32 guardas municipais, que já passaram por treinamento específico, foram qualificados e estão aptos a garantir a segurança nas escolas municipais. Além de dispor de motos, os guardas estarão permanentemente em comunicação entre si e com a central, através de rádio, na tarefa de dar segurança aos alunos e professores do ensino municipal.

Piscina do Verdão -

O secretário lamentou a ação de vândalos que depredaram a piscina do município, situada nas proximidades do Ginásio Aecim Tocantins. Ele adiantou que nos próximos dias a secretaria vai licitar as obras de reforma da piscina, e que em seguida pretende buscar parceria para que a comunidade não só desfrute dos benefícios da piscina, como também passe a cuidar daquele bem público. Disse ainda que espera envolver nesse projeto garotos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – Peti, mantido pela prefeitura.

Enquanto isso, uma equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura vai monitorar a piscina diariamente, com a determinação do secretário de secá-la sempre que acumular água por conta do excesso de chuvas que tem caído na capital ultimamente. A recomendação é agir com prevenção para evitar a proliferação do mosquito da Dengue, que nesta época do ano se reproduz com muita facilidade, e exige o máximo de cuidado de todos.

fonte:O Documento.

BM e prefeitura em pé de guerra em NH

BM e prefeitura em pé de guerra em NH
Controle de central de videomonitoramento é foco de atrito no município

Uma das pioneiras no Estado, a Central de Videomonitoramento de Novo Hamburgo virou foco de atrito entre Brigada Militar e Guarda Municipal. A polêmica já deixou os quarteis, ecoou no Legislativo e agora chegou ao gabinete do prefeito.

Chegou ao fim o convênio que firmava a parceria entre os dois órgãos. À frente do Comando Regional de Policiamento Ostensivo do Vale do Sinos, o coronel Nicomedes Barros exige que a central seja transferida da sede da Guarda Municipal para o quartel da BM. O coronel tenta fazer valer a cláusula do contrato que prevê a doação de todo o equipamento à BM ao final de dois anos – encerrado em 2008. Pelo objetivo, não mede palavras. No dia 10, subiu à tribuna da Câmara de Vereadores e disse que a Guarda não tem poder de polícia. Por isso, defende, quem deve comandar o videomonitoramento é a BM:

– Guarda Municipal tem a mesma competência que um flanelinha ou segurança privada, ou seja, nenhuma.

Em solidariedade aos guardas, o prefeito Tarcísio Zimmermann (PT) exige uma retratação do comandante:

– Ele deveria se retratar com as guardas municipais do Brasil inteiro e com os de Novo Hamburgo em particular. Não receberei mais o coronel Barros no meu gabinete, porque ele não tem estatura para ocupar o cargo.

Barros reagiu às declarações:

– Não sou subordinado ao prefeito, não fiz concurso para a prefeitura e não sou cargo de confiança. A minha responsabilidade é com o governo do Estado e com o comando da BM.

Há 10 meses no cargo, o coronel diz que o sistema não funciona bem. Verificou o acordo firmado pelas duas instituições em 2006 e decidiu requerer o comando. A prefeitura, por sua vez, diz que não abre mão do patrimônio estimado em R$ 1,8 milhão. Diante da recusa, o comandante retirou os PMs da escala de trabalho e cortou o rádio de comunicação. No caso de um flagrante das câmeras, os guardas municipais têm agora de entrar na fila do 190.

– Repudiamos a atitude isolada e individual do comandante regional. Essa parceria tem uma história de oito anos sem qualquer tipo de problema. Ele está tentando mexer no que está dando certo – disse o secretário municipal de Segurança e Mobilidade Urbana, o também coronel Luiz Fernando Farias.

Farias era o comandante do CRPO/Vale do Sinos quando o acordo foi firmado, em 2001. Mas foi um convênio assinado em 2006 que trouxe a polêmica a Novo Hamburgo. Conforme o documento, o município deveria doar o sistema de câmeras ao Estado quando este apresentasse condições de infraestrutura para recebê-lo e fizesse o comunicado oficial.

leticia.barbieri@zerohora.com.br
LETÍCIA BARBIERI | Vale do Sinos/Casa Zero Hora

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Adolescentes teriam atirado no guarda municipal em tentativa de assalto


Adolescentes teriam atirado no guarda municipal em tentativa de assalto

O guarda municipal Reginaldo Nascimento de Oliveira, de 39 anos, lotado no pelotão ambiental, se recupera bem da cirurgia feita na noite desta quinta-feira (17). Oliveira foi atingido por um tiro na coxa esquerda durante uma tentativa de assalto no bairro das Quintas, zona Oeste de Natal.

Segundo o comandante da Guarda Municipal, Gilderlan Alves, já existem informações sobre os suspeitos do crime. Seriam dois adolescentes de 17 anos. "Já identificamos os possíveis responsáveis. Falta agora só ir em busca da apreensão dos dois", disse o comandante.

Reginaldo Nascimento de Oliveira está na enfermaria do WG, o quadro dele é estável e está fora de perigo. O guarda municipal levou um tiro em uma tentativa de assalto na avenida Bernardo Vieira, nas Quintas. Ele estava a caminho do trabalho em seu carro no momento em que foi abordado por dois suspeitos, na frente do Cimento Nassau.

Fonte:Tribuna do Norte

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Guarda municipal de Natal-RN é baleado durante tentativa de assalto


Guarda municipal é baleado durante tentativa de assalto



Um guarda municipal foi baleado durante uma tentativa de assalto na tarde desta quinta-feira (17) na avenida Bernardo Vieira, na altura do bairro das Quintas, zona Oeste de Natal. O policial, identificado até o momento como "Oliveira", foi atingido no lado esquerdo da bacia e deve passar por uma cirurgia no Hospital Walfredo Gurgel para retirar a bala, que ficou alojada no corpo do guarda.

O comandante da Guarda Municipal, Gilderlan Alves, explicou que Oliveira estava a caminho do trabalho em seu carro no momento em que foi abordado por dois suspeitos na frente do Cimento Nassau. Os homens anunciaram o assalto e ao ver o guarda fardado teriam atirado. Baleado, Oliveira ainda conseguiu dirigir para pedir socorro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e socorreu o guarda.

A vítima foi levada até o Pronto Socorro Clóvis Sarinho, onde ficou constatado que a bala estava alojada no lado esquerdo da bacia. Oliveira, que trabalha como guarda municipal há 14 anos, deve passar por uma cirurgia para a retirada da bala ainda nesta quinta. De acordo com o comandante Gilderlan Alves, o estado do policial é estável e ele não corre risco de morte.

Ainda segundo o comandante da Guarda Municipal, a polícia está em diligências em busca dos suspeitos. A polícia acredita que eles sejam assaltantes da Favela do Japão, na zona Oeste.

Fonte:Tribuna do Norte

Natal assina convênio de inclusão no Pronasci


Natal assina convênio de inclusão no Pronasci

A prefeita Micarla de Sousa assinou na tarde desta quarta-feira (16) um convênio com o Ministério da Justiça, incluindo Natal no Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). A inclusão permitirá que a cidade seja beneficiada por diversos projetos federais, na área da defesa social, podendo escolher quais se adequam melhor à realidade local.

A solenidade ocorreu na sede do Ministério da Justiça, em Brasília, e contou com a presença dos ministros da Justiça, Tarso Genro, e do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, além dos representantes de outros 22 municípios de todo o Brasil. Ao todo, já são 157 as cidades participantes. O total de recursos destinados a cada uma dependerá das propostas apresentadas a partir do início de 2010.

“Com essa adesão, demos um grande passo para melhoria da segurança pública em nossa cidade, ganhando o direito de participar de projetos de prevenção contra a violência que irão representar muito para nossa gente”, destacou a prefeita Micarla de Sousa.

O secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Sérgio Leocádio, afirmou que um dos primeiros projetos a serem trazidos para a capital potiguar será o Bolsa Formação, destinado aos guardas municipais natalenses, que poderão aderir já a partir da próxima semana.

O Bolsa Formação tem o objetivo de incentivar a qualificação profissional e contribuir na redução das disparidades salariais dos integrantes de setores da segurança pública, como a Guarda Municipal. Aqueles que aderirem receberão uma bolsa de R$ 400 para participar de cursos oferecidos pelo Ministério da Justiça.

A partir do próximo ano Natal deverá integrar também o projeto “Território da Paz”, que leva ações de pacificação para comunidades que convivem com altos índices de violência.

Segurança com Cidadania
Desenvolvido pelo Ministério da Justiça, o Pronasci marca uma iniciativa inédita no enfrentamento à criminalidade no país. O projeto articula políticas de segurança com ações sociais; prioriza a prevenção e busca atingir as causas que levam à violência, sem abrir mão das estratégias de ordenamento social e segurança pública.

Entre os principais eixos do Pronasci destacam-se a valorização dos profissionais de segurança pública; a reestruturação do sistema penitenciário; o combate à corrupção policial e o envolvimento da comunidade na prevenção da violência. Para o desenvolvimento do Programa, o governo federal investirá R$ 6,7 bilhões até o fim de 2012.

* Fonte: Prefeitura de Natal.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

GM fecha “boca do tráfico” na região da Capela


GM fecha “boca do tráfico” na região da Capela

Na noite desta terça-feira, 15, a Guarda Municipal estourou “boca de tráfico” na região da Capela, na porta ao lado onde, no mesmo dia, porém, pela manhã, ocorreu um homicídio. Um homem matou a companheira com 10 facadas. Os fatos foram registrados na Rua Eduardo Lovato, 320, no Jd. Eldorado.

À noite, denúncia anônima levou a Guarda Municipal a fazer uma das maiores apreensões de droga do ano. Foram apreendidos 51 gramas de cocaína e 12 gramas de crack, distribuídos em 18 frasconetes de crack e 35 de cocaína. Dois menores de idade, de 16 e 17 anos, foram levados à Delegacia de Polícia junto com outras três pessoas, que deverão responder por tráfico de drogas. Também foram encontrados R$ 40,00 em dinheiro.

Veja matéria completa sobre o tráfico e o homicídio na edição impressa do Jornal de Vinhedo deste sábado.

Registro de carro furtado gera novo impasse entre Guarda Municipal e BM

Registro de carro furtado gera novo impasse entre Guarda Municipal e BM
Agente de NH esperou em vão duas horas e meia por viatura da brigada que faria o registro.


Novo Hamburgo - Seis dias depois da Brigada Militar se recusar a ir até o local onde o carro da delegada de Polícia Rosane de Oliveira havia sido arrombado minutos antes, um caso similar aconteceu.

Furtado durante a madrugada na Rua Arthur Hack, no Centro de Novo Hamburgo, um veículo Gol cinza, foi localizado por um guarda municipal na manhã desta quarta-feira estacionado na contramão da Rua Mena Barreto, bairro Hamburgo Velho. Ao saber que o carro era furtado, o agente entrou em contato com a BM, por volta das 10h45, e solicitou a retenção do veículo, mas o que ouviu foi uma recusa.

Segundo o diretor da GM Everaldo Rosa de Souza, foram feitos dois contatos com a Brigada Militar, que informou que não poderia ir até o local porque não havia o registro de furto daquele veículo. Conforme Everaldo, não é atribuição da Guarda fazer a recuperação de um veículo roubado ou furtado a não ser que haja situação de flagrante.

Duas horas e meia depois, às 13h15, a própria vítima do furto desistiu de esperar e arrancou o carro. De dentro do veículo, o invasor havia retirado o estepe, os auto-falantes traseiros e um bebê conforto. "Quem melhor me atendeu foi a Guarda Municipal, pois a Brigada Militar não me deu nenhuma instrução quando liguei para o 190. Apenas me disseram não constava a ocorrência e não podiam fazer nada", conta a do lar, Deise Pereira dos Santos, 28.

Quando o Jornal NH chegava ao endereço, por volta de 13 horas, uma viatura da Brigada Militar com quatro policiais militares cruzava o mesmo ponto onde um agente da GM os esperava, mas não parou para fazer o registro. Na semana passada, a BM alegou à delegada não poder ir ao local porque a viatura mais próxima estava em atendimento.

Conforme o comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar de Novo Hamburgo, tenente-coronel Eden Moraes, houve o deslocamento de uma viatura até o endereço, mas quando ele chegou no local, o carro já não estaria mais no endereço comunicado. Ao ser informado sobre o tempo de espera, Moraes, que não soube informar o horário do deslocamento, adiantou que será aberto um inquérito para apurar a circunstância da comunicação da Guarda até a chegada da BM.


Jornal NH

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Nota da Guarda Civil de Osasco


terça-feira, 15 de dezembro de 2009
Nota da Guarda Civil de Osasco

A Prefeitura Municipal de Osasco, por meio do comando de sua Guarda Civil Municipal, lamenta o assassinato do GCM Ataíde Oliva de Araújo, de 53 anos, casado e pai de três filhos, com 18 anos de corporação, onde manteve uma conduta irrepreensível, agente estimado por todos os colegas, reconhecido por seu autocontrole na execução de suas funções.

Por volta das 20 horas do domingo, dia 13 de dezembro, o mesmo, acompanhado por sua esposa passava pela rua José Lodo Neto, no bairro Jardim Santo Antônio, zona Sul de Osasco, quando foi surpreendido e dominado por três elementos. Segundo a esposa, a abordagem foi seguida de agressão, durante a qual o grupo se utilizava de palavras de baixo calão e disse a seguinte frase: “era você que a gente estava procurando”.


Em seguida, chegou uma viatura da Força Tática da Polícia Militar com quatro policiais, que, utilizando de pistola modelo ponto 40, arma extremamente potente, com alto poder de impacto, desferiram vários tiros contra GCM. De acordo com a esposa da vítima, ele caiu ao chão e recebeu, ainda, mais um tiro na cabeça, ficando com 17 perfurações de arma de fogo.


O comandante da Guarda Municipal de Osasco, Gilson Menezes contesta as afirmações da PM que alega legítima defesa. “Para mim isso configura uma execução, devido à quantidade de perfurações, incluindo uma na cabeça, vitimando uma pessoa que já estava dominada por outros três elementos. Foi uma violência exacerbada”, disse.

O comandante também afirmou que a ocorrência mostra o despreparo de parte da Força Tática. “Essa é uma polícia que deveria preservar a vida e atuar como uma polícia cidadã”, disse, salientando ainda que a alegação de legítima defesa, para este caso, contraria o que diz o código penal, pois a vítima, dominada, não tinha condições de oferecer nenhum risco aos policiais militares.

O prefeito de Osasco, Emidio de Souza, determinou, na manhã da segunda-feira, 14, que a secretaria de Assuntos Jurídicos da Prefeitura acompanhe todas as investigações referentes a esse caso.

O laudo da necropsia deve sair dentro de 20 a 30 dias.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Guarda Municipal morto pela PM em Osasco-SP.


Guarda municipal é morto a tiros por PMs em Osasco

Guarda morto pela PM em Osasco

SÃO PAULO - Um guarda municipal foi morto a tiros por policiais militares em Osasco, na região metropolitana de São Paulo. Ataíde Oliva de Araújo, de 53 anos, e a mulher dele caminhavam numa rua na Vila São Francisco, e encontraram quatro jovens. Entre eles, o filho de um assaltante morto pelo guarda há cerca de dez dias, ao tentarem invadir a casa dele. Houve discussão e ps jovens agrediram o guarda, que reagiu sacando a arma, e atirando em direção ao chão.

Segundo o comando da Guarda Municipal de Osasco, a polícia foi chamada e ao, chegar ao local, encontrou o guarda ainda segurando a arma. Os policiais disseram que deram voz de prisão e o guarda reagiu e atirou contra a viatura. Então, revidaram. Os policiais militares argumentam que agiram em legítima defesa

- Foi dada voz de prisão, ele resistiu à prisão, disparou contra a equipe, houve revide, em legítima defesa - disse o major da PM Vagner Serafim Queiroz, major da PM.

Mas a mulher do guarda afirma que o marido foi baleado sem motivo. Gilson Menezes, diretor da Guarda Municipal de Osasco, diz que o guarda municipal recebeu 17 tiros e que houve excesso por parte da PM. Segundo Menezes, a mulher de Araújo disse que ele sequer teve tempo de sacar a arma, mas ela foi apresentada na delegacia com três tiros deflagrados.

Ataíde de Araújo chegou a ser socorrido, mas não resistiu. A polícia civil apreendeu as armas do guarda civil e também dos policiais militares, além de abrir inquérito para investigar o crime. O caso será acompanhado pela Corregedoria da PM.

- Diante da leitura, mesmo que superficial do ocorrido, podemos confirmar que houve execução e excesso da polícia militar, isso de uma forma muito contundente - disse o diretor da GCM.
Links patrocinados

Fonte: O Globo.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Guardas municipais de Curitiba iniciam curso de técnicas de armamento e tiro

Guardas municipais iniciam curso de técnicas de armamento e tiro
A medida beneficia principalmente profissionais que estão há mais de cinco anos na corporação

Até 30 de junho do próximo ano, 730 profissionais devem participar de cursos de vinte, trinta ou quarenta horas, com aulas teóricas e práticas (foto: Joel Rocha/SMCS)
A Prefeitura de Curitiba deu início ao curso de reciclagem para guardas municipais em técnicas de uso de armamento e tiro avançado. Até 30 de junho do próximo ano, 730 profissionais devem participar de cursos de vinte, trinta ou quarenta horas, com aulas teóricas e práticas. A medida beneficia principalmente profissionais que estão há mais de cinco anos na corporação.

"O treinamento precisa ser constante, para que o armamento seja usado de forma adequada para garantir a segurança pessoal, da população e dos equipamentos públicos do Município", afirma o secretário da Defesa Social, Itamar dos Santos.

Com este curso, a intenção da Secretaria da Defesa Social é atualizar todos os guardas em relação às normas e procedimentos previstos no Estatuto do Desarmamento (Lei 10826/2003) para uso de arma de fogo. As aulas teóricas serão dadas nas instalações do Núcleo de Proteção ao Cidadão do parque Barigui, e as aulas práticas de tiro acontecem na Escola Superior da Polícia Civil.

"O curso é importante porque nossos guardas estarão treinados corretamente para agir em ações envolvendo armas de fogo. O guarda pode melhorar sua pontaria, e terá mais equilíbrio emocional para atingir o alvo de forma certeira, caso precise usar uma arma em combate", afirma o inspetor Sicarlos Pereira Sampaio, gerente de instrução da Guarda Municipal.

Além da atualização em relação a normas, legislação pertinente e procedimentos para o porte de armas de fogo, os guardas municipais receberão treinamento sobre tomada de decisão em ocorrências envolvendo armas de fogo; uso correto de acessórios letais e não letais; destreza; regras de segurança; nomenclatura de partes de armas e instruções sobre formas de abordagem pessoal e de veículos; imobilização; uso de algemas e condução de pessoas.

"É muito bom poder relembrar e praticar as técnicas que aprendemos e que precisamos usar em ação. A prática aprimora a nossa condição para atender bem as diferentes situações do dia a dia", disse o supervisor Jose Freirs, de 41 anos, que está há 17 anos na Guarda Municipal e faz parte da primeira turma do curso de reciclagem. Na prova de avaliação do curso de tiro Freirs acertou todos os 18 tiros na área marcada como letal em um alvo humanóide. "Está bom, mas dá para melhorar mais, agrupando melhor os tiros no alvo", disse ele.

PRONASCI

O secretário da Defesa Social Itamar dos Santos está bastante otimista com a possibilidade da aprovação de novos recursos para aplicar na área de segurança pública em Curitiba em 2010, por meio do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

Itamar integrou uma comitiva paranaense que esteve no Ministério da Justiça, em Brasília, para acertar uma data para lançamento do Território de Paz do Sítio Cercado e nos municípios da região metropolitana de Curitiba para implantação dos projetos previstos no Pronasci no Paraná: Araucária, São José dos Pinhais, Almirante Tamandaré, Colombo, Piraquara e Pinhais.

O secretário executivo Nacional do Pronasci, Francisco Rodrigues, disse que a previsão do ministério é fazer o lançamento na segunda quinzena de janeiro de 2010. Rodrigues também disse que Curitiba deve aprovar com certa facilidade os novos recursos para os projetos apresentados em 2009, porque o Município já executou mais de 43% dos recursos enviados pelo ministério. O mínimo necessário nesta fase era de 25%.

"Um dos projetos que esperamos aprovação é o de Segurança Cidadã, que prevê 1,9 milhão de reais para compra de equipamentos e capacitação de profissionais para atuar no modelo de guarda comunitária", explica o secretário Itamar dos Santos.

Guarda Municipal apreende menor com arma.


Guarda Municipal apreende menor com arma
A central da Guarda Municipal recebeu, por volta das 18h30 de ontem, denúncia de que três jovens suspeitos estariam andando pela Rua Joaquim Taveira, na Vila Mari, próximos a uma escola.

As informações davam conta de que um deles estaria armado. Duas equipes de motociclistas foram deslocadas até o local da denúncia.

Os suspeitos foram localizados em frente a uma residência. Um dos jovens ao perceber a aproximação dos policiais tentou dispensar a arma, uma guarruncha calibre 22 perto do portão.

A equipe acabou localizando a arma e apreendeu o menor de 16 anos, morador no Jardim Pelicano por porte ilegal de arma de fogo. O adolescente foi encaminhado ao DEPAC para os procedimentos necessários.

Já são 12 armas, de acordo com o boletim policial que apreendidas pela GM somente neste ano.


Fonte: Agora ms.com

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Comandante da Operação Arco de Fogo ministra palestra para guardas municipais


Comandante da Operação Arco de Fogo ministra palestra para guardas municipais

O comandante da Força Nacional em Ariquemes, capitão Batista, e o tenente Fernando, ambos integrantes da Força Nacional, ministraram na semana passada, uma palestra sobre Direitos Humanos para os integrantes da Guarda Municipal de Ariquemes. Na ocasião, demonstraram algumas técnicas de abordagem, inclusive para os casos de pessoas com necessidades especiais.

A Guarda Municipal realizou também na última semana uma eleição para a escolha do seu novo comandante. Foi eleito Sérgio Marcondes.Segundo a secretária de Segurança e Trânsito, Débora Vidal, a Guarda Municipal dá um passo importante ao passar o comando para um de seus integrantes.

Fonte: Rondoniaaovivo.com

Ladrões se dão mal com GCM de Caieiras.

Ladrões se dão mal

Guarda Municipal prende os amigos do alheio
Guarda Municipal recupera objetos e captura assaltantes de loja caieirense

Na quarta-feira, 02/12, a Delegacia de Polícia de Caieiras registrou a prisão de dois dos três assaltantes que invadiram uma loja de roupas localizada na área central da cidade durante a tarde.

Os GCMs Leandro e Bezerra foram notificados de que um roubo ocorria na loja, situada na Rua XIV de Dezembro, uma das principais da cidade, e partiram em direção ao local. Lá encontraram os vendedores do estabelecimento, que descreveram fisicamente os três assaltantes. Partindo em busca dos culpados, os GCMs encontraram pelas proximidades dois meliantes com características parecidas às descritas e, quando tentaram uma aproximação, os dois, que estavam portando uma motocicleta, tentaram fuga.

Sem sucesso, a fuga resultou num choque entre a motocicleta com os dois criminosos e um veículo Kia/Besta, do qual ninguém saiu ferido. Os infratores ainda persistiram em fugir ao correr, mas foram capturados com êxito pelos guardas.

Levados à Delegacia, os dois assaltantes, sendo um menor de idade, foram identificados pelas vítimas - que também disseram reconhecer os objetos roubados, e indiciados pelo crime. Dentro das mochilas que cada um deles portavam foram encontradas 13 camisetas, 8 calçados, 3 aparelhos de telefone celular, 7 bermudas, 1 bustiê, 1 boné e uma arma calibre 32 M (com 4 cartuchos de 32 M) com numeração raspada para impossibilitar a identificação. O menor infrator foi encaminhado para o órgão competente.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Guarda Municipal de Curitiba detém pichador em flagrante na Tiradentes



Guarda Municipal detém pichador em flagrante na Tiradentes
O ato de vandalismo foi flagrado por meio das imagens das câmeras de monitoramento

A Guarda Municipal de Curitiba prendeu um indivíduo responsável por pichar vários monumentos na região do centro histórico da cidade no início da manhã desta quarta-feira (9). Cléberson dos Santos Santana, de 20 anos, morador de rua, foi detido por volta das 5 horas, na praça Tiradentes. O ato de vandalismo foi flagrado por meio das imagens das câmeras instaladas pela Prefeitura que fazem o monitoramento da região 24 horas por dia.

Os responsáveis pela detenção foram os guardas Ricardo Simão e Mauricio Vieira Pires, que trabalham no Centro Integrado de Monitoramento Eletrônico de Curitiba (Cimec), de onde são monitoradas as imagens de todas as câmeras instaladas na região central. Cléberson Santana não portava documentos e foi encaminhado à Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, para os procedimentos legais.

As equipes da Guarda Municipal constataram que vários locais foram pichados pelo mesmo indivíduo com os mesmos dizeres. Todos os pontos de pichação estão localizados no entroncamento da rua Barão do Rio Branco e praça Tiradentes. Uma pichação no monumento da praça 19 de Dezembro tem os mesmos dizeres, o que indica que pode ter sido o mesmo autor.

Quem é apanhado pichando muros, fachadas e monumentos está sujeito a uma multa municipal no valor de R$ 750, para maiores de 18 anos de idade, e não poderá fazer concursos para cargos públicos do Município durante dois anos.

Na Polícia Civil é lavrado um Termo Circunstanciado, que é encaminhado aos Juizados Especiais, para uma audiência, que o sujeito aguarda em liberdade. Caso seja condenado o pichador recebe penas alternativas.

Fonte: Bem Paraná

Guarda Municipal de Porto Feliz assiste palestra


Guarda Municipal de Porto Feliz assiste palestra

Todo o efetivo da Guarda Civil Municipal assistiu uma palestra sobre “Gerenciamento de Crise”, na Estação das Artes “Assumpta Luzia Marchesoni Rogado”, no dia 8 de dezembro.

O ministrante foi o Chefe de Polícia Civil Márcio Ribeiro da Rocha que é especialista em Gestão de Políticas de Segurança Pública.

De acordo com o diretor de Defesa do Cidadão, Urias de Oliveira, geralmente os primeiros a chegar à ocorrência são os guardas municipais e, portanto, eles têm de estar preparados para saber como agir. “As palestras que trouxemos neste ano serviram para motivar a guarnição e prepará-la para a ocorrência”, explica Urias.



Fonte: Itu.com.br

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Natal recebe a confirmação de que será incluída no Pronasci. GMN será beneficiada,


Natal recebe a confirmação de que será incluída no Pronasci
09 de Dezembro de 2009

Natal recebeu nesta terça-feira (8) a confirmação de que será uma das novas cidades brasileiras incluídas no Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Com isso, a Prefeitura deverá fechar convênios com o Ministério da Justiça para receber recursos que serão empregados em projetos no município. Esses convênios vão ser assinados nos próximos dias.

A prefeita Micarla de Sousa comemorou a inclusão de Natal no Pronasci. “Essa é uma ótima notícia. A participação de Natal no programa trará benefícios na segurança pública. Um exemplo disso será a inclusão da nossa Guarda Municipal no projeto Bolsa Formação. Com o convênio poderemos equipar melhor a nossa Guarda e a própria Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social de Natal, além de colocarmos o sistema de câmeras de monitoramento em boa parte da cidade”, falou.

Micarla de Sousa e o secretário de Segurança Pública e Defesa Social de Natal (Semdes), Sérgio Leocádio, tiveram reuniões seguidas junto ao Ministério da Justiça, em Brasília, solicitando a inclusão de Natal no Pronasci.

“Essa é uma grande conquista para Natal. Vejo o dia de hoje com muita alegria, pois a Prefeitura conseguiu sensibilizar o Governo Federal colocando nossa cidade no mais importante programa de segurança pública do Brasil”, ressaltou Sérgio Leocádio.

O Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) marca uma iniciativa inédita no enfrentamento à criminalidade no país. O projeto articula políticas de segurança com ações sociais; prioriza a prevenção e busca atingir as causas que levam à violência, sem abrir mão das estratégias de ordenamento social e segurança pública.

Entre os principais eixos do Pronasci destacam-se a valorização dos profissionais de segurança pública; a reestruturação do sistema penitenciário; o combate à corrupção policial e o envolvimento da comunidade na prevenção da violência. Para o desenvolvimento do Programa, o governo federal investirá R$ 6,707 bilhões até o fim de 2012.

Além dos profissionais de segurança pública, o Pronasci tem também como público-alvo jovens de 15 a 24 anos à beira da criminalidade, que se encontram ou já estiveram em conflito com a lei; presos ou egressos do sistema prisional; e ainda os reservistas, passíveis de serem atraídos pelo crime organizado em função do aprendizado em manejo de armas adquirido durante o serviço militar.

Execução
A execução do Pronasci se dará por meio de mobilizações policiais e comunitárias. A articulação entre os representantes da sociedade civil e as diferentes forças de segurança - Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Secretaria de Segurança Pública – será realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipais (GGI-M). O Pronasci será coordenado por uma secretaria-executiva em nível federal e regionalmente dirigido por uma equipe que atuará junto aos GGIM e tratará da implementação das ações nos municípios.

Para garantir a realização das ações no país serão celebrados convênios, contratos, acordos e consórcios com Estados, municípios, organizações não-governamentais e organismos internacionais.

Inicialmente, Natal deverá aderir a dois dos projetos do Pronasci: o Bolsa Formação, no qual profissionais de segurança pública receberão novos estímulos para estudar e atuar junto às comunidades; e o Território de Paz, cuja execução se dá por meio de mobilizações comunitárias e policiais.

* Fonte: Semdes.

Guarda Municipal -RJ

Guarda Municipal vai intensificar patrulhamento na Rua Uruguai

Em resposta ao Eu-Repórter enviado pelo leitor Paulo Moura sobre uma kombi que estaciona na calçada na Rua Uruguai e espalha churrasqueira e banquinhos no local (clique aqui para relembrar), a Guarda Municipal informou que vai enviar nesta terça-feira uma equipe ao local para verificar a denúncia e garante que vai intensificar o patrulhamento de trânsito e controle urbano na região.

A Guarda lembra que solicitações, denúncias e até mesmo sugestões podem ser encaminhadas à Ouvidoria da Guarda pelo www.rio.rj.gov.br/gmrio, pelo telefone 3295-5640 (segunda a sexta, das 9h30 às 17h) ou ainda pelo Disque Ordem (153), que funciona 24 horas.

Fonte:G1

domingo, 6 de dezembro de 2009

Base comunitária da Guarda Municipal está na pauta

Base comunitária da Guarda Municipal está na pauta
Dom, 06 de Dezembro de 2009 05:10 Política

Legislativo

A união entre o Legislativo de Rio Claro e moradores dos bairros Jardim São Paulo, Claret e Jardim Mirassol vem se destacando pelo objetivo de garantir melhores condições de segurança na região. A instalação de uma base comunitária da Guarda Civil Municipal no Jardim Mirassol é uma das ações discutidas.
A prefeitura definiu pela doação de área para construção, equipamentos, efetivo e viaturas para rondas na região. Os moradores se dispuseram a buscar apoio comunitário para conseguir recursos para oferecer o material de construção. As instalações da GCM no Jardim Mirassol já têm local definido; será construída na Avenida 8 com as ruas 21 e 22.
Dando continuidade aos trabalhos com a população, os vereadores Raquel Picelli e Julinho Lopes, estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira para discutirem como será feita a construção do novo prédio.
Para a legisladora Raquel Picelli, o aumento de ocorrências policiais naqueles bairros fez com que a população unisse força e se mobilizasse. "Desde maio os moradores dos bairros Jardim São Paulo, Claret e Jardim Mirassol vêm realizando reuniões para discutir as necessidades do local e eu apoio também o projeto de revitalização e criação de um Parque Ecológico em área de mata e córrego existente na rua 22", comentou.
A vereadora também informou que a reunião que contou com a participação do secretário de segurança José Gustavo Viegas Carneiro, Sepladema, Secretaria de Obras e representante dos bairros, teve como objetivo apresentar o projeto arquitetônico da base comunitária.
Julinho enfatizou que a limitação das condições financeiras da prefeitura neste momento inviabiliza que o município assuma a obra completa, por isso à necessidade de ajuda de empresários e da sociedade de um modo geral. "A prefeitura já doou o espaço, agora temos que encontrar mecanismos para conseguirmos recursos".
Os representantes do Legislativo destacaram que estão apoiando a mobilização por se tratar de uma causa justa e emergencial, pois a segurança dos bairros está comprometida e o poder público precisa agir rapidamente naquela região.

Fonte:Jornal Cidade de Rio Claro

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Rudolph Giuliani Responsável pelo 'tolerância zero' dos EUA dá palestra para Guarda Municipal



Responsável pelo 'tolerância zero' dos EUA dá palestra para Guarda Municipal


O inspirador da política de Choque de Ordem adotada pela administração carioca, Rudolph Giuliani, visita a capital fluminense, nesta quinta-feira. Ele fará uma palestra para a Guarda Municipal, onde irá contar suas experiência, bem como os resultados obtidos quando adotou a política de "tolerância zero" em Nova York (EUA). O ex-prefeito da cidade americana ainda vai junto com o prefeito Eduardo Paes, no Complexo do Alemão, conhecer o projeto "Escolas do Amanhã", implantado em 150 unidades escolares do Rio localizadas em áreas de risco.

Giuliani governou Nova Iorque de 1994 a 2002 e ficou conhecido mundialmente por sua política de "tolerância zero" que reduziu em 57% os índices de criminalidade e 65% os de assassinato na cidade, considerada uma das cidades mais segura e com maior qualidade de vida dos Estados Unidos. Ele também mudou o sistema de educação pública de Nova Iorque, criando o Fundo de Aperfeiçoamento das Escolas para ajudar escolas na compra de equipamento e instalações, introduzindo novos programas de instrução de leitura, universalizando o acesso dos alunos a computadores, restaurando a educação artística no currículo escolar, instalando bibliotecas nas salas de aula e introduzindo aulas nos fins de semana. Além disso, Giuliani também conseguiu limpar o metrô e os espaços públicos de Nova York.

*As informações são da Prefeitura do Rio de Janeiro

Fonte:SRZD

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

NOS PAISES DESENVOLVIDOS É ASSIM!


Vejam abaixo os links de Policias Municipais em Portugal, país irmão ,mas já bem adiantado nessa questão.

veja o link e observe :http://www.mai.gov.pt/lertexto.asp?id=52

*
Polícia Municipal de Lisboa
*
Polícia Municipal do Porto
*
Polícia Municipal de Braga
*
Polícia Municipal de Cascais
*
Polícia Municipal de Coimbra
*
Polícia Municipal de Felgueiras
*
Polícia Municipal de Guimarães
*
Polícia Municipal de Lousada
*
Polícia Municipal da Maia
*
Polícia Municipal de Matosinhos
*
Polícia Municipal de Oeiras
*
Polícia Municipal de Paredes
*
Polícia Municipal de Póvoa de Varzim
*
Polícia Municipal de Sintra
*
Polícia Municipal de Vieira do Minho
*
Polícia Municipal de Vila Nova de Famalicão
*
Polícia Municipal de Vila Nova de Gaia

Guarda Municipal recupera computadores roubados de escola

Guarda Municipal recupera computadores roubados de escola

Foto: Filipe Carneiro

Material furtado estava escondido em teto de escola

VOLTA REDONDA
A Guarda Municipal encontrou na manhã de ontem, escondido no teto da quadra de esportes do Ciep 403, Loures Giovanette, no Açude I, duas CPUs de computador, um estabilizador, um monitor e um mouse que foram furtados na madrugada do dia 24 de novembro da Escola Municipal Paulo VI, que fica abrigada em contêiner dentro do Ciep.
Segundo o inspetor da guarda Botelho, ele recebeu uma denúncia anônima dando conta que o material roubado da escola estava escondido no teto da quadra, próximo à área onde funcionam os banheiros e o vestiário. A mercadoria estava escondida sob um plástico preto.
A direção da escola não quis se pronunciar sobre o assunto. No dia em que aconteceu o furto, os bandidos picharam nas paredes ameaças de morte contra a diretora.
Na manhã de domingo, policiais do 28º Batalhão de Polícia Militar apreenderam um computador completo e uma impressora com identificação de patrimônio municipal. Ambos foram furtados da Escola Municipal Maria José Campos, localizada na Rua 1.054, no bairro Volta Grande, na madrugada do dia 25.
Segundo informações, o computador estava com um suspeito chamado André, que vende lanches em um trailer nas proximidades da escola. O suspeito contou aos policiais que havia comprado o computador de Maicon Costa, que também mora nas proximidades da escola e havia levado a mercadoria para a casa de seu irmão, identificado como Adelbrando, na Rua Novo México, no Santo Agostinho. Os três foram levados para a 93ª Delegacia de Polícia.

Fonte: Jornal a voz da cidade

Guarda municipal leva pedrada e tem perna quebrada em operação no entorno do Maracanã

Guarda municipal leva pedrada e tem perna quebrada em operação no entorno do Maracanã


O Globo


RIO - Um guarda municipal foi agredido e teve a perna quebrada na Praça General Emílio Garrastazu Médici, no entorno do Maracanã, onde jogam Fluminense e Vitória no fim da tarde deste domingo. Os guardas realizavam uma fiscalização do comércio ilegal quando foram surpreendidos por torcedores tricolores. Identificado como Luiz Alberto, o guarda levou uma pedrada, sofreu fratura exposta e foi levado para o Hospital Souza Aguiar, onde permanece internado.

Segundo nota da Secretaria Estadual de Ordem Pública (Seop), houve uma operação de choque de ordem onde "a Guarda Municipal agiu com responsabilidade e determinação para conter os ânimos de baderneiros que tentavam impedir a fiscalização contra o comércio ambulante irregular no entorno do estádio".

domingo, 29 de novembro de 2009

Assaltante é baleado por Guarda Municipal


Assaltante é baleado por Guarda Municipal

Era por volta de 15h, quando os dois homens entraram na farmácia, na rodovia Mario Covas, em Ananindeua, anunciaram o assalto e retiraram alimentos, remédios e dinheiro. Durante a ação, eles se depararam com o Guarda Municipal Fernando dos Santos. Nesse momento, eles ficaram nervosos e Rones da Silva Frota fez um disparo contra o guarda, que reagiu e, também, baleou o assaltante nas costas.

De acordo com o tenente Henriques, da 14ª ZPol da Polícia Militar, durante a confusão, Rones ainda correu e se escondeu baleado dentro de uma residência, mas policiais militares foram até o local e efetuaram a prisão. O companheiro de Rones fugiu do local com o capacete e a chave da moto que eles estavam usando para se locomover. Este bandido entrou em um ônibus e conseguiu fugir.

Rones foi levado para o Hospital Metropolitano, onde passou por cirurgia. O guarda municipal foi encaminhado para a seccional da Cidade Nova para registrar ocorrência, informou que estava na farmácia como cliente e havia acabado de sair do treinamento. Quando parou para comprar produtos no estabelecimento, ocorreu a confusão.

Rones já foi preso em 2008 por “saidinha” de banco, em Ananindeua. Ele foi autuado em flagrante por roubo e porte ilegal de arma. (Diário do Pará)


Fonte: Diário do Pará

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Guarda Municipal de Baln. Camboriu é aprovada por unanimidade


Guarda Municipal de Baln. Camboriu é aprovada por unanimidade

Redação
Após quase quatro horas de sessão na Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, foi aprovado por unanimidade nesta terça-feira, 23, o Projeto que reestrutura a Secretaria de Segurança e cria a Guarda Municipal.

“Me sinto com o dever cumprido. Hoje tenho a honra de votar o projeto”, disse o vereador, Nilson Probst, que atuou à frente da criação da GM juntamente com o atual secretário de Segurança, Adélcio Bernardino. Ele destacou ainda, que foram meses de estudos e visitação a várias cidades brasileiras que já possuem GM.

O vereador, Orlando Angioletti, ao fazer o uso da palavra disse que o momento era ímpar, comentou que muitas coisas haviam sido ditas ao longo do ano, desde que o projeto foi iniciado pela administração do prefeito, Edson Renato Dias.

O vereador destacou que foi de grande importância promover por diversas vezes ampla discussão sobre o assunto. Inclusive mencionou a necessidade da sociedade, ter se manifestado, disse referindo-se a audiência pública realizada durante os trâmites no Legislativo. “Desejo do fundo do meu coração, que isso possa ser bem aplicado e dar bons resultado para a nossa gente”, finaliza Angioletti.

O vereador, Nilson Probst, que atuou no projeto, em parceria com o atual secretário de Segurança, Adélcio Bernardino, também fez o uso da palavra. “Me sinto com o dever cumprido. Hoje tenho a honra de votar. Vários municípios já nos procuraram, e podem ter certeza, este projeto será modelo em muitas cidades de Santa Catarina e do Brasil”, desabafou o ex-secretário de Segurança, Nilson Probst.

Guarda Municipal é homenageada em Itu

Guarda Municipal é homenageada em Itu

A Guarda Civil Municipal de Itu comemorou seus 23 anos de existência no dia 14 de novembro, em uma solenidade realizada na Praça da Independência (Largo do Carmo).

A cerimônia foi prestigiada por vereadores, militares, policiais, representantes de entidades de serviço e familiares dos guardas, comprovando o prestígio da Guarda Civil Municipal junto à comunidade ituana.

A solenidade teve início com a apresentação da tropa ao prefeito de Itu, realizada pelo comandante da Guarda Civil Municipal, tenente Clemente Bortolleto. Após a execução do Hino Nacional, deu-se a leitura de um texto sobre a corporação, destacando o atendimento de mais de 7 mil ocorrências somente neste ano.

Já durante os pronunciamentos das autoridades, o secretário Mangini ressaltou os investimentos da atual administração municipal em relação à Guarda, com a aquisição de novas armas, equipamentos, viaturas e a realização constante de cursos de qualificação. Mangini anunciou ainda que até o final deste ano a corporação será contemplada com mais três viaturas do tipo Sedan para reforçar o patrulhamento.

Dando prosseguimento ao evento, o prefeito Herculano realizou a entrega da Medalha “João Machado” ao guarda civil 2º Classe Vanderley Nava Sahl, por uma década de bons serviços prestados.

A Guarda Civil Municipal

Criada em 1986, pela Lei Municipal Nº 2.827, a Guarda Civil Municipal contou inicialmente com 34 guardas municipais e hoje detém um efetivo superior a 200 integrantes, entre guardas masculinos e femininos.

A GCM tem primeiramente como missão constitucional zelar pelos patrimônios públicos, bens e instalações, além de ser considerada a principal unidade de apoio nas emergências do Departamento de Defesa Civil.

A corporação ainda presta apoio à Polícia Militar, à Polícia Civil e ao Poder Judiciário, além de interagir com todas as demais secretarias municipais.

Em especial, a Guarda destaca-se por sua atuação junto à Saúde (no transporte de pacientes para hospitais e vice-versa), Educação (no serviço de ronda escolar), Esporte (acompanhando de atividades esportivas) e executa também o serviço de fiscalização e controle do trânsito no município.

Publicado por Guilherme Martins

Tags: guarda municipal

Comandante do 28º BPM ministra cursos de capacitação à Guarda Municipal

Comandante do 28º BPM ministra cursos de capacitação à Guarda Municipal

Foto: Filipe Carneiro

VOLTA REDONDA
O comandante do 28º Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Licínio Marcos Gonçalves Froes, ministrará cursos para a Guarda Municipal. As aulas fazem parte da matriz curricular nacional, sugerida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça. Os interessados já podem ser inscrever e dependendo da demanda haverá possibilidade de mais cursos. A capacitação terá início dia 30, no auditório do Batalhão do Aço.
De acordo com o comandante da guarda, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa, será uma excelente oportunidade para os integrantes da corporação. “È importante essa capacitação junto à Polícia Militar, pois além de se qualificar estarão interagindo com a PM e isso sempre é um ponto positivo quando se fala em segurança pública”, diz.
Entre os temas que serão abordados estão O papel das Guardas Municipais e a gestão integrada da segurança pública em nível municipal; A Gestão Integrada da Segurança Pública; Espaço Público, Guarda Municipal e Comunidade; Violência e (In)Segurança Pública; Movimentos Sociais; Atitudes Sociopedagógicas da Guarda Municipal de Caráter Preventivo; O Uso Legal e Progressivo da Força, da Arma de Fogo e Defesa Pessoal; Emprego de Equipamentos Letais e Não Letais; Comunicação, Informação e Tecnologias em Segurança Pública; Relação Jurídica do Trabalho (Direitos e Deveres).

Fonte: A voz da cidade

PREFEITURA DE ARACAJU E SMTT CONTINUAM COM PERSIGUIÇÃO AOS GUARDAS MUNICIPAIS

Publicado em: 26/11/2009 07:15:57
PREFEITURA DE ARACAJU E SMTT CONTINUAM COM PERSIGUIÇÃO AOS GUARDAS MUNICIPAIS

O presidente do Sindicato dos guardas Municipais de Aracaju (SIGMA), Ney Lúcio dos Santos, voltou a mostrar sua insatisfação com a maneira que a categoria vem sendo tratada pela prefeitura de Aracaju e pela Secretaria Municipal de Transporte e Transito (SMTT).

As funções dos guardas municipais estão deturpadas, na visão do presidente do SIGMA. ‘A função do Guarda Municipal é promover a segurança pública e velar pela aplicação da legislação de trânsito no plano dos municípios. Compete ao guarda municipal, zelar pela segurança das pessoas, bens e serviços públicos como escolas, praças e postos de saúde’, explicou Ney.

Ney lucio diz ainda que “a função do guarda municipal, promover a fluidez no trânsito, orientando aos condutores e pedestres. Ele é personagem muito importante para a qualidade de vida nas cidades, pois de seu trabalho é que aparece uma cidade mais organizada. Muitas pessoas acham que o guarda municipal é apenas um aplicador de multas, o que não é verdade”, afirma Ney Lúcio.

Porem, os guardas municipais ainda estão enfrentando problemas sérios no exercício da profissão devido à pressão feita pela PMA e SMTT, começando pelos baixos salários ofertados à categoria, que não recebe incentivo para trabalhar com tão pouca remuneração.

O salário base do guarda municipal de Aracaju é de R$ 465, o que, segundo o presidente do sindicato, é o menor do país. Isso faz com que os guardas municipais trabalhem em excessivas horas extras para complementar a sua renda, ou até mesmo façam bicos como seguranças em estabelecimentos comerciais, arriscando sua vida para garantir o pão de cada dia. “Um membro da categoria que trabalha na SMTT na divisão de trânsito teve a perna amputada em um grave acidente não sabe mais o que fazer para poder complementar seu salário, mesmo doente terá que fazer horas extras descumprindo ordens médicas para não sofrer uma perda salarial de R$ 500,00. Pois trabalhará mesmo com a perna mutilada.

O plano de carreira da categoria, até hoje é desrespeitado pela prefeitura. Os servidores estranhos ao quadro da guarda municipal estão ocupando as funções que deveriam ter deixado em 2007, quando prescrevia o prazo de interstício da primeira turma de concursados. O que se mostra também é o desvio de função de policiais militares, que deveriam estar prestando seus serviços à sociedade como agentes ostensivos de segurança pública pela Polícia Militar, que ainda estão na Guarda Municipal, ocupando lugar de agentes concursados. Em quanto os policiais militares dirigem as viaturas da GMA para resolver problemas de menor valor os guardas que trabalham na lixeira do Bairro Santa Maria, tem que subir o morro a pé para desempenhar suas funções sendo vítimas de emboscadas feitas por marginais apenas com o fim de tomar as suas armas.

Um terceiro aspecto são as péssimas condições de trabalho dos profissionais da segurança pública municipal, guardas municipais são obrigados a trabalhar com viaturas sucateadas, fardamentos velhos e rasgados, rádios de comunicação que não funcionam, postos de serviço sem a mínima estrutura física para acomodar o GM durante uma escala de absurdas doze horas seguidas de serviço.

com www.marciorocha.net

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Anjos da Guarda voltam às ruas no Natal



Agência BOM DIA

As viaturas do projeto Anjos da Guarda, que ficaram conhecidas na ronda escolar da Guarda Municipal, estão de volta e devem ocupar as ruas de Jundiaí já no mês de dezembro, período de férias escolares.

O anúncio foi feito nesta terça-feira pelo comandante da GM, Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel, o Jacó, durante a abertura da exposição alusiva aos 60 anos da Guarda, no Museu Histórico e Cultural de Jundiaí.

“Estamos aguardando a chegada das 24 novas viaturas”, afirma. “Hoje [terça] receberemos o desenho de como ficará o novo estilo.”

Após a entrega, os veículos serão colocados no Centro, já que é um período de grande movimento devido à proximidade do Natal.

Em 2010, com o início das aulas, as viaturas serão usadas no Ronda Escolar.

A diferença é que agora, além da patrulha na frente das escolas, a ronda será ampliada para os bairros nos arredores.

“As rondas nas escolas nunca deixaram de existir”, afirma. “O que ocorre é que com o tempo as viaturas do Anjos da Guarda foram deteriorando e serão substituídas.”

O projeto, iniciado há dez anos, foi ampliado e denominado Educavi (Programa de Educação para a Não-Violência). Por ele, guardas que atuam na ronda escolar também fazem palestras em escolas, igrejas e instituições abordando vários temas.

Com a chegada das novas viaturas, a GM contará com aproximadamente 60 carros. Mas mais do que equipamentos, o projeto de Jacó para o próximo ano é investir na qualificação dos guardas. “Em 2009 investimos em 80 horas de formação dos guardas”, diz. “Para 2010 buscaremos aumento de efetivo, mas buscaremos muito mais qualidade.”

Após a abertura da exposição, o comandante participou de uma solenidade na sede da GM, no Complexo Fepasa, com a presença do prefeito Miguel Haddad (PSDB), autoridades, soldados e aposentados. Houve entrega de medalhas a guardas que se destacaram neste ano.

Entre os presentes estava o aposentado Mário Lemos (Sargiani), 66, autor do Hino da Guarda. “Escrevi a letra em 1995, numa madrugada.”

Guardas municipais do Rio treinam luta livre para atuar nas praias



Guardas municipais do Rio treinam luta livre para atuar nas praias

Homens são do Grupamento Especial de Praia (GEP).
Mestre afirma que eles estão mais preparados para próximo verão.

Mestre Cromado dá treinamento de luta livre a guardas (Foto: Carolina Lauriano / G1)

O verão se aproxima, as praias ficam lotadas e, com isso, a preparação dos guardas do Grupamento Especial de Praia (GEP) no Rio se intensifica. Na manhã desta quarta-feira (25), trinta guardas municipais passaram por duas horas de treinamento com o mestre Márcio Cromado, que tem no currículo 35 títulos de Mixed Martial Arts (MMA), uma modalidade de luta livre. Os guardas não utilizam armas no patrulhamento.

Como a atuação é focada na areia, é preciso bom condicionamento físico para suportar o sol forte e a carga horária de mais de 12 horas de trabalho. Segundo mestre Cromado, o MMA trabalha com todas as artes marciais e, exatamente por isso, é importante para os homens do GEP, que enfrentam todo tipo de situação nas praias do Rio.

“A defesa pessoal e a luta em si, para eles que trabalham com o contato pessoal no dia a dia, acho que é fundamental. O MMA é mais pesado, envolve socos, chutes, pisadas, joelhadas, cotoveladas, imobilizações, acho que é mais a realidade deles”, explicou Cromado.



Essa não foi a primeira vez que os guardas treinaram com campeões de lutas. Em julho, os agentes tiveram aulas com o campeão mundial de vale-tudo Anderson Silva. Em setembro, foi a vez do mestre Nelio Naja ensinar as técnicas do Muay Thai, uma luta taildandesa, para esse grupo.



Guardas enfrentam arrastões e pessoas embriagadas

Arrastões e pessoas embriagadas são algumas das situações que os guardas precisam enfrentar, de acordo com o comandante Marcelo de Sousa. O GEP possui no total 120 homens e a intenção de Sousa é que todos os agentes passem pelo treino de MMA.

“O MMA hoje é o que a gente tem de última geração pra defesa pessoal e é importante que a Guarda Municipal esteja preparada para ter essas técnicas misturadas e desempenhar bem seu papel”, disse o comandante.

Depois de vale-tudo, Guarda Municipal tem aulas de luta tailandesa

Segundo ele, as areias trazem dificuldades como a presença de crianças e famílias no momento do incidente.

“A gente entende que esse dia aqui com certeza vai surtir efeito no nosso trabalho durante esse verão e a gente vai estar mais preparado para atender a população carioca”, afirmou Sousa.

Ao fim dos treinos, o mestre deu nota 10 para os guardas e também garantiu que as praias do Rio estarão mais seguras: “Acho que é no verão que acontecem as coisas no Rio e com certeza eles estão bem preparados”.

Fonte:G1

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Combate à pichação abre debate em Curitiba-PR.


Combate à pichação abre debate

SABRINA PACCA

Os últimos episódios envolvendo pichações de locais públicos e as rotineiras queixas da população que vê seu patrimônio particular, muitas vezes, danificado pelos sprays levantaram algumas questões entre autoridades da área de segurança pública, vereadores e sociedade, como um todo. A pena para o pichador deveria ser mais rígida? A fiscalização, mais rigorosa? O que fazer para inibir esse tipo de vandalismo?

Em Curitiba, no Paraná, a Guarda Municipal detém uma média de 13 pichadores, por mês, de um total de 51 ocorrências atendidas, segundo a Secretaria de Defesa Social da cidade. De janeiro de 2007 até o momento já foram detidas mais de 250 pessoas pelo mesmo motivo. A explicação para uma ação eficaz da Guarda está na promoção, pela Prefeitura, de diversos programas que vão desde a repreensão até a prevenção, usando a educação e cultura como vetores para uma mudança de comportamento. "Nós montamos um sistema de inteligência, mapeando a Cidade, cadastrando os pontos mais atingidos, criando um banco de dados com informações sobre os tipos de pichação, usando o monitoramento por vídeo e, como consequência, identificando os vândalos que agem em grupos, em tribos e, na maioria das vezes, são menores de idade", afirma o secretário de Defesa Social de Curitiba, Itamar dos Santos.

Para dificultar a vida desses menores, o legislativo curitibano alterou a lei municipal e proibiu a venda de sprays para quem tem menos de 18 anos. A Prefeitura investiu em uma espécie de tinta diferente para pintar seus prédios públicos que, se pichados, podem ser limpos com água, sabão e um pouco de removedor. "É mais um forma de tentar minimizar a ação desses meninos e meninas que acabam danificando os patrimônios", destaca Santos.

Em Mogi das Cruzes, o combate à pichação também ganha força por meio da junção de ações da Polícia e da Prefeitura, que tentam fazer uma investigação importante para reconhecer os grupos de pichadores por meio das palavras e sinais pintados nos muros. "É um trabalho lento e detalhista, mas que nos dará bons frutos. Identificando esses grupos e conhecendo os locais onde agem, fica mais fácil pegá-los em flagrante", explica o secretário municipal de Segurança Pública, Eli Nepomuceno.

Ele acredita, ainda, que, além da repressão, haja necessidade de investimentos em projetos sociais, culturais e educativos que envolvam essas tribos de pichadores. "Eu acho a legislação bastante rigorosa e, com fiscalização, conseguimos aplicar as penalidades que, no caso da Administração, acarretam em multas de quase R$3 mil e na esfera judicial, normalmente se dão, normalmente, em forma de serviços prestados à comunidade. Acredito que tudo que estamos fazendo é importante, mas só a educação vai fazer com que exista uma mudança de atitude desses pichadores que não se dão conta que o dinheiro gasto na pintura de uma pichação em uma praça ou muro público também sai do bolso dele, sem contar nas residências, onde os moradores também têm prejuízos", diz o secretário.

Dentro dessa ação preventiva, o vereador Protássio Ribeiro Nogueira (DEM) afirma ter proposto ao prefeito Marco Aurélio Bertaiolli (DEM) que as escolas municipais e demais construções da Prefeitura sejam pintadas por grafiteiros. "O prefeito gostou da ideia e vamos estudar a forma correta de fazer esse projeto. Acho que vai ajudar porque a arte inibe a pichação", destaca o democrata.

Já o vereador Expedito Ubiratan Tobias (PR) defende uma mudança na legislação municipal, aumentando o valor das multas. "Só mexendo no bolso dessas pessoas e da família, no caso de menores, conseguiremos uma melhora", afirma Tobias.

Fonte : O diário on-line.

Semad abre curso para 170 guardas municipais

Semad abre curso para 170 guardas municipais
Segunda-feira, 23 de novembro de 2009 12:30

A Secretaria Municipal de Administração inicia hoje (23) um curso de capacitação e qualificação para aproximadamente 170 vigias que tiveram o cargo transformado em guarda municipal terceira classe.

O curso segue até março de 2010, em três turnos, com aulas de segunda a sexta-feira. Neste período, os participantes receberão conhecimentos, desenvolverão habilidades e atitudes necessárias ao desempenho das atividades relativas às suas funções.

fonte:Correio do Estado.

GUARDA MUNICIPAL DE JARDIM DO SERIDÓ PRESTA CONTAS À SOCIEDADE


GUARDA MUNICIPAL DE JARDIM DO SERIDÓ PRESTA CONTAS À SOCIEDADE
novembro 23rd, 2009

Dentro de uma perspectiva de fortalecimento da Segurança Urbana, e em conjunto com as policias estaduais (Civil e Militar), e outros órgãos como Prefeitura Municipal, Conselho Tutelar, Secretárias Municipais, Câmara de Vereadores e toda a sociedade civil, a Guarda Municipal de Jardim do Seridó vem a público através dos meios eletrônicos, mostrar todas as atividades em que esteve envolvida desde janeiro de 2009.

Dentro da esfera de atuação dos Guardas Municipais, existe um leque incomensurável de atribuições que estas corporações podem desenvolver na sua municipalidade, desde que os seus governantes estejam cientes e capacitados para tal.

A Guarda Municipal de Jardim do Seridó, seguindo as mudanças da realidade atual, deixou de ter apenas como premissa a Proteção aos Bens, serviços e instalações municipais, mas também o trabalho de ajuda aos cidadãos, em todos os aspectos, visto que o maior bem de um município é a vida de seus habitantes, ou a qualidade dela.

Pensando nessa qualidade de vida, foi instituída a Ronda Ostensiva sobre Motocicletas, que patrulham os bens públicos e como já foi relatado antes, reforça a segurança urbana. Todo o trabalho da GMJS está legalizado pelas Leis 791/2007 e 820/2009, sendo que esta última deu o respaldo necessário para que as atividades da instituição possam ser realizadas baseando-se numa legislação especifica.

Vejamos abaixo as ocorrências atendidas no decorrer do ano de 2009:

• Repartição pública aberta durante período noturno.
• Suspeita de invasão de instalações da torre da claro.
• Segurança do evento da posse do Prefeito Municipal.
• Remanejamento de 02 Guardas para o P.A. quando esteve em funcionamento.
• Arrombamento de veiculo e furto (Próximo a Praça da Saudade, em parceria com a PM).
• Tentativa de estupro de doente mental.
• vias de fato.
• Segurança na abertura da Copa de Futsal.
• Tentativa de Depredação do Patrimônio Público (Praça da Cohab).
• Menores envolvidos em badernas.
• Invasão de patrimônio público.
• Reforço na segurança do carnaval (GM e PM).
• Vandalismo no patrimônio público.
• Vitima de Mal Súbito encaminhada a hospital.
• Desordem em praça pública.
• Desordem no patrimônio religioso.
• Embriaguês e desordem no patrimônio público.
• Ato infracional (menores alcoolizados em via pública – GM e Conselho Tutelar)
• Auxilio ao Conselho Tutelar (Custodiar Menores)
• Individuo em atitude suspeita (encapuzado)
• Invasão de prédio público
. Segurança do Evento do João Pedro 2009.(GM e PM)
• Perturbação e embriagues em evento público
• Dano ao patrimônio público
• Segurança da Abertura e da semana da criança (dia D do esporte)
• Segurança em evento da Secretária de Ação Social (Mangueiral)
• Socorro a motociclista acidentado
• Segurança no evento dos 10 anos da E.M. Maria de Lourdes
• Liberação da via pública (mediações da feira-livre)
• Auxilio na segurança da comitiva do vice-governador do estado.
• Dano ao patrimônio público (acidental)
. perseguição a menores em ato infracional.

Vimos ai que a atividade operacionalizada pela Guarda Municipal é muito importante para todos, várias dessas ocorrências e fatos acima citados aconteceram muito mais de uma vez, sendo necessário a intervenção.

Por isso dizemos que, o município pode e deve manter a Guarda Municipal sempre preparada, mesmo que esta seja desarmada (sem arma de fogo) para prevenção e o serviço de policiamento comunitário, pois estas instituições, além de órgãos permanentes de segurança pública municipal, têm de ser o diferencial de estar mais próximo da população, numa relação de confiança e reciprocidade, que resultará numa manutenção efetiva e gradual do controle de situações que podem vir a acontecer no seio da sociedade local, lembrando que deve existir a parceria com as Policias Estaduais.

Em países como Estados Unidos, Inglaterra, Portugal, Holanda, Bélgica, Itália e França são as Guardas Municipais que detém o controle da Segurança Pública nos Municípios, atuando na prevenção do crime ao património e a população, visto que o maior património de uma cidade é seu povo.

Fonte: Direção Geral da Guarda Municipal

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Guardas de Vitória protestam e ameaçam paralisação

Guardas de Vitória protestam e ameaçam paralisação

(Eduardo Fachetti - gazeta online)

Guardas Municipais de Vitória tomaram a sede da Prefeitura durante protesto
Guardas Municipais de Vitória fizeram um protesto em frente à sede da administração municipal


Agentes da Guarda Municipal de Vitória podem paralisar todas as atividades de trânsito e segurança urbana caso a Prefeitura de Vitória não se pronuncie sobre o que, segundo eles, é um antigo pedido da categoria: a regularização do porte individual de armas e a cessão de celas especiais para agentes presos.

Na tarde desta quinta-feira (19), eles realizaram uma manifestação na PMV contra a prisão de um agente por porte ilegal de armas, ocorrido na noite da última quarta.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Vitória, Verônica Grilo, os agentes da Capital não têm recebido tratamento devido da administração e estão à mercê da própria sorte. "Hoje nós temos uma série de agentes ameçadados de morte por causa desta atuação no campo da segurança. Nós temos vários agentes que têm sua arma pessoal porque não têm a cautela permanente, ou seja, quando eles saem do serviço, têm que deixar a arma e ir embora desarmados", afirmou.

Verônica adiantou que a categoria planeja uma paralisação caso não tenha os pedidos atendidos pela Prefeitura de Vitória. Segundo a presidente, as reivindicações são antigas e até hoje foram ignoradas pelo poder público. "Viemos aqui em protesto e enquanto não formos recebidos vamos manter a paralisação dos serviços."

O secretário de Segurança Pública de Vitória, João José Barbosa Sana, disse conhecer os pedidos dos agentes municipais, mas afirmou que a cessão de celas especiais, uma das reivindicações da categoria, não está na alçada do município.

"Para que se tenha prisão especial para a guarda, depende de uma lei federal, é algo que está fora da
foto: Eduardo Fachetti
Guardas Municipais protestaram em frente à Prefeitura de Vitória
Manifestantes aguardaram que algum representante da PMV os recebesse
governabilidade do poder municipal. Nós não temos o poder de fazer uma prisão especial para os guardas e não existe nenhuma legislação federal que preveja essa prisão especial para guarda. É previsto para a Polícia Militar, para Polícia Civil, para outras polícias, mas para guarda municipal, não", comentou Sana.

De acordo com o secretário, a autorização para porte particular de armas solicitada pelos agentes municipais já está em trâmite. "Com relação ao porte de armas, e inclusive os guardas sabem bem disso, nós celebramos um convênio com a Polícia Federal para que fosse emitido o porte de armas para os guardas. Posteriormente, começamos a analisar a possibilidade desse porte para uso de arma particular. Naturalmente toda ação que o municípío desenvolve depende da Procuradoria Geral do Município, e já encaminhamos essa proposta para avaliação".

Durante a tarde desta quinta-feira (19), os manifestantes ocuparam o primeiro andar da Prefeitura de Vitória, aguardando o retorno de algum membro do secretariado. Segundo Verônica Grilo, que respondia pelos agentes, novos protestos estão descartados e o próximo passo da categoria é suspender todas as atividades por tempo indeterminado.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Guarda Municipal de BH vai ter mais 137 coletes.


Guarda Municipal vai ter mais 137 coletes
Raíssa Maciel
A Prefeitura de Belo Horizonte vai aumentar em 25% o número de coletes à prova de balas para equipar sua Guarda Municipal. Um termo aditivo publicado ontem no "Diário Oficial do Município" aumenta de 550 para 687 o número de coletes e passa para quase R$ 340 mil o valor do contrato com a empresa América Blindagem, que tem 90 dias para entregar o material.

Segundo a assessoria da Guarda Municipal, a intenção é que todos os guardas em serviço estejam equipados com um colete à prova de balas. Atualmente, segundo a corporação, 70% dos guardas que estão nas ruas já os utilizam. Além dos coletes à prova de balas, o uso de armas de fogo pelos guardas municipais depende de aprovação do prefeito Marcio Lacerda.

As 350 armas que serão usadas caso a PBH aprove convênio entre a Guarda e a Polícia Federal já foram adquiridas há três anos e parte do efetivo também já foi capacitado para usá-las.

Guarda: alunos de 12 e 13 anos levam cocaína a escola em BH

Fonte:O tempo


Direto de Belo Horizonte

Dois estudantes de 12 e 13 anos da Escola Municipal Antônio Ferreira, que fica no bairro São João Batista, região norte de Belo Horizonte, foram apreendidos na manhã desta quarta-feira. Segundo a Guarda Municipal, eles estavam com 20 papelotes de cocaína.

De acordo com o guarda Célio Ramos de Abreu, os estudantes foram surpreendidos dentro da biblioteca da instituição de ensino. "Eles estavam com a droga na mão, e possivelmente traficavam, devido à quantidade. Fomos acionados pela diretora da escola que pediu para verificar uma suspeita de alunos consumindo droga dentro de sala de aula. Quando a gente chegou para fazer a abordagem, eles ainda tentaram jogar os papelotes em um canto da sala, mas percebemos o movimento", disse.

Ainda de acordo com Abreu, os adolescentes teriam assumido ter consumido parte da cocaína durante a aula. "Eles disseram que acharam os papelotes na rua, o que a gente acredita não ser verdade", afirmou.

A Polícia Militar foi acionada e encaminhou os garotos à 9ª Delegacia Seccional de Venda Nova. Eles serão levados em seguida, acompanhados dos pais, para o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Infrator (CIA), onde serão ouvidos por um juiz de menores e um promotor público.

Fonte :Terra

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Guarda municipal é assassinado durante evento em escola de Curitiba


Guarda municipal é assassinado durante evento em escola de Curitiba


CURITIBA - Um guarda municipal foi morto na tarde deste domingo enquanto trabalhava na Escola Municipal Senador Enéas Maria, no bairro Cajuru, em Curitiba. Leocádio Suami de Melo e Silva, 59 anos, cuidava da segurança do local enquanto cerca de 50 crianças, jovens e adultos participavam de atividades do programa Comunidade Escola.

Segundo testemunhas, Silva foi surpreendido por um rapaz aparentando 25 anos que usava boné. Desconhecido por aqueles que frequentam a escola nos fins de semana, ele teria ficado nas dependências do colégio por aproximadamente 40 minutos. O rapaz teria retirado a arma do guarda e, com sua reação, atirou três vezes - duas no peito e uma na perna. Silva morreu imediatamente, por volta das 16 horas, na entrada da escola.

Houve correria. Naquele momento crianças jogavam pingue-pongue a menos de 10 metros de onde ocorreu o crime, outras participavam da premiação de uma competição de bete e um terceiro grupo tinha aula de dança em uma sala no piso superior. O assassino fugiu em uma moto com placa fria, estacionada a duas quadras. Como a arma do guarda foi levada, a Delegacia de Furtos e Roubos assumiu o caso.

Silva estava na Guarda Municipal desde 1992 e iria se aposentar em janeiro. Colegas contam que ele tinha pedido para ser transferido para a escola, onde trabalhava havia um mês, cobrindo as férias de outro guarda. Casado e sem filhos, estava prestes a concluir a reforma da casa.
Fonte:O Globo

domingo, 15 de novembro de 2009

VINDA DO VICE-GOVERNADOR DO ESTADO A JARDIM DO SERIDÓ.




A Guarda Municipal de Jardim do Seridó acompanhou a comitiva do vice-governador do estado,Iberê Ferreira de Souza,e auxiliou na Segurança,ontem ,14/11/2009.A Autoridade Estadual veio ao município instituir o Projeto de revitalização da bacia Hidrográfica do Rio Cobra,manancial este que se encontrava bastante degradado pela poluição urbana.Além disso ele também verificou obras em andamento,que são parcerias do Estado e Prefeitura Municipal.Toda a visita transcorreu na mais absoluta tranquilidade,mesmo sob um sol beirando uma temperatura de quase 40º,temperatura comum nessa época na região.O Diretor -Geral da Guarda Municpal,Sérgio Medeiros foi interpelado por alguns Prefeitos da região sobre a criação da Guarda Municipal local e manifestaram interesse em implantar também nas suas localidades.Por volta de meio-dia o vice-governador se dirigiu a vizinha Parelhas e depois voltou a Natal,Capital do Estado.

Operação Verão 2010 promete controle urbano nas areias da orla mais cedo, desde 6h



Operação Verão 2010 promete controle urbano nas areias da orla mais cedo, desde 6h

Publicada em 14/11/2009 às 18h41m
O Globo


RIO - A Operação Verão que a Secretaria Especial da Ordem Pública inicia em 1° de dezembro nas praias do Rio (do Flamengo à Macumba) terá novidades em relação às fiscalizações tradicionais da prefeitura na areia. Segundo reportagem de Dandara Tinoco e Luiz Ernesto Magalhães, quando banhistas, praticantes de esportes e vendedores chegarem às praias de manhã, já encontrarão a postos, desde as 6h, cerca de 400 guardas municipais e fiscais de controle urbano atentos às irregularidades. O secretário da Ordem Pública, Rodrigo Bethlem, explica que a tática é ocupar a orla antes que a desordem se instale.

- Tradicionalmente, as operações no verão começavam depois das 8h, quando boa parte das irregularidades já estava acontecendo. Com a praia já cheia de banhistas, é difícil reprimir irregularidades sem evitar conflitos e colocar pessoas em risco. Chegando mais cedo e saindo mais tarde, a operação produzirá melhores resultados - aposta o secretário Rodrigo Bethlem.

Cachorro nada entre crianças na praia - Foto: Ricardo Leoni

O esquema será mantido até 14 de março. Os 400 fiscais trabalharão diariamente em dois turnos, num esquema que evitará a ausência de agentes na praia na troca de turnos. A equipe da manhã deixará a praia somente às 14h, uma hora depois da chegada dos colegas do turno da tarde.

- Nós queremos dar uma demonstração da força do poder público. Se necessário, podemos, por exemplo, até apreender cães e levá-los para o canil da Guarda Municipal - acrescentou Bethlem.

Para a operação, a orla será dividida em cinco setores e patrulhada com agentes em quadriciclos na areia, de moto e a pé. No trecho entre Flamengo, Botafogo, Praia Vermelha e Urca, por exemplo, haverá duas tendas da Guarda Municipal, com oito agentes, em apoio às operações.

Já nas praias de Grumari e Prainha, localizadas em Área de Preservação Ambiental (APA), a fiscalização ficará por conta da Secretaria de Meio Ambiente. A partir de 5 de dezembro, o acesso de carros às duas praias será controlado para evitar a superlotação.

Enquanto a operação não começa, as areias exibem elevado número de irregularidades. No fim de semana passada, O GLOBO registrou dezenas de flagrantes: prática de esportes perto da arrebentação, barracas sem padronização e ambulantes vendendo alimentos sem qualquer fiscalização da Vigilância Sanitária.
Leia reportagem na íntegra em O GLOBO Digital

Atrito entre Guarda Municipal de Florianopólis e PM-SC:Já está superado?


Capítulos de uma crise antiga
Militares e agentes da unidade criada para cuidar de bens e instalações públicas de Florianópolis já entraram em conflito durante prisões e patrulhamentos

A crise entre Polícia Militar e Guarda Municipal em Florianópolis vai além da conversa divulgada pelo DC na quinta-feira, que mostra a disputa entre as duas unidades. Envolve desentendimentos de rua durante prisões e patrulhamentos e atos de gabinete pelo comandante-geral da Polícia Militar (PM) de Santa Catarina, coronel Eliésio Rodrigues.

Enquanto os conselhos de segurança reivindicam melhorias, principalmente em áreas do Norte e Sul da Ilha, a queda de braço entre as instituições não dá sinais de acabar. Ela também tem como pano de fundo uma antiga divisão na segurança pública: a que coloca em lados opostos as polícias Militar e Civil.

Episódios recentes indicam que, de forma discreta, os guardas municipais se aliaram aos policiais civis no “confronto” com a PM. Prova disso aconteceu na manhã do dia 4 de setembro deste ano, quando policiais civis subiram o Morro do Mocotó, na área central da cidade, para cumprir mandados de prisão acompanhados de guardas municipais. O usual seria eles terem feito o trabalho com policiais militares.

O episódio foi encarado como um ato de desagravo pela PM. O comandante-geral da corporação disse, em ofícios encaminhados a autoridades, que a Guarda Municipal feriu a Constituição ao exercer função que seria exclusiva das polícias.

Nos ofícios, aos quais a reportagem teve acesso, o oficial pediu a responsabilização dos envolvidos ao Ministério Público, Secretaria de Estado da Segurança Pública e prefeitura da Capital.

Outro fator que estaria por trás da crise é a disputa pelo comando da Guarda Municipal que, entre outras tarefas, segundo a Constituição do Estado, deve cuidar dos bens, instalações e serviços do município. Oficiais de alto escalão da PM pretenderiam a ocupação do posto por um policial militar, mas a função é exercida por guarda concursado, como prevê a legislação municipal.

Os 140 guardas em atividade trabalham armados com pistolas 380 há um ano, prática que também não agradaria aos policiais. Até agora não há registro de incidentes envolvendo o porte de arma pelos guardas.

O delegado Renato Hendges, presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina, afirma que as instituições da segurança pública estão em linha de confronto por “vários episódios”, mas não citou nenhum. Ele defende o cumprimento das diretrizes de cada uma delas para encerrar com o impasse.

Ex-secretário de Segurança de Florianópolis e delegado da Polícia Federal, Ildo Rosa enfatiza que o trabalho dos guardas municipais trouxe resultados expressivos contra a criminalidade na cidade.

O atual secretário de Segurança, Bita Pereira, responsável pela Guarda Municipal, garantiu que o clima é de harmonia com as polícias.

Pivô da gravação veiculada pelo DC na quinta-feira, em que aparece mandando o policiamento deixar para a Guarda Municipal o atendimento de ocorrências na área da Rua Bocaiúva, no Centro, o tenente-coronel Newton Ramlow alegou que essa conversa é antiga e que o mal-estar está superado.

O comandante-geral da PM, coronel Eliésio Rodrigues, estava no Oeste do Estado desde quarta-feira. Ele foi procurado pelo celular para comentar o caso, mas não atendeu à reportagem. O ajudante de ordens dele informou que o coronel retornaria as ligações, o que não aconteceu até a noite de sexta-feira.

diario.com.br

Guarda municipal salva casal de turistas de afogamento na Barra, Rio.

Thiago Lourenço, de 32 anos, é do Grupamento Especial de Trânsito e correu para o mar após ser abordado por um banhista sobre a situação....