segunda-feira, 31 de maio de 2010

SP: Guarulhos usa bicicleta elétrica para patrulhar parques e calçadões

SP: Guarulhos usa bicicleta elétrica para patrulhar parques e calçadões



SÃO PAULO - Parques e calçadões de Guarulhos, na Grande São Paulo, vão receber reforço para a segurança: 15 bicicletas elétricas foram doadas à Guarda Municipal por uma empresa. A vantagem está no esforço, menor do que o de uma bicicleta comum, e na possibilidade de aumentar a velocidade rapidamente quando necessário. Pedalar a 30 km por hora não é difícil. O uso de bicicletas para a ronda nos parques e no calçadão do centro começou em 2006 e, segundo a Prefeitura, furtos e roubos foram reduzidos a quase zero. A bateria das bicicletas demora 8 horas para recarregar.

fonte:O Globo.

Guarda Municipal realiza operação na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda

Guarda Municipal realiza operação na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda

Volta Redonda

A Guarda Municipal de Volta Redonda, com o apoio da PM e da Polícia Civil, realizou hoje (30) uma operação na Vila Santa Cecília para inibir a atuação dos flanelinhas no entorno da feira livre. As irregularidades no também foram alvo da fiscalização. De acordo com o comandante da Guarda Municipal, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa, a fiscalização foi motivada pelas reclamações da população sobre a ação dos flanelinhas.

- Recebemos muitas reclamações na Guarda Municipal sobre a ação dos flanelinhas e pelo desrespeito ao trânsito cometido por de alguns frequentadores e comerciantes da feira - disse o comandante.

A operação, que ocorreu das 8h às 14h30, agradou aos clientes e feirantes, que esperam que a ação continue. A analista de contas Ana Paula Medeiros foi uma das pessoas que aprovou a iniciativa. "Eu a minha família já fomos abordados por flanelinhas quando saíamos da feira. Hoje isso não aconteceu. A ação da Guarda Municipal e da polícia está sendo bem vinda para os freqüentadores", afirmou Ana.

O feirante Gutemberg Fagundes Pedrosa acredita que a presença da polícia na feira da Vila traz mais segurança aos comerciantes e aos clientes. "Esta ação de fiscalização é positiva para os feirantes, pois garante a segurança das barracas e dos negociantes. É bom também porque os clientes se sentem mais seguros, e isto é um atrativo para a feiúra", disse Fagundes.

De acordo com o comandante da Guarda, para a realização da operação na feira livre da Vila foram destacados 45 guardas municipais. Segundo ele, o contingente foi aumentado para a realização da primeira operação de fiscalização, que ter continuidade. "Neste primeiro domingo de ação identificamos os problemas que ocorrem na feira. Pretendemos continuar realizando estas operações para coibir as ações irregulares no entorno da feira", informou Barbosa.

O trabalho aconteceu de maneira integrada entre as polícias. Segundo Barbosa a Polícia Militar ajudou na segurança e se fosse necessário a realização de autuações. Na delegacia, policiais civis estavam de sobreaviso para agilizar os registros que porventura ocorressem na feira. De acordo com o comandante da Guarda Municipal, a operação transcorreu de maneira tranquila, tendo apenas o registro de ocorrência de desacato à autoridade por um flanelinha que costuma atuar no local.


Fonte:Diário do Vale.

domingo, 30 de maio de 2010

Betim ganha reforço no combate à criminalidade


Betim ganha reforço no combate à criminalidade

Viviane Rocha - Estado de Minas

Publicação: 30/05/2010 09:00
A região do Icaivera, em Betim, ganhou um reforço na segurança. Neste fim de semana, o bairro inaugurou sua primeira inspetoria da Guarda Municipal e reestruturou o Posto da Polícia Militar local. De acordo com a prefeita de Betim Maria do Carmo Lara, foram atendidos antigos desejos da população. “Agora, já tem o posto funcionando”, afirmou. De acordo com o superintendente de Segurança Pública, Luciano Novaes, a base policial renovada beneficiará cerca de 6 mil pessoas. “Fizemos a reforma do imóvel, pagamos os aluguéis vencidos e instalamos internet no prédio”, conta. O investimento na reforma e na instalação da inspetoria ficou em cerca de R$ 40 mil.

O posto policial, que fica na Avenida Sycaba, 997, terá em seu contigente seis policiais, trabalhando entre as 7h e as 23h – mesmo horário de funcionamento da inspetoria –, além de viatura 24 horas. De acordo com o aspirante do 33º Batalhão da Polícia Militar Carlos Lopes, no local serão registradas pequenas ocorrências e os casos de prisão serão encaminhados para as delegacias mais próximas. Ele disse ainda que as demandas mais comuns da região não costumam ser de alta periculosidade. “Nós recebemos muitos chamados de brigas domésticas e furtos simples”, conta. Já o superintendente disse que existe um índice razoável de criminalidade na região. “Mas não queremos que ele chegue a níveis mais altos”, afirma.

Maria do Carmo Lara ressaltou que não somente o posto policial e a inspetoria da Guarda Municipal são armas para combater a criminalidade. Ela conta que a prefeitura tem feito muitos investimentos na região para sanar problemas. “Combater a violência não é apenas ter instrumentos, como um posto policial, mas oferecer apoio às creches e às escolas em tempo integral”, pondera. No discurso de abertura do local, o vice-prefeito Alex Amaral destacou que essas ações contribuem para a queda de homicídios registrados em Betim nos últimos tempos.

Apoio

A Guarda Municipal de Betim é vista como um ponto de apoio importante no combate à criminalidade. A inspetoria da região do Icaivera funcionava em caráter experimental desde março. Agora, vai dar fôlego extra às ações de prevenção nas escolas e no monitoramento para a manutenção da ordem local. A repreensão à violência também está entre as funções da inspetoria. “É preciso ressaltar que, desde que a Guarda Municipal começou a atuar na região, não foi registrado nenhum tipo de vandalismo nos equipamentos públicos do bairro”, revela Luciano Novaes.

Segundo a prefeita, a meta até o fim do governo é de que todas as regiões de Betim tenham uma inspetoria da Guarda Municipal, reduzindo a criminalidade. “Espero que diminua a quantidade de furtos e arrombamentos”, revela o cabeleireiro Atevaldo Dias da Silva, de 48 anos. Morador do local há 14 anos, ele revela que teve o seu salão arrombado três vezes em 12 anos de atividade. Como seu estabelecimento fica em frente ao posto, ele acredita que seus problemas serão minimizados.
Tags: Grande BH Betim segurança

Esta matéria tem: (1) comentários

sábado, 29 de maio de 2010

Casal é preso por suspeita de espancar criança na Grande São Paulo


Casal é preso por suspeita de
espancar criança na Grande São Paulo

Mãe e padrasto teriam agredido criança de sete anos em Cotia
Do R7, com Agência Record



Um casal foi detido neste sábado (29) após a GCM (Guarda Civil Metropolitana) de Cotia (Grande São Paulo) receber uma denúncia anônima de que agressão contra uma criança de sete anos. De acordo com a GCM, os suspeitos são a mãe e o padrasto da menina, que foi socorrida.
Confira também

* Presos espancam suspeito de agredir criança

A prisão ocorreu por volta das 15h, no bairro do de Tijuco Preto. Ao chegarem ao local, os guardas encontraram a menina com diversas marcas de agressão pelo corpo.

A mãe e o padrasto da vítima foram encaminhados ao DP (Distrito Policial) no centro da cidade, onde seriam ouvidos pela Polícia Civil. Ainda não há detalhes sobre o estado de saúde da criança.

Agentes da GM Cuiabá atuam ‘pela metade’, ou menos

Agentes atuam ‘pela metade’, ou menos

Criado em 2008, mas em vigor desde fevereiro passado, grupo não consegue de fato proteger escolas da Capital, pois não tem locomoção e nem comunicação

Divulgação/prefeitura
Desculpa para não utilização das 10 motocicletas adquiridas e anunciadas é a falta de capacetes
RENÊ DIÓZ
Da Reportagem

A segurança das escolas cuiabanas continua sendo um serviço pelo qual a sociedade paga, mas recebe pela metade – ou até menos. Criada para este fim em 2008, mas ativada somente em fevereiro deste ano, a Guarda Municipal até hoje não consegue combater a depredação do patrimônio, as invasões por usuários de drogas e a violência contra alunos e funcionários. É que os trinta agentes da prefeitura não têm, entre outros, condições de se locomover entre as 28 escolas e 12 creches de sua abrangência. E uma das razões é a falta de meros capacetes de motocicleta.

Os capacetes são indispensáveis para a integridade dos próprios guardas sobre as motocicletas, dez unidades já adquiridas pelo município e que até hoje não foram usadas. Além da falta de capacete, elas continuam encostadas pela ausência de equipamentos como intermitente (sinalizador). E como se não bastasse o desperdício de dinheiro já protagonizado pelo município (ver box), o problema se revela maior pela boca dos próprios guardas: entre eles, que preferem o anonimato pelo medo de represálias, a insegurança impera devido ao fato de andarem desarmados (até hoje não tiveram um curso de tiro) e por não disporem de aparelhos de rádio para comunicação.

Segundo o guarda municipal identificado como V., 23 anos, a falta de estrutura compromete o trabalho em absoluto. “Não está surtindo efeito o nosso serviço”, analisa, categórico. Em primeiro lugar, V. aponta a falta de mobilidade. Sem as motocicletas, os guardas dispõem apenas de uma viatura – um carro modelo Fiat Uno – que faz inúmeras viagens para que eles se desloquem entre as unidades da Regional Sul, a única região que o programa de Guarda Municipal engloba por enquanto. No fim das contas, V. relata que os guardas conseguem manter a frequência em apenas seis escolas.

O guarda se diz indignado porque as dez motocicletas adquiridas para o trabalho foram anunciadas “de boca cheia” pela prefeitura, que, quando procurada pelos agentes, alega a falta de capacetes para mantê-las fora de uso. Coisa parecida ocorreu com a formação dos guardas e V. confessa não se sentir preparado para a função; o treinamento de 90 dias que receberia findou em apenas 40. Isso para trabalhar desarmado em um bairro perigoso onde colegas já foram ameaçados de “levar bala” por integrantes de gangues e donos de bocas-de-fumo.

Para se protegerem, os guardas já reivindicaram a prefeitura a realização de um curso de tiro, mas até hoje nada saiu do papel. Já para F., 21 anos, a maior carência é a falta de aparelhos de rádio. “Não tem como informar caso aconteça algo”, reclama. Nesses casos, conta, o jeito é utilizar celulares próprios. Mas como fazer isso ganhando R$ 705 mensais?

“Isso tudo desanima, né? A gente fica esperando um tempão. Aí, quando é pra funcionar, o trem não anda direito,”, frustra-se. Ele comenta ainda que a atual situação dos guardas municipais é um problema de segurança não só das escolas, mas das comunidades onde elas estão.

Bicicletas elétricas ganham espaço nas ruas brasileiras e na GM Guarulhos.

http://www.redetv.com.br/Video.aspx?52,15,111940,Jornalismo,RedeTV-News,Bicicletas-eletricas-ganham-espaco-nas-ruas-brasileiras

Guarda Municipal de Jundiaí detém líder de gangue escolar


Guarda Municipal detém líder de gangue escolar
Estudante furta celular; em sua casa havia material com apologia à violência
anuncie!

Agência BOM DIA

A Guarda Municipal de Jundiaí desmantelou uma gangue escolar, conhecida como Pik Monstro, da escola estadual Paulo Mendes, na Vila Progresso, na manhã desta sexta-feira. O estudante M.S., 17 anos, foi detido e encaminhado à cadeia do Anhangabaú e, posteriormente, será levado à Fundação Casa.

A Guarda foi chamada durante o intervalo das aulas para conter um princípio de tumulto, pois os alunos não queriam voltar para as classes. Depois de colocar os estudantes nas salas de aula, um aluno deu por falta do celular. Após uma varredura, o aparelho foi encontrado com M.S. Além do aparelho furtado, em seu celular foram encontradas fotos com apologia às drogas e ao crime.

“Após o interrogatório descobrimos vídeos da gangue na internet”, diz o sub-inspetor Cássio Nicola.

Após um mandado, a Guarda foi até a casa de M., líder da Pik Monstro, e lá encontrou diversos recortes sobre violência. Eles ainda recolheram várias mídias e o computador do menor.

“Ele comanda a escola. Todos têm medo dele”, diz Nicola, que não informou quantos integrantes fazem parte da gangue. “Muitos já apanharam, mas não falam nada, com receio.”

Nicola ressalta que esse cenário é encontrado na maioria das escolas estaduais da cidade. No começo desta semana, duas gangues foram desmontadas pela Guarda na escola Benedita Arruda, na Agapeama.

Coronel da PM assume coordenação da Guarda Municipal de Campo Grande-MS

Coronel da PM assume coordenação da Guarda Municipal
Sexta-feira, dia 28 de Maio de 2010 às 12:20hs


O coronel da PM (Polícia Militar), Paulo César Monteiro Ayres, foi nomeado coordenador-geral da Guarda Municipal de Campo Grande. A nomeação consta na edição de hoje do Diário Oficial do município.

Ontem, a Câmara Municipal aprovou projeto da prefeitura para mudanças na Guarda Municipal. O projeto transferiu a coordenadoria da Guarda, que estava sob a direção da Semad (Secretaria Municipal de Administração,) para a Segov (Secretaria Municipal de Governo).

De acordo com o secretário de Governo, Rodrigo Aquino, a mudança autorizada pela Câmara permite que a prefeitura concretize um termo de cooperação com a Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) para treinamento dos guardas.

Já o uso de armas é avalizado pela legislação federal. “Queremos primeiro investir em capacitação, qualificação, equipamentos, viaturas, rádio de comunicação e só depois em armas”.

O município vai viabilizar recursos junto ao Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania), do governo federal.

Últimas homenagens à "Novinho de Moacir"Coordenador do Gabinete do Prefeito de Jardim do Seridó



Últimas homenagens à Novinho de Moacir

O coordenador da Chefia de gabinete da Prefeitura de Jardim do Seridó, Sebastião Guilherme Caldas Neto, 48 anos, morreu nas primeiras horas desta noite de quarta-feira (26). Novinho de Moacir, como era mais conhecido tinha acabado de chegar de uma partida de futebol e se queixou de dores. Sentiu-se mal em sua residência e mesmo sendo socorrido e levado ao Hospital Rui Mariz, não resistiu e faleceu.

Novinho pode ter sido vítima de um ataque fulminante. Novinho era filho de Moacir do Cartório e sempre atuou como funcionário público municipal, tendo atuado em várias administrações. Novinho era sobrinho do professor Eurico Guilherme Caldas de Amorim (in memoriam), que já assumiu importantes cargos na área da educação jardinense e estadual, e foi o autor da letra do Hino oficial de Jardim do Seridó.

Depois de ser velado em sua casa, o corpo de Novinho foi levado ao salão nobre da Prefeitura Municipal nesta quinta-feira (27). O sepultamento será no Cemitério Público da cidade.

Pela sua larga experiência em várias administrações, acumulando 21 anos de serviços públicos prestados, costumeiramente Novinho de Moacir era requisitado para responder questões sobre as leis do município. Era responsável por toda a documentação que chegava a prefeitura e tinha a responsabilidade de protocolar tudo. Novinho também era ex-jogador do Jardim Esporte Clube.

Foi decretado, pela prefeitura, luto oficial por três dias. Nesta quinta repartições e colégios do município não funcionaram.

A Guarda Municipal de Jardim do seridó participou do velório ,numa homenagem postuma a um grande amigo.

Informações: Marcos Dantas

Vereadora Sgt. Regina propõe audiência pública para debater formação e estrutura da GM Natal.


Vereadora Sgt. Regina propõe audiência pública para debater formação e estrutura da GMN
A Vereadora Sargento Regina propôs uma audiência pública para debater o tema Formação e Estrutura da Guarda Municipal do Natal. A sessão vai ser realizada na próxima segunda-feira (31) às 9h no plenário Erico Hackradt da Câmara Municipal do Natal.

O evento deve reunir autoridades públicas municipais com o objetivo de traça medidas para solucionar os problemas que vem sendo alvo a instituição, como também dinamizar a atuação da GMN na capital.

De acordo com o subcomandante de Segurança e Trânsito da GMN, Izaac José Duarte, o momento vai fornecer uma oportunidade de priorizar a situação geral da Guarda Municipal, servindo para colocar em evidência não só a problemática atual, mas acima de tudo o trabalho realizado dentro da capital pela GMN, apoiando ações de segurança e fiscalização das diversas secretarias, além de atuar na prevenção a criminalidade e desenvolvimento de projetos sociais.

“O momento é de mostrar a necessidade de a sociedade dispor de uma Guarda Municipal preparada, equipada e atuante e para isso é importante a presença dos nossos agentes nessa audiência, onde a protagonista é a GMN”, ressaltou o subcomandante.

Para melhores informações os guardas municipais e interessados podem entrar em contato com a assessoria parlamentar da vereadora Sargento Regina em seu gabinete legislativo no fone: 3232-9389.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Buscando equipar e capacitar a Guarda Municipal, Prefeitura designa seu novo comandante



Buscando equipar e capacitar a Guarda Municipal, Prefeitura designa seu novo comandante

Atualmente Campo Grande conta com o efetivo de 700 guardas municipais
Foto: Deurico/Arquivo Capital News

Após reunião entre a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e governo do Estado, a Prefeitura informa que a Guarda Municipal de Campo Grande terá um novo comandante. O tenente-coronel da Polícia Militar Paulo César Monteiro Ayres assumirá o comando da corporação. Ele faz parte de uma série de mudanças programadas para otimizar a segurança do patrimônio público.

De acordo com o secretário municipal de Governo de Relações Institucionais, Rodrigo de Paula Aquino, o primeiro passo da administração municipal será a viabilização de recursos junto ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), do governo federal, criado para atender aos municípios na questão de segurança.
Clique na imagem para acessar a galeria

..
Foto: Deurico/Capital News

Segundo o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), um projeto para deixar a guarda municipal sob as orientações da Secretaria de Governo ao invés da Secretaria de Administração, está sendo votado na Câmara dos Vereadores nesta quinta-feira (27). Caso seja aprovado, o projeto possibilitará o aumento de salário dos guardas, além de contar com um adicional de salubridade e uniformes específicos. De acordo com o prefeito há a possibilidade de que a sede da Guarda Municipal seja instalada na antiga rodoviária.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais da Capital, Alberto Costa Melo, a votação do projeto na Câmara dos Vereadores trará muitos benefícios para os servidores. “Vai ser uma forma de municipalizar a segurança pública em Campo Grande. Atualmente o Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania) possibilita esse investimento nos órgãos de segurança pública nos municípios do país.”
Clique na imagem para acessar a galeria

..
Foto: Deurico/Capital News

O governo federal disponibiliza pelo Pronasci, R$ 1,2 bilhões para serem gastos até 2012, onde R$ 6 milhões são destinados à Guarda Municipal.

Armamento

O uso de armas pelos guardas municipais não está descartado – seguindo a nova legislação - mas não é uma prioridade da Prefeitura. A prioridade é melhorar a equipagem e a qualificação. “Este será um processo a se pensar lá na frente, embora exista legislação que permita esta prerrogativa”, enfatizou o secretário Rodrigo Aquino.


Por: Jefferson Gonçalves e Eduardo Penedo - (www.capitalnews.com.br)

Fonte: Jefferson Gonçalves e Eduardo Penedo- Capital News

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Deputados defendem aprovação da PEC que amplia atribuições das Guardas Municipais


Deputados defendem aprovação da PEC que amplia atribuições das Guardas Municipais

Da Agência Câmara

Deputados defenderam hoje, em seminário na Câmara, a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 534/02, que amplia as competências das guardas municipais. O presidente da Comissão de Legislação Participativa, deputado Paulo Pimenta (PT-RS), afirmou que encaminhará requerimento para o presidente da Câmara, Michel Temer, colocar a PEC em votação. A proposta, que tramita na Câmara desde 2002, foi aprovada em comissão especial e ainda precisa ser votada pelo Plenário.

De autoria do Senado, essa PEC autoriza as guardas municipais a atuar na proteção dos habitantes. Atualmente, a instituição pode atuar somente na proteção de bens, serviços e instalações municipais.

“Já que houve um acordo da PEC 300, precisamos fazer pressão também para nossa PEC”, disse o relator, deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), muito aplaudido pelos guardas municipais que acompanharam o seminário. O deputado disse que basta dar poder de polícia para que a guarda municipal seja a polícia comunitária, “que vai salvar a segurança pública do País”.

O 4º secretário da Câmara, deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), afirmou que os candidatos a Presidência da República precisam entender que 70% dos problemas de segurança nacional serão solucionados com a autonomia das guardas municipais. “A reivindicação não é da classe, mas da população dos municípios, que sente a possibilidade de ter segurança com a guarda municipal”, afirmou Marquezelli.

Para o presidente da organização não-governamental Segurança Dá Vida e guarda metropolitano de São Paulo, Maurício Naval, a aprovação do projeto vai atestar que é possível ter segurança com guardas municipais. “Não é possível que, com a violência atual, os parlamentares não vejam a necessidade de aprovar a PEC.”

Frente Parlamentar

O presidente da Frente Parlamentar Pró-Guardas Municipais, deputado Vicentinho (PT-SP), lembrou a necessidade de fortalecer a categoria no Congresso Nacional. Ele disse que a criação da frente serve para aprofundar o debate na Câmara. A frente foi criada no último dia 19, com a assinatura de 230 deputados.

Os deputados Colbert Martins (PMDB-BA), Lincoln Portela (PR-MG) e Carlos Sampaio (PSDB-SP) também discursaram a favor da proposta.

Pressões contrárias

Para Bismael de Morais, mestre em direito processual pela Universidade de São Paulo e ex-guarda civil, os guardas municipais não conseguem ampliar suas atribuições devido ao desconhecimento de seu trabalho pelos prefeitos e pela posição contrária das polícias militares estaduais.

“É doloroso quando o prefeito procura o policial militar para saber sobre questões de segurança”, afirmou. Ele lembrou que o policiamento de rua em países como os Estados Unidos e a Espanha é de responsabilidade do município.

Morais disse que, na maioria dos municípios, os prefeitos colocam policiais militares para chefiar as guardas municipais. Ele lembrou que os guardas municipais deveriam proteger praças, praias e outros bens coletivos, além de serem responsáveis pelo trânsito, que é competência municipal. Segundo ele, porém, 90% dos prefeitos não delegam o cuidado com o trânsito urbano aos guardas municipais.

O evento de hoje foi solicitado pelo deputado Dr. Talmir (PV-SP) para ouvir as demandas dos guardas municipais e debater a reestruturação das funções da classe. As informações são da Agência Câmara.


Fonte:Blog do Delegado.

Guardas Municipais pedem apoio do deputado Felipe Maia em Brasília



Guardas Municipais pedem apoio do deputado Felipe Maia em Brasília



A luta pela aprovação do Projeto de Emenda à Constituição (PEC) 534/02 foi motivo da visita de um grupo de guardas municipais do Rio Grande do Norte ao gabinete do deputado Felipe Maia (DEM), na quarta-feira (26), em Brasília. Os representantes foram pedir ao parlamentar apoio para que a matéria seja votada em plenário antes do recesso. A medida amplia as competências dos Guardas Municipais do Brasil.

Felipe Maia, favorável à proposta, comprometeu-se a procurar o líder do Democratas, deputado Paulo Bornhausen (SC), para pedir a intervenção do partido junto ao presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), e inserir a matéria na pauta para votação. “É um pedido justo e que vai beneficiar os guardas municipais do país, por isso farei o possível para atendê-los”, informou o potiguar.

Para dar mais visibilidade à PEC 534/02, os guardas municipais organizaram uma caminhada, denominada Marcha Azul Marinho, que acontecerá na Esplanada dos Ministérios, nesta quinta-feira (26).

Fonte:Blog do Suebster Néri

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Guarda Municipal realiza atividades em parceria com o Conselho Tutelar sobre prevenção a exploração sexual infantil.




A Guarda Municipal de Jardim do Seridó participou ativamente da "Semana de Combate a exploração sexual infanto-juvenil" na cidade.Iniciando com a caminhada no dia 18/05,onde 02 GMs sobre motos ,em parceria com a PM Desfilaram,continuando ainda no dia 22/05 com distribuição de panfletos e cartilhas em barreiras no centro da cidade,pela Guarda Municipal e Conselho tutelar e na BR-427 pela Policia Rodoviária Federal,tendo ainda também como participante a Policia Militar.O trabalho foi realizado pela manhã e a tarde.

Fonte:Direção Geral da GMJS.

Subcomandante de Segurança da GMN concede entrevista a Intertv Cabugi



Subcomandante de Segurança da GMN concede entrevista a Intertv Cabugi
O subcomandante de Segurança da Guarda Municipal do Natal (GMN), Izaac José Duarte, concedeu entrevista ao vivo a Intertv Cabugi na tarde dessa terça-feira (25). O assunto debatido foi a segurança nos prontos-socorros da capital, que deveriam funcionar 24h e estão sendo fechado às 22h, devido os funcionários se sentirem inseguros para trabalhar após esse horário.

A repórter, Glácia Marilac, questionou sobre a segurança desses locais realizada pela Guarda Municipal, como também a situação difícil do efetivo de estar trabalhando sem portar armas de fogo. A jornalista ainda perguntou sobre o prazo para que a situação venha a ser sanada pela gestão municipal.

O Subcomandante, Izaac Duarte, pontuou a situação que passa a GMN, afirmando que após o Estatuto do Desarmamento as guardas municipais do país deveriam seguir um trâmite exigido pela Lei para terem o direito ao porte de arma institucional e particular. De acordo com o subcomandante, a GMN não cumpriu essa exigência em administrações passadas, tendo agora que se adequar para ter novamente o direito legal ao porte de arma.

“O exame psicológico se encontra em andamento, cerca de 200 guardas já foram avaliados. Estamos aguardando um parecer sobre o relatório da instrução entregue no Departamento de Polícia Federal para iniciarmos a também a última fase do processo, que é a capacitação prática e teórica de tiro”, informou.

Outro ponto levantado pelo subcomandante é referente à morosidade do procedimento que aguarda um posicionamento do Departamento de Polícia Federal do RN. “Desde o último dia 12 o comandante geral entregou aos delegados da PF o relatório. Esperamos a decisão da instituição”, comunicou.

O subcomandante informou ainda que o problema do fechamento das unidades de saúde não é por falta de guardas, já que os agentes de segurança estão cumprindo suas escalas nos postos assiduamente, sendo reposto os guardas que se retém de trabalhar desarmados. “O problema é que os funcionários só se sentem seguros se houver guardas armados nessas unidades”, assegurou.

O subcomandante agradeceu por fim a todos os agentes que se encontram cumprindo suas escalas com precisão e compromisso nas diversas unidades de atendimento espalhadas pela cidade. “Quero parabenizar a corporação pela compreensão e dedicação a instituição e a sociedade. Estamos trabalhando e o mais rápido possível estaremos capacitando às primeiras turmas”, finalizou.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Guardas Municipais de Embu fazem parto dentro de casa no Vazame



Guardas Municipais de Embu fazem parto dentro de casa no Vazame


Inspetor Altair ao lado da mãe e da menina que ajudou a trazer ao mundo

A indescritível sensação de trazer uma criança ao mundo emocionou neste sábado os integrantes da Guarda Municipal de Embu das Artes, inspetor Altair e Matias. Os dois foram acionados para atender a uma ocorrência na Rua Santa Lúcia no Jardim Vazame e acabaram realizando no local o parto no local. O parto aconteceu pela manhã.

De acordo com o inspetor Altair tudo aconteceu muito rápido. Os dois GCMs estavam no Pronto Socorro do Vazame quando uma adolescente entrou desesperada avisando que a mãe tinha entrado em trabalho de parto e não havia quem pudesse levá-la até a maternidade.

“Como não havia uma ambulância que pudesse ir até a casa dela decidimos ir na viatura. Quando eu entrei a criança já estava nascendo. Peguei uma tesoura e passei no fogo, em seguida cortei o cordão. Como não havia com o prender usei uma linha com várias dobras”, contou o herói que ajudou a trazer ao mundo uma menina cujo nome será Emilly.

O inspetor disse que imediatamente após realizar o nascimento a criança enrolou a criança com um cobertor, ajudou a mãe a entrar na viatura e todos seguiram para o Pronto Socorro.

“Foi muito emocionante. Uma sensação única. Me senti muito responsável e só conseguia pensar em fazer tudo dá certo no final”, relatou ele.

Altair disse ainda que a mãe da menina estava assustada por não ter como chegar ao hospital. Mesmo assim, afirmou que após o nascimento da menina ela ficou mais calma.



Fonte:Jornal na Net

domingo, 23 de maio de 2010

GM de Mauá-SP prende suspeito de matar Policial Militar em assalto.


Um homem suspeito de matar um policial militar durante o assalto a uma joalheria na esquina das ruas Pamplona e Batatais, na região dos Jardins, em São Paulo, foi detido no Centro de Santo André na tarde desta sexta-feira.Guardas civis municipais de Mauá voltavam da Capital, onde haviam levado uma pessoa ao hospital, e perceberam um homem cambaleando pela Avenida Perimetral. "Pensamos que era uma vítima de atropelamento", disse o GCM Marcelo.Quando se aproximaram da suposta vítima, eles perceberam que a pessoa estava com uma arma nas mãos (pistola calibre 380). O suspeito tentou jogar a arma no bueiro, mas foi impedido pelos GCMs, que o levaram ao Centro Médico Hospitalar de Santo André. As características físicas e as roupas, que o rapaz identificado como Marçau Luis de Oliveira usava, são semelhantes as do assaltante que invadiu a joalheria da Capital por volta das 15h. Durante a ação, um dos ladrões entrou armado no estabelecimento e anunciou o roubo, deixando duas funcionárias reféns.O soldado Laifer, que trabalha no Centro Médico da PM, passava pelo local e percebeu o assalto. Ele entrou na joalheria, atracou com o criminoso e conseguiu balear o suspeito. O ladrão também atirou no policial, que foi atingindo no pescoço, e fugiu em seguida.Laifer foi levado ao Hospital Brigadeiro e depois transferido ao Hospital das Clínicas, mas não resistiu aos ferimentos. A morte do policial será registrada no 78º DP (Distrito Policial).Testemunhas do assalto vão tentar identificar o suspeito detido em Santo André por foto, roupas e objetos encontrados com ele. "Ainda não temos certeza que seja a mesma pessoa. Vai depender do reconhecimento das testemunhas", afirmou o capitão da PM, Marcelo Naumann.Uma mulher que estava em um Fiat Pálio vermelho foi baleada de raspão perto do local onde o suspeito foi encontrado. Ela foi encaminhada ao Centro Médico Hospitalar e liberada em seguida. A polícia investiga o autor do disparo.

Fonte:GCM Contreras

sábado, 22 de maio de 2010

Justiça autoriza guardas municipais de Serra Negra -SP a portarem armas em serviço


Justiça autoriza guardas municipais a portarem armas em serviço

O juiz da 1ª Vara da Comarca de Serra Negra Fabrício Reali Zia, deferiu Habeas Corpus Preventivo em favor da Guarda Civil Municipal de Serra Negra, autorizando os Guardas Municipais locais a portar armas de fogo enquanto estiverem em serviço. O pedido foi protocolado em 5 de abril pelo prefeito Bimbo e pelo comandante da GCM José Lázaro da Silva, o Zuza. Uma lei federal determina que apenas municípios com um mínimo de 50 mil habitantes podem ter Guardas Municipais armadas.

Uma das justificativas do pedido, apontado pelas autoridades municipiais, foi que, sem sua aprovação os guardas poderiam ser detidos por autoridade policial caso portassem armamento sem a devida autorização judicial. Depois de discorrer sobre as atividades constitucionalmente estabelecidas para a corporação, prefeito e comandante da GCM lembraram que os guardas têm, em caráter suplementar, efetuado a segurança pública em geral, o que abrange a segurança dos munícipes. A Guarda Municipal não só realiza rondas preventivas, como também atua de forma direta, combatendo a criminalidade, assistindo tanto a população, como atuando em conjunto com as Polícias Civil e Militar”.

Fabrício Zia relatou que não se pode negar que a GCM desempenha relevante função pública e que há inúmeros casos de flagrantes criminais que possuem como condutores os guardas municipais. “Nesse diapasão, não há como sustentar que a arma de fogo só possa ser portada por guarda de cidade com determinado número de habitantes. Sabe-se que os criminosos atuam cada vez mais em todos os cantos, sobretudo quando ausente ou ineficiente o Poder Público”.

Antes de tomar sua decisão, o magistrado requereu um parecer do Conselho Comunitário de Segurança – Conseg do município e do delegado de Polícia. Do texto do chefe de Polícia, Zia extraiu uma afirmação muito interessante: “Agride a inteligência até mesmo do homem médio, a defesa da idéia de que a violência seja compartimentada e segregada a limites territoriais”.

O juiz disse também que: “os guardas municipais receberam treinamento adequado e se submeteram a testes psicológicos. Tudo isso, é bom frisar, não afasta por completo a possibilidade de erros, por evidente. Todos estamos sujeitos a isso, mas qualquer desvio será rigorosamente apurado nesta Comarca, sobretudo para processar, julgar, de forma individual, o guarda que cometer excesso”.

Desde o ano passado a Prefeitura vem preparando seu pessoal para portar armas. Em meados de 2009 uma avaliação psicológica determinou que do evetivo de 24 Guardas Civis Municipais, 18 tinham condições de usar uma arma. Esses homens e mulheres participaram de um curso de tiro defensivo no início de 2010 e todos foram aprovados. O Executivo Municipal também criou uma ouvidoria para apurar possíveis abusos, além de já ter pronto um projeto de reforma da sede atual, adaptando-a á nova rea-lidade, inclusive com um almoxarifado exclusivo para as armas. Os recursos, R$150 mil, virão do orçamento do governo do Estado de São Paulo por meio de emenda parlamentar.



Fonte: O SERRANO

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Frente Parlamentar Pró Guardas Municipais - Sindiguardas-sp teve atuação fundamental para tornar possível tamanho acontecimento.





Frente Parlamentar Pró Guardas Municipais - Sindiguardas-sp teve atuação fundamental para tornar possível tamanho acontecimento.

O Blog da Associação dos Inspetores das Guardas Municipais gostaria de registrar a atuação do Sindguardas-sp para tornar possível a instituição da Frente Parlamentar Pró Guardas Municipais. Em primeiro lugar pela atuação junto aos Deputados Federais, em especial ao Deputado Vicentinho, fazendo com que os trabalhos alcançassem o resultado esperado. Em segundo lugar, por ter mobilizado inúmeros integrantes de guardas municipais, os motivando a se fazerem presentes. Em terceiro lugar, por ter disponibilizado, sem ônus para os passageiros, dois ônibus de excelente qualidade, que foram utilizados no tranporte para a sede do evento na capital brasileira.

Feito o registro, seguem abaixo as fotos para ilustrar e relembrar os momentos marcantes dessa empreitada que ficará gravada eternamente na memória dos que puderam participar.

GCM DE CAJAMAR É VITIMA DE EMBOSCADA FEITA POR CRIMINOSO



sexta-feira, 21 de maio de 2010
GCM DE CAJAMAR É VITIMA DE EMBOSCADA FEITA POR CRIMINOSO


O GCM Pedra após sair do plantão no dia 20/05/10 pegou um ônibus em direção a sua casa ao descer do ônibus no KM 42 da rodovia Anhangüera foi surpreendido por um carro que o estava aguardando o meliante o chamou e ao se aproximar foi recebido a tiros correu e foi socorrido por vizinhos .

Um tiro foi alojado na mandíbula ,um no tórax e um no abdômen ele perdeu um rim e parte do intestino.
Isso foi por volta das 21:10 de ontem hoje ele conseguiu se comunicar por gesto encontra-se no hospital São Vicente em jundiaí.
Informações de que o veículo usado pelos criminoso seria um Corsa Prata.

Semdes e GMN participam do GT da Copa 2014 em Brasília


Semdes e GMN participam do GT da Copa 2014 em Brasília

O secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Sérgio Leocádio, e o subcomandante de Segurança e Trânsito da Guarda Municipal do Natal (GMN), Izaac José Duarte, participaram em Brasília do 1º Encontro Técnico de Segurança Pública voltado para a elaboração de estratégias de segurança a serem empregadas no mundial da Copa do Mundo de 2014. O evento aconteceu no período de 10 a 14 de maio e reuniu representantes de dois ministérios (Justiça e Esporte), além das várias instituições ligadas a área de segurança das 12 cidades sedes do mundial.

O seminário denominado Grupo de Trabalho Copa 2014 (GT Copa) foi promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que buscou consolidar a integração das forças de segurança envolvidas no acontecimento, a fim de formar um comando estratégico único. Foram realizadas diversas palestras, debates e reuniões de trabalho, que possibilitaram a composição de um Caderno de Atribuições. Esse documento dissemina a política de segurança estabelecida pela Senasp e especifica a responsabilidade de cada ente público envolvido no processo.

O presidente do GT Copa, Ricardo Brisolla Belestreri, usou como parâmetros de estudo e desenvolvimento das ações táticas de segurança o modelo adotado nos jogos Pan-Americanos de 2007, realizados na cidade do Rio de Janeiro. A estratégia foi reproduzir os esquemas bem-sucedidos e aprimorar os pontos detectados com alguma deficiência.

Segundo o subcomandante de Segurança e Trânsito da GMN, Izaac José Duarte, o encontro proporcionou um intercambio de informações entre as instituições nacionais voltadas para a promoção da segurança pública no país, solidificou a troca de experiências entre os comandos das guardas municipais das cidades sedes da Copa 2014, além da produção do Caderno de Atribuições das instituições envolvidas no evento.

“O Caderno de Atribuições apresenta com clareza as competências das guardas dentro da Copa 2014, fornecendo amparo legal para desempenharmos nosso trabalho com precisão. O documento deve agora ser submetido à análise do Ministério da Justiça para posterior aprovação”, comunicou o subcomandante.

Bolsa Copa

Dentro do cronograma de debates foi redigido pelos comandantes das guardas municipais das cidades envolvidas no processo, um documento solicitando aos ministérios da Justiça, Planejamento e Casa Civil a inclusão das guardas municipais no projeto Bolsa Copa.

O documento requer capacitação dos agentes na área de policiamento de grandes eventos e valorização dos profissionais igual a já efetivada para as outras entidades que trabalham com segurança pública nas cidades sedes do Mundial. O abaixoassinado é balizado em 6 argumentos técnicos, que especificam as razões para inclusão das instituições dentro do programa nacional de beneficio e capacitação dos profissionais relacionados à segurança pública.

Os itens apresentados citam a proximidade e o conhecimento dos guardas juntos a população do município, mostra a já inserção das GM’s no Sistema Único de Segurança Pública Nacional, apresenta a capacidade das instituições no tocante a prevenção de delitos, aponta as corporações como reconhecidas pelo Ministério da Justiça a possuir direito a Bolsa formação, além de assinalar o principal objetivo do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), que é a valorização desses profissionais.

O requerimento foi assinado pelos comandantes das guardas municipais do Natal, Curitiba, Fortaleza, Recife, São Paulo, Manaus, Porto Alegre, Salvador, e outras.

“Demos aqui o primeiro passo para que o benefício da Bolsa Copa venha a ser estendido para as guardas municipais das cidades sedes da Copa 2014”, assegurou o subcomandante Duarte.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com

Guarda Municipal treina soldados do Exército


Guarda Municipal treina soldados do Exército


Da selva à cidade. Quinze soldados do 2º Batalhão de Infantaria de Selva (2º BIS) se preparam, na Guarda Municipal de Belém (GMB), para o enfrentamento de situações em plena zona urbana. O curso Batedor e Escolta com Motocicleta está sendo ministrado por homens do Grupamento Ronda da Capital (Rondac), da GMB, especialistas na prestação desse serviço.

O treinamento, de nível1, de caráter teórico e prático, com carga horária de 30 horas, começou na manhã de segunda-feira (17), sob as orientações do inspetor Adonai do Socorro, chefe do Rondac, do subinspetor Medeiros e do guarda Abel.

Os soldados já receberam instruções de defesa pessoal, abordagem, motores, prevenção de acidentes, deslocamento de escolta, estacionamento, posicionamento das motocicletas, e fechamento de vias, entre outras ações. As aulas começam na sala de instrução do quartel geral da GMB, no Tapanã, e terminam nas ruas de Belém, no enfrentamento de situações reais.

O inspetor Adonai do Socorro, explica que, embora o curso seja de Batedor e Escolta, não dispensa treinamento de enfrentamento de situações possíveis de acontecerem no exercício da função.

A inspetora-chefe da GMB, Ellen Margareth, lembra que os soldados do 2º Bis poderiam receber esse tipo de treinamento dos homens da Polícia Rodoviária Federal (PRF), instituição também especializada nesse serviço, mas é com foco nas rodovias e estradas federais, ao contrário dos batedores da Guarda, que trabalham em área urbana". Ellem Margareth destaca ainda que o curso é resultado da boa parceria que há entre a Guarda Municipal e o Exército Brasileiro, com o objetivo de efetivar reciprocidades na troca de experiências e saberes. (Comus/PMB)


Fonte:Diário do Pará.

Guarda Municipal participa de aulas práticas no Rio Paraíba do Sul


Guarda Municipal participa de aulas práticas no Rio Paraíba do Sul

BARRA MANSA
Os 40 alunos do curso de Condução de Embarcação tiveram sua primeira aula prática na manhã de ontem, às margens do Rio Paraíba do Sul, no bairro Roberto Silveira. A turma, segundo os idealizadores do programa, é formada por guardas municipais de Barra Mansa e outras cidades de região, como Itatiaia, Resende, Porto Real, Quatis, Barra do Piraí e Vassouras. O curso, que oferece aulas teóricas e práticas, está sendo ministrado por cinco oficiais da Marinha do Brasil.
“Este curso é essencial para os guardas municipais operarem com mais eficiência na proteção e fiscalização dos leitos dos rios. Eles aprendem todo o conteúdo de condução de embarcação, noções de mecânica, legislação, segurança, entre outros itens igualmente importantes. Toda esta formação vai ajudar os nossos guardas a atenderem e a darem um suporte a mais à Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”, disse o prefeito Zé Renato (PMDB).
O comandante da Guarda Municipal (GM), Jefferson Mamede, contou que o curso tem duração de 40 horas e que as aulas começaram na segunda-feira com a parte teórica, que foi ministrada no Centro Universitário de Barra Mansa (UBM). “Desde ontem, os guardas estão passando pela parte prática, onde eles podem aplicar o que aprenderam na técnica. Eles percorrem em uma lancha parte do Rio Paraíba do Sul, desde a Ponte Nilo Peçanha, no bairro Roberto Silveira, até a Ponte Ataulpho Pinto dos Reis, no bairro Ano Bom. A princípio, somente os guardas municipais de Barra Mansa seriam capacitados. Mas a pedido dos membros do Consórcio Intermunicipal de Segurança com Cidadania estendemos o curso para a guarda de outras cidades da região”, explica Mamede.
Para o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Marco Chiesse, o curso veio contribuir para o trabalho da secretaria. “Esta capacitação foi uma determinação do prefeito Zé Renato, que pediu um apoio maior nas questões ambientais da cidade. A partir deste curso os guardas vão poder nos ajudar na vistoria dos leitos dos rios e afluentes. Também vão fiscalizar, fazer levantamento da fauna e flora nas margens e ilhas, fazer trabalho de pesquisa, fiscalizar a ocupação na faixa de proteção permanente nas margens do Rio Paraíba do Sul, enfim, atuar na preservação do meio ambiente”, ressalta Marco Chiesse.

Fonte:A voz da cidade

Guarda Municipal está em 15% das cidades


Guarda Municipal está em 15% das cidades

Criadas para proteger o patrimônio público municipal, as guardas municipais ou guardas civis vêm estendendo sua área de atuação e até assumindo o vazio deixado pela polícia. Em 2009, 15% das cidades brasileiras tinham guardas municipais e 16% delas usavam armas de fogo, de acordo com a Pesquisa de Informações Básicas Municipais, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A criação desses órgãos vem sendo incentivada pelo governo federal e eles podem ser envolvidos no Plano Integrado de Enfren­tamento ao Crack, mas não atuarão como uma nova instituição policial.

De 2006 para cá, o número de cidades com guarda chegou a quase 900, elevando o efetivo para 86 mil em todo o país. Sua presença é mais expressiva nas grandes cidades: nove entre 10 municípios com mais de 500 mil habitantes têm guarda. Quase 40% do efetivo do país está nessas cidades. Em mais da metade desses municípios, os guardas portam armas de fogo. A proporção entre a existência do órgão, seu equipamento e a população da cidade se deve basicamente a dois fatores: maior orçamento e maiores índices de criminalidade.

* Saiba mais
* Veja que a presença de guardas municipais aumentou nos últimos quatro anos
* Para o Brasil não ser uma cracolândia

“O gestor público deve levar em conta a percepção de insegurança da população. Mas de que serve criar uma outra polícia armada, com as mesmas mazelas das que já existem?”, questiona a pesquisadora da Universidade Federal Fluminense Gláucia Mouzinho. Ela participou da elaboração do programa de capacitação de guardas no Rio de Janeiro, que subsidiaram as diretrizes do Ministério da Justiça para a formação da categoria. “As guardas são adequadas para tratar de pequenos conflitos – perturbações da ordem, brigas domésticas, de trânsito e entre vizinhos que têm um potencial de acabar em violência. É a maior demanda real da população”, sintetiza.

A criação das guardas é facultada às prefeituras para proteger bens municipais, mas em tese a corporação pode atuar em qualquer situação de flagrante delito. Sua criação é incentivada pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), do Ministério da Justiça. Apesar de não estar prevista no plano de enfrentamento ao crack, o secretário Nacional de Segurança Pública, Luiz Eduardo de Mello Soares, já manifestou a intenção de envolver a categoria na abordagem de usuários da droga. “O consumo da droga está incluído nos conflitos cotidianos. Mas ela [a guarda] não tem condições de lidar com o tráfico e a criminalidade”, ressalva Gláucia.

No entanto, é isso que acaba acontecendo em algumas cidades. É o caso de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, onde os 66 guardas equipados com armas de fogo e de eletrochoque atendem em média oito ocorrências policiais por dia e efetuam prisões e apreensões. “As pessoas foram acorrendo à guarda gradualmente, ao verem que atendíamos as ocorrências que a polícia não dava conta. Essa atividade acabou institucionalizada”, pondera o diretor do órgão, Adair Milani.

Fonte:RPC.com.br

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Grupamento Ambiental da GMN e Semurb flagram retirada ilegal de areia em dunas


Grupamento Ambiental da GMN e Semurb flagram retirada ilegal de areia em dunas.

Com apoio de agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (GMN), a equipe de fiscalização ambiental da secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) deflagrou a operação “Ninho da Coruja”, que flagrou na madrugada desta quarta-feira (19), uma retroescavadeira e um caminhão caçamba fazendo a retirada ilegal de areia em uma região de duna, no bairro de Lagoa Azul, zona Norte da capital, nos limites da Zona de Proteção Ambiental 9 (ZPA-9).

A fiscalização chegou ao local por volta das 4h30 da manhã para realizar o flagrante. Durante a operação, o motorista do caminhão e o operador da máquina, funcionários da empresa Recompav, responsável pela remoção, foram levados para a sede da Semurb junto com os equipamentos apreendidos para prestar depoimento, lavratura dos autos de apreensão e de infração, além da abertura de processo administrativo.

Os equipamentos apreendidos ficarão sob a responsabilidade do grupamento ambiental da Guarda Municipal do Natal. A empresa que estava praticando o crime será multada em aproximadamente cinco mil reais e ainda responderá criminalmente na justiça.

De acordo com o fiscal, Gustavo Szilagyi, a remoção de areia dessas dunas geralmente ocorre no início da manhã, quando a fiscalização ainda não esta nas ruas e por isso a necessidade de montar operações especiais.

“Aproximadamente 105 mil m³ de areia já haviam sido retirados do local em ações anteriores para fins diversos, mas principalmente para a construção civil. A areia retirada nesta manhã tinha como destino servir de colchão para a pavimentação de uma área numa fábrica de confecções”, revela o fiscal.

Ainda segundo Szilagyi, “a degradação das dunas causa impactos negativos ao meio ambiente, pois interfere na dinâmica existente entre a fauna e flora. Além da destruição da paisagem natural deixando o local propício para colocação de lixo pela população”, explica.

A equipe de fiscalização da Semurb apoiada pelos agentes da GMN realiza o monitoramento diário das áreas de proteção permanente e das zonas de proteção ambiental da cidade.


Texto: Assecom PMN.

Estuprador causa pânico na cidade de Salto


Estuprador causa pânico na cidade de Salto

Policia Militar e Guarda Civil Municipal de Salto procuram um homem acusado de estuprar uma mulher no início do mês de maio. Segundo informações da Delegacia da Mulher (DDM) o maníaco já teria tentado estuprar outras três mulheres que conseguiram fugir. Os casos aconteceram no Jardim Nova Era.

Em entrevista ao Jornal Periscópio a delegada da Mulher, Maria José Duarte explicou que todos os casos aconteceram em um acesso de terra que liga o Jardim Nova Era. "A vítima foi violentada nessa passagem que dá acesso ao bairro. Apuramos que ele abordou todas as mulheres no período entre a tarde e o anoitecer", explica a delegada.

Segundo declarações das mulheres atacadas, o suspeito seria um homem pardo, alto e magro. Em todos os casos teria abordado as mulheres sempre com o rosto coberto por uma camiseta. Outra coincidência seria que duas vítimas estariam vestidas com roupas de caminhada e fone de ouvido.

De acordo com a delegada, as tentativas de estupro tiveram início em agosto de 2009, desde então os casos acontecem em meses esporádicos. Atualmente a Policia Militar e a GCM investigam o caso. "Estamos à procura deste homem. Importante que as pessoas evitem passar por este caminho", alerta a delegada.

fonte:Jornal Periscópio

Guardas municipais ajudam no combate à dengue

Guardas municipais ajudam no combate à dengu

Guardas municipais de Curitiba que trabalham com os programas Novo Acorde, Guarda Municipal Mirim e Teatro de Fantoches participam nesta semana do treinamento "Controle e prevenção da dengue em Curitiba". As aulas começaram na manhã desta terça (18) e acabarão na quinta-feira (20).

A capacitação é uma parceria da Secretaria Municipal da Defesa Social com a Secretaria Municipal da Saúde. Ao todo, 135 guardas vão participar do curso em três turmas. Cada turma recebe um treinamento de 4 horas.

Todos trabalham com crianças e a intenção do treinamento é que os guardas municipais atuem como agentes multiplicadores de ações educativas de prevenção à dengue.

De acordo com a pedagoga Leila Novak, que ministra a capacitação para os guardas junto com a bióloga Maysa Mabel Fauth, o trabalho preventivo para combater a dengue dura o ano inteiro. "Os guardas municipais estão diretamente em contato com a comunidade e as crianças e podem divulgar os cuidados para evitar a dengue", disse.

A guarda municipal Eliane Hirt Muller, coordenadora do programa Guarda Mirim, reforçou que o cuidado com o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, deve durar todo o ano. "Não é porque o tempo esfriou que o mosquito transmissor da dengue desapareceu", disse Eliane.

Os guardas recebem informações sobre a biologia e o comportamento do mosquito Aedes aegypti, sintomas da doença, modo de transmissão, medidas preventivas e os dados epidemiológicos de Curitiba, Paraná e Brasil.

O guarda municipal Cristian Prado gostou do curso e disse que irá repassar tudo o que aprendeu para as crianças com quem convive. Ele trabalha na Guarda Mirim na Escola Érico Veríssimo, no Boqueirão, com crianças da 3.ª e 4.ª séries, de 9 e 10 anos. "Vou falar com eles como dentro de suas casas podem orientar os pais para evitar focos da dengue. Evitando água parada, por exemplo", disse.

Fonte: Paraná on-line

Prefeito critica ação do MPE e diz que vai armar Guarda Municipal


Prefeito critica ação do MPE e diz que vai armar Guarda Municipal


João afirmou que o MP tem posicionamentos incoerentes e que é vítima de pensamentos pequenos
João afirmou que o MP tem posicionamentos incoerentes e que é vítima de pensamentos pequenos

O prefeito de Salvador João Henrique Carneiro (PMDB) afirmou nesta terça-feira, 18, que o maior problema do município é a violência e que por isso vai desacatar recomendação do Ministério Público Estadual e armar os agentes da Guarda Municipal de Salvador. A declaração foi dada na palestra que concedeu ontem em almoço promovido pela Associação dos Dirigentes de Venda e Marketing do Brasil (ADVB).

O tema programado para o seminário era o pacote de 21 projetos de intervenção urbana reunidos no pacote de masterplans batizado de Salvador Capital Mundial. No entanto, no lugar de explicações sobre os projetos, incluindo cronograma, financiamento e a situação das famílias afetadas por possíveis desapropriações, João Henrique preferiu dar espaço a críticas contra a atuação do Ministério Público e da imprensa. E fazer coro ao candidato a governador de seu partido, o deputado federal Geddel Vieira Lima, atacando a política de segurança pública do governo estadual.

João classificou como “coisas incoerentes” o posicionamento do Ministério Público diante das ações da Prefeitura de Salvador. “Existem determinados pensamentos pequenos, que veem o fim do mundo em todos os projetos apresentados”, disse. Ao colocar-se como vítima de um “complô para que a cidade continue sendo a capital da informalidade”, o prefeito disse que o Ministério Público e alguns veículos de imprensa partem do ponto de vista de que a prefeitura está sempre errada.

Exemplo disso, segundo ele, será a oposição que enfrentará para levar adiante projeto de armamento da Guarda Municipal. “Quando assumi a prefeitura o problema da cidade era o desemprego, hoje a dinâmica social é outra e nosso maior problema é a violência, por isso que vamos armar a guarda municipal contra a recomendação do Ministério Público”, disse.

De acordo com o prefeito, os guardas municipais não podem se transformar em vítimas de bandidos que andam armados. Anteontem, a Guarda Municipal anunciou que retirou agentes do posto de saúde do Calabar por causa da violência.

Fonte:Jornal A Tarde

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Guarda Municipal de Jardim do seridó participa de Seminário "Segurança e Cidadania".







Aconteceu na manhã e tarde da sexta-feira,14/05/2010,o seminário "Segurança e Cidadania",nas instalações da Escola Municipal Maria de Lourdes Cunha,Bairro Baixa da Beleza.O encontro teve a participação de cerca de 30 pessoas da localidade e outros,tendo uma duração de 08 horas.Os Instrutores Ivanaldo (Chefe de Grupo de Ação-Guarda Municipal de Natal-RN)e Alexandre(Policia Civil-Ex-Guarda Municipal de Natal) realizaram as palestras de uma forma tão clara e de fácil assimilação que todos ficaram surpresos.O que poderia parecer mais um encontro monótono se tornou uma conversação prazeirosa e de grande concientização para todos que lá estiveram.Foram debatidos os assuntos referentes a violência do mundo atual,o uso de drogas, a exploração sexual infantil e adulta e toda uma temática voltada para a prevenção de temas correlatos.O preparo dos instrutores mostrou ser de uma qualidade excelente,usando de uma didática acessível a todos os moradores do Bairro que,no município, se mostra o mais vulnerável á penetração e consumo de drogas como o crack.
No seminário também se abriu espaço para resolução de dúvidas da população com relação ao trabalho da Policia e da Guarda Municipal,prontamente respondidas pelos palestrantes.Ressaltamos que o Comandante da Guarda Municipal de Natal, Edvan,estava realizando o mesmo trabalho em Acari e uma Guarda Mun.Feminina estava em Parelhas também envolvida nesta atividade.
As Guardas Municipais se mostram cada vez mais envolvidas nos processos de prevenção a este câncer social que devasta o mundo atual e que se chama droga,com maior ênfase no famigerado crack.

Sérgio Medeiros
Diretor-Geral da GMJS
GM PA N III

Moradores de Itajaí querem criação de Guarda Municipal

Moradores de Itajaí querem criação de Guarda Municipal

Pesquisa realizada pela Fundação Universidade do Vale do Itajaí (Univali) apontou que 84,26% da população votante de Itajaí é favorável a criação da Guarda Civil Municipal na cidade.

Itajai - Wagner Mezoni



O levantamento, realizado pelo Instituto de Pesquisas Sociais (IPS/Univali) demonstrou que apenas 12,3% das 756 entrevistas válidas eram contrárias a proposta da Prefeitura Municipal.

Opiniões divididas apenas com relação ao tipo de armamento que deveria ser usado pela guarda. A arma de fogo foi a indicação de 45,90% dos consultados enquanto para 45,29% a opção deverá ser por armas não-letais.

Apenas 0,30% declararam que a guarda não deverá utilizar armas e 8,51% não souberam ou não quiseram responder. A coleta de dados ocorreu entre os dias 27 e 29 de abril.

O erro amostral da pesquisa é de 3,63 pontos percentuais, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. A pesquisa completa pode ser conferida no banco de informações do IPS/Univali acessível pelo www.univali.br/ips.

Câmara de Ibiúna devolve 'sobras' e Prefeitura compra veículo para Guarda Municipal com o dinheiro

Câmara de Ibiúna devolve 'sobras' e Prefeitura compra veículo para Guarda Municipal com o dinheiro

da Assessoria

A Guarda Municipal de Ibiúna ganhará uma nova viatura para reforçar a segurança no município, devido a uma verba de repasse da Câmara que foi antecipada pelos edis.

A intenção é a aquisição de um veículo tipo Blazer, avaliado no repasse de aproximadamente R$ 80 mil, que a Prefeitura receberá.

Dentro do valor, a viatura deverá vir equipada com todos os itens necessários para o policiamento nas ruas, tais como: Sirene, Giroflex, Rádio e padronização da corporação com adesivagem.

Segundo o Secretário de Segurança Urbana a nova viatura agilizará algumas atividades, principalmente as de caráter emergencial. “O novo veículo será muito importante nas atividades de emergência, pois devido a sua capacidade e estado poderá se deslocar mais rápido até a ocorrência”, explica.

Essa verba que o Legislativo encaminhará para a Prefeitura é, na verdade, a devolução do duodécimo. Devido a necessidade do setor, o Legislativo decidiu antecipar o encaminhamento de parte da verba que irá sobrar. Caso não houvesse essa decisão, esse recurso viria apenas em dezembro.

Toda a Prefeitura tem a obrigação de encaminhar para a Câmara dos Vereadores de sua cidade, o valor correspondente ao orçamento anual da Casa de Leis, ou seja, o valor do exercício anual dividido por 12. Essa verba é o que mantém as atividades do Legislativo, desde gastos administrativos e de folha de pagamento dos funcionários.

Em caso de economia da Câmara, o dinheiro que sobra é devolvido para a Prefeitura, como acontece nesse caso, o Legislativo tem o poder de direcionar onde a devolução do dinheiro será aplicada. Para esse repasse a Segurança será privilegiada com a decisão.

domingo, 16 de maio de 2010

GM prende um dos autores de assalto em pizzaria


POLICIAL - DOURADOS - - MS


GM prende um dos autores de assalto em pizzaria

Nesta quinta-feira por volta das 16h15 a Guarda Municipal recebeu denúncia anônima informando que um dos assaltantes da Pizzaria na Avenida Toshinobu Katayama, onde foi baleado o proprietário do estabelecimento, estaria na região do Parque das Nações II, próximo a uma escola municipal.

Uma viatura da Ronda Escolar e outra do Operacional foram deslocadas ao local, e após algumas rondas detiveram o acusado Elói Davalo Santana, 18, morador na Vila dos Ofícios.

No momento da abordagem ele estava a pé e com um capacete prata na mão. Logo depois que os Guardas Municipais fizeram a prisão do acusado, uma equipe do S.IG da Polícia Civil esteve no local e confirmou os fatos. Diante disso a GM passou o preso para que o S.IG continuasse as investigações.


Fonte: AgoraMS

sábado, 15 de maio de 2010

Dois menores são apreendidos pela GM de Paulinia.


Dois menores são apreendidos pela GM
Paulínia - Notícias

Sáb, 15 de Maio de 2010 00:18
Avenida José PaulinoDois menores de idade foram apreendidos pela Guarda Municipal de Paulínia na tarde de ontem, dia 14, em Paulínia, acusados de assaltar uma loja de celulares na Avenida José Paulino no Centro.

Segundo a GM, os dois acusados acompanhados de um terceiro que conseguiu fugir, invadiram o estabelecimento comercial e anunciaram o assalto, eles estavam armados com uma faca, após cometerem o crime os três fugiram levando vários celulares.

Nesta altura a GM já havia sido avisada e várias viaturas começaram a procurar os acusados nas redondezas, até que uma patrulha avistou um dos acusados escondido num matagal atrás da Biblioteca Virtual na Vila Presidente Médici, o rapaz acabou detido. Já o outro foi encontrado por outra patrulha próximo a uma igreja evangélica também na Presidente Médici. O terceiro envolvido não foi encontrado. Os dois foram levados até a delegacia onde ficaram a disposição da justiça.

Fonte:Portal de Paulinia.

Guarda Municipal prende homem que furtou câmera da Prefeitura


Guarda Municipal prende homem que furtou câmera da Prefeitura
A Guarda Municipal do Natal (GMN) efetuou na madrugada dessa sexta-feira (14) a prisão do desempregado Luiz Fernando Silva Torquato de 20 anos, morador do bairro de Mãe Luiza, zona leste da capital. O rapaz é acusado de furtar câmeras de vídeo monitoramento do prédio sede da Prefeitura Municipal do Natal no centro da cidade.

De acordo com informações do guarda municipal responsável pela prisão, Jean Pierre Freire, a primeira câmara foi furtada na madrugada da quinta-feira (13) por volta das 4h. A partir desse fato os guardas iniciaram uma investigação, além de reforçarem a segurança do prédio durante toda a noite, o que resultou na prisão do acusado por volta da 1h da madrugada dessa sexta-feira (14) no momento que tentava furtar outro equipamento.

O meliante foi surpreendido e abordado por uma equipe de guardas que faziam patrulhamento na área. Segundo os guardas municipais o mesmo demonstrava ter consumido substância entorpecente e de imediato assumiu a prática do furto, informando onde tinha negociado o equipamento.

“Ele contou que furtou a câmera na madrugada do dia anterior e trocou por pedras de crack com um traficante da comunidade do Passo da Pátria vulgarmente conhecido por Totonho”, comunicou o GM Pierre.

O acusado foi conduzido a Delegacia de Plantão Zona sul onde foi registrado o Boletim de Ocorrência. Após, foi liberado pelo delegado para responder o processo em liberdade, já que o titular entendeu que por não haver o material do furto em mãos o acusado não poderia ser mantido sob custódia.

Fonte:Assecom

Polícia esclarece assassinato de guarda municipal em Alagoas.


Polícia esclarece assassinato de guarda municipal

Acusado é um presidiário processado por sequestro e assalto, e que está em liberdade condicional

Ascom/Polícia Civil

Um presidiário, que está em liberdade condicional, foi apontado por testemunhas como sendo o responsável pelo assassinato do guarda municipal, Josivan Carlos dos Santos. O homicídio ocorreu no dia 3 de maio último.

O delegado Robervaldo Davino revelou que o crime se verificou num trecho da Alameda Torres, na Chã da Jaqueira, logo após um desentendimento entre vítima e acusado, por causa de uma partida de futebol.

Segundo as testemunhas, o assassinato foi praticado pelo presidiário Eliton José Barros Silva, conhecido como Galeguinho da Biz, que se encontra foragido.

Eliton José já esteve preso no sistema prisional, processado por sequestro e assalto a mão armada (roubo), mas foi colocado em liberdade pela Justiça.O delegado Davino destacou também, que o acusado de matar o guarda municipal é suspeito de envolvimento numa dupla tentativa de homicídio. No atentado, ele teria executado Wandalo Wagner e ferido o irmão dele, identificado como Alexandre.
O crime ocorreu na área da Delegacia do 4º Distrito, no Farol, e está sendo investigado pelo delegado Davino.

Bando invade Prefeitura de Diadema para roubar banco e fere guarda municipal


Bando invade Prefeitura de Diadema para roubar banco e fere guarda municipal

SÃO PAULO - Um guarda municipal ficou gravemente ferido numa tentativa de assalto a caixas eletrônicos instalados dentro da Prefeitura de Diadema, no ABC paulista. O bando, formado por pelo menos seis homens, chegou ao prédio por volta de 4h da madrugada e arrebentou cadeados de um portão para entrar com dois carros dentro do estacionamento da Prefeitura. Com maçarico, eles chegaram a queimar um caixa eletrônico. Guardas municipais que faziam a segurança do local viram a movimentação pelas câmeras de segurança e pediram reforço.

Quando chegaram ao local uma viatura da PM e uma da guarda municipal, começou a troca de tiros. Um dos guardas foi baleado no abdômen e teve o intestino perfurado. Ele foi submetido a cirurgia e, segundo informações, não corre risco de morrer.

Os bandidos fugiram. Perto da Prefeitura foi localizado um dos dois carros usados pela quadrilha e uma sacola com 20 cartuchos de fuzil, roupas e um aparelho de telefone celular.

Fonte:O Globo

quinta-feira, 13 de maio de 2010

GM recupera equipamentos eletrônicos furtados em Sumaré

GM recupera equipamentos eletrônicos furtados em Sumaré
Alarme da loja alertou os guardas


A Guarda Municipal recuperou produtos furtados de uma loja de departamento na região central de Sumaré, na madrugada desta quinta-feira (13). Os guardas municipais seguiam pela Avenida Sete de Setembro quando foram alertados pelo disparo do alarme de uma loja. Os vidros do estabelecimento estavam quebrados e os responsáveis foram chamados pela GM.

No momento em que a loja foi aberta, os ladrões já não estavam no local, mas havia manchas de sangue, que foram seguidas pelos GMs até chegarem a uma casa abandonada, na Rua Antonio Jorge Chebab, onde foram encontrados três notebooks, um aparelho de tocar CD e um rádio.

O furto foi apresentado no Plantão Policial Central de Sumaré e registrado como furto. A Polícia Civil deve prosseguir com as investigações do crime.
Saiba mais

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Semdes e GMN participa de debate sobre segurança pública na Copa 2014 em Brasília


Semdes e GMN participa de debate sobre segurança pública na Copa 2014 em Brasília
Os Ministérios do Esporte e da Justiça iniciaram nesta segunda-feira (10) as discussões sobre o planejamento da segurança pública para a Copa 2014. O secretário de Segurança Pública e Defesa Social de Natal (Semdes), Sérgio Leocádio, e o subcomandante de Segurança e Trânsito da Guarda Municipal do Natal (GMN), Izaac José Duarte, participam desde o início da semana do primeiro encontro técnico sobre o tema, que vem acontecendo até sexta-feira em Brasília.

Neste encontro estão presentes representantes dos dois ministérios, das 12 cidades-sede do mundial e também das polícias Civil, Militar, do Corpo de Bombeiros, das guardas municipais e órgãos federais, além da área de Inteligência e Perícia.

Para Sérgio Leocádio, a semana de discussões vem sendo bastante produtiva para todos os envolvidos. “Iremos estabelecer de forma objetiva os pontos macros da segurança pública para Copa 2014, bem como estabelecer nossas metas e especificar um cronograma de monitoramento geral”, comunicou.

Antes de iniciar os debates, oficinas e reuniões de planejamento, houve apresentação da política de ações de segurança pública do governo federal para o mundial de futebol. Ao final, os organizadores pretendem definir um cronograma de ações para cada órgão envolvido na segurança da Copa no Brasil.


Texto: Assecom PMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com

O povo, a Polícia e o marginal.


O povo, a Polícia e o marginal.

(Brilhante artigo do Dr. Archimedes Marques, agradecemos a sua gentil colaboração com este Blog)

Infelizmente grande percentagem da população brasileira não tem a Polícia como sua amiga ou sua parceira no combate ao crime. As pessoas apenas usam os policiais quando precisam e logo os descartam. Para muitos Policia e bandido se confundem e são até palavras sinônimas do submundo da nossa sociedade.
A frase popular de autor desconhecido sempre é vivenciada tristemente por todas as Policias do Brasil: “Quando alguém está em perigo, pensa em Deus e clama pela polícia. Passado o perigo, se esquece de Deus e execra a polícia”.
Aliados a tais pensamentos insensatos os governos pouco investem nas suas Polícias. A segurança pública sempre foi esquecida e sucateada através dos anos. As Polícias sempre foram relegadas ao segundo plano, principalmente no que tange a valorização profissional dos seus membros. Com raras exceções, poucas conquistas foram alcançadas pelas classes policiais em alguns Estados da Nação.
Entretanto, na área penal, destarte para diversos tipos de crimes, vários benefícios surgiram e alcançaram os seus praticantes. O avanço nesse sentido foi significativo para os transgressores da Lei e dentre tantas conquistas destacam-se: A regressão das penas com os consequentes cumprimentos em regimes fechado, semi-aberto e aberto, a prisão domiciliar, a liberdade condicional, o indulto de Natal (aquele benefício em que boa parte dos detentos vai passar em casa e nunca retornam), as penas alternativas e até o auxilio-reclusão que já existe para dar proteção aos dependentes dos presos, dado as suas impossibilidades de prover a subsistência dos mesmos. Tais benefícios chegaram para o bem dos delinqüentes mesmo contra a vontade popular e para sobrecarregar o trabalho policial em vários sentidos.
Enquanto para os delinqüentes seus direitos evoluíram, para os Policiais estagnaram e até regrediram, vez que até os próprios direitos humanos que na teoria são para todos, na prática pouco lhes alcançam, ao passo que, quanto ao povo, continua a sua triste sina do desamparo quase que absoluto.
Sem se aprofundar muito nesta questão social e só para citar um índice, o do desemprego, é triste constatação que recentemente houvera inscrição em concurso para Gari no Rio de Janeiro (não desfazendo dessa classe, mas por se tratar de uma profissão que requer a mínima cultura para exercê-la) e então, por falta de opção, 1.026 dos mais de 100 mil inscritos possuíam nível Superior completo, dentre os quais 45 com Títulos de Doutorado e 22 com Mestrado, ressaltando que tudo isso por uma busca de um salário mínimo, enquanto que o auxilio-reclusão atinge bem mais do que isso para os familiares dos presos e que em contra-senso, por ironia do destino para os familiares das suas próprias vítimas, destarte para as vítimas de homicídio e latrocínio, só lhes restam as lembranças dos seus entes queridos quando em vida.
Buscando algo ilustrativo para o fiel dessa balança incompreensível encontrei publicado em diversos sites, o artigo exemplo intitulado CARTA A UM BANDIDO escrito pelo colega Delegado de Polícia Civil do Estado do Pará, WILSON RONALDO MONTEIRO, que agora o transcrevo na íntegra:
“Senhor Bandido,
Esse termo de senhor que estou usando é para evitar que macule a sua imagem ao lhe chamar de bandido, marginal, delinqüente ou outro atributo que possa ferir sua dignidade, conforme orientações de entidades de defesa dos Direitos Humanos.
Durante vinte e quatro anos de atividade policial, tenho acompanhado suas “conquistas” quanto a preservação dos seus direitos, pois os cidadãos e especialmente nós policiais estamos atrelados às suas vitórias, ou seja, quanto mais direito você adquire, maior é nossa obrigação de lhe dar segurança e de lhe encaminhar para um julgamento justo, apesar de muitas vezes você não dar esse direito as suas vítimas. Todavia, não cabe a mim contrariar a lei, pois ensinaram-me que o Direito Penal é a ciência que protege o criminoso, assim com o Direito do trabalho protege o trabalhador, e assim por diante.
Questiono que hoje em dia você tem mais atenção do que muitos cidadãos e policiais. Antigamente você se escondia quando avistava um carro de polícia; hoje, você atira, porque sabe que numa troca de tiros o policial sempre será irresponsável em revidar. Não existe bala perdida, pois a mesma sempre é encontrada na arma de um policial ou pelo menos sua arma é a primeira a ser suspeita.
Sei que você é um pobre coitado. Quando encarcerado, reclama que não possuímos dependência digna para você se ressocializar. Porém, quero que saiba que construímos mais penitenciárias do que escolas ou espaço social, ou seja, gastamos mais dinheiro para você voltar ao seio da sociedade de forma digna do que com segurança pública para que a sociedade possa viver com dignidade.
Quando você mantém um refém, são tantas suas exigências que deixam qualquer grevista envergonhado. Presença de advogados, imprensa, colete à prova de balas, parentes, até juízes e promotores você consegue que saiam de seus gabinetes para protegê-los. Mas se isso é seu direito, vamos respeitá-lo.
Enfim, espero que seus direitos de marginal não se ampliem, pois nossa obrigação também aumentará. Precisamos nos proteger. Ter nossos direitos, não lhe matar, mas sim de viver sem medo de ser um policial.
Dois colegas seus morreram, assim como dois de nossos policiais sucumbiram devido ao excesso de proteção aos seus direitos. Rogo para que o inquérito policial instaurado, o qual certamente será acompanhado por um membro do Ministério Público e outro da Ordem dos Advogados do Brasil, não seja encerrado com a conclusão de que houve execução, ou melhor, violação aos Direitos Humanos, afinal, vocês morreram em pleno exercício de seus direitos.”
Em verdade os nossos policiais são verdadeiros heróis que vivem tudo isso e que dão as suas próprias vidas em defesa da sociedade que em contra-senso, ao invés de aplaudir as suas ações e ajudar a resgatar as suas dignidades que os governantes fizeram perder ao longo dos tempos ainda cometem a tamanha insensatez de críticas descabidas e atitudes insanas que só fortalecem a marginalidade e as ações em prol dessa mesma classe.
A sociedade brasileira que também é uma sobrevivente a tais aberrações, precisa sentir a Polícia à luz do valor da amizade, funcionando como sua parceira contra o crime e contra certos desmandos, enquanto que, por sua vez, o poder público deve valorizar mais a sua Policia, e por outro lado, tentar de uma melhor maneira recuperar os delinqüentes quando dos seus crimes nas suas segregações, não com tantos benefícios, com direitos exacerbados, e sim com efetivos e verdadeiros projetos de ressocialização dando-lhes ocupações, cursos profissionalizantes e trabalho ao invés da ociosidade recompensada e breve liberdade para retorno ao crime.

(Delegado de Policia. Pós-Graduado em Gestão Estratégica de Segurança Publica pela Universidade Federal de Sergipe) archimedes-marques@bol.com.br

Fonte:Blog do Inpetor Frederico de Carvalho às 22:23

terça-feira, 11 de maio de 2010

GMN, PM e Semsur se reúnem para debater medidas de promoção da segurança pública em Natal-RN


GMN, PM e Semsur se reúnem para debater medidas de promoção da segurança pública

O subcomandante de Segurança e Trânsito da Guarda Municipal do Natal (GMN), Izaac José Duarte, participou de uma reunião na tarde desta quarta-feira (5) no Comando Geral da Polícia Militar. O momento serviu para debater ações preventivas na área de segurança pública focada na melhoria da iluminação das ruas e logradouros, além do reforço de policiais militares e guardas municipais nas feiras livres da capital.

O titular da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), João Bastos, solicitou ao comandante geral da PM, coronel Francisco Araujo, uma listagem com os pontos da cidade em que a deficiência de iluminação pública possa influenciar no aumento da criminalidade e violência. O coronel Araujo se prontificou a enviar um relatório completo dos pontos deficientes em iluminação até a próxima quarta-feira (12).

De acordo com João Basto, assim que a Semsur estiver de posse do referido relatório deve iniciar uma operação sistemática buscando solucionar o mais breve possível as deficiências apontadas no documento. “Nosso objetivo é firmar esforço conjunto da Prefeitura e Polícia Militar em prol da melhoria da segurança pública de nossa cidade”, informou o secretário.

Outro ponto discutido foi o reforço do patrulhamento nos locais de feiras livres realizadas na cidade. Com esse objetivo foi solicitado uma ação conjunta da PM e Guarda Municipal objetivando impedir a presença e atuação de delinquentes nesses setores. No primeiro momento das 22 feiras livres da capital, quatro vão ter seu patrulhamento reforçado (Alecrim, Planalto, Nova Natal e Panorama).

Segundo o subcomandante de Segurança e Trânsito da GMN, Izaac José Duarte, a parceria foi proposta pelo próprio comandante geral da PM, Cel. Araujo, que atribuiu à operação como salutar para a integração das duas instituições.

“A GMN não pode perde essa oportunidade de promover uma integração com a Polícia Militar, possibilitando suporte para as áreas de fiscalização da prefeitura e contribuindo para a organização e a paz pública nesses locais de comércio popular”, alegou o subcomandante.

Os detalhes das operações vão ser debatidos em novas reuniões que devem ser marcadas para os próximos dias. O encontro contou ainda com a presença do secretário adjunto da Semsur, Salatiel de Souza e do diretor do Departamento Municipal de Feiras e Mercados, Valtécio Pinheiro.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com

Suspeito é morto em confronto com a Guarda Municipal


Suspeito é morto em confronto com a Guarda Municipal
Ele e outros suspeitos tenatavam roubar um caixa eletrônico



Uma tentativa de roubo a caixa eletrônico terminou com um homem morto, hoje de madrugada (11), em Itapira. Dez homens estavam em uma agência no Centro quando foram supreendidos por guardas municipais.

Houve troca de tiro e um suspeito morreu, os outros conseguiram fugir em três carros. Na agência foi encontrado um maçarico usado para tentar arrombar o caixa, nada foi roubado.

Fonte: redação EPTV

Prefeitura de Balneário Camboriú abre concurso para Guarda Municipal


Prefeitura de Balneário Camboriú abre concurso para Guarda Municipal

A Prefeitura de Balneário Camboriú lançou nesta segunda-feira (10), o edital de concurso para a contratação de 100 guardas municipais. O concurso será realizado pela Fepese e o salário inicial ficou em torno de R$ 1 mil, com adicional de periculosidade de 40%.

Os primeiros 60 serão chamados para treinamento de 800 horas aula, sendo nove mulheres e 51 homens. O edital estará, a partir das 12 horas do dia 11 de maio, no site http://fepese.ufsc.br. Para o prefeito Edson Piriquito, a Guarda Municipal armada vai trazer um diferencial à segurança de Balneário Camboriú. “Ela vai agregar valor ao trabalho da Polícia Militar e da Polícia Militar, instituições com as quais já temos grandes parcerias, e quem vai ganhar é a população e os visitantes”, afirmou.

Segundo ele, a parceria existente hoje entre a Secretaria Municipal de Segurança Pública e as polícias civil e militar serve de exemplo para todo o Estado. “Inclusive o treinamento de nossos guardas será realizado em parceria com as duas polícias. Nossa preocupação é que eles sejam bem treinados para que quando chegarem às ruas possam oferecer o melhor serviço”, assinalou.

Fonte: Portal da Ilha

Guarda municipal salva casal de turistas de afogamento na Barra, Rio.

Thiago Lourenço, de 32 anos, é do Grupamento Especial de Trânsito e correu para o mar após ser abordado por um banhista sobre a situação....