segunda-feira, 29 de junho de 2009

GUARDA MUNICIPAL E CONSELHO TUTELAR:TRABALHO EM CONJUNTO PELO BEM DOS NOSSOS JOVENS.




GUARDA MUNICIPAL E CONSELHO TUTELAR:TRABALHO EM CONJUNTO PELO BEM DOS NOSSOS JOVENS.



Estão de Parabéns pelo trabalho desenvolvido em conjunto, a Guarda Municipal e o Conselho Tutelar de Jardim do Seridó, os dois organismos que demonstram que o Município pode contribuir e muito com a manutenção da Segurança Pública, o que , como diz a Constituição Federal “ è direito e responsabilidade de todos”.Apesar de dificuldades típicas do oficio,trabalham em prol da população sem distinção,com impessoalidade e eficiência,sabendo que nem sempre as ocorrências chegam ao conhecimento desta mesma população,mas estes abnegados funcionários públicos municipais se satisfazem pelo dever cumprido e dos benefícios gerados á sociedade.Dentre muitas ocorrências em que a Guarda já participou conjuntamente com o Conselho Tutelar,podemos citar as de nº 17 e 18 do livro de registro de ocorrência da GM que são essas mais recentes :
1-No noite de 16/06/2009, os Agentes da Ronda Ostensiva Municipal ,Guardas Genaldo e F.Galdino, foram avisados por outro colega em serviço na Rodoviária Municipal que uma moça adulta perambulava pelas ruas ,de madrugada , consumindo bebida alcoólica juntamente com menores.Realizando buscas pelas vias públicas , os servidores encontraram as referidas pessoas nas proximidades da Ponte que dá acesso ao Bairro Bela Vista,onde foram abordados,contactado o Conselheiro Tutelar de plantão,que se dirigiu ao local ,onde recebeu a ocorrência e tomou as medidas que achou necessárias.
2-O Conselho Tutelar pediu o apoio da Guarda Municipal na noite de 27/06/2009 para resguardar a integridade física de 03 meninas ,menores ,oriundas do vizinho estado da Paraíba,mais precisamente de Belém do Brejo do Cruz ,o qual já são reincidentes em atos infracionais,onde foram deslocados dois Guardas da Ronda Ostensiva, sendo que um permaneceu a noite inteira, na Sede do referido Conselho, acompanhando as menores sob tutela dos conselheiros, destacamos que em outra ocorrência na mesma noite,a Guarda auxiliou novamente em buscas á produtos que estavam com menores infratores.
O dia-a-dia , as ocorrências da Guarda Municipal, estão registradas na Sede do Grupamento, anexo ao Prédio da Secretaria de Infra-estrutura do Município,onde diariamente são arquivadas todas as alterações em serviço e qualquer anormalidade envolvendo seus agentes.

domingo, 28 de junho de 2009

Guarda Municipal atua com 161 agentes durante o Fla-Flu


Guarda Municipal atua com 161 agentes durante o Fla-Flu
fonte SRZD | Rio+ | 28/06/2009



Cento e sessenta e um guardas municipais atuam, neste domingo, no entorno do Maracanã, a partir das 14h30, durante a partida entre Flamengo e Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro. Desse total, 25 agentes vão fiscalizar o trânsito nos arredores do estádio. Homens do Grupamento de Cães de Guarda com pastores alemães vão estar concentrados nos principais acessos do complexo esportivo.

sábado, 27 de junho de 2009

MUNICÍPIOS CONTRA A VIOLÊNCIA



MUNICÍPIOS CONTRA A VIOLÊNCIA

Autora: Marina Lemle

A participação municipal no planejamento e na gestão da segurança pública é uma tendência que vem mudando paradigmas nos últimos anos. Unidade federativa mais próxima do cidadão, o município tem melhores condições de avaliar questões locais e encontrar soluções preventivas, contando com a participação de órgãos públicos de diferentes áreas e esferas e da sociedade. Entretanto, nem sempre os planos de segurança pública têm continuidade com as trocas de governo.

De acordo com a advogada e pesquisadora Florencia Fontán Balestra, que desenvolveu com o Viva Rio planos para diversas cidades do estado do Rio de Janeiro, a questão política é chave. “Numa troca de gestão, pode não haver vontade política para a continuidade de um plano de segurança. A relação do prefeito com o governador pode vir a determinar, por exemplo, a participação ou não das polícias nos Conselhos de Segurança. Um prefeito não pode convocar um comandante da PM”, explica Florencia.

Outro entrave para a continuidade dos planos é a dificuldade de se avaliar os impactos das ações. Segundo Florência, muitos planos nascem sem a previsão de indicadores, monitoramento e avaliação. “A violência envolve muitas variáveis. É preciso fazer estudos antes e depois”, ensina.

A antropóloga Haydée Caruso, doutoranda da UFF, defende a criação de mecanismos para garantir a continuidade das políticas de segurança que obtenham bons resultados, independente do período de quatro anos da gestão governamental. “É preciso investir na continuidade e na avaliação das políticas”, diz.

São Leopoldo: desarmamento e prevenção

Apesar da falta de indicadores, os gestores podem refletir sobre os dados disponíveis. É o que faz Carlos Sant’Ana, secretário municipal de Segurança Pública de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Ele atribui ao Estatuto do Desarmamento a redução do número de homicídios de 70 para 48 por ano de 2003 a 2005. “A campanha do desarmamento em São Leopoldo é sui generis. Apesar de sediar duas fábricas de armamentos, a cidade entregou muitas armas e os homicídios caíram”, afirma.

Nos anos seguintes, entretanto, com o fim da campanha, os homicídios voltaram a aumentar: 55 em 2006 e 68 em 2007. Para Sant’Ana, é preciso considerar que a cidade é vizinha de Porto Alegre, onde a violência cresceu bem mais: “Em Porto Alegre, os índices subiram 60% entre 2006 e 2007 e em São Leopoldo, 20%. Conseguimos neutralizar os efeitos”, afirma.

Em 2006, a Secretaria Municipal de Segurança Pública de São Leopoldo lançou o programa Comunidade Segura, que fez o diagnóstico da violência e da criminalidade na cidade. “Em audiências públicas divulgamos a idéia de o município trabalhar na segurança pública, sem que isso se confunda com a atividade de polícia. Também ouvimos propostas das comunidades e de setores específicos, como empresariado, igrejas, instituições de classe e sindicatos”, conta Sant’ana.

Implantado há dois anos, o programa reúne projetos multisetoriais de prevenção e designa à Guarda Municipal o papel de agente de cidadania. Um dos objetivos estratégicos é a redução de homicídios de jovens. A cidade tem um problema grave de violência de gangues e é conhecida por exportar violência de torcidas. “Ainda não chegamos nos resultados desejados, mas estamos disputando espaço com as gangues oferecendo formação, oficinas de solução pacífica de conflitos e atividades lúdicas”, diz o secretário.

Sant’ana destaca ainda o trabalho do Gabinete de Gestão Integrada e Fiscalização em Gestão Urbana de São Leopoldo, que reúne 11 secretarias municipais, Polícia Civil, Brigada Militar (a PM gaúcha), Polícia Rodoviária, Polícia Federal, Bombeiros, conselhos tutelares e o Ministério Público. Em reuniões mensais, os representantes discutem problemas que surgiram e tentam se antecipar a novas ocorrências.

Recife: plano por cidadania em espaço seguro

Construído de forma coletiva e participativa, o Plano Municipal de Segurança Cidadã - em Defesa da Vida, de Recife abriu caminho para o desenvolvimento de projetos de prevenção da violência apoiados pelo governo federal. A Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) já aprovou e vai financiar projetos como o Recife Construindo Cidadania e o Espaço Urbano Seguro.


“Antes da construção do plano, as políticas eram desenvolvidas através das secretarias. Com o plano ficou mais fácil elaborar projetos de captação de recursos para realização de ações planejadas e dirigidas para as áreas mais necessitadas”, afirma Karla Menezes, secretária de Direitos Humanos e Segurança Cidadã de Recife.

O plano começou a ser construído em agosto de 2006, com a realização de oficinas com as comunidades de 18 microrregiões do Recife, bem como oficinas setoriais com órgãos de justiça e segurança, Guarda Municipal, iniciativa privada, universidades, empresas de comunicação e entidades de direitos humanos.

A partir das oficinas, foram estabelecidos os principais eixos do programa: a construção de um espaço urbano seguro para a melhor convivência entre as pessoas; a formação da Guarda Municipal como agente de cidadania e prevenção da violência; a implementação de políticas para grupos sociais vulnerabilizados, incluindo o atendimento a vítimas; a promoção de políticas de prevenção ao consumo de drogas lícitas e ilícitas; e a reorganização institucional para uma execução eficaz do plano e o seu monitoramento pela sociedade. “A implementação de políticas públicas no âmbito de prevenção da violência ocorre de forma transversal e multidisciplinar”, diz Karla.

Um fator importante do plano de Recife é a definição do papel da Guarda Municipal, que teve se campo de atuação ampliado. Além de fazer a segurança patrimonial pública, dedica-se também à segurança de escolas, de trânsito, defesa civil e ainda dá apoio aos fiscais da prefeitura, presta atendimento aos turistas; faz segurança de eventos, dá apoio emergencial à população, auxilia a brigada ambiental na preservação do meio ambiente e serve de apoio a ações das polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros.

Diadema: fechamento de bares e capacitação para jovens

Uma das experiências mais antigas e reconhecidas no Brasil é a do município de Diadema, na Região Metropolitana de São Paulo. Em 1999, a cidade de cerca de 270 mil habitantes tinha a maior taxa de homicídios do estado de São Paulo. Entre os anos de 1999 e 2005, no entanto, a taxa de homicídios sofreu uma queda bastante acentuada.

A partir de 2001, o prefeito começou a participar do planejamento do trabalho policial em reuniões periódicas com policiais civis e militares. A criação da Secretaria Municipal de Defesa Social e a reformulação da Guarda Civil Municipal (GCM) também fortaleceram gestão integrada.

A partir do diagnóstico feito pelo Instituto Latino-Americano para a Prevenção do Delito e Tratamento do Delinqüente (Ilanud), a prefeitura passou a implementar uma série de ações de controle e prevenção da violência. Uma medida polêmica, porém eficaz, obriga os bares a fecharem às 23h, evitando o comércio de bebidas alcoólicas durante a noite, já que, segundo o diagnóstico, esse era o período no qual se concentravam os homicídios. O controle se somou a ações de prevenção, como o Projeto Aprendiz, para adolescentes e jovens, e a Casa Beth Lobo, que combate a violência contra a mulher.

Paralelamente, a Guarda Municipal passou a fazer o monitoramento das estatísticas criminais. Fóruns itinerantes discutem a segurança pública nas diferentes regiões da cidade. O Instituto Sou da Paz, que fez o II Plano Municipal de Segurança Pública de Diadema, também acompanha a sua implementação pela prefeitura.

O sucesso da experiência de Diadema indica que as ações, quando levadas a cabo e com continuidade, contribuem para a diminuição da violência. E a própria divulgação do trabalho na cidade impulsiona esse êxito.
Postado por amigo cipeiro das guardas municipais às 6/26/2009 05:18:00 PM 0 comentários Links para esta postagem
POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL PARTICIPA NA INSTRUÇÃO DE BATEDORES DA GCM-SP.

GCM Catanduva-SP


OLHO BIÔNICO

As câmeras espalhadas pela cidade auxiliaram o trabalho de segurança


Por: Érica Bernardes


O Regional

CÂMERAS de videomonitoramento estão espalhadas em 16 pontos da cidade

O sistema de videomonitoramento da Guarda Civil Municipal (GCM) já foi alvo de polêmica na ocasião em que foi denunciado que as câmeras não funcionavam.
Porém, o sistema registrou um total de 36 ocorrências em Catanduva no mês de maio.
As informações foram divulgadas pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura e são referentes ao último relatório da Guarda Civil Municipal.
“Entre os dias 5 e 31 de maio de 2009, a GCM registrou 36 ocorrências, através de imagens captadas pelas câmeras espalhadas pela cidade, com destaque para perseguições na região”, informa o setor.
Entre as ocorrências, estão perseguições e abordagens de veículos e pessoas. Também foram registradas outras cinco ocorrências de indivíduos com atitude suspeita; duas denúncias de motos furtadas; três casos de indivíduos suspeitos de furtos; um vazamento de água; três ocorrências de animais soltos na via e uma ocorrência de adolescentes pegando rabeira.
As imagens das câmeras espalhadas pela cidade também registraram cinco acidentes de trânsito: na avenida José Nelson Machado, na rotatória Antônio Stocco, no Solo Sagrado e na Rodovia Pedro Monteleone.
Além dessas ocorrências, a GCM também conseguiu captar junto às câmeras outras circunstâncias. “Desentendimentos, indivíduos fazendo uso de entorpecente, ameaça de invasão em festa, direção perigosa, perturbação de sossego, veículo estacionado com vidros abertos e chave no contato, indivíduo transitando com risco de ser atropelado em rodovia e suspeito de roubo em canavial”, complementa a GCM.
Na cidade, existem 16 câmeras espalhadas em diferentes pontos.

OLHO VIVO

GM Piracicaba-SP


Cidade
Desempregado tenta furtar litro de uísque

Um rapaz de 18 anos, desempregado, tentou furtar uma garrafa de uísque importado de um supermercado de uma grande rede, na quarta-feira, por volta das 23h10. De acordo com a ocorrência, desde que ingressou no estabelecimento, carregando uma mochila nas costas, o rapaz foi observado pelos funcionários do local. Ele foi visto guardando a bebida em sua mochila. Foi aguardado que passasse pelo caixa. Como ele não pagou o uísque, foi abordado pelos funcionários que chamaram a Guarda Civil. Ele foi levado para o Plantão Policial, mas não foi elaborado flagrante.

Três carros foram furtados ontem à tarde na cidade

No período da tarde de ontem, o Plantão Policial registrou três furtos de veículos na cidade, praticamente no mesmo horário e na mesma região.
Um fiat Uno foi levado da rua Dona Eugênia, no Jardim Europa. Na avenida Independência, o ladrão furtou um Gol. O mesmo tipo de veículo também foi furtado na rua Luiz Razera, no Jardim Elite.
Os furtos ocorreram um dia depois que um integrante de uma quadrilha de Americana, especializada em “puxar” carros da cidade foi preso pela GC.

GM Serra Negra-SP




Câmeras digitais são apreendidas pela Guarda Municipal
Em 26/06/2009


Por solicitação via rádio, no dia 18 de junho a Guarda Municipal recebeu uma informação de que suspeitos estariam em um veículo Fox realizando a venda ilegal de máquina fotográficas digitais no comércio. Os guardas Pinheiro e Marcos foram ao encalço e encontraram os suspeitos. Uma segunda viatura composta pelos GCM´s Boccato e Oliveira veio dar apoio. Após uma revista pessoal e uma busca no veículo, foram localizadas as máquinas fotográficas.

Ao serem indagados sobre a procedência do produto, declararam não possuir as notas fiscais do equipamento, motivo pelo qual foi apreendido. Ao ser vistoriado a documentação do automóvel, estava com licenciamento vencido.

Diante dos fatos a dupla foi encaminhada à Delegacia de Polícia onde o investigador de plantão tomou as demais providências. O veículo foi apreendido.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Projeto Lapa Legal começa com patrulhamento 24 horas da Guarda Municipal

Projeto Lapa Legal começa com patrulhamento 24 horas da Guarda Municipal

Publicada em 25/06/2009 às 01h24m
O Globo


Jandira Feghali e Eduardo Paes fazem anúncio das primeiras ações do Lapa Legal/Marcos Tristão - O Globo

RIO - Toda a região da Lapa está sendo patrulhada 24 horas, desde esta quarta-feira, por 76 guardas municipais. A atuação do grupo, que trabalhará em dois turnos, faz parte do Projeto Lapa Legal, anunciado nesta quarta pelo prefeito Eduardo Paes.

Outra medida, que será adotada a partir desta quinta-feira na área mais boêmia da cidade, é a regulamentação de 688 novas vagas de estacionamento noturno em 16 ruas e praças.

O patrulhamento na região será feito em dois turnos: das 8h às 20h e das 20h às 8h. De segunda a quarta, serão 13 homens por turno; de quinta a domingo, 13 atuarão no primeiro turno e 37, no segundo. Das 688 novas vagas noturnas de estacionamento, sete serão exclusivas para veículos de portadores de deficiência, 88 para motos, 68 para táxis, 25 para ponto de apoio de táxis e cinco para embarque e desembarque. Segundo o prefeito, o processo de revitalização da região não tem prazo para acabar:

- Essa é uma típica atividade permanente. Não começa hoje e termina em um mês. É uma postura daqui para a frente, que começou na Zona Portuária - disse Paes.

Entre as ações previstas para a Lapa, está a desapropriação de 14 imóveis, que serão transformados em 207 unidades habitacionais e 17 comerciais. Também na próxima segunda-feira, a Secretaria Municipal de Habitação começa a fazer o levantamento dos outros imóveis da região com potencial habitacional.

Outro projeto que sairá do papel é a feira noturna, que funcionará de quarta a domingo, com 82 vendedores cadastrados, para a venda de alguns tipos de alimentos e bebidas. A previsão é de que a feira comece dia 10 de julho, depois da conclusão da licitação para escolha da cervejaria que patrocinará a iniciativa. A empresa, além de instalar de 30 a 40 banheiros públicos na área, deverá montar um depósito e fornecer as barracas aos comerciantes.

Os feirantes foram escolhidos por sorteio e, segundo o secretário da Ordem Pública, Rodrigo Bethlem, a prefeitura está averiguando denúncias sobre possível fraude na seleção. Segundo as queixas recebidas, alguns beneficiados têm emprego e moram em outras cidades. De acordo com Bethlem, quem for descoberto responderá criminalmente pelo ato.

" Pode haver uma desordem animada, faz parte do local. Ninguém quer transformar a Lapa numa Alemanha, numa Suíça, num convento de freiras. Mas precisa de organização "

O ordenamento de ambulantes, a melhoria da iluminação e a criação do Núcleo Histórico Cultural da Lapa também fazem parte do projeto que, segundo Paes, formam um conjunto de regras de civilidade que permitirão que a Lapa mantenha suas características de samba e boemia:

- Pode haver uma desordem animada, faz parte do local. Ninguém quer transformar a Lapa numa Alemanha, numa Suíça, num convento de freiras. Mas precisa de organização - comparou o prefeito.

A modernização da iluminação e a restauração das pe-dras portuguesas no entorno dos Arcos da Lapa também fazem parte do projeto, que ainda pretende acabar com um antigo problema da região: o excesso de barulho em bares e casas noturnas. De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, haverá uma revisão do uso do solo com planejamento da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Os parâmetros dos níveis sonoros também serão revistos.

Para Sônia Marli Correa que, há 20 anos, mora na Rua Mem de Sá, ao lado do Circo Voador e de vários bares que tocam música, a notícia é bem-vinda:

quarta-feira, 24 de junho de 2009

GM Limeira-SP:Elefante é encontrado preso em sítio no interior de SP


Elefante é encontrado preso em sítio no interior de SP
24 de junho de 2009 • 18h50 • atualizado às 19h20


A Guarda Municipal de Limeira, interior de São Paulo, encontrou uma fêmea de elefante na propriedade de uma família localizada na altura do km 8 da rodovia Limeira-Arthur Bernardes. A elefanta, que vivia amarrada em um local com cerca elétrica foi transferida para o zoológico da cidade de Leme na terça-feira.

Segundo a Guarda Municipal, o animal tem aproximadamente 50 anos e estava no sítio de uma família circense há cerca de 4 meses. Os donos da elefanta não tinham licença do Ibama para criá-la.

Uma equipe de biólogos examinou o animal e constatou que ele sofria de estresse por ficar em um local fechado. A elefanta ficará no zoológico até que a Justiça decida seu destino. Os donos do animal serão investigados por maus tratos.

Redação Terra

Mulher dá à luz dentro de uma viatura da Guarda Municipal


Mulher dá à luz dentro de uma viatura da Guarda Municipal
24/06/2009 07h15
FERNANDA PENNA

Uma mulher deu à luz um bebê na noite dessa terça-feira (23), dentro de uma viatura da Guarda Municipal, em Contagem, na Grande Belo Horizonte. Ela estava com o marido em um ônibus quando entrou em trabalho de parto.

O motorista parou o veículo e pediu socorro. Segundo informações dos guardas, a criança estava para nascer e eles não conseguiriam chegar a tempo na maternidade. O pai da criança contou que a bolsa se rompeu e o bebê nasceu em seus braços.

Mãe e filho receberam atendimento médico no Hospital Municipal de Contagem (HMC) e passam bem.

Guarda Municipal de Curitiba prende motorista e cobrador

Guarda Municipal de Curitiba prende motorista e cobrador
Eles foram presos por uso indevido de cartão de terceiros para ficar com o dinheiro da tarifa
24/06/09 às 17:10 | Redação Bem Paraná
A Guarda Municipal de Curitiba prendeu nesta quarta-feira (24) um motorista e um cobrador de um ônibus da linha alimentadora Vila Marisa. Eles foram presos por uso indevido de cartão de terceiros para ficar com o dinheiro da tarifa.

O caso foi apurado pela Urbanização de Curitiba S/A (Urbs), que acionou a Guarda Municipal. A prisão aconteceu no ponto final da linha, na rua Paulo Schreiber, perto da Estrada Velha do Barigui. O cobrador e motorista foram encaminhados à 11ª Delegacia Policial, na Cidade Industrial.

Denúncias derrubam coronel Guanais do comando da Guarda Municipal


Denúncias derrubam coronel Guanais do comando da Guarda Municipal

A TARDE On Line
O coronel José Alberto Guanais pediu afastamento da superintendência da Guarda Municipal nesta terça-feira, 23. O pedido foi aceito pelo prefeito João Henrique, que ainda não definiu o nome do novo superintendente.

O Ministério Público investiga irregularidades na aquisição de fardamento da Guarda Municipal. Depoimento ouvido pela promotora de Justiça Rita Tourinho aponta o coronel como responsável por indicar a empresa Central de Negócios para participar de forma irregular da cotação de preços para compra dos uniformes.

Os indícios de irregularidades foram denunciados por A TARDE desde janeiro de 2009.

terça-feira, 23 de junho de 2009

GCM Itú-SP


GCM apreende mais produtos piratas em Itu
Data: 22/06/2009
Edição: 5042
O final de semana contou com mais duas apreensões de produtos piratas pela Guarda Civil Municipal, uma delas realizada com o apoio de um investigador da Polícia Civil. As apreensões ocorreram na Vila Lucinda e no Centro. Em um dos casos, o homem que comercializava as mercadorias não foi encontrado.

A primeira apreensão, de acordo com o Boletim de Ocorrência, foi realizada no final da tarde de sexta-feira, no Centro da cidade. A GCM estava em patrulhamento na área central quando recebeu a informação de que, na rua Sete de Setembro, estava ocorrendo comercialização de produtos piratas. A informação foi passada por um investigador da polícia, que solicitou a presença dos guardas no local.

Os produtos piratas estavam sendo comercializados provavelmente na frente da Caixa Econômica Federal, mas o proprietário da mercadoria não foi encontrado. Foram apreendidas 1047 cópias piratas, sendo 590 DVD’s e 457 CD’s, de títulos diversos. O caso foi registrado pelo delegado José Moreira Barbosa Netto.

Já a segunda apreensão ocorreu na manhã deste sábado, na Avenida Caetano Ruggieri. A Guarda Civil Municipal foi informada, através de uma denúncia, sobre uma possível comercialização de materiais piratas que estava acontecendo na Vila Lucinda.

Os guardas foram até o local e notaram que a denúncia era verdadeira. O desempregado L.F.L., de 27 anos, se apresentou como proprietário da mercadoria, sendo 508 cópias piratas, sendo 402 DVD’s e 106 CD’s de títulos diversos. O material foi recolhido e apresentado no Plantão Policial. O caso foi registrado pela delegada Márcia Pereira Cruz Silva.

Cel.Paulo Amendola-PM .Rio fala sobre a volta do Uniforme Azul-Marinho á GM .Rio.



O azul da Guarda

A Guarda Municipal da Cidade do Rio de Janeiro, apesar de não ser a mais antiga do Brasil, atingiu um grau de prestígio singular perante os organismos de segurança pública. Isto, não apenas pela sua organização estrutural, seu efetivo ou a pujança da sua sede (que, inclusive, abrigou respeitada tropa de elite do Exército, o 1.º Batalhão de Guardas), mas também pela amplitude de suas ações operacionais, ou seja, a sua oferta em serviços diversificados para a população da Cidade. E isso, sem falarmos no óbvio que, em verdade, é o elemento mais importante que tenho a destacar: os valorosos guardas-municipais que desempenham, hoje, um papel importantíssimo e indispensável na segurança pública.

Desde a criação da Guarda, nos idos de 1993 e durante os quase oito anos em que tive a honra de comandá-la, preocupei-me em estruturá-la pensando em inúmeros detalhes, até mesmo pela grande importância que a mesma passaria a ter ao lado e no mesmo patamar dos demais órgãos de segurança pública. Os nossos projetos e ações decorrentes sempre foram desenvolvidos com base em argumentos sólidos, fruto de intensas pesquisas elaboradas por dedicados guardas municipais com os quais sempre compartilhei e dividi o sucesso dos nossos êxitos.

E dentro desse espírito, lançamos no início de nossa gestão o uniforme azul-ferrete com aplicações em dourado, após exaustivas pesquisas quanto aos modelos adotados nas demais Guardas Municipais do Brasil e nas Polícias Municipais dos países ibero-americanos. A nossa proposta, que contou com a aprovação do Prefeito da Cidade à época, foi o uniforme azul, que personificava e destacava a importante figura do guarda municipal da cidade do Rio de Janeiro.

Já temos notícias que o atual Prefeito vê com bons olhos o retorno ao uniforme anterior que sempre foi o orgulho da grande maioria de nossos valorosos guardas municipais.

Lobista tenta cobrar dinheiro da Guarda Municipal de Salvador-BA.




Valmar Hupsel Filho, do A TARDE
Agência A TARDE


O lobista Gracílio Junqueira Santos, apontado como figura central do esquema que fraudava licitações em contratos com a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal de Salvador, desbaratado pela Operação Neêmesis, esteve na sede da Guarda Municipal, na San Martin, na última quarta-feira (17), por volta do meio-dia. “Pra que que eu tive lá? Pra que que eu tive lá? Fui lá saber sobre os aditivos”, respondeu Gracílio, por telefone.

Gracílio foi impedido de entrar no prédio por guardas municipais, que estão em greve desde o dia 5. E foi fotografado por um deles, que utilizou a câmera de um telefone celular. Aos grevistas, o lobista disse abertamente que estava ali para cobrar dinheiro, porque estava precisando.

“Tudo o que vocês usam, desde a farda, coturno, apito ou cassetetes, vem de mim. Forneci até aquelas 60 fardas para vocês desfilarem para o prefeito no 2 de julho (2008), sem licitação”, teria dito Gracílio ao se apresentar a guardas, que relataram a história sob a condição de sigilo, com receio de alguma retaliação.

Na festa pela Independência da Bahia, no ano passado, a Guarda Municipal desfilou, ainda sem estar efetivamente nas ruas, em meio às críticas de uso eleitoreiro por parte do prefeito João Henrique, então pré-candidato à reeleição.

Um dos guardas, que desfilou em 2 de julho do ano passado, contou que Gracílio disse ainda que as fardas foram feitas por uma costureira que mora no bairro de São Caetano, a toque de caixa para o desfile. “Tenho a farda em casa até hoje. É de péssima qualidade”, disse.

Na porta do prédio, Gracílio foi recebido pelo subgerente de proteção patrimonial, o tenente-coronel Sérvulo Augusto de Santana. Segundo testemunhas, depois de conversar com o lobista, o oficial entrou para consultar o coronel José Alberto Guanais, comandante da Guarda Municipal de Salvador. Saiu de lá com a resposta de que Gracílio não poderia entrar no prédio.

Contatado por telefone, o tenente-coronel Sérvulo disse não se lembrar se recebeu Gracílio na porta da Guarda Municipal. “Não lembro se foi ele. Que horas foi isso?”, disse. O oficial informou que, durante “uns 30 ou 40 minutos” em que esteve na porta da sede da Guarda, conversou com algumas pessoas. “Mas só o gestor está podendo entrar por causa da greve”, justificou.

“Ele poderia ir à Secretaria da Administração, mas se veio aqui é porque tem relações com o comandante Guanais”, acusou um dos guardas municipais.

A TARDE esteve nesta terça-feira, 23, na residência de Gracílio, em Itapuã. Apesar de serem ouvidas vozes oriundas do interior da casa, ninguém atendeu à campainha. Duas câmeras denunciaram os visitantes.

Por telefone, Gracílio disse a A TARDE que não lembra desde quando conhece o comandante da Guarda Municipal. Nas gravações feitas pela polícia, relatadas no inquérito do COE, Guanais se refere a Gracílio como “irmão de consideração”.

O lobista disse que pretende falar tudo quando o Ministério Público estiver encerrando o inquérito. “Vou esclarecer tudo para encerrar esta guerra de prejulgamento que este inquérito está fazendo. Dizem que sou representante de empresa, que recebi R$ 735 mil, não é nada disso”, disse.

O lobista também negou que tivesse conversado com o governador Jaques Wagner.

Leia a íntegra deste texto e a reportagem completa sobre o suposto esquema de fraudes em licitações da Polícia Militar na edição impressa de A TARDE desta quarta-feira, dia 23. Ou acesse aqui a versão digital.

Guarda municipal é baleado e morto em MG

Guarda municipal é baleado e morto em MG

Ele era dono de padaria e saía para fazer entrega quando foi abordado.
Vizinho, que é policial, atirou contra os criminosos, mas eles fugiram.

Do G1, com informações do MGTV


Um guarda municipal foi assassinado, nesta terça-feira (23), em Belo Horizonte. A Polícia Militar diz que ele era dono de uma padaria e foi abordado por três criminosos quando saía para fazer uma entrega de pães.



Veja o site do MGTV

Um vizinho, policial militar que estava à paisana, chegou a disparar contra o grupo, mas os três bandidos conseguiram fugir. O guarda, de 30 anos, foi ferido na perna e na barriga. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

saiba mais



A vítima morava em um apartamento em cima da padaria e tinha três filhos. Familiares disseram que ele estaria sendo ameaçado por denunciar traficantes da região.

A polícia desconfia que um rapaz que foi até um hospital, com ferimento causado por uma bala, pode ter envolvimento no crime.

A assessoria da Guarda Municipal informou que a investigação vai ficar a cargo da Polícia Civil. Ainda segundo a Guarda Municipal, a corporação sabe que ele teve passagem pela polícia por suspeita de uso de drogas, em 2007. Ele só estava em atividade por força de uma liminar. Ainda segundo a assessoria, na época foi aberto um procedimento interno para apurar o caso.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Guarda Civil Municipal de Embu das Artes -SP completa 6 anos


Guarda Civil Municipal de Embu completa 6 anos

Exemplo de zelo pelo patrimônio público da nossa cidade, respeito à população e investimento na segurança pública, a Guarda Civil Municipal de Embu das Artes comemora seis anos. Para celebrar, o Governo Municipal tem a honra de convidá-la(o) para um coquetel no dia 19 de junho de 2009, às 17 horas, no Centro Cultural Mestre Assis do Embu – Largo 21 de Abril, 29, Centro.

O aniversário será comemorado com importantes novidades: ampliação do efetivo para 110 guardas, novas viaturas e promoção de dez GCMs de 3ª para 2ª classe. Nessa data, também celebraremos o Dia do Guarda Municipal de Embu.

Prefeitura de Juazeiro do Norte (CE) lança edital com 766 vagas.incluindo para Guarda Municipal.


Prefeitura de Juazeiro do Norte (CE) lança edital com 766 vagas



A Prefeitura de Juazeiro do Norte, cidade do Ceará, lançou o edital do concurso que vai preencher 766 vagas para todos os níveis de escolaridade. Os salários variam de R$ 465 a R$ 4,5 mil.

Quem tem ensino fundamental poderá disputar as chances para auxiliar administrativo, agente de combate a endemias, agente comunitário de saúde. Aqueles que concluíram o nível médio poderão concorrer às vagas de guarda municipal, agente de trânsito, fiscal e técnico administrativo.
Já para candidatos graduados, as vagas são para os cargos de advogado, arquiteto, assistente social, auditor, auditor fiscal, bibliotecário, biomédico, economista, educador físico, engenheiro agrônomo, engenheiro civil, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, geógrafo, historiador, médico, veterinário, nutricionista, psicólogo, psicopedagogo, sociólogo, tecnólogo de alimentos, terapeuta ocupacional e turismólogo.

Inscrições
As inscrições podem ser realizadas pela internet, entre os dias 29 de junho e 17 de julho, através do site www.cev.urca.br no período de 29 de junho a 17 de julho. A taxa é de R$ 40 para nível fundamental e médio, e R$ 80 para nível superior.

Os participantes serão submetidos a provas objetivas. Algumas funções exigem também teste de aptidão física e técnica ou exames de prática. Os concorrentes graduados passarão por avaliação de títulos.

Os tesets objetivos devem ser aplicados no dia 16 de agosto, das 8h às 12h. Os locais ainda não foram divulgados.

Clique aqui para conferir o edital de abertura.

GCM são Caetano:Dupla é presa com cartões clonados em São Caetano



Dupla é presa com cartões clonados em São Caetano

Cliente da agência do Santander desconfiou e avisou os policiais da Guarda Civil Metropolitana

Daniela do Canto, da Central de Notícias


SÃO PAULO - Dois homens foram detidos por guardas civis metropolitanos (GCMs) dentro uma agência bancária da rede Santander no Centro de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, na noite deste domingo, 21.



Eles portavam cartões clonados e R$ 10 mil em dinheiro. Um cliente que estava na agência, localizada na Rua Rio Grande do Sul, desconfiou da dupla. Ela fez a denúncia para os policiais que estavam numa viatura da GCM. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de São Caetano.

GCM Praia Grande -SP:Menores invadem escolas para traficar e consumir drogas na Praia Grande.





Menores invadem escolas para traficar e consumir drogas na Praia Grande, SP

A Tribuna On-line


SÃO PAULO - A Central de Monitoramento pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Praia Grande, a 68 km de São Paulo, flagrou neste final de semana tráfico de drogas e uso livre de entorpecentes em duas escolas do município. As invasões ocorreram nos bairros Melvi e Nova Mirim.

No caso de tráfico, que ocorreu por volta da meia-noite de sábado, quatro menores invadiram a Escola Municipal Maria dos Remédios, no Melvi. Nas imagens, eles aparecem guardando as drogas dentro do bueiro em frente à escola. A Polícia Militar foi acionada e os adolescentes, encaminhados para a delegacia-sede do município.

Já o segundo flagrante ocorreu na Escola Municipal Governador Mário Covas, no bairro Mirim, aproximadamente às 16 horas no domingo. Segundo a Guarda Municipal, diversos jovens invadiram a unidade para atos de vandalismo e consumo de drogas. Quando a viatura chegou, eles fugiram. Um jovem, também menor de idade, foi autuado com uma porção de maconha.

Atualmente, Praia Grande possui mais de 1.200 câmeras espalhadas pela cidade. Desde o início de suas operações, em 2003, a Central de Monitoramento da GCM registrou 155 ocorrências de flagrantes deste tipo.

Motorista embriagado bate em 4 carros e joga caminhonete contra viatura da GCM em SP



Motorista embriagado bate em 4 carros e joga caminhonete contra viatura da GCM em SP

Plantão | Publicada em 22/06/2009 às 12h39m
Fábio Saraiva, Diário de S.Paulo


SÃO PAULO - O autônomo José Martins da Gama, de 27 anos, foi preso depois de jogar o carro que dirigia contra uma viatura da Guarda Civil Metropolitana (GCM), no Bom Retiro, região central de São Paulo, quando era perseguido. Na fuga, José Martins ainda bateu em outros quatro carros. Dois guardas-civis que estavam na viatura ficaram feridos. Um deles precisou passar por atendimento médico no Hospital do Servidor Público Municipal.

Por volta das 22h do sábado, o motorista, que dirigia uma caminhonete Chevrolet D10 branca, envolveu-se em um acidente na região do Parque do Ibirapuera, na zona sul. Após bater a caminhonete no carro de uma mulher, José Martins fugiu.

Com o carro danificado, a mulher pediu ajuda a guardas-civis que faziam patrulhamento no parque, para que evitassem que o motorista deixasse o local. Dois guardas em uma viatura Prisma passaram a perseguir a caminhonete. José Martins dirigia em alta velocidade pela Avenida 23 de Maio. Além disso, em outras vias, passou por vários semáforos fechados.

Na fuga, o veículo bateu em três outros carros que aguardavam a abertura do semáforo na Avenida Santos Dumont, no Bom Retiro. Em seguida, o fugitivo cruzou o sinal vermelho, atravessou a Avenida do Estado e bateu, propositalmente, na viatura que o perseguia. No choque, uma das rodas dianteiras da caminhonete caiu na avenida. E dois pneus da viatura, que foi jogada contra uma calçada, estouraram. A colisão aconteceu depois de cerca de nove quilômetros de perseguição.

Depois do choque, os guardas dominaram o motorista, que tentou resistir à prisão. José Martins, que, segundo os guardas, apresentava sinais de embriaguez, foi submetido a exame de dosagem alcoólica.

O motorista foi levado para o 2º Distrito Policial (Bom Retiro), onde o caso foi registrado, mas foi liberado, assim que seus familiares pagaram fiança de R$ 600. Segundo a GCM, ao ser abordado, e mesmo após ser detido, o homem estava bastante alterado, e, na delegacia, gritava para os GCMs e policiais civis.

GM Rio Claro


GM: Altimari anuncia compra de 10 viaturas e motos


O prefeito de Rio Claro, Du Altimari, anunciou na manhã deste sábado, 20, em solenidade realizada no Jardim Público, que o Município vai abrir licitação em breve para a aquisição de 10 viaturas e seis motos, que substituirão veículos alugados. A nova frota será repassada à Guarda Municipal, que tem um efetivo de 168 homens.

Durante o ato na praça, para a apresentação da equipe ciclística da GM, com seis integrantes que atuarão no policiamento preventivo na área central da cidade, e da Base de Apoio Comunitário, uma camionete F-1000, também da GM, equipada para dar suporte ao trânsito, Altimari saudou os 182 anos da cidade, que transcorrerão nesta quarta-feira, 24 de junho, e disse do empenho da administração municipal e do secretário José Gustavo Viegas Carneiro, titular da Segurança, no sentido de ampliar a estrutura de segurança no município. As seis bicicletas foram doadas pelo Sindicato do Comércio Varejista de Rio Claro e equipadas para o serviço a ser desempenhado.

Segundo o prefeito, Viegas seguirá para Brasília na terça-feira, 23, justamente com este intuito. Sua missão será entregar um razoável volume de projetos no Ministério da Justiça, consolidando diálogo que Altimari teve, recentemente, em Minas Gerais, com o ministro Tarso Genro. A idéia é contar com investimentos do Governo Federal na segurança local, num montante que se estima possa ficar em torno de R$ 5 milhões. “Fizemos esta reivindicação ao ministro Tarso, há cerca de um mês e, agora, estaremos entregando projetos que justificam o aporte de recursos da União em Rio Claro”, afirmou o prefeito.

“A segurança é prioridade da população de Rio Claro e, portanto, é a nossa propriedade”, enfatizou Altimari. “Além de recorrer ao governo federal, também já nos mobilizamos, há dois meses, com parlamentares estaduais e a sociedade organizada para sensibilizar o Governo do Estado, ao qual entregamos um relatório demonstrando que a criminalidade aqui é preocupante, enquanto o aparato de que dispomos para enfrentá-lo é menor do que o disponível em cidades da região com porte semelhante ao de Rio Claro”, observou.

Investimentos
Ao público presente na tradicional praça rio-clarense, Altimari informou que o Município faz sua parte na questão da Segurança. “Aplicamos anualmente cerca de R$ 5 milhões nesta área”. Deste total, “mais de R$ 3 milhões estão sendo direcionados justamente ao Estado, para pagamento de alugueis, combustíveis para viaturas e, entre outras coisas, na cessão de 79 dos nossos servidores para atuar nas polícias Militar e Civil”, revelou. “E, paralelamente, mantemos uma Guarda Civil com 168 homens e estamos também atuando com a Vigilância Patrimonial, que também colabora no policiamento, como vai ocorrer no patrulhamento do Lago Azul, que está sendo recuperado para a população”, acrescentou. O prefeito finalizou seu discurso anunciando que o Município planeja criar, em breve, o Conselho Municipal de Segurança, que será integrado por representantes do governo municipal, Judiciário, Ministério Público, Polícias Civil e Militar, Guarda Municipal etc. Ele insistiu que “a solução para a segurança depende, fundamentalmente, da adesão de todos, incluindo escolas, igrejas, instituições ligadas à área, o que autentica a importância da sociedade organizada atuar neste aspecto”.

Participaram da solenidade deste sábado a 1ª Dama, Rosana Pinhatti Altimari, a vice-prefeita, Olga Salomão, a vereadora e vice-presidente da Câmara, Maria do Carmo Guilherme, os vereadores Raquel Picelli, Ricardo Campeão, Julinho Lopes e Juninho da Padaria, secretários municipais, representantes da Associação Comercial e Industrial de Rio Claro, entre outras instituições. O comandante da GM, José Sepúlveda, apresentou oficialmente a corporação ao prefeito Du Altimari e autoridades. O hino da instituição também ecoou no Jardim Público na manhã festiva. A vice-presidente da Câmara, Maria do Carmo Guilherme, a propósito, solidarizou-se com o trabalho da Guarda Municipal e assegurou que o Legislativo local acompanhará, com atenção, a valorização da corporação e de seus integrantes.

Responsabilidade social
Cumprimentado pelo prefeito Altimari, que destacou o “efetiva apoio do empresariado à administração do município, em especial no âmbito da segurança”, o dirigente Célio Cerri, presidente do Sindicato do Comércio Varejista, entidade que doou as seis bicicletas para a nova equipe de patrulhamento da Guarda Municipal, deu seu depoimento durante o ato. Disse que a entidade dos comerciantes assume sua “cota de responsabilidade social e ainda mais quando a questão é a segurança da cidade em que todos nós vivemos”. Cerri, ratificando esta parceria que o sindicato estabelece com o município, notou que os recursos para a aquisição das seis bicicletas doadas à Guarda Municipal foram obtidos, na totalidade, já no dia em que a proposta foi anunciada aos associados da entidade. “A resposta foi imediata”, afirmou.

Aposentadoria
A entrega da equipe ciclística da GM, com homens especialmente treinados para a tarefa, que receberam seus certificados no decorrer da solenidade, e da unidade móvel de apoio (Base Operacional), registrou situações comoventes. O cão Lobo, um pasto alemão de 6,5 anos, foi aposentado oficialmente de suas funções, depois de cinco anos de “relevantes serviços prestados à corporação”. O animal, doado a um dos GMs, foi homenageado pela tropa, que prestou continência ao “companheiro” canino. O provável sucessor de Lobo, um cãozinho de três meses, doado pelo Canil da Guarda Municipal de Bragança Paulista, se chama Tyson e já foi apresentado ao público neste sábado.

GM -Rio:Choque de Ordem no Maracanã reboca 16 veículos e multa outros 158


Choque de Ordem no Maracanã reboca 16 veículos e multa outros 158
Redação SRZD | Rio+ | 21/06/2009 19:54



Foram rebocados 16 veículos durante operação de choque de ordem nas imediações do estádio do Maracanã, este domingo. A Secretaria Especial da Ordem Pública realiza ação durante a partida entre Flamengo e Internacional, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Cento e cinquenta e oito veículos foram multados por estacionamento irregular. Também foram apreendidas 136 latas de cerveja, 25 garrafas de água mineral e seis de refrigerante com camelôs irregulares.

A ação mobiliza 430 pessoas, das polícias Militar e Civil, Guarda Municipal, fiscais de Controle Urbano e agentes da Ordem Pública.

Guarda Municipal de Forataleza-CE ocupa praças para evitar volta de camelôs


Guarda ocupa praças para evitar volta de camelôs



Na José de Alencar, ocupação preventiva deve prosseguir até a entrega do camelódromo, na Rua Guilherme Rocha

Depois da reabertura da Praça José de Alencar ao público, na última quinta-feira, homens da Guarda Municipal ocupam o logradouro público para evitar a volta dos camelôs que ocupavam o espaço antes da reforma, iniciada em janeiro passado. Ontem pela manhã, 16 agentes participavam da operação de vigilância no Centro, com o apoio de quatro viaturas e uma moto.

Segundo o subinspetor da Guarda Municipal e chefe da operação na manhã de ontem, Jamal Forte Carvalho, a companhia foi instruída a resguardar o local porque houve boatos de um possível retorno dos camelôs. Desde quinta-feira passada, segundo ele, equipes se revezam no local 24 horas por dia. Há ainda o trailer do Pelotão de Guarda Comunitária, onde funciona um posto fixo, com quatro homens.

Até ontem, segundo o subinspetor, não houve tentativa de descumprir a proibição de comércio pelos feirantes. Ele diz que a operação deve prosseguir até a entrega do camelódromo que será montado para 600 feirantes na Rua Guilherme Rocha, conforme divulgado pela Prefeitura de Fortaleza sexta-feira passada.

A operação de proteção à praça foi recebida com bons olhos por quem passava pela José de Alencar ontem pela manhã. Para o marceneiro Arimatéia Soares, 52, a presença dos guardas dá mais sensação de segurança à população. “Uma praça dessas é para as pessoas. Antes, até pra gente andar aqui era ruim”, opinou.

Já o cabeleireiro João Isaías, 28, disse achar uma “injustiça” a negativa para os camelôs ficarem na praça. “Eles só querem trabalhar”, entende. Mas já que a ordem da Prefeitura é desocupar o passeio público, Isaías concorda que eles sejam removidos desde que lhes seja disponibilizado outro espaço.

Centro vazio

Os locais sugeridos pela Prefeitura para os camelôs da José de Alencar trabalharem enquanto o camelódromo não fica pronto são a Praça da Lagoinha e a Rua Guilherme Rocha. Mas, ontem pela manhã, ambos estavam praticamente às moscas, devido ao fechamento das lojas no Centro e a distância temporal em relação à próxima data comemorativa — o Dia dos Pais, em agosto. Na Lagoinha, havia algumas pessoas conversando e um ou outro dormindo. No corredor de pedestres da Guilherme Rocha, a reportagem não contou mais do que quatro comerciantes.

Feira da Sé

Enquanto isso, na Praça da Sé, duas equipes da Guarda Municipal vigiavam qualquer tentativa de retorno ao local por parte dos feirantes que se mudaram para a Rua José Avelino e para Maracanaú, depois que a prefeita Luizianne Lins decretou o fim da Feira da Sé no último dia 18 de maio e que a Guarda ocupou o logradouro um dia depois.

Segundo o subinspetor Alailson Correia da Silva, a Guarda tem feito rondas diárias para garantir a desocupação da Sé e operações de permanência 24 horas de domingo para segunda pela manhã e de quinta para sexta, os dias mais tradicionais de feira na Sé.

Menor assediado em parque-GM Belo Horizonte detem o acusado.



Menor assediado em parque
Um homem de 50 anos foi detido na tarde de ontem, no parque municipal, no Centro de Belo Horizonte, sob suspeita de atentado violento ao pudor. Ele teria tentado aliciar um adolescente de 13 anos, que contou o caso ao pai. Um outro adolescente teria presenciado a cena e acionou guardas municipais que faziam ronda no local. De acordo com a Guarda Municipal, o garoto relatou que o homem o procurou e o convidou para dar uma volta no parque e tentou levá-lo para o banheiro do local.

Ele fugiu e procurou pelo pai. Enquanto os guardas tentavam localizar o garoto flagraram o momento em que o pai dele tentava agredir o suspeito. O homem teria apresentado versões controversas e negou que tivesse o objetivo de abusar sexualmente do garoto. Ele contou aos guardas que é proprietário de um bar que fica no entorno de um Centro Universitário localizado no bairro Lagoinha, região Noroeste da capital. A Polícia Militar foi chamada ao parque municipal e levou o suspeito. O garoto supostamente alvo do assédio e o pai dele também foram levados para a Delegacia Adida ao Juizado Especial Criminal, onde prestaram depoimento.
Publicado em: 22/06/2009

Curitiba terá reforço na segurança com mais 204 guardas municipais



Curitiba terá reforço na segurança com mais 204 guardas municipais

CURITIBA (ABN NEWS) - Duzentos e quatro novos guardas municipais vão reforçar a segurança de Curitiba a partir da segunda quinzena de outubro. Na sexta-feira (19), no Salão de Atos do Parque Barigui, os novos profissionais participaram da aula inaugural do curso de formação da Guarda, aberta pelo vice-prefeito Luciano Ducci. Com o aumento do efetivo, a Guarda Municipal passará a ter 1.789 homens, o que representa um guarda para cada 1.000 habitantes – uma das melhores relações do país. O curso de formação tem 620 horas de duração e foco na filosofia da polícia comunitária.

"Estamos fazendo a nossa parte. Desde 2005, são 730 novos guardas municipais reforçando a segurança de Curitiba", destacou Ducci. O novo reforço faz parte de um total de 500 guardas municipais que integrarão a corporação até o fim de 2012. "Os demais 296 guardas serão chamados nos próximos anos. Serão cerca de 100 por ano", disse Itamar dos Santos, secretário municipal da Defesa Social. Segundo ele, mais de 12.000 candidatos participaram do concurso público.

Os novos guardas municipais vão compor o programa Nossa Vizinhança nos bairros de Curitiba, que prevê ações integradas nas áreas de saúde, educação, segurança, meio ambiente e lazer. "O curso de formação dá ênfase à filosofia da polícia comunitária. A carga horária nesse conceito foi triplicada com o objetivo de aproximar o agente da população", explicou Santos. A filosofia da polícia comunitária prevê que o cidadão conheça o guarda do seu bairro, que irá acompanhar a rotina dos moradores e identificar os problemas de segurança do local.

De acordo com o secretário da Defesa Social, a Prefeitura de Curitiba está investindo na melhoria da infraestrutura e em novos equipamentos. "Isso para proporcionar meios para que os guardas ofereçam um bom atendimento à população. Também investimos na reciclagem dos nossos agentes. Em quatro anos, foram mais de 90 eventos didáticos, entre cursos de capacitação e seminários", completou Santos, lembrando que todos os guardas municipais de Curitiba têm seguro de vida financiado pela Prefeitura.

Também prestigiaram a aula inaugural dos novos guardas o deputado federal Affonso Camargo; os vereadores João do Suco, Felipe Braga Côrtes e Tico Kuzma; e Elaine Rossi Ribeiro, diretora da Escola de Administração Pública, do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap).

sábado, 20 de junho de 2009

Guardas municipais detêm condenado por homicídio em bar de Ipanema há 25 anos


Guardas municipais detêm condenado por homicídio em bar de Ipanema há 25 anos



RIO - Quatro guardas municipais detiveram, na manhã desta terça-feira, em Copacabana, Sérgio Luiz da Silva Moraes, 64 anos, condenado por ter assassinado a facadas, em 1983, Hermano Costa de Araújo, em um bar de Ipanema. O crime aconteceu após uma discussão de Sergio com Hermano, e outro homem, ainda em liberdade. Hermano morreu com 40 anos.

Sérgio foi identificado pelo filho da vítima, o professor Maurício Araújo, que pediu auxílio aos agentes que patrulhavam a região. Após a denúncia de Maurício, os guardas se aproximaram e detiveram o suspeito. Ao levá-lo à 13ª DP, os guardas descobriram que Sérgio responde a duas condenações da Justiça.

Segurança de Rio Claro ganha Base Móvel e equipe ciclística


Segurança de Rio Claro ganha Base Móvel e equipe ciclística

Dois novos serviços ampliarão a estrutura de segurança pública em Rio Claro a partir deste sábado. A Guarda Civil de Rio Claro coloca à disposição da comunidade sua primeira Base Móvel de Operações e passará a utilizar, além de motos e carros, bicicletas para rondas nas ruas e avenidas. Os novos serviços serão apresentados a partir das 10 horas no Jardim Público Central, com a presença do prefeito Du Altimari e do secretário municipal de Segurança, José Gustavo Viegas Carneiro.

As novidades fazem parte das iniciativas da prefeitura para diversificar as opções de atuação da Guarda Civil nas ruas, na busca de maior agilidade e qualidade no atendimento à população. ?Em princípio, tanto a base móvel quanto a equipe ciclística ficam concentradas na região central?, explica o comandante José Sepúlveda.

A Base Móvel é uma caminhonete F-1000 pertencente ao município e que foi devolvida pelo Corpo de Bombeiros. Totalmente equipado para o serviço, o veículo fica junto ao Jardim Público como uma referência da GCM para atendimento da comunidade. ?A base poderá ser deslocada para outros pontos sempre que necessário?, comenta Sepúlveda.

A equipe ciclística, por sua vez vai reforçar o patrulhamento na área comercial, além do Jardim Público. Dezessete integrantes do efetivo da guarda foram treinados para o uso de bicicletas no patrulhamento da cidade. Os GCM?s vão se revezar no uso de seis veículos do tipo, doados à corporação pelo Sindicato do Comércio Varejista local.

Segundo o comando da Guarda Civil de Rio Claro as bicicletas são muito úteis para alguns tipos de abordagem nas quais é preciso uma agilidade e mobilidade que carros e motocicletas não têm. ?Isso amplia nossas possibilidade de ação?, explica Sepúlveda, acrescentando que a patrulhamento com bicicletas vem sendo cada vez mais utilizado como meio preventivo em virtude da permitir interação maior com a comunidade em relação aos veículos motorizados.

Melhorias
No evento da praça também serão apresentadas as bicicletas que serão usadas no Lago Azul pela vigilância patrimonial. Para garantir vigias 24 horas no parque, a prefeitura organizou esquema com quatro vigias por turno, um na sede e três percorrendo o Lago Azul de bicicleta.

A Guarda Civil de Rio Claro também vai apresentar o novo cão do canil da corporação, o pastor alemão Tyson, que entra em substituição a cão Lobo, que está sendo aposentado.

Manaus ganha mais 200 homens da Guarda Civil Metropolitana




Manaus ganha mais 200 homens da Guarda Civil Metropolitana

20 de junho de 2009

Portal Amazônia, com informações da Semcom - RC

MANAUS – O aniversário de 60 anos Guarda Civil Metropolitana de Manaus, comemorado ontem (19), foi marcado pela formatura de 200 novos agentes marcou nesta sexta-feira, 19, os 60 anos da Guarda Civil Metropolitana.

No quartel da corporação, situado no Conjunto Dom Pedro, eles demonstraram que estão capacitados à atuação nas ruas e parques da cidade, completando o efetivo em 469 guardas.

De acordo com o diretor da corporação, Fabiano Fabrício Junior, a Guarda Civil Metropolitana conseguiu obter uma aproximação da sociedade, além de respeito e parceria. "Hoje nós só temos a agradecer à população que nos trata com respeito. Essa aproximação é muito importante para desempenharmos um excelente trabalho", disse ele.

Entre as pessoas homenageadas na festa de 60 anos, o diretor de trânsito do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (IMTT), coronel Audo Albuquerque, recebeu o diploma de amigo da corporação.

- A Guarda Civil é uma grande parceira nossa, sempre que precisamos de apoio nas ações do IMTT eles estão nos servindo. E é uma honra oficialmente ser amigo da instituição - declarou o homenageado.

Arapongas-PR: guardas municipais tem treinamento com arma taser


Arapongas: guardas municipais tem treinamento com arma taser
Equipamento será entregue no dia 26 de junho
Publicado em: 20/06/2009 08:07 Da Redação

Arapongas: guardas municipais tem treinamento com arma taser
A Guarda Municipal de Arapongas participou nesta semana de um treinamento para utilização da arma Taser, um dispositivo de contenção que age no indivíduo através da incapacitação neuro muscular. O treinamento foi ministrado pelo consultor e instrutor da Taser International, Elton Clemente e aconteceu na sede do Corpo de Bombeiros da cidade.

O objetivo segundo o secretário de Segurança Pública e Trânsito, major Edwaine Ardwin, foi conhecer mais detalhadamente o funcionamento deste equipamento, que é considerado a melhor arma de contenção no mundo na atualidade e também sobre aspectos de sua utilização no policiamento ostensivo, uma vez que a Taser está sendo adotada pela Guarda Municipal, que inclusive já providenciou a aquisição de 15 destes aparelhos.

"Muitos organismos policiais já utilizam o equipamento com sucesso, salvando vidas e economizando recursos públicos e em Arapongas não será diferente, com a modernidade sendo colocada a serviço da segurança pública", disse o major. O equipamento será entregue no dia 26 de junho, ocasião em que a Guarda Municipal de Arapongas comemora um ano de criação.

O instrutor destacou que o treinamento consistiu em apresentação teórica e prática de utilização da arma, que basicamente funciona através de um sistema de propulsão, lançando dois dardos que liberam uma descarga elétrica a uma distancia de dez metros.

A Taser possui mira laser acoplada que elimina a margem de erro e garante a eficácia do disparo. O equipamento, ainda conforme o consultor, é uma excelente alternativa para as funções policias em locais de grande concentração, eliminando assim o perigo de balas perdidas. Outro fator importante é que a utilização da Taser é regulamentada pelo Exército e liberada para uso das polícias, empresas de segurança e Guardas Municipais.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Guarda Municipal de Belém (PA) abre inscrições nesta quarta-feira


Guarda Municipal de Belém (PA) abre inscrições nesta quarta-feira

17/06/2009 15:41

Lídia Rezende - Do CorreioWeb

Concurseiros paraenses podem começar a se preparar a partir desta quarta-feira (17/6). A Guarda Municipal de Belém, no Pará, inicia hoje o período de inscrições para a seleção pública que vai contratar 272 novos guardas municipais. Para concorrer ao cargo, é necessário possuir nível fundamental completo. A remuneração indicada no edital de abertura é de R$ 929,50, além de benefícios.

Do número total de vagas, 242 são destinadas a candidatos do sexo masculino e 30 a candidatos do sexo feminino. As inscrições poderão ser feitas até o dia 7 de julho, pelo site www.cetapnet.com.br. A taxa de participação é de R$ 40.

O concurso será organizado Pela Fundação Cetap e constará de provas objetivas de múltipla escolha e de teste de aptidão física. Os aprovados nas duas fases serão submetidos também a curso de formação. A primeira fase está marcada para 26 de julho.

GM MACEIÓ REALIZA CURSO DE FORMAÇÃO.

Guardas municipais participam de curso de formação

Gazetaweb - com Assessoria
O I Curso de Formação de Guardas Municipais foi iniciado esta semana. As aulas estão sendo ministradas na Faculdade Alagoana de Tecnologia (FAT), localizada na Avenida Presidente Roosevelt, no Barro Duro.

Maceió é a primeira capital brasileira a realizar um curso de formação para guardas municipais, de acordo com a matriz curricular nacional do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), que capacitará 350 guardas municipais e terá uma carga horária de 576 horas. Serão cinco meses de aula, em regime integral, e estágios programados para os finais de semana.

Durante o curso, os guardas vão participar de cinco módulos: Papel da Guarda Municipal e a Gestão Integrada da Segurança Pública em Nível Municipal; Apropriação do Espaço Público; Estrutura e Conscientização para a Prática da Cidadania; Comunicação e Gerenciamento da Informação; e Relações e Condições do Trabalhador das Guardas Municipais.

Segundo o diretor-geral da Guarda Municipal de Maceió, coronel Matias, nos módulos os guardas irão estudar diversas disciplinas. Um dos principais destaques, segundo ele, será o Uso Legal e Progressivo da Força de Arma de Fogo e Defesa Pessoal, que é matéria obrigatória do Estatuto do Armamento do governo federal.

Durante o curso, os alunos assistem a aulas sobre Ética, Segurança Patrimonial, Primeiros Socorros, Fiscalização do Espaço Público, Movimentos Sociais, Relacionamento com a Mídia, Redação, Saúde do Trabalhador, Direito do Trabalhador, entre outras.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Guarda Municipal e Policia Militar tentar capturar nesse momento homem acusado de latrocínio no centro de Paulínia


Guarda Municipal e Policia Militar tentar capturar nesse momento homem acusado de latrocínio no centro de Paulínia

A Guarda Municipal, Policia Militar e o Helicóptero Águia tentam localizar nesse momento um homem acusado de realizar um latrocínio no centro de Paulínia, na manhã desta quarta-feira (17).

De acordo com informações extra-oficiais, o homem realizou o latrocínio (roubo seguido de tentativa de assassinato) próximo ao bar do Coelho, no bairro calegaris. Após os disparos ele se embrenhou na mata ao lado do rio Atibaia, onde a policia tenta capturá-lo nesse momento.

Mais informações em instantes

Guarda municipal é assassinado dentro de casa.


Guarda municipal é assassinado dentro de casa.



Um guarda municipal foi morto por volta das 4h30 desta terça-feira (16) dentro de sua residência, localizada na Rodovia dos Minérios, no bairro Abranches, em Curitiba. De acordo com a Polícia Militar (PM), três homens encapuzados teriam invadido a casa, possivelmente para um assalto, e agredido o homem em frente à mulher e ao filho da vítima.

Renato César Rodrigues do Nascimento, de 39 anos, morreu no local. Como alguns produtos eletrônicos da casa foram roubados, o caso está sendo investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos da cidade. Segundo a prefeitura de Curitiba, a Guarda Municipal está auxiliando nas investigações.

Ainda não há suspeitas sobre os autores e os motivos do crime. Uma das hipóteses levantadas pela polícia é a de que a vítima tenha sido executada depois que os bandidos descobriram ele era guarda municipal.

Segundo registros da secretaria municipal de defesa social, Nascimento trabalhava havia 13 anos no órgão, e jamais havia apresentado problemas de conduta. Ele estava no segundo casamento e tinha dois filhos.

terça-feira, 16 de junho de 2009

I SEMINÁRIO DE GUARDAS MUNICIPAIS EM SOLEDADE -PB



Numa iniciativa quase que inédita aqui no interior do Nordeste, acontecerá no dia 23/09/2009, em Soledade -PB,o I Seminário Paraibano de Guardas Municipais, que desde já,deixa de ser apenas Paraibano e passa a ser referencia regional.Que todas as Gms do Nordeste se mobilizem e se dirijam a pequena cidade Sertaneja para este que será possivelmente um grande encontro para as Guardas Municipais.Parabéns ao Comandante Welligton e a GMS.

domingo, 14 de junho de 2009

Alta Floresta: guarda municipal busca conscientização no trânsito


Alta Floresta: guarda municipal busca conscientização no trânsito
Fonte: Assessoria com Redação



A Guarda de Trânsito de Alta Floresta está desenvolvendo, há alguns dias, trabalhos de prevenção no perímetro urbano e que ainda não tem prazo determinado para encerramento. O objetivo é conscientizar alunos e motoristas sobre a utilização das faixas de pedestres para evitar acidentes.

Segundo o secretário de Trânsito, Transporte e Segurança, Luiz Jorge, os trabalhos desenvolvidos pela secretaria revelaram um aspecto alarmante. "O número de adolescentes sem habilitação guiando motocicletas na cidade é alto. Porém, nossa preocupação vai além, já abordamos vários motociclistas com a carteira nacional de habilitação vencida”, disse.

Quando questionado sobre a aplicação de multas, o secretário destacou que “por enquanto não vamos multar, queremos conscientizar, para posteriormente efetuá-las”, finalizou. Na próxima semana, equipe do Departamento Estadual de Trânsito deverá estar no município.

sábado, 13 de junho de 2009

POLICIA MUNICIPAL DE LISBOA -PORTUGAL-ATRIBUIÇÕES


Missão


A Polícia Municipal de Lisboa, na prossecução, das suas atribuições, é competente em matéria de fiscalização do cumprimento dos regulamentos municipais e de aplicação das normas legais, designadamente nos domínios:


Do urbanismo e da construção

Fiscaliza a legalidade das obras;

· Levanta os Autos de Notícia correspondentes às contra-ordenações;

· Promove, executa e fiscaliza as ordens de embargo;

· Executar os actos administrativos das autoridades municipais;

· Elabora inquéritos e processos de contra-ordenação;



Da defesa e protecção da natureza e do ambiente

· Policiamento do Parque Florestal do Monsanto;

· Parque da Belavista e Oeste;

· Jardins Municipais;



Do património municipal

· Guarda edifícios e equipamentos públicos municipais, ou outros temporariamente à sua disposição;

· Promove a desocupação dos fogos municipais ocupados abusivamente;

· Cria as condições de segurança necessárias para a execução dos despejos deliberados pela Câmara.

· Apoia as acções de realojamento, em perfeita articulação como os outros serviços camarários;



Do alojamento

Fiscaliza a Instalação, Exploração e funcionamento dos estabelecimentos de Hospedagem e o Registo de Quartos Particulares para Uso Turístico;



Do Comércio e abastecimento

Fiscaliza a Inspecção Sanitárias;

· O Horário de Funcionamento dos estabelecimentos de Venda ao Público e de Prestação de Serviços;

· O Licenciamento da Exploração de Máquinas Automáticas, Mecânicas, Eléctricas e Electrónicas de Diversão;

· O Licenciamento das Actividades de Venda Ambulante de Lotarias, de Venda de Bilhetes para Espectáculos ou Divertimentos Públicos em Agências ou Postos de Venda e de Realização de Leilões.



Do espaço público

Fiscaliza o Mobiliário urbano, ocupação de via pública e publicidade dos bairros históricos;

· As Obras na via pública

· As Cargas e Descargas e das Bolsas de Estacionamento para Comerciantes;

· A promoção da acessibilidade e da mobilidade pedonal.

A ocupação de via pública com tapumes, andaimes, depósitos de materiais e equipamentos e contentores para realização de obras



Segurança

Fiscaliza o exercício da fiscalização da actividade de Guarda-Nocturno;



Diligências processuais

· Procede à execução de comunicações, notificações, pedidos de averiguações e a audição por ordem das actividades judiciárias e dos órgãos municipais;



Saúde Pública

· Fiscaliza directamente ou em colaboração com técnicos sanitários municipais os produtos alimentares sujeitos a inspecção sanitária da Câmara, em trânsito ou já depositados;

· Promove medidas de fiscalização em ordem a evitar situações de insalubridade;

· Fiscaliza o registo e licenciamento de canídeos;

· Protege as Equipas camarárias na apanha de animais vadios;

· Promove a remoção de viaturas abandonadas para depósito municipal;



Policiamentos

· Vigia espaços públicos ou abertos ao público, designadamente de áreas circundantes de escolas;

· Adopta as providências organizativas apropriadas aquando da realização de eventos na via pública que impliquem restrições à circulação promovidas pela Câmara Municipal;



Trânsito

· Regulação e Fiscalização do trânsito rodoviário e pedonal na área de jurisdição municipal;

· Vigilância dos transportes urbanos locais;

· Fiscalização do cumprimento das normas de estacionamento de veículos e de circulação rodoviária;

· Detectar as viaturas abandonadas na via pública e promover a sua remoção;

· Fiscaliza a actividade de transporte de aluguer em veículos ligeiro de passageiros (Táxis).

Ministro da Justiça faz palestra para Guardas Municipais


Segurança pública
Ministro da Justiça faz palestra para Guardas Municipais

O ministro da Justiça, Tarso Genro, profere palestra sobre o projeto Bolsa Formação nesta sexta-feira (12), às 9h, para guardas municipais de 14 municípios do Rio Grande do Sul. A palestra faz parte da programação do Seminário das Guardas Municipais Integradas ao Bolsa Formação - projeto do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) para valorizar os profissionais de segurança. O evento acontecerá no auditório da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha (RS).

A Bolsa Formação oferece um auxílio de R$ 400 para policiais civis e militares, agentes penitenciários, peritos, bombeiros guardas municipais que recebem salário de até R$ 1.700 e participem dos cursos de atualização oferecidos pelo Ministério da Justiça.

O estado do Rio Grande do Sul é o quarto em número de profissionais beneficiados pelo Bolsa Formação: 11.994. Destes, 794 são guardas municipais.

Municípios do Rio Grande do Sul que já aderiram ao Pronasci: Porto Alegre, Canoas, Alvorada, Viamão, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Gravataí, Cachoeirinha, Esteio, Guaíba, Sapucaia do Sul, Santa Maria, Santa Cruz do Sul e Caxias do Sul.

Pronasci - O Pronasci articula políticas de segurança com ações sociais, prioriza a prevenção e busca atingir as causas que levam à violência, sem abrir mão das ações de repressão. São 94 ações que integram União, os estados, municípios e diversos setores da sociedade. O público-alvo do programa são jovens de 15 a 24 anos à beira da criminalidade, presos e os que já cumpriram pena. Atualmente o Pronasci está presente em 96 municípios, 20 estados e o Distrito Federal.

Fonte: Ministério da Justiça

Réu sem algemas, por conta da súmula do STF, tenta agredir juiz durante julgamento



Réu sem algemas, por conta da súmula do STF, tenta agredir juiz durante julgamento

Réu sem algemas, por conta da súmula do STF, tenta agredir juiz durante julgamento

Um julgamento que seria realizado na última terça-feira, dia 9, na 1ª Vara Criminal de Campos dos Goytacazes, quase acaba em agressão. O réu F.R.M., que estava sem algemas por causa da súmula do STF que proíbe que se algeme os réus nos Tribunais do Júri, tentou atacar o juiz Leonardo Grandmasson Ferreira Chaves com o microfone, sendo necessário cinco policiais para contê-lo.

O juiz conta que F., que estava sendo julgado por homicídio, já chegou alterado ao Fórum e que os policiais responsáveis por sua custódia avisaram que seria melhor que ele fosse mantido algemado para evitar incidentes no julgamento. Diante da informação, o juiz conversou com a Defensoria Pública e disse que, se o réu causasse problemas, iria mantê-lo algemado, lavrando-se a informação em ata. As defensoras públicas, porém, disseram que ele já estava mais calmo e que na verdade ele só estava nervoso pelo julgamento. "Em razão disso, procurei o réu e disse que iria deixá-lo solto, ressaltando que eventual problema que causasse poderia ensejar o uso das algemas e que isso só iria prejudicar a ele próprio, ocasião em que o réu me assegurou que permaneceria quieto em Plenário e que não causaria problemas", conta o juiz.

Logo no início do julgamento, no entanto, o réu já causou um embaraço, recusando-se a assinar o termo de depoimento dos policiais por não concordar com a versão deles. As Oficiais de Justiça explicaram, então, que a assinatura traduzia apenas a presença dele e que não significava aquiescência com o conteúdo e este primeiro problema foi solucionado. F., porém, começou a responder rispidamente ao juiz, que o advertiu várias vezes de que aquela postura não poderia continuar. F. disse que então não responderia a nenhuma outra pergunta.

O juiz começou a transcrever para a ata os fatos que F. já tinha narrado, mas percebeu que o réu estava ficando alterado e mandou que os policiais o algemassem. "Desta forma, no momento em que dei a ordem para que o réu fosse algemado, ele se levantou com o microfone na mão e partiu em minha direção como um louco, desferindo um golpe contra a minha pessoa, vindo a atingir a mesa por mim ocupada, quebrando o copo d'água e derrubando tudo, momento em que foi contido com muita dificuldade por nada menos do que cinco policiais", narrou o magistrado, que acabou por dar voz de prisão em flagrante a F. por tentativa de lesão corporal e por dissolver o Conselho de Sentença, encerrando o julgamento.


Fonte: TJRJ

GUARDA DE NOVO HAMBURGO AUXÍLIA CONSELHO TUTELAR SALVANDO BEBE DE CINCO MESES.


GUARDA DE NOVO HAMBURGO AUXÍLIA CONSELHO TUTELAR SALVANDO BEBE DE CINCO MESES.

Um menino de cinco meses de idade foi recolhido por conselheiras tutelares ontem à tarde, em um beco com entrada pela Rua Vereador Carlos Emílio Kolling, no bairro São Jorge. Os pais deixaram o bebê sozinho em casa durante a manhã. Depois de ouvir o choro da criança, uma vizinha denunciou o caso para o Conselho Tutelar. Por falta de motorista, as conselheiras só conseguiram chegar ao local pouco antes das 15 horas, em um veículo da Guarda Municipal, quando a mãe já estava em casa. O bebê foi recolhido e deve passar os próximos dias na Casa de Passagem Cinco de Abril, onde esteve o irmão de três anos, que já havia sido recolhido anteriormente pelos conselheiros, e que hoje está no Lar João e Maria.

Vizinhos, que não quiseram se identificar, contam que o pai e a mãe do bebê, de 21 e 20 anos respectivamente, são usuários de crack, não trabalham, e que as brigas entre o casal são freqüentes. “De vez em quando vem a Polícia para resolver’’, conta um morador. “Eles (os pais) passam na rua consumindo drogas. Ela às vezes some. A criança só está bem porque tem um casal de moradores que fica com pena e cuida’’, revela uma vizinha.

A mãe do bebê resistiu em deixar que as conselheiras vissem o filho e argumentou que não o deixou sozinho, mas como sua mãe. A conselheira tutelar Denise Martins explica que conhece os problemas do casal há dois meses, quando a mãe da jovem despejou o casal de sua casa. Ela foi morar em outra cidade com o bebê, deixando o pai com o menino mais velho. O rapaz, contudo, procurou o Conselho Tutelar porque não tinha como cuidar do filho. “Nós abrigamos o menino. Nos primeiros dias, ela foi até visitar, mas depois nunca mais apareceu. Semana passada, o menino fez três anos, fizemos um bolo, mas ninguém da família nos procurou’’, conta.

Segundo a conselheira, a jovem voltou a morar em Novo Hamburgo recentemente. “Propus ajuda para ela para conseguir um tratamento para se livrar das drogas. Se não se tratar, veremos as condições dos familiares de ficar com as crianças, ou então encaminhamos ao Fórum para um juiz decidir se manda os menores para adoção.’’

Falta de motorista dificulta atendimento

A falta de motorista no Conselho Tutelar de Canudos quase impossibilitou a ação do órgão no caso do menino de cinco meses de idade que foi deixado pelos pais sozinho em casa, durante o dia de ontem. Conforme a conselheira Josiane Schmidt, antes das 13 horas, uma moradora havia ligado para fazer a denúncia, mas, sem um veículo, só atenderam o caso pouco antes das 15 horas.
“Passei mais de uma hora tentando viatura. Liguei para o Conselho Tutelar da região dois, que tinha compromisso, para a prefeitura, até para a Guarda Municipal, que acabou nos atendendo.’’

De acordo com a conselheira Denise Martins, o problema acontece desde a quarta-feira da semana passada, quando o motorista entrou em atestado médico.
O secretário de Segurança, Trânsito e Transporte, José Carlos Trevisan, informa que hoje um motorista deve ser designado para suprir a carência do Conselho Tutelar de Canudos. “Temos um motorista para cada Conselho, cada um com uma viatura. Antes só tínhamos um. Isso não é uma rotina, apesar da dificuldade, não se tem notícias há muito tempo que faltam motoristas’’, diz. “O Conselho Tutelar não pode ficar sem veículo.”
Postado por amigo cipeiro das guardas municipais às 6/10/2009 08:12:00 PM 0 comentários Links para esta postagem

Cabo é assassinado por soldado dentro da Granja do Torto.

Cabo é assassinado por soldado dentro da Granja do Torto.

A Granja do Torto, residência oficial do presidente Lula onde um cabo morreu em confronto com um soldado nesta quarta-feira - Roberto Stuckert Filho/Arquivo

BRASÍLIA - Uma briga entre dois militares que atuam na Granja do Torto, uma das residências oficiais do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, resultou na morte a tiros do cabo Jefferson de Oliveira Santos nesta quarta-feira. O soldado que atirou, Aguinaldo Arruda da Cruz, foi preso em flagrante e está sob custódia da Justiça Militar.

O crime aconteceu perto do alojamento. Testemunhas contaram que o soldado não estaria acatando as ordens do cabo, seu superior. Foram disparados cinco tiros e três atingiram o cabo, que chegou a ser levado consciente para o Hospital das Forças Armadas. Santos teve uma parada cardíaca durante a cirurgia. Ele foi alvejado no ombro, nas costas e na barriga.

Em comunicado lido na tarde desta quarta-feira, o porta-voz da Presidência da República, Marcelo Baumbach, disse que o cabo fazia parte do primeiro regimento de cavalaria de guardas e foi ferido gravemente por volta de 9h50m, vindo a falecer por volta de 12h. Ele informou ainda que um inquérito policial militar foi instaurado, pois "os fatos envolvem militares num lugar sob guarda militar e com outras características que poderiam configurar crime militar". Apesar de ter feito a perícia, a Polícia Civil não vai atuar no caso.

Nem o presidente Lula nem seus parentes estavam na residência, que é usada para reuniões ministeriais e para o descanso de fim de semana. O presidente foi informado do crime pela manhã e, segundo Baumbach, lamentou profundamente o incidente.
Fonte:O globo on-line

do blog: Lamentamos o acontecido e reiteramos que o ser humano , mesmo treinado e disciplinado ,pode ter rompantes de fúria , que resultam em tragédias como essa.Esse caso só traz á tona uma coisa;Em todas as corporações, em todo mundo, acontecem atos semlhantes,não importando se é Forças armadas, Policias ,ou qualquer instituição afim.Com pesar,dizemos ser lamentável.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

VEREADOR QUER CRIAR GUARDA MUNICIPAL

VEREADOR QUER CRIAR GUARDA MUNICIPAL

O líder da oposição na Câmara de Lagarto, vereador Euzébio de Jesus (DEM), pediu uma resposta aos vereadores da situação sobre a criação da Guarda Municipal, uma das promessas do prefeito Valmir Monteiro (PSC) na campanha eleitoral.

Para Euzébio, a implantação da Guarda se justifica pela onda de insegurança que vem assolando o município e vem causando medo entre os moradores. “A prefeitura poderia contribuir com a população criando o efetivo da Guarda Municipal. Aliás, essa foi uma das promessas do prefeito em palanque”, lembrou o parlamentar.

O vice-líder da situação, vereador Gustinho Ribeiro (PV), disse que Valmir Monteiro está ciente desse seu compromisso e que o município vem buscando firmar um convênio com o Ministério da Justiça através do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci)

Segundo Gustinho, o mais importante nessa iniciativa do prefeito é garantir que os futuros guardiões sejam treinados e que não aconteça o que vem ocorrendo com a Coordenadoria de Trânsito e Transportes Urbanos (CTTU), criada na gestão de Zezé Rocha.

“Hoje, reconhecemos que há uma preocupação maior dos agentes em multar os motoristas, mas isso acontece porque na administraão passada não houve treinamento”, criticou o vice-líder.

quinta-feira, 11 de junho de 2009

MINISTÉRIO DO TRABALHO-CÓDIGO BRASILEIRO DE OCUPAÇÕES -GUARDA CIVIL MUNICIPAL

CBO - Classificação Brasileira de Ocupações
5172
Policiais, guardas-civis municipais e agentes de trânsito
PF - Agente de polícia federal

PR - Policial rodoviário federal
GM - Guarda-civil municipal

AT - Agente de trânsito
Escolha as ocupações para visualizar na tabela

GM - Guarda-civil municipal
:: ÁREAS ATIVIDADES
A INVESTIGAR INFRAÇÕES PENAIS CONTRA INTERESSES DA NAÇÃO
Obter provas
1 PF

Checar veracidade de informações e fatos
2 PF

Levantar dados
3 PF

Conferir documentos
4 AT, GM, PF, PR

Consultar banco de dados
5 AT, GM, PF, PR

Entrevistar pessoas
6 AT, GM, PF, PR
Cumprir mandado de prisão
7 PF

Cumprir mandado de condução coercitiva
8 PF

Cumprir mandado de busca e apreensão
9 PF, PR

Intimar indivíduos
10 PF, PR

Revistar bagagens
11 PF, PR

Apurar infrações contra ordem política e social
12 PF
Revistar pessoas
13 GM, PF, PR
B REPRIMIR INFRAÇÕES CONTRA INTERESSES DA UNIÃO
Efetuar prisões em flagrante
1 AT, GM, PF, PR

Arrecadar mercadorias e documentações que comprovem o crime
2 PF

Reprimir tráfico de drogas
3 PF, PR

Reprimir crimes previdenciários
4 PF

Reprimir crimes fazendários
5 PF, PR

Combater crimes contra a fauna e flora
6 PF, PR
Reprimir crimes eleitorais
7 PF, PR

Apoiar fechamento de rádios piratas
8 PF

Combater invasão de prédios públicos federais
9 PF

Combater crimes contra a funai
10 PF

Executar operações especiais
11 PF
C PREVENIR INFRAÇÕES CONTRA INTERESSES DA UNIÃO
Prevenir uso de entorpecentes
1 GM, PF

Efetuar registro de armas
2 PF

Expedir porte de armas federal
3 PF

Realizar segurança de dignitários
4 PF

Promover segurança aos funcionários federais no desempenho de suas funções
5 PF

Realizar proteção de testemunhas
6 PF
Prevenir crimes fazendários
7 PF

Controlar a operação de equipamentos de vistoria de bagagens e pessoas
8 PF
D CONTROLAR BENS E SERVIÇOS DA UNIÃO
Controlar entradas e saídas de pessoas no país
1 PF

Emitir passaportes
2 PF

Emitir registro nacional de estrangeiro
3 PF

Controlar permanência de estrangeiros no país
4 PF

Controlar produtos químicos utilizados como insumos na fabricação de entorpecentes
5 PF

Controlar empresas de segurança privada
6 PF
Zelar pela segurança e integridade das instalações e dos funcionários da polícia
7 PF

Custodiar presos não condenados
8 PF

Cuidar de armamento e munição
9 GM, PF, PR
E PATRULHAR OSTENSIVAMENTE RODOVIAS FEDERAIS
Realizar atendimentos pré-hospitalares de vítimas de acidentes
1 PR

Transportar vítimas de acidentes
2 AT, GM, PF, PR

Atender acidentes de trânsito
3 AT, PR

Elaborar boletim de ocorrência
4 PR

Interditar via pública em condições adversas
5 AT, PR

Auxiliar usuário na via pública
6 AT, PR
Realizar operações de combate ao crime em geral
7 AT, GM, PF, PR

Trabalhar em parcerias com outros órgãos para fiscalização
8 AT, GM, PF, PR

Retirar animais da faixa de domínio da via
9 AT, PR

Inspecionar cargas
10 AT, PF, PR

Inspecionar bagagens de passageiros de transportes coletivos
11 PR

Escoltar veículos e cargas especiais
12 AT, PF, PR
Realizar comboios de veículos
13 AT, PR

Acionar meios para extinção de focos de incêndio às margens da via
14 AT, PR

Embargar obras na faixa de domínio da via
15 AT, GM, PR

Credenciar empresas de escolta de cargas excedentes
16 PF, PR

Escoltar autoridades
17 AT, GM, PF, PR
F MANTER A FLUIDEZ E SEGURANÇA DO TRÂNSITO URBANO E RODOVIÁRIO
Monitorar trânsito em unidades móveis
1 AT, PR

Interagir em situações emergenciais
2 AT, PR

Remover obstáculos da via pública
3 AT, PR

Sinalizar obstáculos na via pública
4 AT, PR

Criar rotas alternativas para o tráfego
5 AT, PR

Solicitar auxílio para desobstrução total da via
6 AT, PR
Orientar condutores por meio de gestos e apitos
7 AT, PR

Atuar em interseções de vias
8 AT, PR

Monitorar trânsito em postos fixos de observações
9 AT, PR

Sinalizar existência de obras nas vias públicas
10 AT, PR

Elaborar projetos relacionados a sinalização viária
11 AT

Prestar informações sobre trânsito
12 AT, PR
Solicitar manutenção de vias públicas
13 AT, GM, PR

Sincronizar semáforo às condições de trânsito
14 AT

Intervir no tráfego em situações de eventos
15 AT, PR

Sugerir medidas para melhoria do trânsito
16 AT, PR
G FISCALIZAR O CUMPRIMENTO DAS LEIS DE TRÂNSITO
Abordar veículos para fiscalização
1 PF, PR

Analisar documentação do condutor e do veículo
2 AT, GM, PF, PR

Vistoriar estado de conservação de veículos
3 PR

Aplicar teste de verificação de ingestão de bebidas alcoólicas
4 PR

Fiscalizar transporte de produtos perigosos e controlados
5 AT, PF, PR

Autuar infratores
6 AT, PF, PR
Vistoriar veículo em processo de remoção
7 AT, PR

Lacrar veículo para remoção
8 AT

Documentar processo de remoção de veículo
9 AT

Participar de bloqueios na via pública para fiscalização
10 AT, PF, PR

Advertir condutores
11 PR

Operar equipamentos de controle de velocidade de veículos
12 AT, PR
Fiscalizar sistema de transportes públicos rodoviários
13 AT, PR

Fiscalizar serviços de escolta
14 AT, GM, PF, PR

Apreender veículo
15 AT, PR

Reter veículo até que seja sanada irregularidade constatada
16 PR

Fiscalizar dimensões e peso de cargas e veículos
17 AT, PR

Fiscalizar taxa de emissão de poluentes de veículos
18 PR

H COLABORAR COM SEGURANÇA A PÚBLICA
Promover segurança nas escolas e imediações
1 AT, GM, PR

Proferir palestras de orientação a sociedade
2 GM, PF

Fazer rondas ostensivas em áreas determinadas
3 AT, GM, PR

Deter infratores para a autoridade competente
4 GM, PF, PR

Abordar pessoas com fundadas suspeitas
5 GM, PF, PR

Prestar assistência aos transeuntes
6 AT, GM, PF, PR
Acionar autoridades competentes de acordo com cada ocorrência
7 AT, GM, PF, PR

Prestar segurança na realização de eventos públicos
8 AT, GM, PR

Coibir ação dos guardadores de carros
9 GM

Prestar assistência à população em casos de calamidades públicas
10 AT, GM, PF, PR

Preservar local do crime
11 AT, GM, PF, PR
I PROTEGER OS BENS PÚBLICOS, SERVIÇOS E INSTALAÇÕES
Proteger próprios municipais
1 GM

Acompanhar fiscalização dos vendedores ambulantes
2 GM

Prestar assistência ao cumprimento da legislação municipal
3 AT, GM

Apoiar recolhimento de moradores de rua aos albergues municipais
4 GM

Participar nas ações de reintegração de posse de bem municipal
5 GM

Prestar informações sobre acervo cultural do município
6 GM
Y COMUNICAR-SE
Demonstrar fluência oral e escrita
1 AT, GM, PF, PR

Redigir relatórios
2 AT, GM, PF, PR

Preencher formulários
3 AT, GM, PF, PR

Dialogar com usuário
4 AT, GM, PF, PR

Comunicar-se por códigos
5 AT, GM, PF, PR

Z DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS
Demonstrar sensatez
1 AT, GM, PF, PR

Evidenciar iniciativa
2 AT, GM, PF, PR

Demonstrar discernimento
3 AT, GM, PF, PR

Desenvolver percepção para análise visual de pessoas e situações
4 AT, GM, PF, PR

Controlar direção de veículo em movimento
5 AT, GM, PF, PR

Manter-se disciplinado
6 AT, GM, PF, PR
Demonstrar auto controle
7 AT, GM, PF, PR

Demonstrar polidez
8 AT, GM, PF, PR

Demonstrar assiduidade
9 AT, GM, PF, PR

Evidenciar postura profissional
10 AT, GM, PF, PR

Trabalhar em equipe
11 AT, GM, PF, PR

Manter-se discreto
12 AT, GM, PF, PR
Manusear arma de fogo
13 AT, GM, PF, PR

Desenvolver condições físicas
14 AT, GM, PF, PR

Demonstrar noções de primeiros socorros
15 AT, GM, PF, PR

Utilizar epi
16 AT, GM, PF, PR

Manter-se atualizado
17 AT, GM, PF, PR

Desenvolver noções de informática
18 AT, GM, PF, PR
Demonstrar segurança
19 AT, GM, PF, PR

Cultivar criatividade
20 AT, GM, PF, PR

Legenda das ocupações da família:
PF - Agente de polícia federal PR - Policial rodoviário federal
GM - Guarda-civil municipal AT - Agente de trânsito

CBO - Classificação Brasileira de Ocupações
A Classificação Brasileira de Ocupações - CBO, instituída por portaria ministerial nº. 397, de 9 de outubro de 2002, tem por finalidade a identificação das ocupações no mercado de trabalho, para fins classificatórios junto aos registros administrativos e domiciliares. Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a regulamentação da profissão, diferentemente da CBO é realizada por meio de lei, cuja apreciação é feita pelo Congresso Nacional, por meio de seus Deputados e Senadores , e levada à sanção do Presidente da República.



Portaria nº 397, de 09 de outubro de 2002

Aprova a Classificação Brasileira de Ocupações - CBO/2002
para uso em todo território nacional e autoriza a sua publicação.

O MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO, no uso da atribuição que lhe confere o inciso II do parágrafo único do art. 87 da Constituição Federal, resolve:

Art. 1º - Aprovar a Classificação Brasileira de Ocupações - CBO, versão 2002, para uso em todo o território nacional.

Art. 2º - Determinar que os títulos e códigos constantes na Classificação Brasileira de Ocupações - CBO/2002, sejam adotados;

I. nas atividades de registro, inscrição, colocação e outras desenvolvidas pelo Sistema Nacional de Emprego (SINE);
II. na Relação anual de Informações Sociais - (RAIS);
III. nas relações dos empregados admitidos e desligados - CAGED, de que trata a Lei Nº 4923, de 23 de dezembro de 1965;
IV. na autorização de trabalho para mão-de-obra estrangeira;
V. no preenchimento do comunicado de dispensa para requerimento do benefício Seguro Desemprego (CD);
VI. no preenchimento da Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS no campo relativo ao contrato de trabalho;
VII. nas atividades e programas do Ministério do Trabalho e Emprego, quando for o caso;

Art. 3º - O Departamento de Emprego e Salário -DES da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego deste Ministério baixará as normas necessárias à regulamentação da utilização da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO).

Parágrafo único. Caberá à Coordenação de Identificação e Registro Profissional, por intermédio da Divisão da Classificação Brasileira de Ocupações, atualizar a Classificação Brasileira de Ocupações - CBO procedendo às revisões técnicas necessárias com base na experiência de seu uso.

Art. 4º - Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) são de ordem administrativa e não se estendem às relações de emprego, não havendo obrigações decorrentes da mudança da nomenclatura do cargo exercido pelo empregado.

Art. 5º - Autorizar a publicação da Classificação Brasileira de Ocupação - CBO, determinando que o uso da nova nomenclatura nos documentos oficiais a que aludem os itens I, II, III e V, do artigo 2º, será obrigatória a partir de janeiro de 2003.

Art. 6º - Fica revogada a Portaria nº 1.334, de 21 de dezembro de 1994.

Art. 7º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

PAULO JOBIM FILHO
Ministro de Estado do Trabalho e Emprego

Guarda municipal salva casal de turistas de afogamento na Barra, Rio.

Thiago Lourenço, de 32 anos, é do Grupamento Especial de Trânsito e correu para o mar após ser abordado por um banhista sobre a situação....